quinta-feira, 25 de abril de 2019

Descobri que estava morto, de J.P. Cuenca

Um suspense alucinante sobre a notícia real da morte de J.P. Cuenca

A obra, que marca a estreia do novo selo literário da Editora Planeta, Tusquets, no Brasil, é um romance baseado na noticia real do registro de seu óbito em uma delegacia do Rio de Janeiro. Após uma discussão com vizinhos, em 2011, Cuenca recebe a noticia de que estava morto: um cadáver foi identificado com sua certidão de nascimento em um edifício invadido no bairro carioca da Lapa. Assim, começa a investigação real que deu origem a este livro.

“Este é um livro alucinado e alucinante que seduz o leitor do princípio ao fim. Como um bom thriller, começa com o autor-personagem indo atender a uma ocorrência numa delegacia. O registro era por conflito banal de vizinhança, mas descobre o personagemescritor, que assina João Paulo Cuenca, que existem na delegacia documentos comprobatórios de sua morte ocorrida anos antes.”
- SERGIO SANT´ANNA

Editorial: Tusquets
Tema: Romance contemporâneo
Coleção: Outros
Número de páginas: 240
https://www.planetadelivros.com.br
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email de confirmação):

Anuncie e Publique Conosco

Posts mais acessados da semana

TAMARA JONG - CAÇADA CÓSMICA

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO "OS VELHACOS"

SROMERO PUBLISHER

FUTURO! - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels