segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Solomon Kane



Robert E. Howard é muito conhecido pelo bárbaro Conan, mas poucos dos que acompanhavam as aventuras do cimério nos quadrinhos sabem que seu primeiro personagem de sucesso foi outro, o puritano Solomon Kane. Aliás, os contos originais eram praticamente inéditos no Brasil até 2015, quando a editora Generale publicou um livro com todos os contos do personagem.
O primeiro conto do puritano foi publicado em agosto de 1928, na revista Weird Tales. Howard havia sumetido o texto anteriormente para a revista Argosy, que pediu várias alterações e ofereceu a módica quantia de 80 dólares. Já o editor da Weird Tales gostou tanto do personagem que ofereceu um bom pagamento e a capa daquele número. O personagem fez enrome sucesso entre os leitores, abrindo caminho para Conan.
O volume mostra que Howard era um escritor muito acima dos autores de pulps. Ele depurou o estilo pomposo de Lovecraft criando algo que influenciaria muita gente, inclusive George Martin, de Guerra dos Tronos.
O texto era repleto de adjetivos. As névoas eram prateadas, as brisas eram fracas, o odor era mortiço, a mesa era rústica. Isso normalmente é visto como um defeito na literatura, mas Howard sabia manejar esses adjetivos para criar uma prosa poderosa e impactante. Um exemplo: “Restou a impressão de ter cambaleado por séculos histéricos em meio a estreitas e sinuosas ruas, nas quais demônios gritavam, lutavam e morriam, enquanto a terra se desprendia e tremia sob sues pés vacilantes, entre paredes titânicas e colunas negras que se sacudiam contra o céu e arrebentavam em volta de Kane, em um trovejar que preenchia o mundo”.
Acrescente a essa narrativa poderosa, um personagem interessante. Segundo Alexandre Callari (que traduz o volume e escreve a apresentação), “O puritano é, possivelmente, o personagem mais complexo de Howard, superando ate´mesmo o bárbaro Conan”. De fato, as dubiedades de Solomon são parte do seu charme: é puritano, mas usa magia negra, é racista, mas se alia a um feiticeiro africano, é frio e calculista na esgrima, mas também é uma fera irrefreada.
Os nove contos desse volume essencial são uma ótima amostra de como Robert E. Howard era um grande escritor. Pena que outros personagens do autor, como Sonja e Kull ainda não tiveram edições semelhantes.

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

COMUNIDADE INFLUXO

SONHOS FULGURANTES - ROBERTO MINADEO

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels