segunda-feira, 14 de outubro de 2019

O legado de Monteiro Lobato e uma entrevista com Ricardo Monteiro Lobato, seu bisneto

Ricardo Monteiro Lobato - Foto divulgação
ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário
?

Ricardo Monteiro Lobato: Sou do comércio e tenho uma loja de automóveis. Faz 30 anos que estou nessa área, não sou escritor. Muitas pessoas fazem essa pergunta. Tenho vontade de começar a escrever, na realidade já tenho alguns textos escritos e penso em mais pra frente colocar isso em prática.

Conexão Literatura: Como bisneto de Monteiro Lobato, quando e como foi o seu primeiro contato com o Sítio do Picapau Amarelo?


Ricardo Monteiro Lobato: Meu primeiro contato com o Sítio do Picapau Amarelo foi pela Rede Globo, na década de 70. Sou de 71 e assisti o sítio pela tevê. Tive contato antes através dos livros com a minha mãe me contando as histórias do Lobato, mas o contato que tenho mais de memória afetiva foi realmente do Sítio do Picapau Amarelo da Globo, entre os anos 77 e 84, se não me engano.

Ricardo Monteiro Lobato e Monisa Maciel - Foto divulgação
Conexão Literatura: Poderia comentar sobre a importância das obras de Monteiro Lobato?

Ricardo Monteiro Lobato: Lobato é fundamental para a literatura brasileira como um todo, ele escreveu tanto para criança como para adulto, mas a obra infantil dele é um marco na história literária do Brasil. Ele foi o precursor para escrever para as crianças. Foi o primeiro a escrever diretamente para as crianças se preocupando com elas e simplificando a escrita. Lobato foi um visionário nesse sentido, ele fez muito pelo Brasil de um modo geral e a importância dele é fundamental para a formação de diversas gerações, pensamento crítico, desenvolvimento das crianças, desenvolvimento intelectual e emocional. A leitura de Lobato é fundamental, suas obras também misturam ficção com realidade e é uma obra única que todos deveriam ler.

Conexão Literatura: Lobato também foi editor?

Ricardo Monteiro Lobato: Sim. Lobato foi o primeiro editor brasileiro a editar livros no Brasil, pois antigamente os livros eram importados da Europa. Lobato foi a primeira pessoa a montar uma editora aqui, isso em 1920. Ele criou a Monteiro Lobato & CIA. Em 1918 ele comprou a Revista do Brasil e depois ela se tornou a Monteiro Lobato & CIA. Ele importou todo o maquinário e começou a produzir livros e com isso reduziu o custo dos livros, deixando mais acessíveis para a população, pois eles eram caros justamente por serem importados. Além disso ele modernizou as capas, ele era também visionário na área de marketing. Antes as capas eram sem graça, em tons pastéis e sem ilustrações, então ele modificou isso para as pessoas se interessarem ainda mais pelos livros também pela capa, colocando ilustrações e cores chamativas nelas. Ele foi muito importante nessa área. 

Conexão Literatura: Você possui alguns objetos importantes de Monteiro Lobato em sua coleção. Qual deles mais desperta a sua atenção e por quê?

Ricardo Monteiro Lobato: Tenho vários objetos importantes dele. Tenho uma máquina filmadora a corda. Ela é linda. Ele era uma pessoa à frente do seu tempo, pois naquela época ele já fazia filmes. Tenho também um jogo de xadrez lindo que era dele, datado do ano de 1900, todo feito a mão. Tenho também aquarelas, quadros pintados por ele e vários livros antigos que era da sua coleção. Mas a peça que mais desperta minha atenção é a máquina de escrever que foi dele. Ela está comigo. É uma Hamilton portátil e foi com ela que ele escreveu boa parte da sua obra, ele adorava essa máquina. Lobato ganhava muitas máquinas de escrever dos fabricantes. Ele teve muitas em sua vida, mas essa Hamilton era a sua predileta e eu a levo sempre que posso em alguns eventos em que participo.

Conexão Literatura: E sobre o concurso literário Pequenos Escritores – Lobato Para Crianças?

Ricardo Monteiro Lobato: Fizemos um piloto em parceria com a Anglo de Sorocaba e a gente abriu para as escolas também de Sorocaba. A ideia do concurso foi a de justamente incentivar à leitura e a criatividade para as crianças. Foi um sucesso, tivemos quase 400 trabalhos inscritos num prazo de 1 mês. Fizemos a entrega dos prêmios para cada vencedor agora no começo de outubro, demos uma coleção de 8 livros do Imaginário do Lobato. Planejamos fazer um concurso semelhante no ano que vem, pois o que fizemos esse ano foi incrível, tivemos respostas muito legais das crianças. O tema era como seria o Sítio do Picapau Amarelo na atualidade. A Emília virou youtuber. A tia Nastácia virou Master Chef e assim por diante, desenhos mostrando o Sítio com árvores com wi-fi. Foi engraçado e muito legal essa experiência.
Foto divulgação
Conexão Literatura: Em Mairiporã, interior de São Paulo, existe um espaço temático do Sítio do Picapau Amarelo. Poderia comentar?

Ricardo Monteiro Lobato: Sim, é um espaço temático licenciado da Globo que a gente tem contrato. É uma réplica do Sítio que passou na televisão. É um local que a gente vai de manhã, chega às 10hs e passa o dia até às 16hs. Lá tem o laboratório do Visconde, tem a casa da dona Benta onde o visitante poderá comer bolinho de chuva com a tia Nastácia na cozinha, a dona Benta conta uma história na varanda, tem a gruta da Cuca e o Reino das Águas Claras. É um lugar lindo na beira da represa de Mairiporã e eles abrem aos finais de semana para grupos de famílias visitarem e durante a semana para visitação das escolas. Vale a pena conhecer. Fiz o aniversário do meu filho lá recentemente, em julho, e foi um grande sucesso. Convidamos 100 pessoas e todas amaram. É um programa que recomendo. 

No Espaço Temático do Sítio do Picapau Amarelo - Foto divulgação.
Conexão Literatura: Como o leitor interessado poderá saber mais sobre você e Monteiro Lobato?

Ricardo Monteiro Lobato: Os interessados poderão saber mais no meu instagram, que é @rmonteirolobato. Tenho feito um trabalho por todo o Brasil e fora dele. Tenho parceria com o Japão, Alemanha e Inglaterra de perpetuação do legado do meu bisavô com as novas gerações e de resgate com as mais antigas. O Lobato desperta uma memória afetiva incrível nas pessoas e nos lugares em que vou elas me abraçam emocionadas agradecendo por esse trabalho, por ter levado até elas essa recordação desse momento importante na vida delas, pois normalmente em algum momento da infância a criança leu Lobato. No meu instagram tem muitas informações e imagens, além do site que tem toda a cronologia da história do Lobato e outras informações: www.monteirolobato.com. Tem também o meu projeto “Viva Lobato", que lancei agora em outubro de perpetuação de Lobato que estou levando nas escolas, uma palestra de contação de histórias com música e uma palestra feita por mim. É um projeto interessante que também estou divulgando em meu instagram: @rmonteirolobato

Conexão Literatura: Tanto em livros como na tevê, existem novos projetos em pauta?

Ricardo Monteiro Lobato: Sim, como acabei de dizer, tem o meu projeto Viva Lobato, que tem algumas frentes, sendo que uma delas é a parte lúdica para as crianças onde envolve uma palestra com fotos mostrando a vida do Lobato, uma contação de histórias baseada no Sítio, com música e com os personagens. Fazemos algo bem divertido. E tem também um curso para formação de professores de contação de histórias. Minha parceira nesse projeto é uma pedagoga, que é a Monisa Maciel que é de Sorocaba, ela é especialista em contação de histórias. Ela faz o curso de contação e eu faço uma palestra de mais ou menos uma hora e meia e bem recheada falando bastante sobre vários temas da vida do Lobato. Esse curso é baseado na obra do Lobato para os professores aprenderem contação de histórias baseadas no Sítio. Tenho também outros projetos para o ano que vem que ainda estão no forno, mas que por enquanto não posso comentar.

Perguntas rápidas:

Um livro: A Reforma da Natureza, de Monteiro Lobato.
Um (a) autor (a): Monteiro Lobato, sou fã nº 1 dele.
Um ator: Robert de Niro.
Um filme: O poderoso chefão.
Um dia especial: O dia em que fui no Sítio do Picapau Amarelo e fizemos o aniversário do meu filho. Foi um dia muito especial e que guardarei em minha memória com muito carinho.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Ricardo Monteiro Lobato: Agradeço pela oportunidade de levar um pouquinho de Monteiro Lobato para os seus leitores.

VISITE:
https://www.instagram.com/rmonteirolobato
www.monteirolobato.com
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

REVISÃO E LEITURA CRÍTICA

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Publique Conosco

LIVRO "VAIVÉNS DA ALMA"

LIVRO "JORNAL EM SÃO CAMILO DA MARÉ"

LIVRO: CONVERSA NOTURNA E OUTRAS HISTÓRIAS

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels