terça-feira, 25 de setembro de 2018

Machado de Assis é tema de dois encontros no Rio de Janeiro


O curso acontece na Lago de Histórias, dias 6 e 20 de outubro, e faz paralelo entre a obra do escritor e a sociedade brasileira atual

A sociedade brasileira é fruto de eventos históricos diversos que foram retratados e problematizados no século XIX na obra de Machado de Assis. A afirmação é da professora Eva Leones, para quem essa sociedade apresenta uma série de questões relacionadas ao modo como, enquanto brasileiros de diferentes classes e matizes culturais e sociais, nos relacionamos uns com os outros.

Machado de Assis é tema do curso O Brasil de Machado de Assis, na Casa Cultural Lago de Histórias, na Urca, nos sábados 6 e 20 de outubro, das 9h30 às 15h30, e busca estabelecer relações entre a produção do autor e sua interpretação do país e da literatura brasileira. Por ter sido um dos escritores e intelectuais mais conhecidos e influentes de seu tempo e por ter vivido na pele as muitas agruras sofridas pela população pobre e marginalizada antes de se tornar um autor de sucesso, o escritor foi capaz de produzir um retrato do país e colocar em evidência as hipocrisias e preconceitos de nossa sociedade.

“O processo de dizimação ou de conversão dos povos indígenas, que é mostrado, ainda que de modo indireto no poema 'Potira', constante de Americanas, e o sistema de produção econômica e de riquezas baseada em mão de obra escrava (com o correspondente comércio de pessoas ou transformação dessas pessoas em mercadoria) representam algumas das contradições de um país que, na teoria, queria ser liberal e capitalista e foram tema de diversos textos de Machado”, exemplifica Eva, afirmando que tais contradições impediram e continuam impedindo nosso desenvolvimento.

A partir da leitura de contos e trechos de romances - passando pela abordagem de poemas, crônicas, peças de teatro e exercícios de crítica literária - escritos pelo autor, serão estudados, entre outros, os seguintes temas: o lugar de Machado no Romantismo e no Realismo; a ironia machadiana frente ao cientificismo e ao evolucionismo importados da Europa - responsáveis por certo bovarismo brasileiro; os ensaios de transgressão da mulher na sociedade patriarcal; e as relações de poder na sociedade escravocrata. 

A Casa Cultural Lago de Histórias fica na R. Marechal Cantuária, 18 – Sobrado, na Urca.

Inscrições pelo contato@lagodehistorias.com.br

Investimento: R$ 440,00. Será distribuído material para leitura, além de mais cinco horas de aulas em áudio e em audiovisual, complementares às aulas presenciais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email de confirmação):

Anuncie e Publique Conosco

Posts mais acessados da semana

SROMERO PUBLISHER

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: TRAVESTIS BRASILEIRAS EM PORTUGAL

FUTURO! - ROBERTO FIORI

ENCONTRE UMA EDITORA PARA O SEU LIVRO

LIVRO: TRAVESSURAS DA MINHA MENINA MÁ

Passaram por aqui


Labels