segunda-feira, 27 de maio de 2019

Carolina Giacomin e o livro “Fatine - um livro, uma peça, um espetáculo”

Carolina Giacomin - Foto divulgação
Carolina Giacomin tem 28 anos, é formada em arquitetura e design, e sempre foi uma leitora ávida de romances policiais, livros de suspense e fantasia. Desfrutando de seu dom e imaginação, a autora uniu suas madrugadas na companhia de Agatha Christie, um laboratório de mais de 20 anos dedicados à dança, e sua paixão pela arte e pelo teatro musical para criar FATINE, seu romance de estréia.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Carolina Giacomin: Por mais que eu esteja no processo de escrita há alguns anos, posso dizer que o início da minha carreira de escritora se deu em julho do ano passado com o lançamento de FATINE. Por optar pelo caminho da publicação independente, estive presente em cada etapa deste projeto, desde a escrita, o projeto de capa e identidade visual que, com a minha formação em design, eu mesma fui responsável, o contato com gráficas, a criação do canal de venda (online), o gerenciamento das mídias sociais, até a entrega do livro para o leitor. Posso dizer que este é um projeto independente no mais literal dos sentidos, o que particularmente acho incrível pois fui capaz de vivenciar em pouco tempo, todas as esferas que compreendem um projeto literário.

Conexão Literatura: Você é autora do livro “Fatine - um livro, uma peça , um espetáculo”. Poderia comentar?

Carolina Giacomin: "Fatine - um livro, uma peça , um espetáculo” é um suspense/romance que retrata os bastidores da montagem de uma peça musical. A narrativa se desenvolve em L’amant, um vilarejo cultural e boêmio da cidade fictícia de La Clair, na França, e tem como cenário principal o Grand Theatre Sorciér.  A obra acompanha Ania Daér, uma bailarina que é atraída até este teatro e convidada a ser a protagonista de uma peça que causa arrepios cada vez que é mencionada, sobretudo naqueles que sabem o que ela significou para a história do Sorciér. Em uma busca para entender os mistérios que envolvem a peça, a bailarina embarca em uma jornada ao passado do teatro e aprende, da pior maneira, o significado de entregar a alma a um personagem. 
Uma narrativa onde o sombrio é envolto pela mágica história de uma peça, pelo encanto de músicas que ajudam a contá-la, e pela sensibilidade de diálogos encenados por verdadeiros artistas.

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro?

Carolina Giacomin: Fatine é um projeto que reúne todas as minhas paixões e talentos. Vivo em meio a arte e percorrendo os bastidores de teatros desde os 3 anos quando iniciei no balé clássico. Os filmes que sempre gostei, as músicas que sempre escutei, tudo sempre foi relacionado a dança e ao teatro, então para mim, a fase de pesquisas foi mais uma retomada das minhas próprias referências do que uma pesquisa externa, foi uma busca de memórias e sentimentos de toda uma vida. Uma curiosidade é que quando eu tinha uns 6 ou 7 anos e estava prestes a entrar em cena, avistei algo (sem spoilers!) nas coxias do teatro, a lembrança daquela imagem ficou comigo e acabou se transformando em um grande acontecimento do livro, por esse motivo, costumo dizer que talvez eu venha escrevendo Fatine desde aquele dia, mas, falando literalmente, iniciei os primeiros estudos do livro em 2012. Entre idas e vindas, estou nesse processo há quase sete anos. 

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do qual você acha especial em seu livro?

Carolina Giacomin: Por ser um livro que envolve a montagem de uma peça musical, foram escritas, além da história da peça, diversas músicas que trazem um toque poético à narrativa. Vou citar o trecho de uma delas:

"Havia um homem tão escuro e frio
Em seus olhos carregava o passado
Negro passado

Uma jovem tão cheia de sonhos
Em seus olhos escondia um encanto
Eterno encanto

(…)

Mesmo sendo tão opostos, um a noite a outra o dia
Uma dança em sintonia, disso eu bem me lembro.
Não existem tão perfeitos, nem em reinos de utopia
Era claro, só podia ser…
Magia!”

Conexão Literatura: Qual a dica que pode dar a um escritor iniciante?

Carolina Giacomin: Eu diria para que escrevam sobre algo que realmente os faça vibrar. Colocar nossa paixão nas palavras e explorar sentimentos da nossa própria jornada acredito ser o melhor caminho para criarmos histórias originais. Diria para que tenham toda a paciência do mundo para esperar a história amadurecer e acima de tudo, que não deem ouvidos a comentários que desmotivam, como os clássicos: “É impossível conseguir um editor”, “Você nunca vai viver de literatura”… nós temos todas as ferramentas para materializar este sonho, se está difícil de um jeito, existem inúmeros outros caminhos, vai lá e faz!

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir um exemplar do seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?

Carolina Giacomin: Fatine é vendido apenas online através do site: www.fatine.com.br e o ebook através da amazon.com.br. . Convido também a conhecerem o Instagram @fatine_book, onde compartilho muito conteúdo sobre o livro, promoções, resenhas e opiniões de leitores, fotos de eventos e palestras… está sempre atualizado!

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Carolina Giacomin: Sim, o projeto que estou trabalhando é a continuação de Fatine, onde retomo a história dos personagens porém envolvendo a montagem de uma nova peça. 
No fim do ano passado divulguei também através do wattpad um conto de Natal que se passa no mesmo cenário da história de Fatine, vale a pena conferir para ter uma ideia do estilo da minha escrita e conhecer o charmoso vilarejo de L’amant. O conto se chama “A livraria Berniér - um conto de Natal em L’amant"

Perguntas rápidas:

Um livro: O Alquimista - Paulo Coelho
Um (a) autor (a): Agatha Christie
Um ator ou atriz: Nicole Kidman
Um filme: Moulin Rouge
Um dia especial: A festa de lançamento de Fatine

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Carolina Giacomin: Na semana passada atingimos a marca de 1.000 leitores entre livros físicos vendidos e ebooks. Fatine entrou na lista dos best-seller da Amazon Brasil, conquistando o primeiro lugar no ranking dos mais baixados em Suspense e Mistério, com mais de 800 exemplares baixados em 4 dias.
Compartilhe:

Um comentário:

  1. Carol! Tenho muito orgulho de você. Sei quanta energia você depositou para que tudo desse certo, e está dando. 💗 Fatine é maravilhoso!
    Estou aguardando ansiosamente a continuação. Muito mais sucesso para você

    ResponderExcluir

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email de confirmação):

Anuncie e Publique Conosco

Posts mais acessados da semana

TAMARA JONG - CAÇADA CÓSMICA

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO "OS VELHACOS"

SROMERO PUBLISHER

FUTURO! - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels