Participe da antologia (e-book) HISTÓRIAS PARA LER E MORRER DE MEDO - VOL. VIII. Leia o edital

  Participe da antologia (e-book)  HISTÓRIAS PARA LER E MORRER DE MEDO - VOL. VIII . Leia o edital :  CLIQUE AQUI.

Mostrando postagens com marcador Fatemeh Kalantari. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Fatemeh Kalantari. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 22 de março de 2022

Entrevista com a escritora Iraniana Fatemeh Kalantari, autora do Livro “Alma das Mulheres”


Biografia da Autora

Fatemeh Kalantari nasceu em 19 de setembro de 1978, em Teerã, Irã. Ela é graduada em Contabilidade, tendo também formação acadêmica em escrita de roteiro. Fez cinco curtas-metragens e publicou quatro livros de poesia no Irã.

Sinopse e link do livro 

https://www.amazon.com.br/Alma-das-Mulheres-Fatemeh-Kalantari-ebook/dp/B08CN81VJM/ref=sr_1_9?crid=2Z2XCKNUN6LM0&keywords=paradise+ocean+books&qid=1647891589&sprefix=paradise+ocean%2Caps%2C318&sr=8-9

É com a intenção de dar vazão às mais diferentes e intrínsecas reflexões sobre a alma feminina que a iraniana Fatemeh Kalantari traz, nessa reunião de poesias, pontos de vista, experiências e reminiscências acerca do vínculo das mulheres com o mundo contemporâneo no que diz respeito aos laços familiares e à experiência de diversas formas de amor, entre elas a maternidade.

Suas palavras também carregam o peso da guerra e de seus efeitos, da crueldade de um mundo confuso e em conflito, da influência da religião e da esperança, além do toque não só abstrato, como também impiedoso do fim da vida.

Suas poesias são entremeadas com o trabalho do artista plástico brasileiro Sandro Braga, cujas ilustrações, através de suas cores, formas e singeleza, nos mostram momentos de essência vital em um mundo atordoado pela correria moderna.

ENTREVISTA

Revista Conexão Literatura: Você poderia contar aos nossos leitores sobre seu início no mundo literário?

Fatemeh Kalantari: Tenho interesse em escrever desde o ensino fundamental. A primeira vez que escrevi algo como um poema remonta à minha quinta série. Cada vez que me lembro dessa época, vejo uma garotinha com uma velha mala marrom deixada pelo pai, uma garotinha que mirava a foto desse pai depois que ele faleceu. A mala continha papel e caneta para escrever. Devo dizer que as primeiras sementes de minha ligação com o mundo da imaginação e da abstração foi a chama de uma vela na qual eu tentava encontrar a imagem do meu pai e me sentava em diálogo com ele, os quartos vazios da minha infância tornaram-se para mim uma página em branco, na qual escrevia com meus próprios olhos sobre a família, os amigos e o mundo. Acabei o ensino médio, e a caneta passou a ser minha única companheira constante, até que iniciei minhas atividades literárias no campo da poesia em 2001, participando de associações de poesia e participando de congressos literários. Sem dúvida, as palavras e a linguagem atingem a maturidade ao longo da trajetória de vida e os primeiros anos são uma espécie de prática da escrita e, em sentido mais amplo, toda a vida da escrita de um artista é uma prática da linguagem e das palavras de acordo com sua visão de mundo. Publiquei livros no campo da poesia, cada um dos quais foi uma experiência do processo de viver e estar profundamente deslumbrada em mim mesma, nos outros e no mundo. A publicação de quatro coleções de poesia no Irã, uma coleção de poemas na Plataforma Amazon e a publicação de um romance em persa e inglês são, até hoje, exercícios de uma mulher que quer continuar vivendo no mundo da poesia e da escrita. Porque eu nunca fui capaz de imaginar um mundo sem poesia e sem palavras desde minha infância.

Revista Conexão Literatura: Você é autora do livro “Alma das Mulheres”, uma obra poética publicada pela Paradise Ocean Books, poderia comentar?

Fatemeh Kalantari: O livro "Alma das Mulheres", publicado em português pela Paradise Ocean Books, contém poemas que refletem a vida interior e social de uma poetisa que tenta entregar a si mesma e seu corpo ao nascimento eterno com a arma da poesia através dos órgãos e tecidos de seu corpo.

Revista Conexão Literatura: Como foi o processo de escrita do livro e quanto tempo levou para concluí-lo?

Fatemeh Kalantari: Um café chamado "Nafas" na esquina da rua Vesal Shirazi em Teerã, capital do Irã, foi meu altar altar para a escrita que abrigou minhas palavras todos os dias por oito anos. Os poemas deste livro também nasceram naquele altar, um nascimento na multidão de orientações e despedidas, lágrimas e risos que emanavam das mesas espalhadas pelo café, das pessoas que ora deixavam os lábios nas mesas e ora as mãos permaneciam na xícara fria de chá. Depois de me despedir, minhas palavras removiam o restante das mesas e as ligavam à poesia no papel. Meus poemas não eram "meus" poemas, pertenciam a milhares de "eus" que se reproduziam nas camadas do meu ser. Foi assim que palavra por palavra foi se somando e o livro “Alma das Mulheres” nasceu misturado ao fluxo de cafés expressos, latte e bolos com sabores diversos, ora com cafés amargos, ora doces. 

Revista Conexão Literatura: Você poderia destacar um trecho que você considera especial em seu livro?

Fatemeh Kalantari: O destaque mais importante dentre os poemas do livro “Alma das Mulheres” é o constante desafio entre os três pontos de nascimento, vida e morte, estação em que a poetisa entra pela primeira vez na carroça do parto e se pergunta constantemente: O que é aniversário? Que pergunta: esta faca que esfaqueia bolos de aniversário quer responder, e o poeta grita para um oceano no meio do pântano da vida, movendo-se para ele palavra por palavra, e sabe que a morte é o nascimento evaporativo de um sol ardente? Raios em uma lagoa fluem em suas palavras.

Revista Conexão Literatura: Como o leitor interessado deve proceder para adquirir seu livro e conhecer um pouco mais sobre você e sua obra literária?

Fatemeh Kalantari: O livro "Alma das Mulheres" foi publicado pela Paradise Ocean Books e os interessados podem baixá-lo acessando o site da Amazon e pesquisando o nome do livro.

Revista Conexão Literatura: Há novos projetos na agenda?

Fatemeh Kalantari: Estou compilando uma coleção de poemas e escrevendo um romance que espero que seja publicado internacionalmente em um futuro próximo.

Perguntas rápidas:

Um livro: Em busca do tempo perdido

Um autor: Adeline Virginia Woolf

Um ator ou atriz: Kevin Spacey

Filme: A Redenção de Shawshank

Um dia especial: Dia Mundial da Poesia

Revista Conexão Literatura: Você gostaria de encerrar com mais algum comentário ou mensagem para os leitores?

Fatemeh Kalantari: Obrigada por me dar seu tempo, espero que a poesia e as palavras sejam como uma ponte eterna de comunicação com o público, artistas e amantes da palavra em todo o mundo, para que o amor, paz e amizade sejam palavras comuns e que não exista limites que separem os seres humanos.

Compartilhe:

domingo, 1 de agosto de 2021

Autora Fatemeh Kalantari e a Obra "Alma das Mulheres"


Fatemeh Kalantari
nasceu em 19 de setembro de 1978 (Teerã, IRÃ).  Seu bacharelado foi em contabilidade e roteiro de cinema. Ela produziu cinco curtas-metragens e publicou quatro livros de poesia no Irã.

É com a intenção de dar vazão às mais diferentes e intrínsecas reflexões sobre a alma feminina que a iraniana Fatemeh Kalantari traz, nessa reunião de poesias, pontos de vista, experiências e reminiscências acerca do vínculo das mulheres com o mundo contemporâneo no que diz respeito aos laços familiares e à experiência de diversas formas de amor, entre elas a maternidade.

Suas palavras também carregam o peso da guerra e de seus efeitos, da crueldade de um mundo confuso e em conflito, da influência da religião e da esperança, além do toque não só abstrato, como também impiedoso do fim da vida.

Suas poesias são entremeadas com o trabalho do artista plástico brasileiro Sandro Braga, cujas ilustrações, através de suas cores, formas e singeleza, nos mostram momentos de essência vital em um mundo atordoado pela correria moderna.

PARA SABER MAIS OU ADQUIRIR O LIVRO: CLIQUE AQUI.

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA
clique sobre a capa

BAIXE O E-BOOK GRATUITAMENTE

APOIO E INCENTIVO À LEITURA

APOIO E INCENTIVO À LEITURA
APOIO E INCENTIVO À LEITURA

INSCREVA-SE NO CANAL

INSCREVA-SE NO CANAL
INSCREVA-SE NO CANAL

DO INCISIVO AO CANINO - BERT JR.

MAFRA EDITIONS

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

DIVULGUE O SEU LIVRO

FUTURO! - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels