quinta-feira, 25 de junho de 2020

Entrevista com Renato Coutinho, músico, cantor, compositor e autor do livro Caminhos & Descaminhos

Renato Cesar da Silva Coutinho - Foto divulgação
Renato Coutinho é brasileiro e mora na Alemanha há quase três décadas com dupla nacionalidade. É músico, cantor, compositor e autor do livro Caminhos & Descaminhos - Descobriu sua aptidão artística desde jovem, época nascente de um grande sonho: transformar vidas por meio da música: a fonte inspiradora desse livro: o sopro impulsionador para que você, leitor, lute pelos seus sonhos.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Renato Coutinho: Sempre gostei muito de ler livros diversos de autores da literatura brasileira e internacional nos tempos de estudante e as diversas professoras e professores diziam que eu tinha talento nas crônicas que eu escrevia brincando nas salas de aula. 
Tenho uma peça de teatro escrita dos tempos em que eu fui ator amador no Rio. A peça chama-se “Capiaba o Dom Quixote 2000” além de outras iniciadas e não terminadas.

Conexão Literatura: Você é autor do livro “Caminhos & Descaminhos”. Poderia comentar?

Renato Coutinho: A ideia de escrever este livro veio devido a uma fase muito difícil que eu me encontrava na cidade Stuttgart que fica no sul da Alemanha. Estava com muitas dificuldades de me adaptar ao inverno pesado que fazia naquele ano e me vi em depressão e solidão; eu morava sozinho e tinha o visto artístico dado por uma gravadora alemã (Ala Records). E em uma noite de inverno pesado eu em estado de depressão e bebendo muito decidi que iria me suicidar. E antes de me suicidar (eu iria me jogar da janela do apartamento que eu morava e que ficava no último andar do prédio) decidi deixar uma carta. E ao começar redigir esta carta me veio um filme da minha infância pobre junto à família, os conflitos da separação dos pais quando eu nasci... E me veio à cabeça a ideia de que eu estava escrevendo a história da minha vida e que isso poderia se transformar em livro. E assim desisti de me suicidar e me veio o fascínio de seguir escrevendo a história da minha vida.

clique sobre a imagem para ampliá-la
Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu
livro?

Renato Coutinho: Motivado pela história que estava escrevendo, comecei a pesquisar sobre técnicas de escrever livros, participar de feiras de livros na Alemanha, a pedir informações a alguns amigos e algumas amigas alemães que eram e são jornalistas e escritores de livros, críticos de matérias de jornais e revistas. Para concluir esta Parte 1 eu precisei de muitos anos, porque decidi que não queria escrever por escrever, eu só seguia escrevendo quando vinha algo de muito inspirador e colocava na história. Resumindo, precisei de 25 anos para terminar este que não termina. Por coincidência terminei este ano durante os quatros meses que fiquei confinado em casa devido a crise do Corona Vírus, pois, por eu ser também musico e cantor e trabalhar viajando pela Alemanha afora para fazer concertos e shows, não me sobrava tempo e nem inspiração para terminar este livro.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?

Renato Coutinho: No capitulo 9 Nota do Autor:

Rogerio quando nasceu, foi batizado na Igreja Católica. Sua mãe, nesta época, tinha muita fé na Umbanda. Ela tinha contatos espirituais e o levava para tomar passe com os Caboclos. Ele gostava e até tocava tambor junto aos Ogãns e, assim, ia desenvolvendo automaticamente a fé espiritual. Acreditava em muitas coisas que a ciência questiona mas não é capaz de aceitar. Porém, a medida que foi crescendo, se desprendera um pouco destes valores espirituais e começou a se interessar por outros temas religiosos como esoterismo que também é muito misterioso. Há verdades neste tema que a humanidade levará séculos para desvendar e talvez não consiga. Por meio destas pesquisas religiosas, Rogerio conhecera alguns fragmentos misteriosos e fizera destes sua base protetora na vida. No dia a dia depara-se com situações perigosas onde a sua filosofia mística o ajuda muito...

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?

Renato Coutinho: O leitor poderá adquirir o livro no site:

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Renato Coutinho: Sim, os projetos em pauta são os de escrever as partes 2,3,4 e 5 do mesmo livro.

Perguntas rápidas:

Um livro: Entre As Portas
Um livro: Entre As Portas Da Percepção
Um (a) autor (a): Sidney Sheldon uma autora: Clarisse Lispector
Um ator ou atriz: Charles Chapplin
Um filme: Do Outro Lado da vida
Um dia especial: O Dia de meu aniversario 12.07 porque comemoro sempre por estar mais
um ano vivo diante de tantos Caminhos & Descaminhos que a vida nos proporciona.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Renato Coutinho: Que cada leitor que adquirir este livro o adquira não para me ajudar, porém, para que gostem de tê-lo em suas mãos, nas suas estantes de livros lidos ou por ainda ler. E que não se arrependam por usar algumas horas da vida para ler este livro. Que seja muito prazeroso e inspirador.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

COMUNIDADE INFLUXO

SONHOS FULGURANTES - ROBERTO MINADEO

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels