quinta-feira, 12 de maio de 2016

Entrevista com Flávio Assunção

Flávio Assunção
Flávio Assunção tem 30 anos e é natural de Fortaleza/CE. Formado em Jornalismo, é sócio-diretor da VP Comunicação, empresa atuante no Ceará e Rio de Janeiro; além de ser colunista nas áreas esportiva e literária. O Outro Lado marca sua estreia como escritor profissional.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Flávio Assunção: Iniciei na literatura muito cedo. Tinha, talvez, 11 ou 12 anos, quando comecei a me interessar pelos romances policiais que meu pai possuía na estante. Com o tempo, assim como acontece com muitos aficionados por livros, é natural alimentar o desejo de publicar sua própria obra literária. Comigo não foi diferente. Desde os meus 15 anos vinha buscando aprimorar minhas técnicas de escrita e desenvolvimento de histórias para isso. Meu primeiro livro completo finalizei aos 18 anos. Aos 21 e 26 anos terminei outros dois. Porém, escolhi “O Outro Lado”, minha quarta história, para dar início a essa nova fase na minha carreira.

Conexão Literatura: Você lançou recentemente o livro "O Outro Lado" (Lura Editorial), poderia comentar?

Flávio Assunção: “O Outro Lado” é um suspense que coloca o leitor na mente de um assassino em série, cuja peculiaridade é escolher vítimas baseado no quanto representam em termos de amor e bondade. Isso acontece porque ele acredita estar criando uma existência pura no chamado “o outro lado”, que nada mais é do que sua concepção particular de paraíso, acreditando que lá as pessoas que elimina formarão uma sociedade pura.

A narrativa, no entanto, é intercalada com mais dois personagens que possuem dramas particulares inquietantes: uma mulher que apenas se dedica a recuperação de sua irmã em coma, vivenciando os dissabores de uma vida marcado por renúncias; e um adolescente que viu sua acessibilidade ser reduzida por um acidente, com a perda de um braço e duas pernas, prevalecendo a partir daí uma espécie de apatia e desejo de morrer.

É um livro que a todo o momento busca gerar questionamentos, sejam eles sobre a natureza humana ou sobre os nossos modos de viver. Sem esquecer, é claro, do suspense e tensão que permeia toda a história.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho de "O Outro Lado", especialmente para os nossos leitores?

Flávio Assunção:

"...acreditava que a vida neste mundo era uma espécie de prisão para os bons de espírito e de coração, mas que a liberdade e a felicidade plenas poderiam ser alcançadas através dele. Essa era a missão para a qual fora destinado. Se por Deus ou por alguma outra força, ainda não havia compreendido, embora aceitasse firmemente essa convicção sem questionar”.

Conexão Literatura: Se fosse indicar uma trilha sonora para o seu livro, qual seria?

Flávio Assunção: Isso é engraçado. Recentemente uma amiga veio me parabenizar pelo livro e disse que conseguia enxergar na história uma adaptação para os cinemas. E emendou: “já vai pensando na trilha sonora”. Embora tenha sido uma brincadeira, acabei realmente pensando sobre que trilha sonora se encaixaria. Até que cheguei a um álbum chamado “Tribunal Surdo”, de uma de minhas bandas preferidas: Violins. A temática desse álbum é incômoda, questionadora, que ressalta o lado mais obscuro de nossa sociedade e reforça nossa completa apatia perante a isso. Algo que “O Outro Lado” traz, embora de uma forma um pouco mais poética.

Conexão Literatura: Como os interessados deverão proceder para adquirir um exemplar do seu livro?

Flávio Assunção: O livro está disponível em seu formato físico na Livraria Cultura e através do meu próprio site (www.flavioassuncao.com); e no formato digital na Amazon, Kobo, Buqui, Livraria Travessa, Livraria da Folha e App Store.

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Flávio Assunção: Atualmente estou engajado no desenvolvimento de meu próximo livro, um romance policial chamado “Paraíso Negro”, que deverá ser lançado em algum momento de 2017.

Perguntas rápidas:

Um livro: À Espera de um Milagre (Stephen King)
Um(a) autor(a): Dean Koontz
Um ator ou atriz: Bryan Cranston
Um filme: Na Natureza Selvagem
Um dia especial: Todos os dias são, de alguma forma, especiais
Um desejo: Que as pessoas se interessem mais por literatura

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Flávio Assunção: Gostaria de agradecer o espaço e convidar a todos para acompanhar meu trabalho e novos projetos: www.flavioassuncao.com / www.facebook.com/flavioassuncaof   /  www.facebook.com/livro.outrolado

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para participar das edições: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Inscreva-se e receba nossas novidades por e-mail:

Anuncie e Publique Conosco

Anunciante:

LIVRO: 666 - SINAIS - MARLI FREITAS

Posts populares

LIVRO DESTAQUE

Drago Editorial

FARO EDITORIAL

LIVRO: NARRATIVAS DO MEDO

REVISÃO DE TEXTOS

REVISÃO DE TEXTOS
Revise o seu texto conosco.

Gostou do nosso trabalho?

Passaram por aqui


Labels