terça-feira, 25 de julho de 2017

Mauricio R B Campos, ganhador do Troféu HQ Mix por seu roteiro "A Rainha de Amarelo", lança "Crônicas de Sudalbion"

Mauricio R B Campos
Mauricio R B Campos é autor de roteiros e textos literários. Participou de diversas antologias e foi vencedor de vários prêmios, incluindo o Troféu HQ Mix por seu roteiro A Rainha de Amarelo (in O Rei Amarelo em Quadrinhos, Draco, 2015).

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Maurício R B Campos: O início vem do desejo de contar histórias, uma necessidade de criar. Meu início foi através de antologias, e quando ganhei o concurso de contos da Livrarias Curitiba, senti que estava no caminho certo e não parei mais.

 Conexão Literatura: Você é autor do e-book “Crônicas de Sudalbion” (Amazon). Poderia comentar?

Maurício R B Campos: Esse e-book é minha primeira incursão pelo gênero steampunk (para quem não sabe o que é steampunk, poderíamos definir de maneira simplista como uma realidade alternativa onde a tecnologia humana se desenvolveu através do vapor e da força das caldeiras; uma realidade onde dirigíveis cruzam os céus, os carros e navios são movidos à carvão, a tecnologia cibernética nunca foi criada, mas os autômatos ganharam um desenvolvimento espetacular). O gênero é uma grande homenagem aos romances de aventura de Robert Louis Stevenson, Júlio Verne e outros autores novecentistas. Em Crônicas de Sudalbion narro as desventuras de uma jovem órfã tendo que ganhar seu próprio sustento em um mundo repleto de armadilhas e perigos. Em sua jornada terá que lidar com a ganância humana, uma invasão de monstros e com o próprio pai da mentira.

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu e-book?

Maurício R B Campos: Por incrível que pareça essa noveleta foi o texto sobre o qual mais trabalhei desde que comecei a escrever. São três contos que vinha trabalhando, inclusive um deles com o auxílio de um copidesque, que quando surgiu a oportunidade de publicar pela Dragonfly, decidi fazer um amálgama desses contos e retrabalhá-los como uma noveleta.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do qual você acha especial em seu e-book?

Maurício R B Campos:
Há cinquenta anos, no meio da multidão da Avenida, senti-me roçado por um ser misterioso que sempre desejei conhecer e que, imediatamente, reconheci, embora jamais o tivesse visto. Eu era um ninguém na época, ainda não havia adquirido um título de Nobreza, e, mesmo assim, ele me chamou para um passeio, e, após entrar em uma viela ordinária, acedemos por uma porta estreita e discreta ao salão mais luxuriante que eu não sonhara conhecer. Homens belos como estátuas de Michelangelo riam com os copos cheios. Mulheres saídas de um sonho, tais quais fadas, em seus colos, os acariciavam. Livros de capas amarelas, secretos e proibidos aos reles mortais, estavam disponíveis para consulta nas prateleiras. Ao fundo, uma adega com as melhores garrafas do mundo, ópio ao estender da mão e o luzir áureo nos detalhes das paredes e do teto. Quem entrasse naquele recinto e sentisse a afetuosa simpatia que unia os presentes, jamais quereria deixar aquele recanto de beatitude, aquele oásis de obscura sedução no mundo humano. Mal nos sentamos e já parecíamos velhos amigos, conversamos por horas e horas, uma vez ou outra, nosso colóquio era interrompido para o jogo, esse prazer sobre-humano, e, assim, eu havia jogado e perdido minh’alma, em partida justa, com desenvoltura e leviandade heroicas. Ele me contou de suas aventuras, da criação do mundo e da rebelião, e tudo o mais que se sucedeu e que para ti é segredo de morte e proibição peremptória. Ao final da noite, eu já gracejava com ele, e, após tão afetuoso período, disse-me que, para dissipar os boatos que por ventura eu possa ter ouvido, seria, para mim, como o povo gosta de dizer, um bom diabo, e, daquele dia em diante, tudo o que eu quisesse estaria ao meu alcance. E, assim, se fez, desde aquela tarde fatídica que assim se sucede, tenho toda a riqueza que um homem pode sonhar, tenho poder, honrarias de Nobreza e saúde em abundância. Até hoje, todos os meus desejos foram saciados, todos sentiam prazer em minha amizade. Nunca mais tive febre, nunca mais dor, nem uma gripe sequer. Apenas bem-aventurança.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o e-book e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?

Maurício R B Campos:  O leitor pode adquirir o e-book direto no site da Amazon, se preferir uma versão em PDF, estará disponível no web-site da editora Dragonfly. Mantenho um website também: www.mauriciorbcampos.com.br.


Conexão Literatura: Você lançará na SteamCon Paranapiacaba, a coletânea Steampunk - Contos do Mundo do Vapor. Poderia comentar?

Maurício R B Campos: A Dragonfly, em parceria com a Aliteração, organizou uma série de e-books steampunk. O livro físico Steampunk – Contos do Mundo do Vapor, é um volume que reúne todos esses textos. Nesse livro estão grandes nomes do gênero como Zero Vier, que é o pseudônimo de José Roberto Vieira, autor da saga O Baronato de Shoah (Editora Draco), Flávio Cesar de Medeiros Jr, autor de Homens e Monstros (Editora Draco) e Gianpaolo Celli, que quando editor da Tarja Editorial lançou Steampunk – Histórias de um Passado Extraordinário. O livro estará sendo lançado na SteamCon, no estande da editora no antigo Mercado Municipal, com a presença de diversos autores.
Se não puder comparecer à Paranapiacaba, você pode adquirir os livros no site da editora (https://www.dragonflyeditorial.com.br/)

Perguntas rápidas:

Um livro: Os Detetives Selvagens
Um autor: Bolaño
Um ator ou atriz:  Idris Elba
Um filme: O Escritor Fantasma
Um dia especial: O dia da premiação do HQ Mix 2015.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Maurício R B Campos: A SteamCon promete ser um evento muito divertido, que inclusive pretende bater o recorde de maior convenção do gênero no mundo. Convido os leitores que puderem aparecer em Paranapiacaba, nos dias 05 e 06 de agosto, para conferir. O estande da Dragonfly Editorial fica no Antigo Mercado, na Rua Campos Salles, S/N, espero vocês por lá.


Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para participar das edições: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Anuncie e Publique Conosco

Anunciante:

MENTES ADOLESCENTES

Posts populares

Inscreva-se e receba nossas novidades por e-mail:

LIVRO DESTAQUE

Drago Editorial

FARO EDITORIAL

LIVRO: NARRATIVAS DO MEDO

REVISÃO DE TEXTOS

REVISÃO DE TEXTOS
Revise o seu texto conosco.

Gostou do nosso trabalho?

Passaram por aqui


Labels