terça-feira, 4 de setembro de 2018

Literatura norteia o Fim de Semana em Família, com oficina de criação narrativa e espetáculo inspirado por obra de Manoel de Barros

Oficina BrincarCriar - Foto Emi Takahashi
Em dupla atividade comandada pela Cia de Achadouros, a programação começa com oficina Brincar e Criar com as Histórias do Zé, realizada a partir de livro de Silvia Camossa, e na sequência conta com Os Lavadores de Histórias, peça na qual personagens e histórias vão ressurgindo, inspirados pela delicadeza e a valorização de pequenas coisas contidas na poesia do escritor mato-grossense
Imaginação, escuta, memórias e livre expressão de ideias são palavras-chave da programação Fim de Semana em Família que o Itaú Cultural realiza nos dias 8 e 9 de setembro (sábado e domingo). Conduzidas pela Cia de Achadouros, as atividades têm como ponto de partida o elemento lúdico e criativo da literatura. Como de praxe, o público usufrui também da Feirinha de Trocas e do Cantinho da Leitura, que, neste mês, destaca a escritora, ilustradora, professora e arquiteta Eva Furnari.

A oficina Brincar e Criar com as Histórias do Zé começa às 14h, na Sala Multiúso, inspirada no livro História das Ideias do Zé, de Silvia Camossa, vencedor do prêmio do público na Feria Internacional del Libro Ninõs, em Guadalajara, no México. Assim como a própria publicação, a ação estimula a criançada a criar novas histórias em conjunto. Além do trabalho criativo, a ideia é que os pequenos atuem de forma espontânea e divertida o convívio da criatividade, interagindo uns com os outros dentro da ética que valoriza o respeito às próprias ideias, a comunhão e a cooperação.

Para isso, a trupe da Cia de Achadouros conta com uma narradora e um palhaço, que primeiro fazem uma narrativa oral da história, com dramatização, interação e uso de objetos. Em seguida, a dupla distribui ao público objetos que funcionarão como “gatilhos” para a invenção de novas narrativas pelas crianças, com intervenções do palhaço, que questiona e invoca respostas e sugestões para a trajetória do personagem. Também são usadas imagens do livro.

Poesia
Às 16h, a Sala Multiúso é tomada pelo espetáculo Os Lavadores de Histórias, montagem lúdica da Cia de Achadouros, dirigida por Tereza Gontijo e com dramaturgia de Silvia Camossa. Na peça, os três personagens centrais tratam das memórias esquecidas da infância.

A poesia delicada e potente do escritor mato-grossense Manoel de Barros (1916-2014) é o ponto central do espetáculo, concebido com a proposta de valorizar a intimidade com as pequenas coisas, com a beleza das sutilezas, as brincadeiras espontâneas e colaborativas e o contato com a natureza. Imbuídos desse espírito, os personagens Urucum, Tom Tom e Jatobá – interpretados, respectivamente, pelos atores palhaços Emiliano Favacho, Mariá Guedes e Felipe Michelini – são lavadores de histórias e carregam consigo o “rio da memória”, no qual vão lavando as coisas que encontram nos quintais da infância que visitam todas as noites, achando ali o foi esquecido.

Por meio de cenas cômicas, circenses, teatro de sombras e objetos, os personagens fazem uma sensível reflexão sobre a relação da criança com o mundo real e da imaginação, revelando histórias, fantasias, personagens e brincadeiras. Com o espetáculo, a Cia de Achadouros busca estimular o público a lembrar de coisas que não deveriam ser esquecidas, lembrar que brincar junto é fundamental em tempos de isolamento, e quebrar as amarras dos adultos pela memória afetiva da infância para que pais e filhos revivam a magia do brincar.

Cantinho da Leitura e a Feirinha de Troca
O Cantinho da Leitura e a Feirinha de Troca estão abertos ao público a partir das 11h do sábado e do domingo. Na Feirinha, os pequenos podem trocar uma obra infantojuvenil – como livro, gibi e DVD – por outra do mesmo tipo, escolhida entre os materiais disponibilizados pelo instituto. No espaço, monitores estão a postos para ajudar.

No Cantinho da Leitura, estão disponíveis 30 publicações do acervo infantojuvenil da biblioteca do Itaú Cultural. Uma oportunidade para novos aprendizados e descobertas, que, neste mês, destaca a escritora, ilustradora, professora e arquiteta Eva Furnari. Nascida em 1948, na Itália, Eva veio para o Brasil em 1950, onde fez e faz as suas criações. Vencedora de oito prêmios Jabuti, ela equilibra palavra e imagem, em títulos como Truks (1991) e A Bruxa Zelda e os 80 Docinhos (1994), que foram adaptados para o teatro e que o público poderá conferir neste final de semana no Cantinho. Outros títulos da autora estarão disponíveis aos leitores nos próximos finais de semana do mês.

Ao lado do Cantinho, os visitantes têm acesso ainda à Feirinha de Troca. Nela, a criançada é convidada a trocar livros, gibis ou DVDs em bom estado por outro disponível.
 
Lavadores de Historias - Foto Giuliana Cerchiari
Sobre o grupo
Com nome inspirado na poesia de Manoel de Barros, a Cia de Achadouros formou-se em 2012, ainda com o nome de A Melhor da Cidade Cia. Teatral, com artistas que participavam de um curso de máscaras. Em 2014, o coletivo passou a pesquisar palhaçaria na região de São Mateus, na zona leste de São Paulo, onde realizou o projeto O Espetáculo Mais Prestigioso do Século Vai a São Mateus.

Em 2017, debruçou-se sobre as questões da infância na região com o projeto Elogio à Infância: Escavando os Meninos que Fomos - trabalho que reúne histórias vividas com pessoas em São Mateus, memórias da infância dos integrantes do grupo e a poesia de Manoel de Barros. O processo resultou no espetáculo Os Lavadores de Histórias, em parceria com a diretora Tereza Gontijo e a dramaturga Silvia Camossa.

Em 2018, o grupo passa a se chamar Cia de Achadouros, nome encontrado na poesia de Manoel de Barros. Além da pesquisa teatral, também desenvolvem trabalho pedagógico, ministrando aulas de teatro, palhaçaria e intervenção urbana na Casa de Cultura São Mateus, Casa de Cultura Parque São Rafael e Casa de Cultura Chico Science.

SERVIÇO
Fim de Semana em Família
Dias 8 e 9 de setembro (sábado e domingo)

14h
Oficina Brincar e Criar com as Histórias do Zé
Duração: 90min
Classificação indicativa: Livre
Sala Multiúso (2º andar)
Capacidade: 20 crianças (com uma acompanhante cada)
Inscrições a partir das 13h30
Entrada gratuita
Com interpretação em Libras

16h
Espetáculo Os Lavadores de Histórias
Duração: 55min
Classificação indicativa: Livre
Sala Multiúso (2º andar)
Capacidade: 70 lugares
Distribuição de ingressos a partir das 14h
Entrada gratuita
Com interpretação em Libras e Audiodescrição
 
Das 11h às 16h30
Cantinho da Leitura e Feirinha de Troca
Classificação indicativa: Livre
Piso térreo

Itaú Cultural
Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô
Fones: 11. 2168-1776/1777
Acesso para pessoas com deficiência física
Ar condicionado
Estacionamento: Entrada pela Rua Leôncio de Carvalho, 108
Se o visitante carimbar o tíquete na recepção do Itaú Cultural:
3 horas: R$ 7; 4 horas: R$ 9; 5 a 12 horas: R$ 12
Com manobrista e seguro, gratuito para bicicletas.
www.itaucultural.org.br
www.twitter.com/itaucultural
www.facebook.com/itaucultural
www.youtube.com/itaucultural
www.flickr.com/itaucultural

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email de confirmação):

Anuncie e Publique Conosco

Posts mais acessados da semana

SROMERO PUBLISHER

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: TRAVESTIS BRASILEIRAS EM PORTUGAL

FUTURO! - ROBERTO FIORI

ENCONTRE UMA EDITORA PARA O SEU LIVRO

LIVRO: TRAVESSURAS DA MINHA MENINA MÁ

Passaram por aqui


Labels