HQ "The Spirit - Mais Aventuras", lida e comentada

Por Ademir Pascale Criado em 1940 por Will Eisner, um dos artistas mais importantes do mundo das histórias em quadrinhos, Denny Colt, ...

sexta-feira, 14 de janeiro de 2022

Entrevista com Aristides Corbellini, autor do livro “Augusto Líbero – Uma vida de lutas”

Aristides Corbellini - Foto divulgação

Aristides Corbellini é engenheiro, empresário e, mais recentemente, se tornou também escritor. Seu primeiro livro, “Augusto Líbero, uma vida de lutas”, é um romance histórico ambientado no Brasil do século XIX e da escravidão. No seu segundo livro que está sendo publicado, “Memórias de Antonio Torelly, Conde de Bergamo”, aborda um tema mais leve e fantasioso, com toques de humor. O autor é casado com Giselle Corbellini, mora no Rio de Janeiro e tem quatro filhos. 

ENTREVISTA: 

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário? 

Aristides Corbellini: Este livro começou a ser concebido num fim de semana que meu filho João Felipe e eu passamos juntos na minha casa em Angra, em agosto de 2014, durante uma de nossas caminhadas matinais. Desde o primeiro momento seria um romance histórico, e fiquei impressionado com as ideias que iam surgindo, misturando a realidade histórica com a criatividade do João Felipe. 

O próprio local em que nos encontrávamos proporcionava várias ideias, uma vez que, após a lei Feijó de 1831, foi para a região de Angra dos Reis que se dirigiu o contrabando de escravos. 

Aos poucos o livro foi tomando corpo e tivemos muitas, longas e prazerosas conversas sobre o projeto, durante outras tantas caminhadas. Os personagens iam aparecendo, e João Felipe ia colocando-os no contexto do romance. 

Naquela época, ele cursava História, na PUC do Rio de Janeiro, e essa foi a prioridade absoluta por algum tempo, mas as conversas sobre História e sobre o romance continuavam e assim o roteiro foi se desenvolvendo. 

Infelizmente, o súbito falecimento do João Felipe deixou o romance inacabado. Em homenagem a sua memória, resolvi levar adiante a empreitada e concluir o livro. 

Conexão Literatura: Como é o seu processo de criação? Quais são as suas inspirações? 

Aristides Corbellini: No romance histórico, começo pela escaleta (sinopse), pesquiso os períodos históricos envolvidos e, a seguir, insiro os personagens e procuro retratar os fatos históricos através das suas falas. 

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do seu livro especialmente para os nossos leitores?  

Aristides Corbellini: O capítulo 13: Augusto na Guerra do Paraguai. 

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Aristides Corbellini: amazon.com.br; loja.editoraalbatroz.com.br; Livraria da Travessa. 

Conexão Literatura: Quais dicas daria para os autores em início de carreira? 

Aristides Corbellini: Escrever é muito prazeroso, não tenham pressa e pesquisem muito, mesmo para romances de ficção. Não cometam erros do tipo de hospedar um personagem no Hotel Copacabana Palace em Brasília. 

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Aristides Corbellini: Sim, está sendo publicado, Memórias de Antonio Torelly, Conde de Bergamo”. Trata-se de um romance onde o protagonista, o Conde, relata estórias de uma vida passada em tempos históricos distintos, contadas de forma leve e bem-humorada, descrevendo não apenas situações divertidas, mas também um mundo em constante mutação, entre a metade do século passado e os tempos atuais, com algumas paradas na corte de Luís XV. As aventuras se sucedem freneticamente, ambientadas em países dos cinco continentes, pulando de Montecarlo ao Tahiti, da Sicília a Tehran, do Perú à União Soviética. É um ritmo aparentemente caótico, mas a alternância do tempo e dos lugares passam a ser aliados e se integram criando sentido em algo que não foi feito para ter sentido algum: o amor, em sua versão mais pura, e a própria vida, em seu aspecto mais humano. 

Estou escrevendo “Augusto Líbero – Parte II, a luta continua” que, como diz o próprio título. É a continuação do primeiro livro. 

Perguntas rápidas: 

Um livro: “Queda de gigantes” de Ken Follet.

Um ator ou atriz: Clint Eastwood.

Um filme: “The good, the bad and the ugly” de Sergio Leone. O título em português é: Três homens em conflito.

Um hobby: Golfe.

Um dia especial: Um dia em Paris ou Veneza com minha mulher Giselle. 

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

PARCEIRA AMAZON:

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA
clique sobre a capa

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels