quarta-feira, 14 de junho de 2017

Jovem roraimense comenta sobre "Moça Estranha", novo livro lançado pela Drago Editorial

Lanna Kamila
Roraimense, Escorpiana, estudante e filha caçula. Lana Camila Santos Gonçalves tem 17 anos, nasceu em 25 de outubro de 1999, e mora no interior do estado de Roraima, na cidade de São Luiz. Lanna é apaixonada pela vida, por flores, fotografia e poesias. Gosta de MPB, como o clássico Tim Maia, e os sertanejos de Bruno e Marrone. Mora com a mãe, o padrasto e a irmã, e está cursando o terceiro ano do 2° grau.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Lanna Kamila: Bom, minha conexão com a Língua Portuguesa existe desde o inicio da minha vida estudantil, eu sempre fui organizada com as palavras, até porque eu gosto e aprecio-as. A questão literária já foi em 2015, por um acaso, (acaso lindo, pra variar, né!?) voltando no ônibus escolar, sentada e olhando a paisagem pela janela, eu escrevi então minha primeira poesia; fraquinha, curta e sem muita rima, mas esse foi exatamente o ponto de partida para a produção de muitas outras. 
Eu já havia sonhado em ser médica, juíza, delegada, professora, mas nunca em ter um livro publicado. Por isso defino minha carreira no mundo literário como “um presente de Deus”, que chegou sem aviso prévio, mas que se encaixou perfeitamente ao meu perfil.

Conexão Literatura: Você é autora do livro "Moça Estranha" (Drago Editorial). Poderia comentar?

Lanna Kamila: Costumo dizer que o livro “Moça Estranha” é um livro diferenciado dos demais, porque foi feito para um público alvo especial, que são as moças apaixonadas e sonhadoras. Eu me dediquei para ele ser assim. Até porque eu via a necessidade de algo parecido no mercado literário, acredito que o sentimentalismo e a sensibilidade feminina não podem ser esquecidos, e é exatamente isso que o livro “Moça Estranha” traz... Poesias exorbitantemente amorosas e repletas de luz, para que todos os dias o leitor possa ser impactado pelo amor.

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro?

Lanna Kamila: A construção do meu livro é algo bem intrigante! Rsrs. Nem eu mesma sei explicar como tudo aconteceu, foi tudo muito rápido, não sei calcular corretamente o tempo certo em que o escrevi, foram basicamente apenas nas férias do colégio, do final do ano de 2015 para o ano de 2016. Eu passava o dia catando palavras mentalmente para a produção de novos versos, e, sempre que possível escrevia uma nova poesia para alguma menina, e assim fui dando sequência... Até obter o livro em mãos.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do qual você acha especial em seu livro?

Lanna Kamila: Uma das poesias mais marcantes para mim e, que também está no livro “Moça Estranha”, é:

“Sempre fui assim,
AMOROSA.
Uma mistura de
AMOR e ROSA.”

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir um exemplar do seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?

Lanna Kamila: As vendas por enquanto estão sendo apenas online. Mas basta acessar o site da Editora Drago (www.livrariadragoeditorial.com) clicar na categoria “não ficção”, em seguida em “poesias”, daí por diante basta escolher a quantidade e a sua cidade para entrega do livro! É simples e rápido! Para conversar comigo basta mandar um email, para lannakamilallf@gmail.com, respondo a todos assim que eu visualizar. E para conhecer o trabalho da Moça Estranha é só curtir a página no facebook (Moça Estranha) e seguir no instagram (@flordemeninna)

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Lanna Kamila: Sim! Nada concreto, nem em andamento... Mas estou cogitando e analisando histórias de moças e seus relacionamentos, para a produção de um romance juvenil. Esse é um projeto para o ano de 2018, como a ficção é bem mais complexa que poesias, tentarei dedicar mais tempo à minha escrita para o resultado ser alvo de um público maior e unissex.

Perguntas rápidas:

Um livro: Meu Pé de Laranja Lima
Um (a) autor (a): Clarice Lispector
Um ator ou atriz: Fernanda Montenegro
Um filme: “Colônia Dignidade”
Um dia especial: 08.07.2014

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Lanna Kamila: Quanto ao tema “Moça Estranha”, às vezes perguntam para mim: “por que?” “quem se encaixa?” “o que tem que fazer para ser uma Moça Estranha?”

E eu sempre digo que basta ter amor, sabe!? O coração de muitas meninas hoje em dia foi tomado por malícias e maldades, por isso designo como “Estranhas” aquelas que continuam com seu coração intacto e repleto de energias boas, essas são as diferenciadas, as fortes comparadas às demais, essas são, sem dúvidas, Moças Estranhas.

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para participar das edições: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Assista ao vídeo

INSCREVA-SE---->

Anunciante:

Anuncie e Publique Conosco

Posts populares

Inscreva-se e receba nossas novidades por e-mail:

Drago Editorial

LIVRO: JÚLIA

LIVRO: AS CRÔNICAS DO AMANHECER

LIVRO: NÃO É COM VINAGRE QUE SE APANHAM MOSCAS

LIVRO: DOIS ANJOS E UMA MENINA

REVISÃO DE TEXTOS

REVISÃO DE TEXTOS
Revise o seu texto conosco.

Gostou do nosso trabalho?

Passaram por aqui


Labels