terça-feira, 24 de setembro de 2019

Cleonice Men da Silva Ramos e o livro Memórias de uma ex-secretária: o choro do executivo e outras histórias, por Cida Simka e Sérgio Simka

Cleonice Men da Silva Ramos - Foto divulgação
Fale-nos sobre você.

Fui secretária executiva trilíngue por mais de 30 anos. Desde menina, contudo, sonhava em ser professora. Sou doutora em Letras, mestre em Semiótica e Linguística Geral pela Universidade de São Paulo (USP). Pós-graduada lato sensu em Português, Língua e Literatura pela Universidade Metodista de São Paulo e graduada em Letras pela Universidade do Grande ABC (UniABC). 
Retornei aos estudos em época de filhos crescidos e em paralelo com meu trabalho no mundo corporativo. Da graduação ao doutoramento, foi um percurso extremamente produtivo, tempos de esforços hercúleos. Continuo acreditando que o desejo de fazer algo tem de vir de nós e tem de se manter decidido e forte dentro de nós. Sou professora de inglês, tradutora e revisora. Ministro minicursos presenciais de português empresarial.

ENTREVISTA:

Fale-nos sobre seu livro. O que a levou a escrevê-lo?

Adoro escrever! Sonhava em publicar um livro. Foi divertido deixar registrado, com linguagem mais informal, um pouco do que vivi, vi e ouvi no mundo empresarial. Também fui incentivada, desde os estudos para o mestrado, defendido em 2006, pelas análises que fiz das tiras de Dilbert, do criador Scott Adams. Veiculadas na época na revista EXAME, algumas situações representadas nessas tiras, aparentemente “divertidas”, espelhavam uma realidade que eu via (e até vivia) no universo corporativo. Com o tempo e o estudo, aprendi que a ironia, o sarcasmo, não são divertidos, hilariantes, mas doloridos, podendo até ser inconformados, e provocam reflexão, motivo por que a revista as publicava. Então, creio que uma ou outra de minhas histórias possa trazer descontração e risos. Igualmente, certo espanto, incredulidade, sentimentalismos podem surgir...

Como analisa a questão da leitura no país?

Sinto uma enorme satisfação em perceber que os índices de leitura podem estar crescendo no Brasil. Percebo isso quando vou às livrarias e feiras de trocas de livros, sempre com bastante movimento. Considero a leitura primordial para ajudar a escrever melhor, a ter mais facilidade para bem se comunicar, independentemente da idade e da área em que a pessoa atua. Não importa o gênero literário ou textual, é imprescindível ler e cultivar a leitura como hábito diário, desde a infância. É preciso, portanto, criar mais e mais incentivos para manter firme essa prática. Cada um de nós é responsável por isso e podemos e devemos, certamente, colaborar de alguma forma. Sempre gostei de ler e busquei bons livros de uma maneira ou de outra. Ainda, procurei deixar esse “legado” aos meus filhos, lendo para eles às noites para despertar o interesse e preservar o costume. 

Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir seu livro e saber um pouco mais sobre seu trabalho?


Meu livro já está disponível para compra no “site” da Editora Todas as Musas. Lá, é possível ouvir um pequeno trecho de uma das 38 histórias e ler, além da sinopse, também o prefácio, primorosamente escrito por Fernanda Verdasca Botton, professora de Comunicação Empresarial da Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC-SP), doutora em Literatura Portuguesa pela Universidade de São Paulo (USP).

Você gostou da experiência de lançar seu primeiro livro e pretende continuar? 


Adorei a experiência e já estou trabalhando no projeto de um romance!

Link para o livro:
https://www.todasasmusas.com.br/livro_secretaria.html


Cida Simka é licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Coautora do livro Ética como substantivo concreto (Wak Editora, 2014) e autora dos livros O acordo ortográfico da língua portuguesa na prática (Wak Editora, 2016), O enigma da velha casa (Editora Uirapuru, 2016), “Nóis sabe português” (Wak Editora, 2017) e Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019). Organizadora dos livros Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019) e Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019). Integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC.

Sérgio Simka é professor universitário desde 1999. Autor de mais de cinco dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Organizador dos livros Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019) e Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019). Autor, dentre outros, do livro Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019). Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin e integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

REVISÃO E LEITURA CRÍTICA

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Publique Conosco

LIVRO "JORNAL EM SÃO CAMILO DA MARÉ"

LIVRO: CONVERSA NOTURNA E OUTRAS HISTÓRIAS

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels