terça-feira, 9 de abril de 2019

Mallu Perrut e o livro Destinada a Brilhar


Mallu Perrutt é brasileira e nasceu em 1992, no Rio de Janeiro. Ela começou a se dedicar à literatura na adolescência, época em que criou poesias e textos reflexivos. Assim que se formou na Universidade, voltou a escrever movida pela saudade.
Atualmente, Mallu trabalha como docente e tenta conciliar sua carreira com os romances no tempo livre. Um dia, ela decidiu unir em um único livro suas maiores paixões: a França e a patinação. Através da sua visão, teremos a oportunidade de explorar vários cenários surpreendentes e o célebre encanto de um esporte majestoso.
Então, neste romance, você fará uma bela viagem!

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário
?

Mallu Perrutt: Sempre fui uma sonhadora, desde a adolescência me interessava por romances e poesias. Até que finalmente eu criei coragem e resolvi começar a refletir sobre a vida em versos. Um dia planejei unir minhas maiores paixões em um único livro para que todos tivessem a oportunidade de conhecer um universo novo que gira em torno de um esporte fantástico sob o olhar de uma garota corajosa.

Conexão Literatura: Você é autora do livro “Destinada a Brilhar” (Amazon Prime). Poderia comentar?

Mallu Perrutt: Ainda parece meio surreal, mas sim finalmente o meu romance foi publicado. O que eu posso dizer: escrever um livro é um processo bem complexo, nada que não possa ser superado com determinação e força de vontade para revisar o texto uma centena de vezes. Kkkk...

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro?

Mallu Perrutt: Como o livro é ambientado na França foram necessários muitos dias e noites de pesquisas. Kkkk... Eu literalmente tive que olhar minuciosamente cada pequeno detalhe, conhecer lugares fascinantes e respirar o belíssimo universo da patinação artística. Por um ano e meio essa foi a minha rotina.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do qual você acha especial em seu livro?

Mallu Perrutt: Sem dúvida o prólogo é a peça chave, afinal ele contém informações cruciais sobre a vida da Sophia. Então:

“Alguma vez você já se olhou no espelho e teve a sensação de que sua vida poderia ter sido diferente. Há muito tempo, uma garotinha refletiu sobre a consequência de seus atos, enquanto olhava sua imagem em um pedaço de vidro. Neste dia levada pela dor e pelo desespero, ela tomou uma decisão drástica. O arrependimento pode ser muito perigoso porque nos deixa imersos no caos.
Eu era essa garota! Por julgar que minha vida não tinha valor me escondia. Quando a solidão se une à desilusão, não percebemos o conflito e nos sentimos completamente sem direção. No entanto, um dia encontrei uma forma de curar-me e manter-me saudável.
Não se pode ler nas entrelinhas e algumas memórias são complicadas, dificultando a devolução da confiança perdida. Felizmente, encontrei o caminho de volta aos trilhos e consegui me recuperar, mas foi um processo demorado que só teve sucesso em virtude de uma grande mudança... E nunca mais eu deixaria a depressão ser um fator em minhas tomadas de decisões”.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir um exemplar do seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?

Mallu Perrutt: Para obter o meu livro é simples vá ao site da Amazon Prime:
Clique aqui.
Para saber um pouco mais a meu respeito basta me seguir no twitter:
https://twitter.com/MalluPerrutt

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Mallu Perrutt: Sim, no momento eu estou me aventurando em uma nova história. Tudo está muito no início ainda, no entanto posso afirmar que minha nova protagonista será uma mulher de personalidade forte.

Perguntas rápidas:

Um livro: Como eu era antes de você.
Um (a) autor (a): Jonh Green
Um ator ou atriz: Cate Blanchett
Um filme: A garota que roubava livros.
Um dia especial: 19 de fevereiro de 2019 (O dia em que meu e-book foi publicado).

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Mallu Perrutt: Eu gostaria de agradecer a todos que acreditaram em mim. Às vezes estamos tão acomodados com a vida que levamos e temos medo de nos arriscar. Escrever esse romance não era apenas um sonho, ele me ajudou a “abrir minhas asas para aprender a voar”. Foi libertador e eu só tive que deixar a insegurança de lado! Então querido leitor trace metas, crie objetivos e estabeleça parâmetros. Ninguém melhor do que você mesmo sabe onde a vida pode te levar!
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

REVISÃO E LEITURA CRÍTICA

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Publique Conosco

LIVRO DESTAQUE

TAMARA JONG - CAÇADA CÓSMICA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO "OS VELHACOS"

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels