quinta-feira, 17 de maio de 2018

Maria Jacinta de Resende Borges e o livro "Amantes das Gerais"

Maria Jacinta de Resende Borges - Foto divulgação
Maria Jacinta de Resende Borges é natural de Perdizes, MG, passou a infância e juventude em Uberaba,MG, onde concluiu o ensino médio e iniciou a sua profissão de professora no Grupo Escolar Jacques Gonçalves. Atualmente mora em Sertãozinho, SP, onde deu continuidade aos seus estudos com os seguintes cursos:
Pedagogia - Jaboticabal
Didática da Modernidade – especialização - Franca
Bacharel em Direito - Ribeirão Preto
Prestou concurso para diretora de escola e ingressou nesse cargo em 1992 e nele permaneceu até a sua aposentadoria em 2010. Hoje dedica seu tempo à família, à leitura e à escrita.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Maria Jacinta de Resende Borges
Bom dia. Os casos e causos fizeram parte de minha infância. Me encantava com eles. Havia casos para todos os gostos: assombração, terror, adivinhações, alguns muito extensos e outros bem difíceis de entender.
Eles foram se acumulando no baú da minha memória e já adulta fui tomada pelo desejo de deixar registrado tudo aquilo que ouvia de minha mãe, meus tios e amigos da família.   Isso ocorreu há mais de trinta anos, quando então escrevi OS AMANTES DAS GERAIS. Mas ele ficou hibernado esse tempo todo e somente após a minha aposentadoria consegui publicá-lo.

Conexão Literatura: Você é autora do livro “Os Amantes das Gerais”. Poderia comentar?

Maria Jacinta de Resende Borges: OS AMANTES DAS GERAIS é um romance ambientado no Triangulo Mineiro e Alto Paranaíba.  Retrata o amor quase impossível entre dois jovens de classes sociais distintas, usos, costumes,  tradições e o comportamento altamente moralista  dos mineiros do início do século XX. A trama que se desenvolve nos sertões das Alterosas revela, entre casos e causos, a submissão feminina ao poder patriarcal, o sufocante temor da opinião pública , o preconceito exacerbado e os arranjos familiares para atender as questões sentimentais dos filhos .

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro?

Maria Jacinta de Resende Borges: Creio que devo ter demorado aproximadamente um ano para escrevê-lo. Quanto às pesquisas, não foram extensas nem profundas, pois como já disse anteriormente, ele é fruto da oralidade. Quase tudo que retratei no livro fazia parte do cotidiano das pessoas daquela época.  Então, recorri aos livros apenas para suavizar e matizar a trama com algumas pinceladas históricas. Acredito que ele pode se considerado um mix de ficção com fatos reais.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do qual você acha especial em seu livro?

Maria Jacinta de Resende Borges:
Não seria bem um trecho, a parte que eu considero especial no livro, mas sim o amor incomensurável entre Théo e Matilde. Mesmo diante de muitas derrotas esses dois jovens   conquistaram o  status de OS AMANTES DAS GERAIS.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre o seu trabalho?

Maria Jacinta de Resende Borges: Esta é minha primeira experiência literária. O caminho que resolvi trilhar é totalmente desconhecido para mim. Estou abrindo meu espaço, com todas as dificuldades de praxe. Sem muitas portas abertas, optei pela edição independente e divulgação nas mídias sociais. O livro OS AMANTES DAS GERAIS pode ser adquirido através do site: www.osamantesdasgerais.com.br
Na fanpage @osamantesdasgerais  o leitor poderá conhecer um pouco do meu trabalho, fazer sugestões, dialogar comigo e tirar dúvidas.
Também coloco à disposição do leitor o meu email pessoal: mjacintarb@globo.com
Com todos esses canais abertos quero dizer que assumi plenamente o compromisso de conhecer, dialogar e interagir com os meus futuros leitores. Posso adiantar que é muito significativo receber o feedback dos leitores, mas ao mesmo tempo, isso me impõe um sério compromisso: de aprimorar cada vez mais, o meu novo ofício.

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?
 
Maria Jacinta de Resende Borges: Sim, desta vez, um livro apenas com casos e causos, sem romance, para isso já estou coletando material e conto com a boa vontade de todos aqueles que um dia foram embalados ao som do Era uma vez... que enviem para mim casos interessantes para que eu possa resgatá-los e transmiti-los às gerações futuras.

Perguntas rápidas:

Um livro: Há dois mil anos
Um (a) autor (a): Jorge Amado, Hens Konzalik
Um ator ou atriz Fernanda Montenegro
Um filme: O mistério da libélula
Um dia especial: Em minha vida pessoal, o nascimento dos meus filhos. Em minha experiência literária, quando recebo mensagens dos leitores dizendo que amaram o livro, quando será publicado o próximo, etc...

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?


Maria Jacinta de Resende Borges: Desejo agradecer aos leitores que estão recebendo de maneira positiva o meu livro. É maravilhoso ler um comentário assim: “Valorizem o autor brasileiro, esqueçam os 50 tons estrangeiros, ouçam o som do berrante repicando, sintam o cheiro da terra molhada pelas asas da imaginação e pelas páginas do livro OS AMANTES DAS GERAIS. 
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email de confirmação):

Anuncie e Publique Conosco

Posts mais acessados da semana

EDITORA DRAGO

EDITORA PENALUX

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: TRAVESTIS BRASILEIRAS EM PORTUGAL

FUTURO! - ROBERTO FIORI

ENCONTRE UMA EDITORA PARA O SEU LIVRO

LIVRO: TRAVESSURAS DA MINHA MENINA MÁ

Passaram por aqui


Labels