Tirinhas do Snoopy foi uma das primeiras a ter representação racial

Conheça cinco curiosidades dos quadrinhos mais inteligentes e irônicas que impactaram gerações ganham livros colecionáveis em homenagem aos ...

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Entrevista com Riga, autor do livro "Solilóquios"


RIGA
, pseudônimo de João Luiz Cougo, nasceu em Rio Grande/RS em 1967. E em Rio Grande, na FURG, começou o curso de Bacharel em Direto, que na Universidade de Passo Fundo concluiu. É também Bacharel em Teologia pela Faculdade de Entre Rios, no Piauí.

Empregado público, desde 2002, na ECT. É casado e tem um filho. Leitor contumaz de filosofia. Interessado em política e economia. Acompanha a vida do país sempre com atenção e, por vezes, sofrimento. É defensor dos direitos humanos, dos animais e do meio ambiente.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário? 

Riga: Fui uma pessoa bem solitária e com muita dificuldade para lidar com as emoções. A escrita foi o caminho que encontrei para trabalhar com os meus sentimentos e evoluir. Ou seja, uma forma de terapia.

Transformar o que eu havia escrito em um livro foi um ato de coragem, pois, é uma exposição; mas também o início de uma nova fase. Mais um passo em direção a uma versão melhor de mim.

Conexão Literatura: Você é autor do livro "Solilóquios". Poderia comentar? 

Riga: Solilóquios, como o próprio nome diz, são conversas comigo mesmo. Ele é composto por uma série de textos sobre sentimentos, pensamentos, percepções sobre o mundo. Está dividido em cinco capítulos que recebem o nome de estações (em outros tempos havia 5 e não 4 estações no ano). 

Cada estação corresponde a um estado de espírito, então, quem ler pode optar por textos que vão do depressivo ao otimista passando por outras nuances do ser humano. Tem textos sobre sexo, religiosidade, filosofia, raiva, decepção...

Se Solilóquios nasceu com uma pretensão foi a de estimular as pessoas a se expressarem através da escrita também. Colocarem para fora seus medos, seus anseios, suas loucuras e suas ideias. Isso como uma forma de tratamento da alma

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro? 

Riga: Não sei se chamaria de pesquisa, mas li muito. Diversos livros, múltiplos autores, das mais variadas áreas. Essa foi e é minha maneira de reunir impressões. A “pesquisa” nunca acaba. Sempre temos mais e mais leituras para fazer; a cada fase e a cada novo personagem, que estamos desenvolvendo. 

E, claro, o fundamental é perceber a vida, sentir a fundo as coisas. Isso implica em muitos sofrimentos, mas também em inusitadas alegrias.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?  

Riga: O poema Renovação é um...

A cada, igual diferente,

que encontramos,

chamamos: ser humano.

 

E a cada,

dia diferente, que nos

sobrevém, perguntamos: em que mudei?

 

E se nada mudou:

por que estou assim, tão igual?

 

A vida é sim,

um tédio, quando nos repetimos

a mesma ideia eternamente.

 

Reforçando, infinitamente, a nossa convicção.

 

E, se a vida desabrocha, assim,

de repente,

pergunto: o que houve?

 

Algo viveu em mim?

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Riga: O livro físico é encontrado na editora Viseu https://www.eviseu.com/pt/. E o ebook, no Brasil, está em diversas vitrines online: Amazon, Magazine Luíza, Americanas etc. Fora do país em sites como o https://www.wook.pt/ de Portugal ou o https://www.barnesandnoble.com/ dos E.U.A. Para mais informações acessar a página Solilóquios no facebook  https://www.facebook.com/terapiaempaginaspalavraseletras/

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Riga: Sim... Já estou reunindo o material do próximo livro, que a princípio deve se chamar de Reminiscências, ou seja, recordações. Uma série de textos autobiográficos que de certa forma fazem uma “homenagem” às pessoas que estiveram em minha vida em algum momento do passado. 

O interessante é que não há um compromisso com a realidade. São impressões, registros emocionais e às vezes perturbadores. Rs! Minha cabeça nunca foi exatamente normal.

Perguntas rápidas:

Um livro: Tao Te Ching

Um (a) autor (a): Lou Marinoff

Um ator ou atriz: Anthony Hopkins

Um filme: Melhor É Impossível com o Jack Nicholson

Um dia especial: 23/09/2004 – Nascimento do meu filho.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Riga: É chato, mas é verdade: pessoas sensíveis sofrem mais. Entretanto ser empático é como ter um paladar apurado para a vida. A gente percebe tantas coisas que para outros nem existem. 

Isso tem seu preço e exige um processo contínuo de reequilíbrio. Nesse sentido ler é importante e escrever pode ser o complemento indispensável. Estimulo a todos e todas fazer isso como uma forma de terapia.

Compartilhe:

Conheça a obra "Nós e o olhar", da autora Hannaneh Hadipour (Paradise Ocean Books)


Em "Nós e O Olhar" Hannaneh nos presenteia com inesquecíveis fotografias de paisagens e retratos do Irã.




Hannaneh Hadipour nasceu em Rasht, Irã (15 de setembro de 1982). Ela é engenheira elétrica.

Devido ao seu interesse por fotografia, ela tem feito cursos profissionalizantes na área e também já participou de várias exposições do gênero.

PARA SABER MAIS: CLIQUE AQUI

Compartilhe:

[Crítica] Ataque Dos Cães - Netflix



Título Original: The Power of the Dog

Direção: Jane Campion

Ano Lançamento: 1 de Dezembro de 2021

Duração: 02h08min

Elenco: Benedict Cumberbatch, Kirsten Dunst, Jesse Plemons, 
Kodi Smit-McPhee, Thomasin McKenzie e Frances Conroy

Gênero: Faroeste, Drama

Origem: Estados Unidos

Ataque dos Cães conta a história de Phil (Benedict Cumberbatch) e George (Jesse Plemons), dois irmãos ricos e proprietários da maior fazenda de Montana. Enquanto o primeiro é brilhante, mas cruel, o segundo é a gentileza em pessoa. A relação dos dois vai do céu ao inferno quando George se casa secretamente com a viúva local Rose (Kirsten Dunst). O invejoso Phil fará de tudo para atrapalhá-los.

Impressões:

Netflix tem cada vez apostado no bom e velho faroeste, ganhando novos apaixonados pelo gênero e sendo um sucesso de crítica tanto do público como de profissionais da sétima arte, sua mais nova aposta é o sucesso que está entre o top 10 da semana, “Ataque Dos Cães”. Vale lembrar que o longa é baseado no livro do autor Thomas Savage, lançado em 1967. Bora pra crítica?

Ataque Dos Cães (The Power of the Dog), narra de forma hábil e intensa a vida dos irmãos Phil (Benedict Cumberbatch) e George Burbank (Jesse Plemons), cada um dos irmãos possuem uma personalidade diferente, George é um sujeito educado, sociável e gentil com o próximo. Porém! O seu irmão, Phil já é o oposto, um sujeito mal educado, possuindo um temperamento bruto e agressivo com o próximo, não dando importância para o sentimento das pessoas.

O conflito começa a partir do momento em que George decide casar (escondido), com a viúva Rose Gordon (Kirsten Dunst), deixando furioso o já nervoso Phil, achando que sua cunhada casou por interesse.

Ataque Dos Cães, possui um ritmo lento mas incisivo para mostrar em detalhes ao espectador de cada personagem principal, até mesmo os personagens secundários ganham importância no decorrer da trama. Ponto positivo!

O espectador precisa ficar atento nos mínimos detalhes, vai fazer toda diferença no final. Podem confiar em mim. Ok? Netflix apostou em sua produção original, trazendo um elenco de peso para trama no velho oeste.

Se liga nesse time: Benedict Cumberbatch, Jesse Plemons, Kirsten Dunst, Kodi Smit-McPhee e Thomasin McKenzie. Benedict conseguiu trazer toda brutalidade em uma atuação impecável, mostrando todo o seu potencial do começo ao fim. Merece o Oscar em 2022, sem sombra de dúvidas.

Um dos pontos de maior destaque é relacionado com toda ambientação. O longa tem como pano de fundo Montana no período de 1925. Netflix conseguiu uma perfeição com cenários e até mesmo figurinos! O espectador é transportado para década de 20. Mais um ponto positivo.

Vale a pena? Sem sombra de dúvidas! Netflix mais uma vez acertou em cheio com suas produções originais. “Ataque Dos Cães” cumpriu seu papel em trazer um drama recheado de tensão e drama, com personagens bem construídos e intensos.

 


Compartilhe:

100 anos de Carnelosso: a redescoberta do artista


Artista plástica, historiadora e autora de livros sobre os pintores paisagistas, Ruth Sprung Tarasantchi estudou as obras do artista, os recortes de jornais e testemunhos de amigos e familiares para compor o livro Glycério Geraldo Carnelosso, publicado pela KPMO Cultura e Arte em coedição com a Cultura Acadêmica Editora. O lançamento acontecerá no Museu de Arte Sacra de São Paulo, no dia 04 de dezembro, sábado, a partir das 10h da manhã. O público terá a oportunidade de conhecer pinturas, esculturas e medalhas do artista que ficarão expostas durante o final de semana de lançamento do livro.

Por muito tempo Carnelosso foi admirado e respeitado pela crítica e o público, tendo uma fama considerável, mas que por circunstâncias históricas acabou sendo injustamente relegado ao esquecimento, tornando-se aos poucos quase um desconhecido. Para reparar esse erro histórico, Ruth fez uma imersão na vida e na obra de Carnelosso, resgatando a sua história e nos revelando a qualidade artística e o olhar sensível das obras que agora serão conhecidas do grande público, reveladas nas páginas do livro. Além de sua história e personalidade, temos uma análise da geração que o acompanhou, além dos relatos sobre a forma com que ele transitava por diversos estilos e linguagens e como a sua arte sucumbiu ao esquecimento após alcançar projeção. 

Serviço:

Lançamento do livro: Glycério Geraldo Carnelosso

Data: 04 de dezembro

Horário: 10h da manhã

Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo

Endereço: Av. Tiradentes nº 676, Luz, São Paulo

Entrada: Gratuita

Estacionamento no local: entrada pela Rua Dr. Jorge Miranda nº 43 

Ficha Técnica

Edição: KPMO Cultura e Arte e Cultura Acadêmica

Autora: Ruth Sprung Tarasantchi

Coordenação geral: João Marcos Sampaio Carnelosso

Direção de arte: Marcello de Oliveira

Ano: 2021

ISBN: 978-65-86913-06-4 (KPMO) e 978-65-5954-132-4 (Cultura Acadêmica)

Número de páginas: 236

Medidas: 23 x 28 cm

Preço de venda: R$ 119,00 

Sobre a autora:

Estudiosa da arte brasileira da virada do século XIX-XX, Ruth Sprung Tarasantchi se debruça sobre os artistas paulistas ou os que aqui se radicaram, alguns deles famosos, outros desconhecidos, quase todos esquecidos pelos críticos de arte de épocas posteriores. Sua pesquisa se iniciou com o pintor de naturezas-mortas Pedro Alexandrino Borges, para depois adentrar o rico universo dos muitos paisagistas que andaram pelo Estado de São Paulo, onde encontrou um sem número de pintores, cada um com características próprias, que vieram enriquecer as coleções da burguesia e de importantes museus, em especial a Pinacoteca do Estado de São Paulo, o Museu Paulista e o Museu de Arte Sacra de São Paulo. Para ela, é um prazer contínuo poder mostrar um a um esses artistas a um público que os desconhece, permitindo-lhe admirar sua obra e reconhecer seu valor. Assim foi com o italiano Antonio Ferrigno, com os pintores do café, com as mulheres pintoras, com Oscar Pereira da Silva. E é assim também com mais este trabalho, que nos oferece uma inédita visão de conjunto sobre a obra de Glycério Geraldo Carnelosso.

Compartilhe:

Rafael G. Esteque e o livro A maldição da mangueira, por Cida Simka e Sérgio Simka

Rafael G. Esteque - Foto divulgação
Fale-nos sobre você.

Tenho 32 anos e sou de São Paulo, cidade onde cresci e que ambienta boa parte das minhas histórias, incluindo o romance de terror que acabei de lançar pela Editora Luva, A Maldição da Mangueira. Tenho contos publicados em antologias de diversas temáticas, principalmente terror e fantasia. Ganhei duas vezes o Prêmio Strix de Literatura, pelas histórias Recompensa e A Rocha e a Brisa. Tenho formação em Direito e História, e atualmente trabalho como tradutor.

ENTREVISTA: 

Fale-nos sobre seus livros. O que o motivou a escrevê-los?

Escrevo pelo prazer de contar e compartilhar histórias, principalmente para entreter e proporcionar um escape da realidade, como a literatura me proporcionou ao longo de toda a vida, mas também para provocar algumas reflexões, quando posso.

Por exemplo: em Vaidade e Fé, conto de ficção histórica que publiquei em 2018 na antologia Sinfonia de Letras, procuro mostrar como os grandes eventos que tornaram um determinado personagem histórico conhecido só foram possíveis por sua sorte e parcial ignorância. Em Segredo Desumano, história de terror publicada diretamente no Kindle, apresento a meus leitores elementos sobrenaturais, mas o verdadeiro terror está em ações humanas.

Insólita - Museu e Antiquário - lançamento em breve

A Maldição da Mangueira é minha primeira narrativa de fôlego, na qual abordo temas como ceticismo e coragem, permeados pelos traumas pessoais dos personagens e pelas grandes escolhas que eles devem fazer. Mas não se enganem: é principalmente uma história de terror sobrenatural, para ser lida à noite pelos fortes de coração e atiçar o sempre presente medo do desconhecido. Ao longo da trama, convido o leitor a uma viagem onírica pelo mundo dos sonhos e seus significados, e ao mesmo tempo mantenho um pé fixado no chão, pois a história se passa em São Paulo, com cenas em locais muito conhecidos pelos paulistanos, como o metrô da cidade e o Cemitério do Araçá. 

Como analisa a literatura de horror/terror publicada no país?

De todos os grandes temas da literatura, terror e horror talvez sejam os mais perenes, pois os tempos mudam e a ficção se adapta para representar os maiores medos humanos de cada época. Vivemos um momento com muitas questões do mundo real capazes de refletir em novos medos e desesperos na ficção. Nesse contexto, acho que a literatura de terror brasileira está em franca ascensão – uma das marcas disso é o crescimento da Associação Brasileira de Escritores de Romance Policial, Suspense e Terror (ABERST). Até pouco tempo atrás, o gênero do terror e horror no Brasil era marcado por relativamente poucos nomes, mas agora há cada vez mais autores (e mais leitores). Para mim, essas novas histórias que surgem a cada ano são um tesouro esperando para ser descoberto, assim como um fértil mercado literário a ser explorado. 

O que tem lido ultimamente?

Justamente pelo que comentei na pergunta anterior, nos últimos tempos tenho lido cada vez mais histórias de terror e suspense nacionais, dentre as quais destacaria as antologias de terror Gótico Suburbano, do autor Hedjan C. S. (que para minha felicidade acabou sendo o editor do meu livro) e Verdadeiras Histórias de Sangue, de Cesar Bravo, hoje publicado pela (superpopular) editora DarkSide. Saindo do Brasil, outros títulos que me prenderam demais foram As coisas que perdemos no fogo (mais uma visceral antologia de contos), da autora argentina Mariana Enriquez, e o romance Estrada da Noite, de Joe Hill (filho do rei do terror, Stephen King, e herdeiro de boa parte do talento do pai). Por fim, fora da ficção, uma leitura recente que eu destacaria é A guerra da arte, de Steven Pressfield.

Algumas dessas histórias foram lidas no contexto do grupo de leitura coletiva Zona de Sombra, coordenado por mim. Elegemos cada livro de forma coletiva e fazemos as discussões semanalmente via whatsapp. O grupo está sempre aberto para quem quiser entrar e conversar sobre terror. O link está disponível no meu site: www.rafaelgesteque.com.br 

Quais são os seus próximos projetos?

Este ano, além do meu livro solo A Maldição da Mangueira, estou publicando alguns contos em publicações de terror que devem sair em breve, dentre as quais eu destacaria a antologia Insólita – Museu & Antiquário (Editora Luva), na qual alguns autores nacionais reimaginam o conto clássico A Máscara de Prata, de Hugh Walpole. Na minha narrativa, Lembrança de Carnaval, trago este objeto amaldiçoado para exercer sua influência nefasta num típico carnaval brasileiro no litoral. Além disso, estou trabalhando em alguns contos de terror e fantasia para publicação independente no Kindle. 

Como os leitores podem apoiar a literatura nacional de terror e horror?

Procurem conhecer autores diferentes, sigam seus perfis nas redes sociais e interajam com as publicações – em tempos de marketing digital, isso ajuda demais. Depois de lerem as histórias, deixem avaliações no Skoob, na Amazon e nas demais plataformas. E, claro, leiam autores nacionais, há muita coisa legal para ser descoberta. Deem uma chance aos romances, revistas literárias e antologias de contos, especialmente das pequenas editoras.

Para conhecer minhas histórias e meu trabalho, deem uma passada no meu site e me sigam no instagram:

www.rafaelgesteque.com.br

@rafaelgesteque.autor

Obrigado pela conversa! Foi um prazer participar da Conexão Literatura. 

 



CIDA SIMKA

É licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Autora, dentre outros, dos livros O enigma da velha casa (Editora Uirapuru, 2016), Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019), O enigma da biblioteca (Editora Verlidelas, 2020), Horror na biblioteca (Editora Verlidelas, 2021) e O quarto número 2 (Editora Uirapuru, 2021). Organizadora dos livros Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019), Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019), Aquela casa (Editora Verlidelas, 2020), Um fantasma ronda o campus (Editora Verlidelas, 2020), O medo que nos envolve (Editora Verlidelas, 2021) e Queimem as bruxas: contos sobre intolerância (Editora Verlidelas, 2021). Colunista da revista Conexão Literatura.

SÉRGIO SIMKA

É professor universitário desde 1999. Autor de mais de seis dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela editora Uirapuru. Colunista da revista Conexão Literatura. Seu mais recente trabalho acadêmico se intitula Pedagogia do encantamento: por um ensino eficaz de escrita (Editora Mercado de Letras, 2020) e seu mais novo livro juvenil se denomina O quarto número 2 (Editora Uirapuru, 2021). 

Compartilhe:

quinta-feira, 2 de dezembro de 2021

Confira a lista dos selecionados da antologia CONTOS E POEMAS NATALINOS - VOL. II


Confira a lista dos selecionados da antologia (e-book) "CONTOS E POEMAS NATALINOS - VOL. II":

01 - Willian F. Eugênio - Gratidão Logística
02 - Mirian Menezes de Oliveira - Um quase conto de Natal
03 - Adayl Falconi Chiodi - Um continho de Natal
04 - Roberto Schima - Pelo Direito de Sobreviver
05 - Filipe Cotrim - Natal lá de casa
06 - André Luiz Martins de Almeida - Cantata de Natal pelo Mundo
07 - Adelaide Veiga - Jesus, o melhor presente
08 - Wanda Rop - Um dia especial
09 - Lilian Ferraz - Rimas para o Natal
10 - Denise Peres Martins Rezende - O Natal com as cigarras
11 - pedrorigatto_poeta - Encantos

PARABÉNS aos autores selecionados.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.



Compartilhe:

Participe da antologia (e-book) TEMPO DE AMAR - VOL. IV. Leia o edital


PARTICIPE DA ANTOLOGIA (E-BOOK): TEMPO DE AMAR - VOL. IV

REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO NA ANTOLOGIA DIGITAL 
"TEMPO DE AMAR - VOL. IV":

1 - Escreva um conto ou poema (livre). Aceitaremos até 3 poemas ou contos por autor. Caso sejam aprovados, os 3 textos serão publicados.

2 - SOBRE O POEMA: até 4 páginas cada poema ou conto, fonte Times ou Arial, tamanho 12, incluindo título. Espaçamento 1,5.
     
3 - Tipo de arquivo aceito: documento do Word (arquivos em PDF serão deletados).

4 - O poema ou conto não precisa ser inédito, desde que os direitos autorais sejam do autor e não da editora ou qualquer outra plataforma de publicação.

5 - Idade mínima do autor para participação na antologia: 18 anos completos. Menores de idade irão precisar de autorização dos pais ou responsável, caso o poema seja aprovado.

6 - Envie o poema ou conto pré-revisado. Leia e releia antes de enviá-lo.

7 - Data para envio do poema ou conto: do dia 09/11/21 até 08/12/21.

8 - Veja ficha de inscrição no final desse texto. Leia, copie as informações e preencha. Envie as informações da ficha + o poema ou conto para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: TEMPO DE AMAR - VOL. IV

CUSTO PARA O AUTOR:

R$ 50,00 por texto aprovado. Caso o autor envie 3 poemas ou 3 contos e tenha os três (03) selecionados, o valor será R$ 150,00. As informações para depósito serão informadas ao autor no e-mail que enviaremos caso o poema seja aprovado.
O valor servirá para cobrir os custos de leitura crítica, diagramação e divulgação da obra.

A antologia será digital (e-book) e gratuita para os leitores baixarem através de download, ela não será vendida. A antologia será amplamente divulgada nas redes sociais da Revista Conexão Literatura: Fanpage, Instagram e Grupos do Facebook, que somam cerca de 200 mil seguidores.

O resultado será divulgado no site www.revistaconexaoliteratura.com.br e na fanpage www.facebook.com/conexaoliteratura, até o dia 09/12/21.

OBS: Enviaremos certificado digital de participação para os autores selecionados.


NOSSOS CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO:

A) - Criatividade;

B) - Textos preconceituosos, homofóbicos, racistas ou que usem palavras de baixo calão, serão desconsiderados;

C) - Seguir todas as regras para participação.

OBS.: Ademir Pascale, idealizador do concurso, disponibilizou para download uma apostila intitulada "Oficina Jovem Escritor", com dicas para quem está iniciando no mundo da escrita. Baixe gratuitamente, leia e pratique: CLIQUE AQUI.


FICHA DE INSCRIÇÃO DO AUTOR(A)

Nome completo do autor(a):

Seu Pseudônimo (caso use), para publicação na antologia:

Idade:

Título do poema:

E-mail 1:
E-mail 2 (caso tenha):

Biografia em terceira pessoa (escreva sobre você num máximo de 7 linhas. Não escreva em letra maiúscula):


IMPORTANTE: Envie todas essas informações da ficha de inscrição para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: TEMPO DE AMAR - VOL. IV

O envio da ficha de inscrição + poema(s) ou conto(s) para o e-mail indicado significa que o autor(a) leu todas as informações e regras dessa página para participação na antologia.

Não fique fora dessa. O concurso cultural será amplamente divulgado nas redes sociais.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

Fernando Pessoa é destaque da nova edição da Revista Conexão Literatura (dezembro) Baixe a sua, é grátis


EDITORIAL

Chegamos em nossa última edição do ano, desta vez destacando o grande escritor Fernando Pessoa. Muitos autores, livros, contos, poemas e crônicas passaram por nossas 12 edições de 2021. Temos certeza que atingimos nossos objetivos alcançando um número significativo de leitores no Brasil e Portugal, além de novos leitores na China (edição nº 74) e Irã (edição nº 75). 

Desejamos um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo repleto de realizações, paz e muito amor.

Para saber como participar da nossa edição de janeiro/2022, seja com conto, crônica, poema ou mesmo divulgar o seu livro ou editora: clique aqui.

Tenha uma ótima leitura!

Compartilhe:

terça-feira, 30 de novembro de 2021

Confira a nova edição da Revista Conexão Literatura com Fernando Pessoa em destaque (dezembro/2021)


EDITORIAL

Chegamos em nossa última edição do ano, desta vez destacando o grande escritor Fernando Pessoa. Muitos autores, livros, contos, poemas e crônicas passaram por nossas 12 edições de 2021. Temos certeza que atingimos nossos objetivos alcançando um número significativo de leitores no Brasil e Portugal, além de novos leitores na China (edição nº 74) e Irã (edição nº 75). 

Desejamos um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo repleto de realizações, paz e muito amor.

Para saber como participar da nossa edição de janeiro/2022, seja com conto, crônica, poema ou mesmo divulgar o seu livro ou editora: clique aqui.

Tenha uma ótima leitura!

Compartilhe:

Autor(a) divulgue o seu livro - Conheça o Pacote Divulgação Para Autores

 


VEJA O QUE ENGLOBA NO PACOTE DIVULGAÇÃO PARA AUTORES:


1 - Entrevista com o autor
a) - A entrevista será publicada no site da revista: www.revistaconexaoliteratura.com.br
b) - A entrevista também será publicada em uma edição da revista digital Conexão Literatura
OBS.: a entrevista é elaborada via e-mail e inclui foto do autor + capa do livro.

2 - Divulgação nas Redes Sociais
a) - Divulgaremos a entrevista em nossa fanpage com mais de 194 mil seguidores: clique aqui
b) - Divulgaremos a entrevista em nosso Instagram com mais de 10,5 mil seguidores: clique aqui

Bônus
a) Publicação do release do livro (ou sobre o trabalho literário do autor) em nosso site: www.revistaconexaoliteratura.com.br
b) Divulgação da página do release em nossa fanpage com mais de 194 mil seguidores: clique aqui
OBS.: o autor envia o release pronto + imagens para nós. No release o autor poderá incluir a sinopse do livro, links de venda, biografia do autor, foto do autor, capa do livro, redes sociais, comentários de quem já leu, etc.

VALOR PROMOCIONAL DO PACOTE DIVULGAÇÃO:
Apenas uma única parcela de R$ 100,00

A PROMOÇÃO É POR TEMPO LIMITADO, ENTÃO GARANTA JÁ A SUA DIVULGAÇÃO

DIVULGAMOS LIVROS FÍSICOS (IMPRESSOS) E DIGITAIS (E-BOOKS, LIVROS NA AMAZON, WATTPAD, ETC). 

PODEM USAR ESSE PACOTE DIVULGAÇÃO: ESCRITORES, ROTEIRISTAS, ILUSTRADORES, REVISORES, CAPISTAS, ETC.

OBS.: Pode ser pago via depósito, doc ou transferência para nossa conta no Bradesco. Também aceitamos cartão de crédito. Caso opte por cartão de crédito, enviaremos a solicitação de pagamento através do site PayPal, que é fácil e seguro.

Além de escritores do Brasil, também divulgamos autores portugueses.

INTERESSADOS É SÓ ENTRAREM EM CONTATO. ESCREVA NO ASSUNTO DO E-MAIL: "TENHO INTERESSE NO PACOTE DIVULGAÇÃO". 
* ESCREVA PARA: ademirpascale@gmail.com ou contato@livrodestaque.com.br
Compartilhe:

Conheça o livro "A impossível tarefa de fazer gestão democrática na escola: e outras considerações impossíveis", do autor Aldair Ribeiro dos Santos


PARA ADQUIRIR A OBRA:

Site da Appris: https://www.editoraappris.com.br/produto/5717-a-impossvel-tarefa-de-fazer-gesto-democrtica-na-escola-e-outras-consideraes-impossveis (Se for comprar na editora APPRIS, use o cupom-desconto AIMP020 ao finalizar a compra.)

O autor publica regularmente poesias, contos, crônicas, reflexões e textos sobre acessibilidade e inclusão, além de livros raros para baixar e notícias literárias nos seguintes links:

https://aldairsantosrr.wordpress.com/

https://www.instagram.com/aldairars60/

https://www.facebook.com/AldairSantosRR

Compartilhe:

Confira a lista dos selecionados da antologia CONTOS E POEMAS ASSOMBROSOS - VOL. IV


CONFIRA A LISTA DOS AUTORES SELECIONADOS PARA A ANTOLOGIA "CONTOS E POEMAS ASSOMBROSOS - VOL. IV":

01 - MFortes - Maria Rosa
02 - M. Cavarzan - A Saideira  - Enquanto você me enterra
03 - Ícaro Uriel Brito França - O Encourado e a marca do mal
04 - Clarissa Machado - Drácula - A Bruxa
05 - Roberto Schima - Em um Globo de Vidro"
06 - Fábio De Bari - Lenôra
07 - Cecília Torres - Sonhos Macabros
08 - Cristiano Viana - Lucidez
09 - André C. R. Martins - O desafio do terror
10 - Ney Alencar  - A Vingança do Capiango - O Segredo da Caixa de Ferro - O Povo que mora embaixo das Geladeiras
11 - Denise Peres Martins Rezende - História para não dormir
12 - Fernando de Azevedo Alves Brito - Sobre a noite

PARABÉNS aos autores selecionados.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.
Compartilhe:

segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels