sábado, 17 de março de 2018

(Per)Cursos Possíveis: projeto realizado pelo Sesc Santo André oferece cursos e oficinas com longa duração

Narrativas Fotográficas  l  crédito: Nário Barbosa
Cursos voltados para iniciantes e veteranos preenchem a programação. Inscrições começam dia 21 de março

No primeiro semestre de 2018, o Sesc Santo André promove o (Per)Cursos Possíveis, uma série de cursos com práticas, técnicas e olhares variados que trabalham as relações entre artes e tecnologias. As atividades são voltadas para públicos de diversas faixas etárias e interesses, uma ótima oportunidade para descobrir aptidões, iniciar um hobby, ou mesmo aperfeiçoar técnicas artísticas, tecnológicas ou artesanais.
O (Per)Cursos Possíveis traz cursos com temáticas variadas e duração de até três meses. Com maior tempo de interação com os profissionais de cada oficina, os participantes têm a possibilidade de absorver conhecimentos teóricos que serão aplicados constantemente à prática, um processo de descobertas de vivências artísticas, troca de experiências, desenvolvimento de habilidades e projetos futuros. Os cursos exploram da interferência em fotografia à produção audiovisual, da discotecagem à marchetaria, da formação de modelo vivo a mochilas solares.
Nos encontros promovidos, os participantes, iniciantes ou não, poderão experimentar uma série de técnicas com novos processos e repertórios, fortalecendo o aprendizado ao exercitar novos percursos possíveis.  Os cursos acontecerão entre os meses de abril e julho, com inscrições na Central de Atendimento do Sesc Santo André: nos dias 21 e 22/03, somente para Credencial Plena e a partir do dia 23/03 para todos os públicos, conforme disponibilidade de vagas. Confira a programação completa dos cursos.

(Per)Cursos Possíveis
Programação
Olhares e Interferências, com Nário Barbosa
No Espaço Ateliê, de 03/04 a 24/04. Terças-feiras, das 19h às 21h.
Valores em R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (Meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes com Credencial Plena).
Pré-requisitos: a partir de 16 anos.
Este curso tem como objetivo registrar e difundir a diversidade urbana, mais especificamente, do centro de Santo André, a partir de referências de fotógrafos de rua nacionais e internacionais. Com o advento das tecnologias, atualmente todos podem ser fotógrafos, independentemente de técnicas ou equipamentos, produzindo imagens a todo o momento e divulgando-as em suas redes sociais. O participante terá a oportunidade de conhecer um pouco mais a cidade, por meio de um olhar mais sensível, observando detalhes antes de fotografar.
Há mais de 20 anos atuando como fotojornalista, Nário Barbosa possui sólida experiência em registrar o cotidiano. Produz trabalhos de intervenção em fotografias de diversas maneiras, utilizando diferentes técnicas que revelam novos olhares. Já participou de exposições no Brasil, em importantes espaços, como Itaú Cultural, além de diversas galerias. Foi premiado em salões de Arte no exterior, como o “Salón Mercosur Internacional”, na Argentina e possui obras em diversas coleções particulares.

Processos de Criação Audiovisual: Entre a Performance e a Instalação,
com Caio Fazolin
No Espaço Ateliê, de 03/04 a 26/06. Terças-feiras, das 19h às 21h.
Valores em R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (Meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes com Credencial Plena).
Pré-requisitos: a partir de 14 anos e conhecimentos básicos de informática.
Como tirar do papel o seu live audiovisual? Como produzir uma instalação multimídia? Como criar um videomapping? São essas perguntas que o curso pretende responder. Durante 12 encontros, o artista e programador Caio Fazolin apresenta e aborda o uso integrado de ferramentas audiovisuais assim como a interface física livre, Arduino. Os participantes serão convidados a desenvolver exercícios práticos com uma abordagem direta a temas como performance audiovisual, instalações multimídia e videomapping.
Caio Fazolin é artista audiovisual, programador e VJ (Micra), pesquisa linguagens computacionais e sua relação com a cultura. Bancos de dados, linhas de códigos e sistemas computacionais são a fonte para a pesquisa que se desdobra em performances audiovisuais generativas, instalações imersivas e interativas, e grandes projeções urbanas. Também atua como educador por meio de aulas e workshops de programação computacional para artistas e interessados.

Marchetaria em Bloco, com Rinaldo Ferruccio
No Espaço Ateliê, de 04/04 a 27/06. Quartas-feiras, das 19h às 21h30.
Valores em R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (Meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes com Credencial Plena).
Pré-requisitos: a partir de 16 anos.
O curso instiga a criatividade e intuição artística dos participantes fazendo com que idealizem e produzam o máximo de peças, como bio-joias e utilitários, que conseguirem durante o curso. O objetivo é proporcionar-lhes relativa prática na operação de máquinas como lixadeira de cinta de bancada, serra de fita de bancada, lixadeira orbital, micro-retifica, furadeira, tábuas de lixa, entre outros apetrechos e equipamentos, além de técnicas variadas.
Rinaldo Ferruccio é artífice em madeira, iniciando aprendizados em Marchetaria Maciça em 1999. De lá para cá desenvolveu estilo próprio explorando formas orgânicas e assimétricas alinhadas às artes visuais. Atualmente, é orientador do curso de Marchetaria Maciça no SESC Pompeia, atua como fornecedor da loja do Museu de Arte Moderna de SP e mantem um box na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto, onde também é membro da Comissão de Avaliação e Triagem de candidatos a expositores na Praça.

A Pintura e suas Técnicas, com André Ricardo
No Espaço Ateliê, de 05/04 a 28/06. Quintas-feiras, das 19h às 21h30.
Valores em R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (Meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes com Credencial Plena).
Pré-requisitos: a partir de 16 anos.
O objetivo do curso é instrumentalizar os alunos em relação às múltiplas possibilidades expressivas da linguagem pictórica por meio da pintura e suas técnicas. Serão abordadas técnicas como caseína, têmpera e óleo, entre outras. A introdução prática dos diversos procedimentos será tangenciada pelo enfoque histórico, chamando a atenção para as origens e usos das técnicas ao longo da história e na obra de artistas contemporâneos.
André Ricardo é formado em Artes Visuais pela ECA - USP, tendo realizado intercâmbio de estudos na Universidade do Porto / Portugal. Já apresentou diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Sua obra integra coleções públicas, entre as quais: Casa do Olhar Luiz Sacilloto – Santo André/SP e Museu de Arte de Ribeirão Preto/SP. Desde 2012, ministra cursos em diversos espaços culturais, incluindo os ateliês da rede SESC/SP.

Mochilas Solares: Energia Onde Você Estiver, com Karen Keppe e Camila Danieletto
No Espaço de Tecnologias e Artes, de 07/04 a 30/06. Sábados, das 14h às 17h.
Valores em R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (Meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes com Credencial Plena).
Pré-requisitos: a partir de 16 anos.
Neste curso os alunos aprenderão como costurar e construir uma mochila com carregador solar. As aulas terão uma mistura de aprendizados diversos em tecnologias e artes, como tingimento de tecidos ecológicos orgânicos com pigmentos naturais, costura da mochila usando a máquina de costura, produção do circuito eletrônico composto por células solares, a montagem de um “banco de bateria” (powerbank) e, por fim, a construção final da mochila high tech sustentável.
Karen Keppe é artista, arte educadora e produtora cultural. Investiga as relações entre arte, performance e tecnologia e produz instalações e atividades ligadas ao tema desde 2007.
Camila Danieletto é formada em Moda, estudou em Londres e trabalhou em grandes marcas de São Paulo. Adora pesquisar e estudar novas formas de criar, hoje tem a marca CAMIE de produtos infantis e segue se reinventando.

Formação de Modelo Vivo, com Juliano Hollivier
Na Sala de Múltiplo Uso, de 06/05 a 01/07. Domingos, das 10h30 às 12h30.
Valores em R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (Meia-entrada) e R$ 6,00 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo ou dependentes com Credencial Plena).
Pré-requisitos: a partir de 18 anos e conhecimentos básicos de desenho.
O curso propõe a formação de modelos vivos conscientes e sujeitos da exposição de seus corpos. O objetivo é ampliar a consciência corporal dos interessados e prepará-los com informações relacionadas à exposição artística do corpo em sessões de desenho, pintura, escultura e fotografia.
Juliano Hollivier desenvolve desde 2007 um trabalho performático diferenciado como Modelo Vivo, onde agrega ao ofício a particularidade de sua expressão cênica. Pesquisa o corpo e suas expressões artísticas no processo criativo, além da anatomia humana e participação do modelo na formação de artistas. Propõe o olhar sobre o modelo vivo como sujeito participativo da mediação artística, e não somente como objeto de observação. Qualidade da atenção, presença e consciência são princípios que baseiam seu trabalho corporal e desembocam na autonomia e criatividade coletiva. É Pós-Graduado em Técnica Klauss Vianna pela PUC-SP.

Supercombo Bê-a-Byte
Além dos cursos oferecidos durante o (Per)Cursos Possíveis, o Sesc Santo André realiza o Supercombo Bê-a-Byte, uma série de quatro cursos independentes voltados para aqueles que buscam uma iniciação no universo das tecnologias digitais. As atividades são voltadas para o público da terceira idade que já possui domínio das novas tecnologias ou que pretende aprender como realizar diversas tarefas por meio de smartphones e computadores. Os cursos são gratuitos e os alunos podem optar por fazer apenas um ou mais cursos ao mesmo tempo.
Primeiros Bits: Letramento, com Fabio Souza
No Espaço de Tecnologias e Artes, de 03/04 a 26/06. Terças-feiras, das 15h às 17h.
Grátis.
Pré-requisitos: a partir de 60 anos.
Curso para iniciação ao computador com primeiros passos e principais recursos para uma independência na internet, além de uma introdução à comunidade do software livre, noções de privacidade na rede, liberdade de expressão, e compartilhamento de informação confiável.
Fábio Souza faz parte da equipe do Sesc na área de Tecnologias e Artes. É formado em Letras e trabalha com cursos de letramento digital há sete anos, além de desenvolver atividades para diferentes públicos unindo ferramentas digitais, arte e cultura.

Digitudo, com Adriano Calsone
No Espaço de Tecnologias e Artes, de 03/04 a 26/06. Terças-feiras, das 10h30 às 12h30.
Grátis.
Pré-requisitos: a partir de 60 anos. Preferencialmente trazer smartphone pessoal.
Como acessar o banco pela internet? Como chamar um UBER? Como utilizar o smartphone sem receios? Como usar um tablet para instalar e desinstalar um aplicativo? Como participar das redes sociais? Como se proteger das ameaças digitais? Como consultar os serviços de utilidade pública? Essas e outras dúvidas comuns sobre o universo das tecnologias móveis e da cultura digital serão discutidas neste curso, tendo por base as necessidades dos participantes.
Adriano Calsone faz parte da equipe do Sesc na área de Tecnologias e Artes. É educador e produtor editorial, com especialização em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. Trabalha há dez anos com letramento digital.

Conectodos, com Adriano Calsone
No Espaço de Tecnologias e Artes, de 05/04 a 28/06. Quintas-feiras, das 10h30 às 12h30.
Grátis.
Pré-requisitos: a partir de 60 anos. Preferencialmente trazer smartphone pessoal.
Curso sobre as mídias digitais para pessoas que já conhecem os recursos computacionais, mas desejam aprimorar seus conhecimentos. Durante as aulas, os alunos conhecerão o universo da tecnologia móvel, da Web 3.0 e da cultura digital, tendo por base a transmissão de conhecimentos avançados.
Adriano Calsone faz parte da equipe do Sesc na área de Tecnologias e Artes. É educador e produtor editorial, com especialização em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. Trabalha há dez anos com letramento digital.

Da Foto ao 3D: Iniciação à Produção de Conteúdo Digital
No Espaço de Tecnologias e Artes, de 05/04 a 28/06. Quintas-feiras, das 10h30 às 12h30.
Grátis.
Pré-requisitos: a partir de 60 anos. Familiaridade com recursos computacionais.
Para aqueles que já tiveram sua iniciação ou querem avançar em conhecimentos  de informática. A atividade oferece recursos variados de produção de conteúdo, de foto e vídeo à produção de pequenas peças com impressora 3D.
Fábio Souza faz parte da equipe do Sesc na área de Tecnologias e Artes. É formado em Letras e trabalha com cursos de letramento digital há sete anos, além de desenvolver atividades para diferentes públicos unindo ferramentas digitais, arte e cultura.

SESC SANTO ANDRÉ
Rua Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar – Santo André
Telefone – (11) 4469-1311
Estacionamento (vagas limitadas): Credencial Plena – R$ 5 (R$ 1,50 por hora adicional) |
Outros – R$ 10 (R$ 2,50 por hora adicional).
Informações sobre outras programações:
sescsp.org.br/santoandre | facebook.com/SESCSantoAndre
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email de confirmação):

Anuncie e Publique Conosco

Posts mais acessados da semana

DRAGO EDITORIAL

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: TRAVESTIS BRASILEIRAS EM PORTUGAL

FUTURO! - ROBERTO FIORI

ENCONTRE UMA EDITORA PARA O SEU LIVRO

LIVRO: TRAVESSURAS DA MINHA MENINA MÁ

Passaram por aqui


Labels