terça-feira, 12 de maio de 2020

Adriano Piechmienski e o livro Céu, o lar dos imperfeitos, por Cida Simka e Sérgio Simka

Adriano Piechmienski - Foto divulgação
Adriano Piechmienski, nascido em Virmond (PR), no dia 18 de maio de 1984. Formado e especializado em filosofia pela Unicentro (Universidade do Centro Oeste). 
Autor do livro “Para sempre Francisco” e “Céu, o lar dos imperfeitos”. Leitor assíduo, escritor por amor.

Fale nos sobre você.

Sou um jovem em busca de transformação e de encontro com o meu “Eu” interior, trabalho na área administrativa de uma empresa na cidade de Virmond onde resido.
Gosto da minha companhia, da família e dos meus amigos. 
Gosto de uma boa música, aquela que saúda a alma, bem como de uma leitura. 
A maior das qualidades que possuo é ter me encontrado como ser humano e viver em paz com a minha companhia. A minha missão na Terra é fazer o bem ao próximo e ser o bem a todos.

ENTREVISTA:

Fale-nos sobre o seu livro "Céu, o lar dos imperfeitos". O que o motivou a escrevê-lo?

O livro “Céu, o lar dos imperfeitos” é um projeto para acalentar almas.
Na atualidade nos deparamos com muita maldade e injustiças e o livro “Céu, o lar dos Imperfeitos” vai na direção oposta disso.
O livro tem como objetivo levar palavras de amor ao leitor e mostrar a ele que cada ser é único, irrepetível e insubstituível. Cada um de nós é responsável pela semeadura e em consequência disso com a colheita.
No livro encontramos um conto sobre a depressão, já recebi vários feedbacks a respeito desse conto, que passa entre duas mulheres, sendo uma jovem chamada Aurora e a caçadora de estrelas. Aurora, a jovem, buscava naquela noite acabar com a sua dor por meio do suicídio e a caçadora de estrelas passava no local em busca de mais algumas estrelas para guardar no seu armário e impediu que Aurora cometesse o ato. 
Juntas foram mais fortes, e em todas as manhãs faziam uma prece, para que ao menos aquele dia a depressão não poderia vencê-las.
A maior motivação em escrever é essa bênção que temos em ajudar as pessoas, escrever é poder levar luz, fé, paz, esperança, saúde e muito amor ao leitor.

O que tem lido ultimamente?

Gosto bastante de Cortella e Fabio de Melo, eu me encontro na maneira que eles escrevem. 
No momento estou a relendo “Orfandades, o destino das ausências” do Fabio de Melo, foi este livro que me ajudou a montar meus livros em sua forma. 
Na cabeceira da cama está o livro “Quando o sofrimento bater à sua porta”, também do padre Fabio de Melo e “Viver em paz para morrer em paz” do renomado Mario Sergio Cortella. Ler é magnifico, não importa de que gênero você goste, o importante é ler o que você gosta.

Que dica poderia fornecer a um escritor principiante?

Escrever é um dom, não tem segredos. 
Escrever é apenas escrever, deixar o coração e alma transbordar e assim apenas transcrever para um computador ou em um simples papel.
Escrever é eternizar.
Quando as pessoas me perguntam sobre quais maneiras de escrever, forma, tipo, gênero, eu apenas as respondo “escreva, isso basta”. Publique e forme seu público. O mercado está difícil, mas para bons sonhadores posso afirmar sem medo, escreva, ainda vale a pena.

Quais os seus próximos projetos?

Meu próximo projeto é um livro intitulado “O Entregador de Milagres” que tem como objetivo continuar levando ao leitor mensagens de esperança e mostrar a ele o quão importante é. 
Deus nos entrega milagre todos os dias, cabe a nós aceitá-los ou não. Este livro é muito especial, leva ao leitor amor e uma dose altíssima de pureza, será um livro com muitos detalhes, rico em delicadeza, permitindo ao leitor um encontro com o seu “Eu” interior. Essa busca pelo “Eu” interior é intensa e contínua, bem como a busca em ser melhor para si e para o próximo. 
Às vezes podemos chegar ao céu sem ter tirado os pés do chão, ainda deixo uma mensagem aos leitores que algumas despedidas e/ou ausências são necessárias para vermos o quão importantes nós somos. 
O Entregador de Milagres tem previsão de ser lançado em dezembro de 2020. 

Link para o livro:

CIDA SIMKA
É licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Autora, dentre outros, dos livros O enigma da velha casa (Editora Uirapuru, 2016), Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019) e O enigma da biblioteca (Editora Verlidelas, 2020). Organizadora dos livros: Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019), Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019), Aquela casa (Editora Verlidelas, 2020) e Um fantasma ronda o campus (Editora Verlidelas, 2020). Integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC e colunista da Revista Conexão Literatura.

SÉRGIO SIMKA
É professor universitário desde 1999. Autor de mais de seis dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin, integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC e colunista da Revista Conexão Literatura. Seu mais novo livro se intitula Pedagogia do encantamento: por um ensino eficaz de escrita (Editora Mercado de Letras, 2020).

Compartilhe:

Um comentário:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

EDITORA TREVO

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

REVISÃO E LEITURA CRÍTICA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

LIVRO: CONVERSA NOTURNA E OUTRAS HISTÓRIAS

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels