sexta-feira, 1 de junho de 2018

Os Livros Proibidos — Malditos, Mortais e Enlouquecedores


Por Roberto Fiori*

Ao longo dos Séculos, houve obras escritas em linguagens codificadas ou desconhecidas, que transmitiam conhecimentos proibidos. Ao contrário do que geralmente se acredita, a leitura pode significar algo mais do que somente informar ou ser uma atividade prazerosa. Dizem que existem obras cuja leitura enlouquece e até mata. Seres desconhecidos os teriam escrito e conhecimento poderoso teria sido passado.

Entre as 130 milhões de obras literárias publicadas até hoje, há 5 livros que foram taxados de “malditos”. Obras fantásticas ou não, todas têm algo em comum: muitos afirmam que o leitor é tão influenciado por elas, que após a leitura do livro, ou de fragmentos deste, torna-se outra pessoa. Enlouquece, morre ou sua parte psíquica sofre uma transformação radical.

O Livro de Thoth
O Livro de Thoth foi originalmente um papiro muito antigo, recopiado secretamente muitas vezes e cuja idade remontaria a 10.000 ou talvez 20.000 anos atrás. Thoth é uma divindade, que transmitiu à Humanidade a escrita, antes da Civilização Egípcia. Escreveu um livro, o famoso Livro de Thoth, que continha o segredo do poder ilimitado. No papiro de Turis, decifrado e publicado em Paris em 1868, fez-se a primeira referência ao Livro de Thoth. No papiro, descreve-se uma conspiração contra um faraó, em que ele e seus conselheiros seriam mortos através de magia feita contra estátuas de imagens de cada um. Quarenta oficiais e seis altas damas da Corte foram executados. Outros suicidaram-se. O Livro de Thoth foi queimado pela primeira vez, nessa época tão remota. O livro permitia ver diretamente o Sol. Dava o poder sobre a Terra, o oceano, os astros. Dava o poder de interpretar a linguagem dos animais. Permitia ressuscitar os mortos e agir à distância.

Os livros egípcios da época de Ramsés II nos dão essas informações. Encontram-se referências sobre esse assunto em autores sérios como C. Daly King, que fala de grupos contemporâneos possuidores e utilizadores dos segredos do Livro de Thoth. King escreveu que isso é extremamente perigoso. Utilizar tais segredos pode ter as consequências mais graves, principalmente causar ferimentos. Sempre, segundo ele, "somente uma organização de pessoas qualificadas e eficientes pode ensinar essa técnica, é somente no interior de uma tal organização que a disciplina apropriada pode ser aplicada. Eu advirto o leitor da maneira mais séria para não tentar sozinho tais experiências.”

O primeiro livro do mundo
Também conhecido como o “Livro de Dzyan”, esse é considerado o primeiro livro da História. Pensa-se que seus autores foram seres que habitaram o planeta milhões de anos antes do surgimento da Humanidade. Pesquisadores afirmam que ele é composto por símbolos, imagens e segredos que somente algumas pessoas escolhidas poderiam interpretar. Diz-se que ele fala sobre a existência de seres inteligentes que habitaram a Terra há 18 milhões de anos e sobre o afundamento de Atlântida. Circulam rumores de que uma cópia do livro original está escondida em um monastério do Tibete, mas ninguém ainda conseguiu comprovar sua existência. As poucas pessoas que o leram enlouqueceram e morreram, vítimas de terríveis pesadelos.

O livro maldito trouxe muita desgraça à filósofa russa Elena Blavatskaya que publicou fragmentos do "Livro de Dzyan" na sua "Doutrina Secreta". Ela sofreu atentados, escapou da morte várias vezes e adoeceu gravemente. Por três anos esteve enferma, curando-se finalmente em uma viagem à Índia, onde sofreu uma intervenção de curandeiros locais. Após ter acesso ao Livro de Dzyan, Blavatskaya sofreu modificações prodigiosas em seu ser: passou a conhecer várias Ciências, desde a linguística, até Física.

O Manuscrito de Voynich
O manuscrito de Voynich conteria os ensinamentos de um ritual que iria desde sacrifícios de mulheres virgens nascidas em uma determinada data, até a utilização de ervas desconhecidas que fariam com que um portal de águas de grande poder fosse aberto. O resultado seria proporcionar a vida eterna, ao seguir-se instruções que falam de alinhamentos de planetas e estrelas. Mais recentemente, afirma-se que o manuscrito poderia conter fórmulas de venenos poderosos e também princípios básicos de energia nuclear. O manuscrito é composto por estranhas ilustrações cosmológicas e plantas quiméricas que ninguém ainda conseguiu identificar de forma esclarecedora. O professor William Newbold, premiado por ter decifrado mensagens alemãs durante a Primeira Guerra Mundial, dedicou seus últimos anos de vida a estudar o manuscrito, mas foi perdendo a lucidez gradativamente, até sua morte.

O Necronomicon
O nome original do livro é “Al Azif”. Escrito em 730 d.C. em Damasco, pelo poeta louco iemenita Abdul Alhazred, o “Necronomicon” é o nome dado à tradução em grego e pelo qual é mais vulgarmente conhecido. O seu significado é incerto. Pode ser traduzido como "Livro dos Nomes Mortos", "Livro das Leis Mortas", "Imagem da Lei dos Mortos" e "Livro em Memória dos Mortos". O Necronomicon é um grimório onde são descritos numerosos rituais para ressuscitar os mortos, contatar com entidades sobrenaturais, viajar pelas dimensões onde habitam estes seres, trazer de volta à Terra antigas divindades banidas e aprisionadas, etc. Um grimório é uma coleção medieval de feitiços, rituais e encantamentos de origem hebraica ou egípcia. Há correspondências astrológicas, listas de anjos e demônios, instruções para executar feitiços e preparar remédios, conjurar entidades sobrenaturais e como produzir talismãs. É mencionado ainda que a sua simples leitura basta para provocar a loucura e a morte. Embora o livro aparentemente seja fictício, o escritor H. P. Lovecraft forneceu inúmeros dados supostamente reais a respeito da sua origem e história. Indicou, por exemplo, que o livro foi banido pelo Papa Gregório IX em 1232, logo após a sua tradução para o latim, e que, dos poucos exemplares existentes, um está guardado no Museu Britânico em Londres e outro na Biblioteca Nacional em Paris.

O Excalibur
Seu autor é L. Ron Hubbard, escritor de Ficção Científica, obras policiais, de Fantasia, westerns e roteiros para filmes da Columbia Pictures. Fundador da cientologia, declarou, em 1948, ter escrito o livro durante os oito minutos em que esteve clinicamente morto, enquanto o operavam. Diz-se que o livro dá as respostas a todas as perguntas e enigmas que acompanharam o homem, desde que ele surgiu: de onde viemos, como foi criado o Universo, Deus existe? Hubbard dizia que havia no volume um saber absoluto e poderoso e as chaves da existência humana. Mas as pessoas que leram o livro começaram a sofrer perturbações e distúrbios mentais, tendo sido internadas em instituições psiquiátricas. Por essa razão, ele decidiu não publicá-lo, mas acredita-se que algumas cópias circulam entre os que se iniciam na cientologia.
Esses são cinco dos mais polêmicos e perigosos livros que já foram escritos. Haverá alguma verdade no que falam a respeito deles, ou são eles apenas obras de Fantasia? Muitos livros foram proibidos no passado, ou por serem contra o sistema de governo dos países onde foram publicados, ou então por estarem ligados a assuntos que chocaram a opinião pública, em geral. Ou livros que eram contra o consenso religioso, sendo banidos, a seu tempo, em seu país, nesse nosso mundo tão conturbado e, por vezes, tão insólito.

Livros: dentre as 130 milhões de obras já publicadas, algumas são peculiares, atemorizantes. São livros malditos e proibidos. É possível que alguns jamais sejam decifrados, pois sua linguagem é desconhecida, mesmo utilizando-se computadores do Século XXI.

*Sobre Roberto Fiori:
Escritor de Literatura Fantástica. Natural de São Paulo, reside atualmente em Vargem Grande Paulista, no Estado de São Paulo. Graduou-se na FATEC – SP e trabalhou por anos como free-lancer em Informática. Estudou pintura a óleo. Hoje, dedica-se somente à literatura, tendo como hobby sua guitarra elétrica. Estudou literatura com o escritor, poeta, cineasta e pintor André Carneiro, na Oficina da Palavra, em São Paulo. Mas Roberto não é somente aficionado por Ficção Científica, Fantasia e Horror. Admira toda forma de arte, arte que, segundo o escritor, quando realizada com bom gosto e técnica apurada, torna-se uma manifestação do espírito elevada e extremamente valiosa.

Sobre o livro “Futuro! – contos fantásticos de outros lugares e outros tempos”, do autor Roberto Fiori:

Sinopse: Contos instigantes, com o poder de tele transporte às mais remotas fronteiras de nosso Universo e diferentes dimensões.
Assim é “Futuro! – contos fantásticos de outros lugares e outros tempos”, uma celebração à humanidade, uma raça que, através de suas conquistas, demonstra que deseja tudo, menos permanecer parada no tempo e espaço.

Dizem que duas pessoas podem fazer a diferença, quando no espaço e na Terra parece não haver mais nenhuma esperança de paz. Histórias de conquistas e derrotas fenomenais. Do avanço inexorável de uma raça exótica que jamais será derrotada... Ou a fantasia que conta a chegada de um povo que, em tempos remotos, ameaçou o Homem e tinha tudo para destruí-lo. Esses são relatos dos tempos em que o futuro do Homem se dispunha em um xadrez interplanetário, onde Marte era uma potência econômica e militar, e a Terra, um mero aprendiz neste jogo de vida e morte... Ou, em outro mundo, permanece o aviso de que um dia o sistema solar não mais existirá, morte e destruição esperando pelos habitantes da Terra.
Através desta obra, será impossível o leitor não lembrar de quando o ser humano enviou o primeiro satélite artificial para a órbita — o Sputnik —, o primeiro cosmonauta a orbitar a Terra — Yuri Alekseievitch Gagarin — e deu-se o primeiro pouso do Homem na Lua, na missão Apollo 11.
O livro traz à tona feitos gloriosos da Humanidade, que conseguirá tudo o que almeja, se o destino e os deuses permitirem. 

Para adquirir o livro:
Diretamente com o autor: spbras2000@gmail.com
Livro Impresso:
Na editora, pelo link: Clique aqui.
No site da Submarino: Clique aqui.
No site das americanas.com: Clique aqui.

E-book:
Pelo site da Saraiva: Clique aqui.
Pelo site da Amazon: Clique aqui.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: contato@fabricadeebooks.com.br

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email de confirmação):

Anuncie e Publique Conosco

Posts mais acessados

EDITORA DRAGO

LIVRO: TEU PECADO

LIVRO: TRAVESSURAS DA MINHA MENINA MÁ

CURSO ONLINE "ESCRITA TOTAL"

LIVRO "TAMARA JONG - O CHAMADO DE ÚLION"

LIVRO "CONTOS DESPERTOS II"

FUTURO! - ROBERTO FIORI

LIVRO DESTAQUE

Passaram por aqui


Labels