domingo, 18 de setembro de 2016

Déborah Felipe comenta sobre o seu novo livro A Casa das Hostesses

Déborah Felipe
Déborah Felipe nasceu na cidade de São Bernardo do Campo, no dia 2 de outubro de 1989. Desde cedo sempre teve seu lado artístico muito aflorado e começou seu primeiro romance – “As Canetas Mágicas – O Mistério do Xadrez” – aos doze anos. Apaixonada pela cultura japonesa, a maior parte de suas histórias giram em torno de personagens do outro lado do mundo. Ficou conhecida como Sereny Kyle, escrevendo fanfics no site Nyah! Fanfiction.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Déborah Felipe: Desde muito cedo, eu aprendi a amar os livros, em casa e na escola eu sempre tive muito apoio e bons exemplos. Essa foi uma parte muito importante para começar a escrever porque aquelas histórias despertavam histórias na minha imaginação; eu comecei escrevendo fanfics (que são histórias baseadas em livros ou filmes em que você escreve sobre personagens de outros escritores em situações que você inventa) e postava num site chamado Nyah! Fanfiction. Foi nessa época que A Casa das Hostesses nasceu. Quando eu decidi que queria transformá-la em livro, eu tive a sorte imensa de encontrar a Editora PenDragon, que apostou comigo nesse sonho e o transformou em realidade!

Conexão Literatura: Você é autora do livro “A Casa das Hostesses”. Poderia comentar?

Para adquirir o livro: Clique aqui
Déborah Felipe: A Casa das Hostesses é meu maior orgulho! Ele consegue ser realmente surpreendente, porque eu mantive muitos truques sob os panos até o fim e tem muita história para contar, muito a ser descoberto até o fim do último capítulo! E o que me dá mais orgulho nesse universo são minhas próprias hostesses, que envolvem e desvendam você num drink, numa conversa, num olhar! A Casa das Hostesses é muito boa em fazer você querer entrar lá e não sair mais!

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do seu livro especialmente para os nossos leitores?

Déborah Felipe: “– A Casa das Hostesses é conhecida por reconstruir o espírito das pessoas que passam por aquela porta – ele brincou, mas a garota concordou veemente.
    – E reconstrói mesmo. Mas só daqueles que deixam que ela atinja no mais profundo de suas almas. Eu já vi muitas pessoas entrarem aqui e não sentirem isso, nunca mais voltarem...”

Conexão Literatura: Se fosse escolher uma trilha sonora para o seu livro, qual seria?

Déborah Felipe: Eu gosto muito de ouvir música quando escrevo e eu gosto muito de Rock Japonês, se tivesse de escolher uma trilha sonora para A Casa das Hostesses seria uma banda que eu gosto que se chama Luna Sea, minha preferida deles “Millennium”.

Conexão Literatura: Como os interessados deverão proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?

Déborah Felipe: Vocês encontram meu livro no site da Editora PenDragon, no Submarino, na Americanas.com e no Shoptime. Para saber mais sobre mim, eu tenho alguns textos num blog também chamado “A Casa das Hostesses” e minhas fanfics no Nyah! Fanfiction ainda estão postadas lá no meu perfil, sob o pseudônimo de Sereny Kyle.

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Déborah Felipe: Sim! A Casa das Hostesses é o primeiro livro de uma série e eu já estou trabalhando no segundo livro para que ele seja lançado o quanto antes! Além da série, eu ainda tenho muitas outras histórias que já estão prontas, só esperando o momento de serem publicadas.

Perguntas rápidas:

Um livro: O Retrato de Dorian Gray - Oscar Wilde
Um (a) autor (a): Pedro Bandeira. Ele escreve literatura infanto-juvenil, bem diferente do que é meu livro, mas ele é um grande ídolo pra mim!
Um ator ou atriz: Sebastian Stan
Um filme: Em Busca da Terra do Nunca - Mark Forster
Um dia especial: Meu primeiro dia na Bienal desse ano, com meu livro publicado e vendendo no estande da Editora PenDragon.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Déborah Felipe: Nunca deixem de sonhar e nunca deixe que ninguém lhe convença de que você não é capaz de realizar seus sonhos! Ao contrário do que se pensa, sonhar acordado precisar ser com os dois pés bem firmes no chão, sem acreditar que eles vão se realizar sozinhos, num passe de mágica. A mágica no nosso mundo não é a dos contos de fadas, ela nasce dentro de nós e só você pode confiar em você mesmo e se ajudar a chegar aonde deseja! Se você quer ser escritor, mantenha os pés bem firmes no chão, a cabeça aberta para novas ideias e a caneta sempre à mão! E a todos que desejam conhecer meu mundo “mágico”, sejam muito bem vindo à Casa das Hostesses!

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Ajude a manter a nossa revista. Doe, nossas edições são gratuitas para os leitores!

Curta Nossa Fanpage

Inscreva-se e receba nossas novidades por e-mail:

Anuncie e Publique Conosco

LIVRO: 666 - SINAIS - MARLI FREITAS

Posts mais acessados

LIVRO DESTAQUE

REVISÃO DE TEXTOS

REVISÃO DE TEXTOS
Revise o seu texto conosco.

Passaram por aqui


Labels