quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Eleandra Lelli, Helena Lelli Riga e o livro Fingi, o sapo fingidor, por Sérgio Simka e Cida Simka

Eleandra e Helena - Foto divulgação
Fale-nos sobre vocês.

Eleandra: Sou professora há 25 anos, dos quais 16 no Ensino Superior, nas áreas de Letras e Educação. Sou mestre em Literatura Portuguesa, pela USP. Sempre lecionei em instituições públicas e privadas, atualmente sou professora de português do Ensino Médio de uma escola pública e do Centro Universitário São Camilo, em Pedagogia e outros cursos.
       
Helena: Tenho 17 anos, estou no cursinho preparatório para ingressar na faculdade de Biologia. Já realizei algumas atividades extracurriculares como dança e piano e publiquei dois livros. 

ENTREVISTA:
 
Fale-nos sobre o livro de vocês.
   
Eleandra: Tenho três publicações como autora: dois livros sobre produção textual e o Fingi, o sapo fingidor, pela Zagodoni, literatura infantil, que apenas ajudei a organizar e estruturar. Trata-se de uma história baseada em fatos do cotidiano de minha filha que na época era criança e que produziu o texto.
Os dois livros de produção textual são de organização de Sérgio Simka e Marco Júlio: A redação e seu ensino, pela Espaço Editorial e A prática de produção de textos em sala de aula, pela WAK. Também organizei três volumes de Histórias da Gente, pela Zagodoni, fruto de um projeto que visa a dar voz e protagonismo aos alunos do Ensino Médio da escola em que atuo. No Histórias da Gente 1, participo com a autoria de um dos contos. Também sou revisora de várias obras publicadas.   
   
Helena: Tenho dois livros, o Fingi, o sapo fingidor e o Reticências, ambos baseados em vivências cotidianas. O “Fingi” é literatura infantil e o “Reticências” juvenil, também participo do Histórias da Gente 3, com um conto.

Fale-nos sobre o processo de criação de vocês.

Eleandra: Para mim escrever é um trabalho difícil, mas extremamente prazeroso, embora tenha escrito alguns artigos de revistas especializadas e capítulos de livros, tenha organizado e revisado muitos textos, falta-me tempo para me dedicar da maneira como gostaria. Mas apenas quando me debruço sobre os meus projetos é que a escrita flui. Leio muito e de tudo, debruço-me sobre vários escritos, rascunho e reescrevo e só então que a escrita se concretiza.

Helena: Meu processo criativo foi muito empírico, sendo que não possuo nenhum tipo de formação especializada no assunto, porém acredito que escrever, sendo uma arte, pode ser feito por qualquer um que realmente se entregue a isso. Meus livros, assim como meus poemas, nascem de momentos em que necessito me deparar com meus sentimentos e os acontecimentos da minha vida, para mim é um momento muito libertador e de autoconhecimento.   
 
Como o leitor interessado deverá proceder para saber um pouco mais sobre o trabalho de vocês?
Eleandra e Helena: Acessando nossas redes sociais e os títulos mencionados diretamente nos sites das editoras.

Como analisa a questão da leitura no país?

Helena: Precária, porque além de haver um grande desinteresse vindo tanto de jovens quanto de adultos, as pessoas que leem não consomem uma literatura de qualidade.

Eleandra: Ainda temos um número ínfimo de leitores e como Helena já citou, o que se lê não é exatamente o melhor, porém acredito que seja importante, um início. Tenho alunos que começaram a ler os grandes best-sellers e hoje leem as nossas melhores obras. Acredito que todos gostam de ler, porém não é a maioria ainda que se encontrou com a leitura, por isso, como professora, desenvolvo projetos em que os alunos escrevem e leem, procuro apresentar todo tipo de texto, para isso estou sempre lendo e procurando o que possa apaixonar, causar identificação. Os alunos do terceiro colegial são fãs de Sérgio Vaz, por exemplo, poeta da periferia e cuja literatura tem dito muito ao jovem com quem trabalho. O hábito inicia-se a partir do grande encontro com a leitura que transforma nosso interior, nos revela e nos desafia.

O que têm lido ultimamente?

Eleandra: Tenho me dedicado a conhecer mais dos nossos grandes e já reconhecidos autores contemporâneos como: Valter Hugo Mãe, Luiz Ruffato, Raduan Nassar, Hilda Hilst e Mia Couto e o resultado tem sido querer lê-los mais e mais. Há não muito tempo me deparei com jovens escritoras contemporâneas e excelentes poetas como Bruna Mitrano, Carla Diacov, Luana Muniz, Daniela Delias e Helena Terra e tantas outras, que tenho tido muito prazer em ler. Tenho também revisitado Guimarães Rosa, Machado de Assis, James Joyce, dentre outros. Leio muito os livros da área de Educação e da Literatura Infantil.   
   
Helena: Estou me dedicando a ler as obras solicitadas pelos vestibulares. E além disso lendo poemas como faço diariamente há anos.

Quais os seus próximos projetos?

Helena: Publicar minha coletânea de poesias

Eleandra: Continuar organizando outros volumes com os contos e ilustrações de meus alunos, organizar e escrever um livro sobre práticas educativas e movimentos sociais. Além de ajudar a publicar o livro de poesias da Helena!


*Sérgio Simka é professor universitário desde 1999. Autor de cinco dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a coleção Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin e integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC.

Cida Simka é licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Coautora do livro Ética como substantivo concreto (Wak, 2014) e autora dos livros O acordo ortográfico da língua portuguesa na prática (Wak, 2016), O enigma da velha casa (Uirapuru, 2016) e “Nóis sabe português” (Wak, 2017). Integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC.

Compartilhe:

3 comentários:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email de confirmação):

Anuncie e Publique Conosco

Posts mais acessados da semana

SROMERO PUBLISHER

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: TRAVESTIS BRASILEIRAS EM PORTUGAL

FUTURO! - ROBERTO FIORI

ENCONTRE UMA EDITORA PARA O SEU LIVRO

LIVRO: TRAVESSURAS DA MINHA MENINA MÁ

Passaram por aqui


Labels