quinta-feira, 15 de março de 2018

Edmir Camargo e o livro Turbulência, por Sérgio Simka e Cida Simka

Edmir Camargo - Foto divulgação
Fale-nos sobre você.

Sou Edmir Camargo (Edmir Vieira Camargo), nasci em Santo André (SP) no dia 17 de agosto de 1945. A despeito de ter viajado profissionalmente com muita frequência por todo o Brasil, sempre morei por aqui. Sou formado em Comunicação Social pela Metodista.
Sou casado com a Norma e tivemos dois filhos: Alexandre e Giuliana. A Giu, infelizmente, faleceu precocemente há cerca de quatro anos; o Alexandre trabalha com cinema de animação e é casado com a artista plástica e ilustradora Camila. Temos uma netinha, a Luna, de dois anos, o foco de nossa vida atualmente.
Eu e a Norma já tivemos o enorme prazer e o privilégio de viajarmos pelo Brasil e para o exterior algumas vezes. 

ENTREVISTA:

Fale-nos sobre seus livros.

Tenho atualmente cinco trabalhos publicados:
- Pequenas Histórias, Grandes Lembranças – livro de crônicas e contos que escrevi com o amigo Álvaro Ferreira;
- “E” de Elefante! – livro sobre a importância do bom e correto atendimento a clientes, um tema sempre importante;
- Os olhos da fera – romance;
- Turbulência – romance;
clique aqui.
- Crônicas e Contos de gaveta – página do Facebook na qual publico semanalmente textos que vou produzindo. Já são aproximadamente duzentos trabalhos.

Qual o motivo que o levou a escrevê-los?


Bem, são motivos diferentes para cada trabalho:
- Pequenas Histórias... surgiu de um material que eu e o amigo Álvaro publicávamos em um jornal semanal que dirigíamos em um clube de serviço. Associamos a vontade de publicarmos algo a um material que já estava disponível. Foi um agradável trabalho de compilação e parceria;

-“E” de Elefante! foi uma necessidade profissional que o gerou. Eu estava ministrando muitas palestras sobre atendimento a clientes e senti que deveria oferecer um material impresso aos participantes. O livro supriu e supre bem essa carência;

- Os olhos da fera foi o meu primeiro exercício mais longo de escrita com a construção de personagens. Foi muito agradável ver a história tomando forma. É uma sensação deliciosa o resultado deste tipo de trabalho;

- Turbulência foi de certa forma espelhado no enredo e no resultado do livro anterior. Como no Os olhos... o atual cenário político de nosso país deu a matéria-prima necessária para criar e desenvolver a trama central. O resultado está agradando aos leitores.

- Crônicas e Contos... é uma aventura diferente. O uso da rede social para divulgar o que se escreve funciona como uma missão sem data para terminar e cria uma obrigatoriedade saudável. O compromisso assumido comigo mesmo exige que eu produza constantemente. E o fato de o material a ser publicado não ser predeterminado dá a liberdade criativa que julgo necessária.

Como analisa a questão da leitura no país?

Esta questão é extremamente grave e motivo de muita preocupação e tristeza. Atualmente, quando encontramos alguém, jovem ou não, que demonstra apreciar a literatura nos sentimos como em contato com um ET. Infelizmente nossas escolas e nossas famílias, na sua maioria, não conseguiram demonstrar a importância da leitura e o resultado é o que temos: gerações inteiras de não leitores. Quem não lê não escreve. E quem não lê e não escreve fica à mercê dos que o fazem. O resultado desta triste equação são as notas baixíssimas nas provas de redação do ENEM, que impedem aos jovens o acesso a boas escolas.

O que tem lido ultimamente?

Sou um leitor voraz de romances. Alguns leio e releio. Minhas últimas leituras: Noite sobre as águas (Ken Follett); Origem (Dan Brown) e os três primeiros volumes (no total são cinco) do Ramsés (Christian Jacq).

Quais os seus próximos projetos?

Fora o trabalho da página semanal de crônicas e contos, tenho um projeto de ficção que ainda está em fase embrionária. Estou pesquisando o assunto e trabalhando...

Você faz parte do Núcleo de Escritores do Grande ABC. Fale-nos um pouco sobre ele.

O Núcleo é uma das boas coisas que me aconteceram nos últimos tempos. Além do contato com um pessoal agradável e com objetivos semelhantes aos meus, tenho a oportunidade de ser útil com a comunidade. Um dos principais objetivos do Núcleo é formar leitores proporcionando aos jovens oportunidades de envolvimento com literatura, seja através do contato com livros, realização de oficinas sobre escrita nas escolas e concursos de redação. É claro que estamos numa fase inicial, mas é importante entender que estamos construindo algo nesse sentido. Os resultados serão, com certeza, bons.

*Sérgio Simka é professor universitário desde 1999. Autor de cinco dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a coleção Mistério, publicada pela Editora Uirapuru.

Cida Simka é licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Coautora do livro Ética como substantivo concreto (Wak, 2014) e autora dos livros O acordo ortográfico da língua portuguesa na prática (Wak, 2016), O enigma da velha casa (Uirapuru, 2016) e “Nóis sabe português” (Wak, 2017).
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email de confirmação):

Anuncie e Publique Conosco

Posts mais acessados da semana

EDITORA PENALUX

EDITORA DRAGO

ENCONTRE UMA EDITORA PARA O SEU LIVRO

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

LIVRO: TRAVESSURAS DA MINHA MENINA MÁ

LIVRO "TAMARA JONG - O CHAMADO DE ÚLION"

Passaram por aqui


Labels