domingo, 26 de maio de 2019

Jadna Alana e o livro “Riacho do Jerimum” (Editora Coerência)

Jadna Alana - Foto divulgação
Jadna Alana nasceu em Campina Grande, Paraíba, mas cresceu em uma cidade do interior chamada Nova Palmeira. Escritora desde os dezoito anos, é estudante de Letras na Universidade Estadual da Paraíba e bruxa nos horários vagos. Apesar de jovem, já conta com grande bagagem literária: é autora de quatro romances, coorganizadora da antologia Sedentos por Sangue e participante da coletânea Os Supremos. Depois do sucesso da duologia Os Sete Reinos de Olivarum, também publicada pela editora Coerência, a autora presenteia os leitores com Riacho do Jerimum, um livro que aborda a literatura fantástica no nordeste brasileiro.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Jadna Alana: Tudo começou de forma muito inesperada em minha vida. Terminei o ensino médio e me vi perdida sem saber que rumo seguir. Optei por cursar filosofia, mas na época meus pais não tinham condições de pagar meus estudos e fiquei sem nada para fazer. Foi nesse período que comecei a ler ainda mais e isso fez com que eu transbordasse ao ponto de querer escrever meus próprios livros. Comecei com uma editora pequena, que me prometeu muitas coisas, mas que acabou me dando nada. Fiquei decepcionada, triste e convencida de que isso não era para mim. Então encontrei a Editora Coerência, que me acolheu e fez de tudo para que eu chegasse onde estou agora. 

Conexão Literatura: Você é autora do livro “Riacho do Jerimum” (Editora Coerência). Poderia comentar?

Jadna Alana: Esse foi o melhor presente que eu poderia ter ganhado. “Riacho do Jerimum” nasceu de uma conversa que tive com meu professor de escrita. Estávamos conversando sobre coisas aleatórias, como sempre, e acabei comentando sobre a cidade que cresci: Nova Palmeira. Na conversa, disse que antigamente ela se chamava Riacho do Jerimum, pois tinha um riacho onde os tropeiros paravam para comer jerimuns e acabavam deixando suas sementes espalhadas. Por isso nasciam muitos jerimuns nas redondezas. Meu professor ficou encantado pela história e sugeriu que eu escrevesse um livro com esse nome. Propôs que eu juntasse literatura fantástica com a cultura local (nordeste). No começo eu não gostei da ideia e simplesmente ignorei, mas isso não saía da minha cabeça. A única saída foi escrever. 

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro?

Jadna Alana: Às vezes eu tenho bastante dificuldade com pesquisas porque tenho a mania de querer criar tudo do zero. Minha cabeça é muito criativa e acabo nem usando a história fielmente, mas é claro que precisei conhecer um pouco mais sobre a cultura do lugar onde vivo — apesar de achar que isso acabou se misturando tanto com a magia que nem eu consigo separar. Confesso que sempre que eu ia ler algum livro que era ambientado aqui no Nordeste eu já ia com aquela ideia pré-estabelecida de que veria o lugar como algo feio, seco e morto. Por isso mesmo quis mudar e mostrar que o lugar onde cresci não era esse que a televisão ou muitos livros impunham. Eu demorei um ano para terminar o livro porque a faculdade tirava muito do meu tempo. Então eu me limitava quando o semestre começava. Apenas nas férias é que eu engatava na escrita. Inclusive, tem diários de escrita que gravei durante todos os dias em que escrevi (no meu instagram: @escritora.jady).

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do qual você acha especial em seu livro?

Jadna Alana: Não sei explicar exatamente porque gosto tanto dessa cena, mas é uma em que Aurora tem uma conversa com Johan um dia antes da guerra. Eu gosto da ambientação da cena, a sensação de melancolia que ela passa. Dois personagens diferentes a um passo de perder ou ganhar. E, acima de tudo, uma decisão muito importante que Aurora toma, na verdade, uma decisão que ela já tinha tomado desde o começo do livro, mas que todos ainda colocavam esperança de que ela mudaria de ideia. Não quero falar muito para não estragar ou dar spoilers.

Conexão Literatura: Qual a dica que pode dar a um escritor iniciante?

Jadna Alana: Quando olho para a escritora que fui no comecinho consigo pensar em algo que diria para mim mesma: seja mais paciente, não tente atropelar as coisas. Eu sempre fui muito ansiosa e muitas vezes tomei decisões de impulso apenas para ver as coisas andarem mais rápido. Hoje sei que se eu tivesse pensando melhor eu teria evitado muitas coisas ruins. Claro que não me arrependo, mas se pudesse teria feito diferente. Então é isso que digo para quem está começando: tudo tem seu tempo. Não escolha uma editora qualquer apenas por querer publicar logo, não entregue seu livro para qualquer pessoa, ele é importante demais para ser jogado em qualquer mão.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir um exemplar do seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?

Jadna Alana: Para encontrar meus livros basta acessar o site da Editora Coerência. Todos os meus livros publicados vão estar disponíveis lá. Ou, se preferir, eles também são vendidos as melhores lojas online. E para conhecer mais sobre meu trabalho basta me seguir no instagram @escritora.jady. Eu gosto muito de compartilhar minha vida e meu trabalho com meus seguidores.

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Jadna Alana: Tenho um livro em andamento. Nele pretendo escrever um livro de fantasia épica, mas ele está de molho por uns meses, pois, como falei anteriormente, a faculdade rouba muito do meu tempo e só consigo pensar nos livros quando estou de férias. Gosto de aproveitar esse tempo de pausa para descansar a mente (ou não).

Perguntas rápidas:

Um livro: Corte de Névoa e Fúria da Sarah. J. Mass.
Um (a) autor (a): J.K. Rowling.
Um ator ou atriz: Emilia Clarke
Um filme: Sociedade dos poetas mortos
Um dia especial: Não me recordo o dia, mas foi em agosto do ano passado, quando fui para a minha primeira Bienal.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Jadna Alana: Gostaria de agradecer a oportunidade de falar um pouco sobre o meu trabalho e dizer para aqueles que ainda não me conhecem (e também os que conhecem) que espero vocês para se aventurar comigo nos meus mundos repletos de magia e aventura. Estejam preparados!
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

REVISÃO E LEITURA CRÍTICA

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Publique Conosco

LIVRO "JORNAL EM SÃO CAMILO DA MARÉ"

LIVRO: CONVERSA NOTURNA E OUTRAS HISTÓRIAS

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels