sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Laís Ferreira lança Ao norte, ao chão - ​Com 25 anos, escritora mineira publica seu terceiro livro de poemas no Rio de Janeiro

Laís Ferreira Oliveira - Foto divulgação
A escritora e poeta Laís Ferreira Oliveira lança no dia 7 de dezembro (quinta-feira), às 19h, o livro Ao norte, ao chão no Espaço Oito e Meio. A obra reúne trinta e seis poemas, que articulam, em versos, o que seria o processo de duas travessias principais: um cotidiano deslocado territorialmente - e temporalmente - e a experiência do amor. No primeiro caso, são interessantes como alguns dos poemas desenham imagens de Niterói, do Rio de Janeiro e da Baía de Guanabara, como percebemos em "Baía" e "Rua São João". Esse território que precisa ser vivido para ser compreendido parece conflitar com o que poderia ser esperado da vida adulta: viver com certeza, em direção a um futuro, levar consigo garantias. Nesse entremeio, o amor parece como aquilo que, ao mesmo tempo, estabiliza e perturba: ele é comparado ao movimento das marés, às frutas que saciam, mas também apodrecem e constitui o principal elemento que, em si, carrega as marcas do envelhecimento e, simultaneamente, do que persiste da juventude.

Na orelha do livro, o professor doutor Eduardo Coelho, docente da faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro e pesquisador de poesia escreveu:

"Os poemas de Ao norte, ao chão  revelam uma trama em sentido ambivalente: ela se manifesta no verso, 'esta linha/ em que não vamos ao fim/ para que se possa respirar/ e haja ainda o que seguir', conforme 'Percurso', um dos pontos altos deste livro de Laís Ferreira; a trama também se faz presente na tendência à narratividade, que é contida, em ritmo cadenciado, às vezes alcançando um suave prosaísmo. De qualquer modo, sua poesia ressalta na oscilação de experiências em torno do amor, que se apresenta 'como as redes, as iscas, as buscas/ próximas ao mar'. Outro sinal dessas buscas se torna evidente na recorrência com que cartas são evocadas e especuladas, funcionando como um símile da intensidade dos sentimentos.

O amor também se mostra, indiretamente, no seu trabalho em relação às imagens, que se encadeiam, reproduzindo a dinâmica da rede. Em Ao norte, ao chão, as imagens se desdobram em outras, o que garante uma série de emoções a um mesmo símbolo, seja ele o 'mar', seja ele o 'bolso'– duas constantes na poesia de Laís Ferreira.

Contudo, o verso 'é próximo ao chão/ embora se escalone ao céu', sugerindo uma poética de contrastes. Eles estão presentes em referências a patologias contemporâneas e à perspectiva trágica de certos poemas, como 'Os sem nomes do amor': 'É triste, mas não somos a terra:/ não retemos poeira, grão e cal./ O que cai em nós não germina,/ não há morte precursora da vida.// No entanto, sob as unhas descansam/ um verso por quem se foi, a esperança.'É uma obra que, nos contrastes, desvela que tudo está tão próximo e tão distante.

O livro será lançado pela Editora Moinhos, casa editorial independente que surge com o objetivo de publicar livros nos mais diversos gêneros. Neste momento, a obra já se encontra em pré-venda: http://editoramoinhos.com.br/loja/ao-norte-ao-chao/

Sobre a autora:
Laís Ferreira Oliveira nasceu em 1992, em Belo Horizonte. É poeta, fotógrafa, jornalista e pesquisadora. É mestranda em Comunicação na UFF, com ênfase em estudos do cinema e audiovisual. É bacharela em Comunicação Social, pela UFMG. É autora de Canções do Porto e do Mar (2017) e Caderno de Bolsa (2015). Publicou em antologias e revistas literárias, como a Revista 7faces. Em 2014, foi finalista do Concurso Nacional Novos Poetas, da Vivara Editora, com o poema "O Beco número 2″. Em 2008, obteve menção honrosa com a crônica "Frutinhos e tiras de chitão" no concurso Brasileiros em Prosa & Verso, da Editora Alba. Obteve o quinto lugar com o poema !Outeiros" nesse concurso. É crítica e editora da Revista Moventes (www.revistamoventes.com), com notas sobre as imagens e sons.

Serviço:
Lançamento do livro Ao norte, ao chão de Laís Ferreira Oliveira
Espaço Oito e Meio - Travessa dos Tamoios, 32, loja C - Flamengo | Rio de Janeiro.
Data: 7 de dezembro, quinta-feira
Horário: das 19h às 22h
* O livro custa R$32,00.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Ajude a manter a nossa revista. Doe, nossas edições são gratuitas para os leitores!

Curta Nossa Fanpage

Inscreva-se e receba nossas novidades por e-mail:

Anuncie e Publique Conosco

LIVRO: 666 - SINAIS - MARLI FREITAS

Posts mais acessados

LIVRO DESTAQUE

REVISÃO DE TEXTOS

REVISÃO DE TEXTOS
Revise o seu texto conosco.

Passaram por aqui


Labels