segunda-feira, 19 de setembro de 2016

A Bandeira do Elefante e da Arara

É inegável que os romances de fantasia caíram nas graças dos leitores brasileiros. Histórias de dragões, feiticeiros, elfos e anões ganharam legiões de fãs nos últimos anos, impulsionados por sucessos de adaptações no cinema como O Senhor dos Anéis, Harry Potter e As Crônicas de Nárnia. Viu-se um aumento considerável da demanda desse tipo de literatura, seja de autores estrangeiros ou nacionais.

A novidade fica por conta de autores capazes de unir mágica e aventura - características básicas da fantasia - ao folclore brasileiro. Roberto de Souza Causo (A Sombra dos Homens) e Simone Saueressig (com suas histórias baseadas no folclore brasileiro, em especial o gaúcho) são exemplos de autores consagrados que souberam trabalhar com competência esses cenários. Felipe Castilho (com sua série O Legado Folcórico) e Marcus Achiles (com o surpreendente Danação) são nomes que surgiram mais recentemente, dando um belo empurrão na fantasia brasileira.

Um outro belíssimo exemplo dessa literatura é a série A Bandeira do Elefante da Arara, de Christopher Kastensmidt, autor norte-americano radicado em Porto Alegre. A primeira história dentro desse universo foi a noveleta O Encontro Fortuito de Gerard van Oost e Oludara, que teve boa aceitação no exterior, chegando a ser finalista do Prêmio Nebula e ganhou o Reader’s Choice Awards da Revista Realms of Fantasy.

Na história, conhecemos a dupla Gerard van Oost e Oludara. Aquele, um holandês que veio ao Brasil em busca de fama e aventura; este, um guerreiro africano capturado e trazido ao Brasil como escravo. Juntos, eles criam uma bandeira incomum, e começam a desbravar o interior do Brasil, onde conhecem os mais variados perigos, enfrentando criaturas surpreendentes do folclore nacional.
A noveleta foi traduzida e publicada em 2010 pela Devir Brasil no volume Duplo Fantasia Heroica, como parte do selo Asas do Vento. A publicação foi seguida por mais duas noveletas: A Batalha Temerária contra o Capelobo e O Desconveniente Casamento de Oludara e Arani. A estas, unem-se uma história em quadrinhos (adaptação de O Encontro Fortuito), outras três noveletas publicadas em inglês na Amazon e o projeto de um jogo de tabuleiro a ser lançado em breve.
O produto mais recente dessa empreitada é o romance A Bandeira do Elefante e da Arara, lançado este mês pela Devir. O volume com pouco mais de 300 páginas traz a republicação das primeiras aventuras da dupla de heróis, cada capítulo sendo uma das noveletas citadas acima. Traz também as três histórias publicadas anteriormente apenas em inglês e ainda quatro histórias inéditas, dando um fecho às aventuras da bandeira.

A escrita de Kastensmidt é agradável e fluida. Apesar de mais voltado para o público jovem, deve agradar a leitores de todas as idades. O texto é bem-humorado e segura o leitor, especialmente nas sequências de batalhas. O autor trabalha com habilidade as entidades folclóricas brasileiras, aproveitando com maestria as características de cada personagem. O resultado final é um livro extremamente agradável.

A Bandeira do Elefante e da Arara merece todas as recomendações possíveis, seja pelo uso inteligente das entidades folclóricas brasileiras, pela caracterização competente de um Brasil Colônia desconhecido por muitos ou pelos pequenos dramas pessoais que movem os protagonistas.

Mas talvez a qualidade mais importante e atraente do livro não seja nada disso. Seja simplesmente porque as histórias são legais pra caramba!

Leia mais sobre A Bandeira do Elefante e da Arara no site do autor. Ou no site da Devir Brasil.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para participar das edições: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Anuncie e Publique Conosco

Anunciante:

MENTES ADOLESCENTES

Posts populares

Inscreva-se e receba nossas novidades por e-mail:

LIVRO DESTAQUE

Drago Editorial

FARO EDITORIAL

LIVRO: NARRATIVAS DO MEDO

REVISÃO DE TEXTOS

REVISÃO DE TEXTOS
Revise o seu texto conosco.

Gostou do nosso trabalho?

Passaram por aqui


Labels