quarta-feira, 18 de abril de 2018

Djamila Ribeiro e o lançamento do livro "O que é Lugar de Fala?", no Sesc Santo André

Djamila Ribeiro - Foto divulgação
O Sempre Um Papo e o Sesc Santo André recebem a mestre em Filosofia Política, Djamila Ribeiro, para debate e lançamento do livro “O que é lugar de fala?” (Coleção Feminismos Plurais - Editora Letramento). A obra trata deste conceito que questiona o direito à voz em uma sociedade que tem como norma a branquitude, masculinidade e heterossexualidade. Essa reflexão se faz importante para desestabilizar as referências vigentes, com o intuito de permitir que uma multiplicidade de vozes silenciadas pelas normas sociais venham à tona. O evento será no dia 25 de abril, quarta-feira, às 20h, com entrada gratuita.

No livro “O que é Lugar de Fala?”, primeiro da coleção Feminismos Plurais, lançada pela Editora Letramento, a autora, baseando-se em pensadoras como Patrícia Hill Colins, Grada Kilomba, Gayatri Spivak, dentre tantas outras, o que já traz a refutação do regime de autorização discursiva, visa conceituar o termo do lugar social de onde as pessoas partem para existir e agir no mundo.

De acordo com Djamila, a partir do “standpoint theory”, que traz as experiências em comum que grupos passam exatamente pela razão de pertencerem a esses grupos, podemos pensar em um lugar de onde grupos subalternizados coexistam e reivindicam sua humanidade, seus saberes e suas produções.

“Como mestre em Filosofia Política, venho estudando a obra de filósofas há anos. Em quatro anos e meio de graduação não me foi oferecido o ensino do pensamento de nenhuma. Tornou-se fundamental para mim pensar o mundo a partir de outras epistemologias que não a dominante; entender que disputar narrativas, nesse sentido, também era disputar reconfigurações de mundo. Questionar e desestabilizar o regime de autorização discursiva não é refletir sobre uma hierarquia construída e violenta que ainda determina quem pode ou não falar, como nos ensina Derrida. Minha intenção não é trazer uma “epistemologia de verdade”, mas refletir e causar fissuras que permitam que enxerguemos outros saberes que não são tão “outros” assim”, explica Djamila Ribeiro.

Djamila Ribeiro é graduada em Filosofia pela Universidade Federal de São Paulo, 2012. É Mestre em Filosofia Política pela Universidade Federal de São Paulo, 2015; é membro fundadora do Mapô- Núcleo de Estudos Interdisciplinar em Raça, Gênero e Sexualidade da Universidade Federal de São Paulo; e membro da Simone de Beauvoir Society (em 2011 e 2014, apresentou pesquisa na Simone de Beauvoir Society Conference, na Universidade do Oregon e em St. Louis/EUA, respectivamente).
Foi Secretária Adjunta de Direitos Humanos no município de São Paulo, 2016; colunista do site e revista Carta Capital; palestrou na sede da ONU, em Nova Iorque, em março e setembro de 2016. Em abril de 2017, participou como palestrante na Brazil Conference, na Harvard Business School e, em maio do mesmo ano, na Forum Brazil UK, na University of Oxford. Foi eleita uma das mulheres negras mais influentes da internet pelo site Blogueiras Negras. Foi umas das 11 selecionadas para o Prêmio Trip Transformadores, de 2017. Prefaciou a edição brasileira de “Mulher, raça e classe”, de Angela Davis. Atua como consultora para empresas sobre questões raciais e de gênero. Foi professora da rede estadual de ensino de São Paulo, em 2010. Ativista, atuou na Casa de Cultura da Mulher Negra, de Santos e na Educafro Baixada Santista; 2002 a 2005.

Sobre o Sempre Um Papo
Criado em 1986 pelo gestor cultural e idealizador do Fliaraxá, Afonso Borges, o “Sempre Um Papo” promove a difusão do livro e seu autor através de lançamentos de livros antecedidos por debates informais. Já atuou em mais de 30 cidades brasileiras, tendo realizado mais de 5 mil eventos com um público presente estimado em 1,6 milhão de pessoas. O encontro presencial converge para a televisão, sendo exibido aos sábados e domingos na TV Câmara. Desdobra-se para a série de DVDs educativos “Cultura Para a Educação”, em sua sexta edição, distribuído para mais de 6.000 escolas brasileiras, gratuitamente. E no site www.sempreumpapo.com.br, estão disponíveis mais de 300 programas com escritores, além de diversos seminários. Com o programa “Ler Convivendo”, em vigor há 8 anos, adota bibliotecas comunitárias em Minas Gerais ao promover 3 atividades: doação de livros, palestras com escritores e capacitação de voluntários. Há dois anos Afonso Borges conduz, na Rádio CBN Belo Horizonte, o boletim “Mondolivro – o blog sonoro da literatura”.

Sobre o Sesc
O Sesc – Serviço Social do Comércio é uma instituição criada e mantida pelo empresariado do comércio, serviços e turismo, desde 1946, fruto de um projeto cultural e educativo. No Estado de São Paulo, o Sesc conta com uma rede de 42 unidades, em sua maioria centros culturais e desportivos. Oferece também atividades de turismo social, programas de saúde e de educação ambiental, inclusão digital, programas especiais para crianças e terceira idade, além do pioneiro Mesa Brasil Sesc São Paulo, de combate à fome e ao desperdício de alimentos.  A instituição conta ainda com o Portal Sesc SP, o Sesc TV, as Edições Sesc e o Selo Sesc.

Serviço
Sempre Um Papo, com Djamila Ribeiro
Dia 25 de abril, quarta-feira, às 20h.
Grátis. Ingressos disponíveis a partir das 19h na Bilheteria ou Loja Sesc.
No Teatro.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email de confirmação):

Anuncie e Publique Conosco

Posts mais acessados

EDITORA DRAGO

CURSO ONLINE "ESCRITA TOTAL"

LIVRO "TAMARA JONG - O CHAMADO DE ÚLION"

LIVRO "CONTOS DESPERTOS II"

FUTURO! - ROBERTO FIORI

LIVRO DESTAQUE

Passaram por aqui


Labels