quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Amanda Piazza e o livro Além das cores, por Cida Simka e Sérgio Simka

Fale-nos sobre você.

Meu nome é Amanda Piazza, tenho 18 anos e sou de Florianópolis, Santa Catarina. Os livros sempre estiveram presentes na minha vida, e desde muito pequena sempre gostei de criar histórias.
Aos quatorze anos fiquei em segundo lugar na categoria regional do prêmio de redação Operação Cisne Branco, realizado pela Marinha do Brasil. Aos dezesseis fui a vencedora do concurso de contos infantojuvenil da Feira de Literatura e Artes Literárias (FLAL) 2017 com o conto Anjo de Guerra.
Aos dezessete publiquei meu primeiro livro, Cartas para Purpurina, pela Drago Editorial. Além disso, tenho um miniconto publicado na revista lusófona LiteraLivre; contos publicados nas antologias Palavreiras e Sinfonia de Letras (editoras Autografia e Andross, respectivamente); e um microconto publicado no site minicontos.com.br.
Agora, meu trabalho mais recente é o livro Além das Cores, o qual estou publicando por meio do Selo Talentos da Editora Selo Jovem.

ENTREVISTA:

Fale-nos sobre seu livro Além das core
s.

Erick Carter é um garoto de dezessete anos que cresceu brincando em cemitérios e vendo seus pais lerem o obituário como outros pais liam os classificados. Ele vive na mansão Carter, e divide seu teto com os cadáveres da funerária Carter, empresa familiar com uma tradição de mais de duzentos anos. Ele costumava ser cauteloso e tímido, e vivia debaixo da asa dos pais superprotetores, até receber uma visita inesperada de Marina Hils, uma garota com quem estuda desde o quinto ano. Ela pede a ele um favor especial. Um favor que vai contra tudo o que ele acredita.

Madeleine Marchetti perdeu os pais aos seis anos, e cresceu sob os cuidados do irmão mais velho, Noah. Ele sempre foi responsável e nunca deixou que nada faltasse a ela, mas agora que Madeleine tem 16 anos, Noah parece ficar mais imaturo a cada dia, como se estivesse recuperando o tempo da adolescência perdida. O que Noah não sabe é que Madeleine guarda um segredo desde os cinco anos de idade: ela consegue ver pessoas de cor Cinza. Ela não sabe exatamente de onde vêm essas pessoas, mas cresceu brincando com elas e as escondendo de todo mundo, inclusive de seus melhores amigos, Anna, Victor e Laura.

As vidas de Erick e Madeleine se cruzam quando Marina Hils morre, e Erick acidentalmente descobre as pessoas Cinza. Eles descobrem então que tais pessoas vêm de um outro mundo, chamado Schadie - um lugar monocromático, onde moram os Influentes; pessoas responsáveis pela intuição humana. A morte de Marina Hils desencadeia uma série de acontecimentos que mostram o caos que os humanos estão prestes a enfrentar: a intuição humana está se voltando contra os próprios humanos, causando muitas mortes. O objetivo? Acabar com a raça humana, num projeto denominado A Causa. Agora, Erick, Madeleine, Anna, Laura, Victor e os gêmeos Influentes Georgie e Frusylia precisam descobrir como as mortes estão ocorrendo, e terão que correr contra o tempo, antes que eles próprios sejam engolidos pela Causa.

O que a motivou a escrevê-lo?

Não sei bem ao certo o que me levou a trazer Além das Cores ao mundo, mas
algumas perguntas existenciais sempre passaram pela minha cabeça, e de certa forma colocá-las no livro e dar voz aos questionamentos através das personagens foi uma forma que eu encontrei de trazer as respostas não só para a história, mas para mim mesma.
Sempre achei interessante entender a mente humana e compreender o que leva certas pessoas a tomarem determinadas atitudes, por isso quis criar um mundo que ameaçasse os humanos sem embates físicos, porém com embates mentais. Se a intuição é algo que costuma ajudar os seres humanos, o que aconteceria caso nossas próprias mentes começassem a se voltar contra nós mesmos? – essa foi a pergunta que me guiou para construir essa história.
A ideia então foi trazer à tona essas questões importantes de uma forma mais leve e descontraída, associando a jornada para salvar o mundo com problemas e acontecimentos de uma vida cotidiana de qualquer adolescente nessa faixa etária.

O que tem lido atualmente?

Minhas últimas leituras foram: “Eu e esse meu coração”, de C.C Hunter e a trilogia “Os artifícios das Trevas”, de Cassandra Clare.

Qual a dica que pode fornecer a um escritor principiante?

A primeira dica é: escrever, escrever, escrever, escrever de novo... Quantas vezes você julgar necessário. Se você releu um parágrafo e algo te incomoda, escreva de novo. Escreva até ficar satisfeito.
Acredito que a dica mais importante é saber que os “nãos” existem, e não é por isso que sua história não é boa ou você não tem talento. Os nãos existem para que possamos valorizar os “sins”.
Além disso, não existe idade para escrever. Não se considere novo demais ou velho demais para isso; se tem algo dentro do seu coração que você deseja colocar para fora, faça isso! E treine muito.

Quais os seus próximos projetos?

Estou escrevendo meu terceiro livro e já tenho planos para outras duas histórias, mas ainda estou amadurecendo a ideia antes de colocar no papel.

CIDA SIMKA
É licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Autora, dentre outros, dos livros O enigma da velha casa (Editora Uirapuru, 2016), Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019) e O enigma da biblioteca (Editora Verlidelas, 2020). Organizadora dos livros: Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019), Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019), Aquela casa (Editora Verlidelas, 2020) e Um fantasma ronda o campus (Editora Verlidelas, 2020). Integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC e colunista da Revista Conexão Literatura.

SÉRGIO SIMKA
É professor universitário desde 1999. Autor de mais de seis dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin, integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC e colunista da Revista Conexão Literatura.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

REVISÃO E LEITURA CRÍTICA

LIVRO "VAIVÉNS DA ALMA"

LIVRO: CONVERSA NOTURNA E OUTRAS HISTÓRIAS

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels