domingo, 11 de dezembro de 2016

Conexão Nerd - Juliano Barbosa Alves, especialista em jogos digitais

Conexão Nerd entra no mundo dos games, algo que deixa tantas pessoas fascinadas, sendo que algumas passam a noite em claro para passar uma fase ou chegar ao final do jogo. Alguns usam apenas para pura diversão, outros ganham muito dinheiro com isso. E para adentrarmos mais nessa área, entrevistamos Juliano Barbosa Alves, que é especialista em marketing e jogos eletrônicos. Confira:

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Quando e como surgiu o seu interesse por jogos eletrônicos?

Juliano Barbosa Alves: Desde criança eu sempre fui um aficcionado pelos jogos de computador. Principalmente pela incrível capacidade que ele tem de contar novas e diferentes histórias. Megaman, Super Mário e Golden Axe foram alguns títulos que me inspiraram e que me incentivaram a ler mais ficção científica e fantasia. Enfim, os jogos de computador ocupam um espaço especial no meu coração, bem ao lado dos livros e das animações.

Juliano B. Alves
Conexão Literatura: O produtor de Games cria e desenvolve jogos eletrônicos para computadores, tablets, celulares e consoles de videogames. Existe uma diferença entre eles em questão a complexidade na criação ou são basicamente todos iguais?

Juliano Barbosa Alves: Tudo muda. A tecnologia, o público-alvo, o tipo de jogabilidade e o processo de produção são diferentes. Os jogos para tablets e celulares normalmente são mais casuais, com uma jogabilidade mais focada no passatempo. Já os jogos de computador e console, permitem a criação de jogos mais complexos. Mas isso é uma explicação superficial pois os games vem quebrando barreiras e você pode encontrar jogos incríveis que funcionam em todas as plataformas.

Conexão Literatura: É possível viver como produtor de Games no Brasil?

Juliano Barbosa Alves: Sim! Eu fiz isso por mais de 12 anos com a minha empresa ao mesmo tempo que ajudei a fundar a Abragames (http://www.abragames.org/). O mercado de jogos de computador já está bem estabelecido no Brasil e a cada ano estamos vendo novos produtos nacionais alcançando reconhecimento internacional.

Conexão Literatura: Poderia comentar sobre os jogos interativos publicitários e jogos empresariais?

Juliano Barbosa Alves: Os “Serious Games” são tipos de jogos que o foco não é o entretenimento mas a transmissão de um conceito, tanto de uma publicidade quanto de um treinamento. Os mais famosos casos desse tipo são os simuladores. Jogos tão próximos do real que podem treinar pilotos de avião ou operadores de máquinas pesadas.

Conexão Literatura: Qual o primeiro passo para os que desejam se tornar um Produtor de Games?

Juliano Barbosa Alves: Tudo depende de onde você quer trabalhar. Além das áreas técnicas e de arte gráfica, você pode seguir carreira como game-design, roteirista, beta-tester ou mesmo coordenador de equipe. O setor hoje emprega e tem os mais variados tipos de profissionais. Inclusive já é considerado o maior mercado de entretenimento do mundo, superando o cinema e a televisão.
Conexão Literatura: Agora a pergunta que todos querem saber: Qual o seu jogo preferido e por quê?

Juliano Barbosa Alves: Além de trabalhar com a área de tecnologia eu também sou escritor. Então eu preciso citar três dos meus jogos favoritos. O primeiro é a série retrofuturista Fallout, o segundo é o maravilhoso e distópico Last of Us e o último é a épica série Sci-fi Mass Effect. Grandes jogos com maravilhosas histórias que realmente mostram o real potencial dessa área. Vale a pena conferir!

Conexão Literatura: Além de produtor de Games você também é escritor e trabalha na Intel?

Juliano Barbosa Alves: Eu sempre gostei de imaginar histórias. Antes mesmo de começar a ler e a jogar games, eu sempre fui um apaixonado pela possibilidade de contar minhas próprias versões. Por isso eu sempre escrevi. Já participei de várias coletâneas, tenho um blog de literatura (http://criadordemundos.com.br) e participo do Wattpad (https://www.wattpad.com/user/JBAlves). Finalizei e agora estou revisando meu primeiro romance de ficção científica. Em paralelo, eu criei uma empresa de jogos e fui diretor comercial dela por mais de doze anos e, depois me mudei para São Paulo, eu estou trabalhando na área de marketing da Intel, onde justamente trabalho com os desenvolvedores nacionais de games.

Perguntas rápidas:

Um livro: Belas Maldições por Neil Gaiman e Terry Pratchett.
Um(a) autor(a): Stephen King. Principalmente depois da série Torre Negra.
Um ator ou atriz: Christopher Lee
Um filme: De volta para o Futuro.
Um dia especial: Quando terminei meu primeiro romance.
Um desejo: Ajudar a difundir a literatura nacional.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Juliano Barbosa Alves: Continuem lendo, continuem criando. Não importa se você vai fazer isso nos games, no rádio, na internet ou nos livros. O mundo e especialmente o Brasil, precisam de mais contadores de histórias. :)   

Entrevista publicada na edição de nº 12 de Conexão Literatura. Para baixar a revista: Clique aqui.
*Para parcerias com lojas Geeks, é só entrar em contato: pascale@cranik.com - c/ Ademir Pascale

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Ajude a manter a nossa revista. Doe, nossas edições são gratuitas para os leitores!

Curta Nossa Fanpage

Inscreva-se e receba nossas novidades por e-mail:

Anuncie e Publique Conosco

LIVRO: 666 - SINAIS - MARLI FREITAS

Posts mais acessados

LIVRO DESTAQUE

REVISÃO DE TEXTOS

REVISÃO DE TEXTOS
Revise o seu texto conosco.

Passaram por aqui


Labels