quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Mauricio de Sousa e sua Turma chegam às livrarias em uma edição do clássico “Alice no país das maravilhas”

Com o texto original de um dos maiores clássicos da literatura infantil, a Turma da Mônica mergulha na toca do coelho e leva a turminha do Limoeiro para o mundo mágico de Alice

“Um coelho apressado, de colete, olhando as horas no relógio de bolso? Aquilo, sim, era bem esquisito. Ela ficou olhando e viu quando ele entrou numa toca logo mais à frente. Levantou-se depressa e saiu correndo atrás dele. Alice pulou e, já dentro da toca, percebeu que caía numa espécie de poço.”

Uma história que conquistou e conquista gerações de leitores de todas as idades, que inspirou centenas de livros, filmes e animações ganha uma nova edição reinterpretada pela dentucinha mais amada do Brasil e seus amigos. Sim, a Turma da Mônica caiu na toca do coelho e chega às livrarias em setembro, pela Girassol Brasil, com lançamento especial durante a Bienal do Livro do Rio de Janeiro.

Com o texto original da obra de Lewis Carroll, numa versão assinada pela ensaísta e tradutora Márcia Lígia Guidin, Mauricio de Sousa escalou a turminha para reviver Alice no país das Maravilhas.

Mônica se transforma em Alice, uma menina com uma imaginação enorme, uma curiosidade que a mete em muitos problemas e uma inocência que enche os nossos corações. Depois de perseguir um coelho, nesse caso o Cebolinha, Alice acaba num mundo novo e completamente maluco, onde vai aprender sobre amizade, respeito, humildade, justiça, família e sonhos.

Nesta edição especial, capa dura, com ilustrações em cores e movimentos que dão mais “realidade” as cenas icônicas de Alice e seus personagens, Mauricio e sua equipe conseguiram dar uma nova vida ao clássico, escalando um “elenco” de diversas histórias do universo Turma da Mônica. Rolo, Pipa, Louco, Magali e até o Mingau mergulharam nessa história e vão conquistar os leitores.

O lançamento oficial do livro vai acontecer durante a 18ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, com a presença de Mauricio de Sousa e a Turma da Mônica, nos dias 3 e 9 de setembro, no estande da Livraria Saraiva.

E como diria o Rei de Copas, comece pelo começo, vá lendo e, quando chegar ao fim... fique maravilhado!!!

“Para mim e para toda a turminha do bairro do Limoeiro, foi uma honra oferecer uma nova roupagem (bem ao nosso estilo) para uma obra tão clássica. Fizemos tudo com aquele carinho que nossos leitores conhecem há tanto tempo, para que a sua experiência seja, literalmente, uma maravilha”  - Mauricio de Sousa

Ficha Técnica:
Título: Alice no país das Maravilhas
Formato: 23,5 x 30,5 cm
Nº de págs: 80 (Capa dura e miolo colorido)
Preço: R$69,90

Sobre os autores:
Mauricio de Sousa iniciou sua carreira como ilustrador na região de Mogi das Cruzes, próximo de Santa Isabel, onde nasceu. Aos 19 anos, mudou-se para São Paulo e, durante cinco anos, trabalhou no Jornal Folha da Manhã (atual Folha de São Paulo), escrevendo reportagens policiais. Em 1959 criou seu primeiro personagem, o cãozinho Bidu. A partir daí vieram, Cebolinha, Cascão, Mônica, e tantos outros. Em 1970, lançou a revista Mônica. Depois de passar pela Editora Abril e Editora Globo, assinou contrato com a multinacional italiana Panini. Cerca de 150 empresas nacionais e internacionais são licenciadas para produzir mais de três mil itens, com os personagens de Mauricio de Sousa; suas criações chegam a cerca de 30 países

Lewis Carrol, o autor, chamava-se de fato Charles Lutwidge Dodgson. Ele nasceu em 1832 em Cheshire, na Inglaterra. Estudou em casa até os 12 anos e então foi para a Rugby School, em Warwickshire, e a seguir para o Christ Church College, em Oxford, onde cursou matemática. Quando se formou, passou a lecionar essa matéria na Universidade de Oxford. Lewis Carroll não teve filhos, mas contava histórias para os filhos de seus amigos, e as crianças adoravam ouvir os acontecimentos estranhos de Alice em um mundo mágico. A história original de Alice no País das Maravilhas foi publicada em 1865. O autor continuou a contar histórias até o fim da vida. Ele morreu em 1898, na casa da irmã, em Surrey, na Inglaterra.

Márcia Lígia Guidin, a tradutora, nasceu em São Paulo em 1950. É mestre e doutora em Letras pela USP, ensaísta e tradutora. É professora titular aposentada de Literatura Brasileira, Teoria Literária e Edição de Texto. Membro titular da Academia Paulista de Educação (cadeira 6), exerce na APE o cargo de Diretora de Comunicação. É autora de obras críticas de literatura, palestrante para as áreas de Educação e Literatura, e resenhista do Jornal Rascunho. Foi responsável pelo programa “Que tal seu português?” da Rádio USP, onde gravou mais de 100 miniaulas. Foi membro do Conselho Curador do Prêmio Jabuti da Câmara Brasileira do Livro por dez anos. Faz parte da Associação de Amigos e Patronos da Biblioteca Mário de Andrade. Atualmente dirige a Miró Editorial, que oferece assessoria e coaching para editores e escritores. Mas um de seus trabalhos favoritos é traduzir e adaptar obras infantis e juvenis.

Sobre a editora:
Fundada no ano 2000, a Girassol Brasil nasceu com o objetivo de levar a crianças e jovens leitores livros com altíssima qualidade editorial e gráfica, que pudessem despertar o interesse pela leitura, além de também proporcionar momentos de diversão. A cada página, uma viagem inesquecível ao mundo da imaginação, um desafio a ser resolvido, um desenho para pintar, uma emoção a ser vivida.  Referência no mercado editorial nos dias atuais, tem mais de três mil livros publicados ao longo de sua história.

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Ajude a manter a nossa revista. Doe, nossas edições são gratuitas para os leitores!

Curta Nossa Fanpage

Inscreva-se e receba nossas novidades por e-mail:

Anuncie e Publique Conosco

LIVRO: 666 - SINAIS - MARLI FREITAS

Posts mais acessados

LIVRO DESTAQUE

REVISÃO DE TEXTOS

REVISÃO DE TEXTOS
Revise o seu texto conosco.

Passaram por aqui


Labels