quinta-feira, 30 de maio de 2019

Lançamento em São Paulo: livro “A Garagem”, do ator e dramaturgo Felipe Haiut (Editora Cobogó)

Felipe Haiut no lançamento do livro "A Garagem" - Foto: Rael Barja
O ator e dramaturgo Felipe Haiut lançou essa semana em São Paulo, na Livraria da Vila, “A Garagem”, título da peça que deu origem ao livro. A trama narra a história de uma grávida que se envolve num acidente trágico enquanto está à caminho do seu chá de bebê.

Por sentir falta de um espaço para encontros e trocas de experiências entre dramaturgos, Felipe Haiut decidiu aproveitar o lançamento de seu livro A Garagem em São Paulo para reunir jovens dramaturgos. “É uma proposta para os dramaturgos e o público interessado em teatro trocar ideias e fugir da lógica predatória de sobrevivência desta selva que vivemos, onde nos desenvolvemos em bolhas criativas”, afirma Haiut.

A ideia de “A Garagem” surgiu a partir do coletivo de teatro Nômada, que faz um trabalho de site-especfic ocupando lugares e cria dramaturgia para eles. A primeira peça foi realizada dentro de uma cozinha e, a segunda, em uma garagem. “A Garagem surgiu como um dilema ético. Ela traz à tona um momento específico do país. Coloca em cheque a inversão de valores, a relação entre opressor e oprimido, além de mostrar o que acontece quando nossos privilégios são ameaçados”, explica Haiut.

Para ele, escrever é uma forma de entender a realidade. “Em meio a esse turbilhão de emoções que as questões do nosso tempo causam, eu queria convidar o público a refletir e construir novos mundos possíveis. Escrever A Garagem foi a maneira que eu encontrei de ficcionalizar a realidade que a gente vive. Agora, acho importante conversar com outros dramaturgos para trocar experiências”, afirma o autor.

O primeiro a ser convidado para participar da mesa foi o dramaturgo e amigo de longa data Rafa Gomes. Graduado em Cinema, Gomes é autor e diretor de audiovisual e teatro. Escreveu roteiros de episódios de séries de televisão, longas-metragens, e, na dramaturgia teatral, assinou oito espetáculos já encenados (Música para cortar os pulsos, Edukators, Mas por quê?! – A história de Elvis, Jacqueline, entre outros).

Após ler o livro Buraquinhos ou o vento é inimigo do Picumã (Editora Cobogó), de Jhonny Salaberg, Haiut ficou muito tocado. “Foi uma experiência profunda. Quis trocar com Jhonny sobre o papel da dramaturgia nos dias de hoje.”

Com a mesa quase fechada, Haiut sentiu a necessidade de uma voz feminina. “Não podia fazer esse encontro sem uma voz feminina no debate sobre dramaturgia. Foi quando me lembrei da Ana Kutner, me encantei pela peça Passarinho, também publicada em forma de livro pela Cobogó”, afirma Haiut.

Assim, a mesa se formou: Felipe Haiut, Ana Kutner, Jhonny Salaberg e Rafa Gomes. “Pensei numa mesa chamada Dramaturgia e memória, uma escrita que reflete o tempo.  Isso porque me parece que, a partir das nossas experiências e a relação com a realidade, estamos criando uma espécie de arquivo coletivo que reflete o nosso tempo. As singularidades e os paralelos entre os textos/dramaturgos e suas relações com a realidade serão o ponto de partida para o encontro”, explica Haiut. 

Serviço:
Título: A Garagem
Autor: Felipe Haiut
Número de páginas: 88
Editora Cobogó
Para saber mais ou adquirir o livro: http://cobogo.com.br/livros/a-garagem

Sobre A Garagem:
A caminho de seu próprio chá de bebê, Bruna, grávida de sete meses, acidentalmente atropela um homem. A circunstância trágica coloca a humanidade de todos os envolvidos em xeque. De um lado, uma juventude que se acredita engajada em questões políticas, sociais e humanas, mas que não quer correr os riscos inerentes ao acontecimento, e, de outro, a vítima, um homem extremamente conservador, reacionário e violento.
Haiut cria uma dramaturgia que questiona a lógica entre opressor e oprimido, revelando as contradições ideológicas das personagens.

Sobre Felipe Haiut
Felipe Haiut nasceu em 1987, em Nova Friburgo (RJ). Ator e dramaturgo, formou-se em Cinema pela PUC-Rio. É idealizador do Conexão do Bem, movimento artístico que leva teatro e música para hospitais públicos do Rio de Janeiro. Atuou e escreveu a dramaturgia dos espetáculos A Cozinha e A Garagem, do projeto Nómada, que investe em experimentos artísticos para espetáculos de site-specific.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

REVISÃO E LEITURA CRÍTICA

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Publique Conosco

LIVRO "JORNAL EM SÃO CAMILO DA MARÉ"

LIVRO: CONVERSA NOTURNA E OUTRAS HISTÓRIAS

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels