segunda-feira, 16 de abril de 2018

Andreia de Jesus Cintas Vazques, Damiana Rosa de Oliveira e o livro A fantástica história (ainda não contada) da tradução no Brasil, por Sérgio Simka e Cida Simka

Andreia de Jesus Cintas Vazquez e Damiana Rosa de Oliveira
Andreia de Jesus Cintas Vazquez nasceu em 1973, na cidade de Santo André (SP). É casada e tem dois filhos. É graduada em Letras pela Universidade do Grande ABC. Atua no ensino das línguas inglesa e portuguesa há 10 anos, e também como professora palestrante. Fez curso de pós-graduação em Tradução na Universidade do Grande ABC, onde desenvolveu a pesquisa “Metáfora e a tradução poética: recorte de traduções de Emily Dickinson”. É apaixonada por tradução literária.
Damiana Rosa de Oliveira nasceu em 1983, em São Bernardo do Campo (SP). É graduada em Letras pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduada em Tradução-Interpretação Português-Espanhol pela Universidade Gama Filho. Trabalhou na Cátedra UNESCO de Comunicação para o Desenvolvimento Regional por 5 anos, na qual começou a sua carreira traduzindo e revisando artigos e livros. Hoje, é legendadora e traduz nas áreas técnica, acadêmica e médica. Curiosa, ama a pesquisa e a tradução. Ministra palestras sobre tradução na plataforma on-line Escola de Tradutores.

Sinopse do livro:
O  livro “A fantástica história (ainda não contada) da tradução no Brasil”, escrito por Andreia Vazquez e Damiana Rosa de Oliveira, foi  publicado pela Editora Transitiva. As ilustrações foram realizadas pelo artista plástico Alexandre Barasino. A publicação, com prefácio do prof. John Milton e apresentação do prof. José Marques de Melo e da profa. Maria Cristina Gobbi, aborda a história da tradução no Brasil, destacando tradutores que exerceram papel essencial na trajetória de colonização do Brasil e na formação da língua portuguesa brasileira. Em linguagem acessível e saborosa, a publicação traz mulheres guerreiras, que heroicamente exerceram o papel de intérpretes; reis, escritores e até políticos que exerceram brilhantemente o papel de tradutores; as peripécias dos tradutores que viabilizaram a exportação de café brasileiro e a chegada das multinacionais ao Brasil. Além disso, aborda as aventuras de quem reinventou a tradução para adaptá-la às novas tecnologias e mídias.

ENTREVISTA:

Como analisam a questão da leitura no país?


Andreia: Bom, sabemos que o Brasil não é um país de leitores e acredito que para esta mudança ocorrer, devemos investir mais nos nossos escritores, com mais espaço e divulgação de seus trabalhos. Precisamos também trazer de volta o hábito da leitura para crianças que antigamente era tão importante e prazeroso.
Hoje estamos em um mundo de informações imediatas em que apenas com um clique podemos ter qualquer informação. Quem sabe podemos interligar a tecnologia com o prazer da leitura?
Damiana: A leitura é um hábito que deve ser cultivado na infância. Minha mãe sempre se preocupou em deixar os livros acessíveis, à mão. Meus pais, apesar do pouco estudo (completaram somente o fundamental), sempre leram muito e era um hábito conversar sobre seus livros favoritos. Cresci neste ambiente, com o livro fazendo parte da minha vida, como algo natural e prazeroso. Penso que é nossa responsabilidade dar esta experiência para as novas gerações: como cobrar a leitura de uma criança se ela nunca viu um adulto lendo e desfrutando esta leitura? Acredito que ensinamos através do nosso exemplo, e com o livro não poderia ser diferente.

O que têm lido ultimamente?

Andreia:
Desde o ano de 2017 para o aprofundamento de nossa pesquisa, estamos lendo vários arquivos documentais e também autores que fizeram parte da história da tradução no Brasil como Machado de Assis, Monteiro Lobato, Paulo Ronay, Érico Veríssimo, entre outros.
Damiana: Sim, por conta da nossa pesquisa definitivamente mergulhamos na história e na literatura brasileira! Além disso, como sou tradutora, a leitura é minha ferramenta de trabalho. Tenho traduzido arquivos técnicos, mas também recentemente traduzi dois romances de Diana Scott, escritora argentina. E neste momento, estou me deliciando nas horas vagas com Ana Karênina, de Tostói.

Quais os próximos projetos?

Andreia: Agora, estamos nos preparando para o aprofundamento de nossa pesquisa e no mês de julho deste ano vou para Portugal pesquisar mais sobre os documentos e autores que atracaram aqui na costa brasileira na época da nossa colonização.
Damiana: Sim, queremos aprofundar mais nossa pesquisa no Brasil. Pensamos também em contar a história da tradução na América Hispânica, na América do Norte, Europa, Ásia... Afinal, a tradução por si só é fantástica, e acreditamos que deve ser compartilhada.

Como o leitor interessado deverá proceder para saber um pouco mais sobre vocês?


Damiana Rosa de Oliveira

Facebook: https://www.facebook.com/damiana.rosadeoliveira
LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/damianarosaoliveira
E-mail: damiana.rosa@hotmail.com
Site: https://www.damianaoliveira.net
Escola de Tradutores: http://www.escoladetradutores.com.br

Andreia Vazquez
Facebook: https://www.facebook.com/andreia.vazquez
LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/andreia-vazquez
E-mail: jassse@ig.com.br 


*Sérgio Simka é professor universitário desde 1999. Autor de cinco dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a coleção Mistério, publicada pela Editora Uirapuru.

Cida Simka é licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Coautora do livro Ética como substantivo concreto (Wak, 2014) e autora dos livros O acordo ortográfico da língua portuguesa na prática (Wak, 2016), O enigma da velha casa (Uirapuru, 2016) e “Nóis sabe português” (Wak, 2017).
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email de confirmação):

Anuncie e Publique Conosco

Posts mais acessados da semana

EDITORA PENALUX

EDITORA DRAGO

ENCONTRE UMA EDITORA PARA O SEU LIVRO

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

LIVRO: TRAVESSURAS DA MINHA MENINA MÁ

LIVRO "TAMARA JONG - O CHAMADO DE ÚLION"

Passaram por aqui


Labels