quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

A escritora, cantora e atriz Alcidéa Miguel, por Cida Simka e Sérgio Simka

Alcidéa Miguel - Foto divulgação
Fale-nos sobre você.

Nasceu em Vitória-ES, casada, três filhos, membro da Academia de Letras da Grande São Paulo (cadeira 25 - Vinícius de Moraes), escritora e autora de cinco obras solo, nos gêneros contos e crônicas, para o público infantil e adulto. Tem suas obras em mais de 14 antologias, dentre elas “Cadernos Negros”.
Escreveu também “Eu também chorei na escola” e “Ser mulher” (2ª edição) (Editora Giostri e Editora Scortecci).
Formada em Música e Artes, professora de Educação Infantil a Ensino Médio, especializada em Artes, Educação e Cultura. É regente, saxofonista, cantora e atriz.
No ano de 2019 lançou suas obras em Portugal e Estados Unidos. Tem se apresentado em eventos nacionais e internacionais ministrando cursos e palestras sobre temas literários e musicais. Possui artigos e entrevistas sobre diferentes temas veiculados em revistas, televisão e jornais.

ENTREVISTA:

Fale-nos sobre seus livros. O que a motivou a escrevê-los?


Comecei escrevendo uma autobiografia, depois contos, romances, poesias e me vi totalmente imersa na escrita. Gosto de escrever histórias reais e inserir o leitor na história. Até o meu livro infantil “Eu também chorei na escola” é a minha história de quando pequena, o quanto chorei no portão do colégio querendo minha mãe.
Antes de ser escritora eu era fiel leitora. Colecionava livros, trocava livros com os amigos e amava ouvir as histórias que minha mãe e minha professora contavam. Quando me tornei escritora, continuei sendo leitora e me tornei contadora de histórias. Escrever passou a ser um grande prazer, sendo esse o meu motivo e minha fonte compartilhadora.
Minha vida mudou por meio da escrita, porque atualmente em todo tempo aspiro a escrever ao leitor. Minha alma se transformou em uma fonte inesgotável de criatividade que vem ao encontro da necessidade do público.
Os próprios leitores, a cada dia, me motivam a escrever mais, pois sugerem e solicitam os temas dos próximos livros.  

Você também é cantora e tem um CD gravado. Fale-nos sobre isso.
Meu pai Alfredo Miguel (in memoriam) já era músico e nos motivou a seguir carreira. Desde pequena estudei música, formando-me no nível superior. Sou instrumentista, regente e cantora. Gravei um CD gospel e tenho vários trabalhos de música popular brasileira. Meus clipes referentes ao CD intitulado “Mais que maravilhoso” encontram-se no meu canal do YouTube: Alcidéa Miguel, destacando-se a música Eu me alegrarei, de minha autoria e Quão grande é meu Deus (How great is our God – autores: Jesse Reeves e Chris Tomlin). 
Como analisa a questão da leitura no país?
Houve um crescimento de leitores em nosso Brasil, e de acordo com as pesquisas da Folha de S. Paulo e demais fontes, o livro mais lido é a Bíblia Sagrada.
Tenho acompanhado na mídia e de corpo presente que o mundo tem feito muitos eventos literários, inclusive em restaurantes. Lançamentos, momentos de autógrafos, contato do leitor com o escritor, bienais; essas concentrações são de grande incentivo ao crescimento da leitura.
Tenho a opinião de que os professores precisavam ter mais incentivo e mais tempo para a leitura porque assim os alunos serão ainda mais motivados a essa prática.
Como autora, escritora e acadêmica, membro da Academia de Letras, meu objetivo é preservar a língua portuguesa, criar e incentivar projetos de criação literária, escrever muitos livros e temas que chamem a atenção, para que haja a cada dia mais leitores.  Atravessar fronteiras com minhas criações, entregando a mensagem incentivadora.
...Que a leitura pertença a todos!
Quais os seus próximos projetos?
Lancei em novembro de 2019, que se refere ao mês da consciência negra, o livro “Sampa em contos e crônicas negras”.
Este livro expõe o cenário urbano da cidade de São Paulo, retratando o diário de diversas pessoas de diferentes faixas etárias, profissões e classes sociais, de etnia negra e afrodescendentes, com a finalidade de abordar testemunhos de discriminação racial e histórias motivadoras de superação. 
O objetivo do livro é proporcionar ao leitor, através dos contos e crônicas apresentadas, mais uma ferramenta que o ajudará a construir novas pontes entre as adversidades da vida, as diferenças de pele que darão continuidade na caminhada, superando esse desafio tão real em nossa sociedade. (Editora Scortecci)
No início de 2020 lançarei o romance “Um amor feito tatuagem”.
Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir seus livros e saber um pouco mais sobre seu trabalho?


Livraria Scortecci, Amazon e Submarino. Seguem os links:

clique aqui.

Site da Editora Giostri, Casa das Rosas
https://www.facebook.com/AlcideaMiguel/ 

Link do e-book "Ainda há tempo para a esperança": clique aqui.

E-mail: alcidea.miguel@gmail.com


Uma pergunta que não fizemos e que gostaria de responder.

Quero agradecer a todos os leitores, bibliotecários, autoridades e demais idealizadores e criadores de projetos literários que têm feito a ponte entre a literatura e o povo. Tenho notado o quanto esse grande crescimento cultural tem transformado o comportamento das pessoas.
“A leitura engrandece a alma...” (Voltaire).

CIDA SIMKA
É licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Autora, dentre outros, dos livros O enigma da velha casa (Editora Uirapuru, 2016), Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019) e O enigma da biblioteca (Editora Verlidelas, 2020). Organizadora dos livros: Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019), Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019), Aquela casa (Editora Verlidelas, 2020) e Um fantasma ronda o campus (Editora Verlidelas, 2020). Integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC e colunista da Revista Conexão Literatura.

SÉRGIO SIMKA
É professor universitário desde 1999. Autor de mais de seis dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin, integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC e colunista da Revista Conexão Literatura.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

REVISÃO E LEITURA CRÍTICA

LIVRO "VAIVÉNS DA ALMA"

LIVRO: CONVERSA NOTURNA E OUTRAS HISTÓRIAS

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels