Conexão Nerd: Teoria da Conspiração, por Ademir Pascale

Cena do filme Teoria da Conspiração POR ADEMIR PASCALE Hoje não irei comentar sobre colecionáveis ou heróis, mas sobre um filme, um li...

Mostrando postagens com marcador Flávia Redman. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Flávia Redman. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 14 de abril de 2021

Entrevista com Flávia Redman, coautora da obra POESIAS AO LUAR II


Flávia Redman
é apaixonada por ciclismo e pelos animais. É professora de Inglês, pós graduada em docência da Língua Inglesa, formada em Turismo pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA/ESAT), graduanda em Letras – Língua Inglesa e há mais de dez anos atua como voluntária na causa animal e ambiental. Já voluntariou em Ongs e diversos grupos de resgate e ajuda a animais que sofreram maus tratos e também já desenvolveu projetos independentes na causa ambiental, sendo alguns deles veiculados na mídia local de TV. Sempre ligada a diversas formas de arte, está fazendo parte de um projeto independente no qual dirigiu o curta metragem “Inverno Torturador”.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia falar para os nossos leitores como e quando surgiu a sua paixão pelos livros e pela escrita?

Flávia Redman: Eu sempre gostei de escrever. Comecei aos 9 anos de idade. Nesta época eu estava passando férias em Fortaleza e em determinado momento, ao entrar no mar, encontrei R$ 10 reais flutuando na água. Esse foi o pontapé inicial que eu precisava para a carreira literária. Com o valor encontrado, comprei o meu primeiro diário e nunca mais parei de escrever. Inicialmente eram relatos pessoais do meu dia-a-dia, depois eu fui construindo poemas e até músicas, mas como eu era uma criança, todo esse material ficou guardado e nunca foi publicado.

Conexão Literatura: Você é coautora do livro “Poesias ao Luar II” (Selo Conexão Literatura). Poderia comentar sobre a sua participação? 

Flávia Redman: Há muito tempo eu já desejava publicar um livro ou alguma parte do meu acervo pessoal. Em 2018 eu comecei a escrever uma autobiografia mas eu não consegui terminá-la devido compromissos profissionais e outras situaçõe, mas durante a quarentena, eu voltei a produzir bastante material como contos e poemas e compartilhei com pessoas próximas que me incentivaram a retomar meu projeto de publicação. Então, fiz diversas buscas na internet até que eu encontrei o edital da antologia” Poesias ao Luar II” e decidi participar. 

Em março de 2021 eu perdi o meu pai e eu sei que ele se sentiria muito feliz caso eu alcançasse o sonho de ter meus escritos publicados e esse foi um outro forte motivo para que eu participasse do concurso.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do seu poema? 

Flávia Redman: Todos os meus poemas são baseados em fatos reais e eu só escrevo por inspiração, por isso 99% dos meus textos são escritos de uma única vez. Eu faço apenas pequenas alterações após escrevê-lo. O “Mania de amar” é um poema gostoso de ser lido e relata sobre alguém que sofre porque vive de puro sentimento, alguém que vive da paixão sem medir as consequências. O trecho que destaquei abaixo demonstra exatamente que a pessoa busca oamor e quer ser amada, ainda que não seja com a pessoa certa.

São dois que se atraem: o meu coração vazio e falso amor

Não digo que não sofro

Não digo que não me importo

Mas eu não tenho escolha

Só resta entrar nessa bolha

Conexão Literatura: Quais dicas você daria para os autores que pretendem participar de um concurso literário e qual a importância em participar de um?

Flávia Redman: A minha dica é que escrevam não apenas com a teoria, mas com o coração, com sentimento. Os mais reconhecidos autores são aqueles que conseguem colocar em palavras a vida e tudo aquilo que é abstrato. Isso gera identificação, assim como acontece no “Mania de amar”. Quase todo mundo deseja amar e ser amado e quase todo mundo já amou a pessoa errada, ou seja, é uma história que faz parte da vida comum. Eu penso que tudo o que é bom não pode ficar guardado, dessa forma, participar de concursos literários é a chance de mostrar a obra para muitas pessoas e de ter o trabalho reconhecido. É uma oportunidade de se comunicar, de chegar aonde os passos não podem, de atingir pessoas e corações que estão distantes.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para saber mais sobre você e seus trabalhos literários? 

Flávia Redman: Os leitores podem buscar informações no meu perfil pessoal no Instagram (@flavia_redman) ou podem enviar e-mail para redmanflavia@gmail.com

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Flávia Redman: Sim. Estou finalizando um livro de poemas e contos e acabei de dirigir um curta metragem independente baseado no poema de minha autoria chamado “Inverno Torturador”. Estamos editando e finalizando a gravação. Esse curta contou com a participação do ator Akilles Anderson (@akillesanderson), Murilo Barbosa na direção de fotografia (@murilo_barbosa_92) e Luísa Fernanda (@lua.61) como assistente de direção.

Perguntas rápidas:

Um livro: A hora da estrela

Um (a) autor (a): Clarice Lispector

Um ator ou atriz: Joaquim Phoenix

Um filme: Cidade de Deus

Um dia especial: Quando cheguei, fazendo trekking, ao topo do Monte Roraima em uma viagem de mochilão que fiz pela Venezuela em 2018

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Flávia Redman: Eu quero agradecer ao organizador do livro “Poesias ao Luar II”, o Sr. Ademir, pela oportunidade cedida através do edital, onde os autores podem realizar seus sonhos por meio da publicação de seus textos.

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels