Mostrando postagens com marcador Novo Século. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Novo Século. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

Conheça o livro Corrompidos, do médico e escritor Jardel Amaral


Em Corrompidos. A jornalista Maria Clara é convidada pessoalmente a escrever a biografia do homem mais rico e influente do Brasil, conhecido como Paulo Gonzaga. Ao longo do inacreditável relato, a mulher descobre que ele e o seu sócio, mentor e amigo íntimo, Lúcio Fernando, destruíram inúmeras vidas a fim de se beneficiarem com isso e cada uma de suas pérfidas ações está relacionada a um pecado capital. Paulo tem intenções ocultas com a biografia e não se preocupa em revelar tudo, mas Lúcio considera e empreitada extremamente perigosa para seus interesses e passa a querer a cabeça da jornalista a qualquer custo, mesmo colocando sua amizade de longa data em risco. Narrada em primeira pessoa a partir da perspectiva dos três personagens, esta envolvente história insere o leitor em um cabo de guerra permeado por intrigas políticas, corrupção e vingança.

O autor Jardel Amaral é médico e escritor, tem dois livros publicados. Ele sempre achou interessante o personagem que tem momentos de vilão e de herói. Assim criou o personagem Paulo Gonzaga e todo o enredo de Corrompidos. O livro terá lançamento este mês, sem data ainda estabelecida, numa live no Instagram da editora.

Siga o autor no Instagram@jardeldoamaraljr.

Para adquirir o livro:

Novo Século: clique aqui.

Amazon: clique aqui.

Travessa: clique aqui.

Mercado Livre: clique aqui.

Compartilhe:

segunda-feira, 9 de março de 2020

Humorista Diogo Almeida Lança Livro "Um Anjo de Mochila Azul"


Criador do show "Vida de Professor" publica sua primeira ficção pela Editora Novo Século

Em fevereiro de 2020 será publicada a nova obra de Diogo Almeida pela Editora Novo Século. Com mais de 900 mil seguidores nas redes sociais, o humorista traz uma história leve de uma professora com o reencontro de sua vocação.
A ficção "Um Anjo de Mochila Azul", divertida e bem-humorada, nos insere na vida de Francislena, que é uma professora recém-separada, distante do filho e de seus alunos, além de decepcionada com sua profissão. No entanto, um misterioso aluno chega para mostrar, com um toque sobrenatural, que o divino às vezes se encontra na forma mais humana. Assim, sua vocação é retomada com a ajuda de algumas amigas e experiências especiais.
Diogo Almeida é formado em Jornalismo e Rádio e TV; graduado em Gestão de Pessoas e tem pós-graduação em Administração. Por ter ministrado aulas para jovens e adolescentes por cinco anos e já ter sido casado com uma professora, tem afinidade com a vida acadêmica. É humorista há nove anos e, por sempre relatar o cotidiano das pessoas em seus textos, decidiu também acrescentar a vida dos profissionais da educação de maneira leve em seu show "Vida de Professor".

ESPECIFICAÇÕES
Nº de páginas: 256
Editora: Novo Século; Edição: 1 (24 de fevereiro de 2020)
Idioma: Português
Dimensões do produto: 14 x 2 x 21 cm
Para saber mais sobre o livro: clique aqui

Compartilhe:

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Eduardo Escames e o livro As Aventuras de Luminus Odra: O Bestiário Perdido, por Cida Simka e Sérgio Simka

Eduardo Escames - Foto divulgação
Fale-nos sobre você.

Meu nome é Eduardo, tenho 31 anos e sempre fui fascinado por viagens no espaço, histórias de aventura, videogames, super-heróis e cultura nerd no geral. Nasci e cresci na zona leste de São Paulo, no bairro do Carrão. Comecei a trabalhar com 17 anos, lecionando inglês na escola de idiomas onde estudei e, desde então, sigo na carreira docente e atualmente trabalho também como coordenador pedagógico. Escrever sempre foi uma paixão para mim. Lembro de rascunhar livros e histórias desde os 12 anos de idade! Meu primeiro livro foi 'O Pequeno Pode Tudo', de Pedro Bandeira e, para mim, ter um livro publicado numa editora de verdade é a realização de um sonho!

ENTREVISTA:

Fale-nos sobre seu livro. O que o motivou a escrevê-lo?

Eu sempre descrevo "As Aventuras de Luminus Odra: O Bestiário Perdido" como sendo uma aventura espacial repleta de monstros e explosões. E é esse o sentimento que eu quero que as pessoas tenham ao lerem a história. Ela conta a jornada do capitão Luminus e a tripulação de sua nave, a Ragnarök, por um planeta coberto de florestas e que possui um peculiar céu verde, chamado Blum. Logo no início do livro eles se envolvem num acidente quando uma ave super-rara aparece de repente na sala de comandos da nave. Então, eles acabam recebendo ajuda da base militar local, mas são acusados injustamente de tráfico de animais e acabam presos. Daí eles precisam recuperar um item considerado perdido para conseguir sua liberdade.

Eu sempre gostei de contar histórias. E poder contar uma original, que saiu da minha cabeça para pessoas lerem e se divertirem, é minha maior motivação. É um sentimento incomparável quando alguém termina de ler o livro e vem falar dos personagens, dizendo o que mais gostou da história, ou pedindo a continuação da aventura. É delicioso. Mas confesso que para terminar a história eu precisei de prazos superbem estabelecidos. Apesar de eu sempre ter gostado de escrever, nunca consegui terminar um livro antes do Luminus. E o livro só saiu por conta de um trabalho de conclusão de semestre da minha noiva! Ela fez uma pós em editoração e precisava publicar um livro. Olha que curioso!

Como analisa a questão da leitura no país?

Por trabalhar com crianças e adolescentes diariamente, eu vejo jovens passando bastante tempo nas redes sociais e em jogos eletrônicos. Eu não sou ninguém para julgar, pois como disse anteriormente, adoro um videogame e não dispenso uma partida de Overwatch com os amigos. Porém vejo que eles precisam ter contato com mídias diferentes, para aprender que ler é divertido e que pode ser tão prazeroso quanto um jogo on-line. E o gosto pela leitura deve começar cedo, assim como qualquer bom hábito. Além disso, quando aprendemos que ler não é um "martírio" ou um "sofrimento", ampliamos nossos horizontes e buscamos não só histórias para nos entreter, mas conteúdos para nos aprimorar e nos fazer mais bem informados e mais críticos. E é isso que precisamos hoje em dia, de pessoas que pensem ativamente e que motivem os outros a pensarem. Receber informações da televisão, ou até mesmo da internet, é bem perigoso.


Que dicas você poderia fornecer a um aspirante a escritor?


Colocar toda e qualquer ideia em um papel, ou num documento no computador. Anotar tudo, mesmo que não faça sentido. Uma imagem legal, uma música empolgante, uma memória, uma experiência. Depois imaginar conexões possíveis e pensar em cenas na cabeça. Pelo menos é assim que eu crio as minhas histórias: tento juntar as inspirações e penso nos capítulos como sendo cenas de um filme. Daí vou pausando e descrevendo tudo o que vejo.

O que tem lido ultimamente?

Atualmente tenho lido novamente O Guia do Mochileiro das Galáxias, do Douglas Adams, que é uma das grandes inspirações do livro, principalmente em termos de humor e diálogos. Aí revezo entre ele e a saga da Torre Negra, do Stephen King, que provavelmente é a melhor série de livros que já li na minha vida. Mudou até o meu jeito de pensar.


Cida Simka é licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Coautora do livro Ética como substantivo concreto (Wak Editora, 2014) e autora dos livros O acordo ortográfico da língua portuguesa na prática (Wak Editora, 2016), O enigma da velha casa (Editora Uirapuru, 2016), “Nóis sabe português” (Wak Editora, 2017) e Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019). Organizadora dos livros Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019) e Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019). Integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC.

Sérgio Simka é professor universitário desde 1999. Autor de mais de cinco dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Organizador dos livros Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019) e Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019). Autor, dentre outros, do livro Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019). Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin e integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC.
Compartilhe:

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Uma escolha é capaz de mudar tudo!

Ficção científica nacional, Oráculo de Cristal, do estudante de Biologia Rodrigo Scaglioni Galves, aborda o conceito de realidades paralelas em meio a uma trama repleta de mistérios e aventura

A ideia de realidades e universos paralelos é frequentemente utilizada em enredos de ficção científica, como o retratado no aclamado filme Interestelar. No entanto, o conceito não é uma invenção cinematográfica ou literária. Considerada uma possibilidade científica, a Teoria do Multiverso é uma tese complexa que defende a existência de um número infinito de universos paralelos.

Explorando o tema, que protagoniza vigorosos debates entre os físicos, na obra escrita pelo estudante paulista de Biologia, Rodrigo Galves, uma máquina é capaz de desvendar todos os possíveis futuros, criados a partir de cada escolha tomada.

No livro Oráculo de Cristal, publicado pela Editora Novo Século, o leitor é apresentado a um mundo futurístico, onde os carros voam e cidades flutuantes são construídas sobre oceanos, governado por um grupo chamado King&Queen.

Após uma epifania, o cientista de segunda Morgan Dirac tem a ideia de construir uma máquina capaz de revelar realidades paralelas e saber quais escolhas foram tomadas, para então culminar em cada uma delas. Batizada de Oráculo de Cristal, Morgan usará sua invenção com o intuito de conseguir o que tanto almeja: desbancar o King&Queen para que ele mesmo possa dominar o mundo.

“Dentro da Oráculo de Cristal o cientista estava prestes a realizar o seu sonho. Colocou um capacete ligado à esfera na cabeça e virou uma alavanca para cima.” p. 32

Com a ajuda de Sonya Barthes, uma antiga colega de escola e seu grande amor, o Dr. Dirac consegue construir a máquina. Porém, após trabalharem incansavelmente por um ano, o projeto acaba falhando.

Três anos depois do fracasso, Morgan é procurado por Frederick Klein, o representante de uma organização misteriosa que alega ter construído corretamente o Oráculo de Cristal. No entanto, apesar de finalizada, Dirac é o único que consegue utilizar a máquina.

Agora, com sua grande criação funcionando perfeitamente, enquanto Morgan busca controlar as pessoas ao seu redor para, finalmente, dominar o mundo, essa organização secreta passa a manipulá-lo para atingir os seus próprios interesses obscuros.

Com personagens cativantes e um enredo inteligente, Oráculo de Cristal traz uma trama carregada de suspense e aventura, além de um final surpreendente. A obra ainda convida o leitor a refletir sobre escolhas e prioridades, evidenciando a imprevisibilidade do futuro. Afinal, uma escolha é capaz de mudar tudo!

Ficha Técnica:
Autor: Rodrigo Galves
Ficção científica
ISBN: 978-85-428-1265-7
Formato: 14 x 21 cm
Páginas: 256
Preço: R$ 39,90

Sobre o autor: Rodrigo Scaglioni Galves, nascido em 1996, é um estudante de Biologia que desde criança cria mundos em sua cabeça e agora quer realizar o sonho de compartilhar essa criação.
Compartilhe:

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Ex-modelo Karen Padilha faz relato corajoso e chocante em seu livro de estreia

Dos holofotes da moda ao submundo das drogas

O que dizer a uma pessoa que foi abusada sexualmente pelo pai e que quase foi vendida a uma família de estranhos pela própria mãe? Como será a vida de quem sofreu agressões físicas e psicológicas por parte da família? E o que esperar de quem considera a cocaína sua melhor amiga?

Foi lutando contra esse passado devastador que a ex-modelo e hoje escritora Karen Padilha buscou forças para seguir em frente e prosperar em todas as vertentes de sua vida. Em “O que fizeram de mim? Sobre traumas e transformações”, Karen quer mostrar ao leitor sua trajetória de vida e as práticas que usou ao seu favor para transpor todas as barreiras que a vida colocou em seu caminho. E, claro, como aplicar cada uma dessas ferramentas em situações distintas e que todos podemos enfrentar.

Karen mostra como a espiritualidade (sem tomar partido de religião ou de alguma crença, mas na fé que cada um possui em algo superior), a psicologia e a resiliência foram essenciais para reverter um quadro de total dependência das drogas em uma vida de reflexões e positivismo. Ela já iniciou seu próximo livro, também sobre a temática de como derrotamos nossos próprios fantasmas e trilhar novos rumos na vida.

“Brigando com meus demônios, tentando identificá‑los, um por um, sofrendo na pele o que é desejar cegamente uma coisa e não poder tê‑la. Isso porque o que se deseja é o que estava destruindo minha vida, e pode continuar, se eu permitir. Essa batalha ninguém pode vencer por mim, só eu posso me libertar, e algumas vezes me sinto tão fraca e chego a pensar que não conseguirei. ”

Uma jornada de autoconhecimento necessária para quem precisa se redescobrir e permitir novas aberturas nos rumos para sua vida. Histórias de vitória que nos inspiram e nos motivam a seguir a luta são sempre revigorantes. E é através de seus relatos de vida que Karen quer nos mostrar: Tudo vai ficar bem!

Sobre a autora:
Karen Padilha já foi modelo internacional e hoje é colunista dos sites “Resiliência Humana”, “Academia do Aprendiz”, “Entrelinhas Literárias”, “O Segredo” e em seu próprio site, www.kacosmic.com. Estudou Introdução à Filosofia (University of Edinburgh – Londres), Introdução à Psicologia (University of Toronto) e Origem da Vida no Contexto Cósmico (USP).




Serviço:
Livro: O que fizeram de mim? Sobre Traumas e Transformações
Autora: Karen Padilha
Páginas: 128
Editora: Novo Século
Compartilhe:

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Artur Laizo cede entrevista exclusiva e comenta sobre o romance "A Mansão do Rio Vermelho" e outros projetos literários

Artur Laizo nasceu em 1960, em Conselheiro Lafaiete (MG). Vive em Juiz de Fora há quase quatro décadas, onde também é médico-cirurgião e professor. Escreveu seu primeiro livro, Lembranças do Oriente, aos 13 anos de idade. Além desse, publicou outras quatro obras literárias: Coisas da noite, Maloca querida, É difícil morrer e A festa derradeira.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Artur Laizo: Comecei a ler e escrever muito novo. Meu primeiro livro, Lembranças do Oriente (2003), foi escrito quando eu tinha treze anos. Nunca parei de ler nem de escrever. Demorei para publicar meu primeiro livro, Coisas da Noite, poesias (1998), mas estou sempre criando.

Conexão Literatura: Você é autor do livro "A Mansão do Rio Vermelho" (Novo Século). Poderia comentar?

Artur Laizo: A mansão do Rio Vermelho é um livro que eu adorei escrever, adoro os personagens e foi um imenso prazer desenvolver toda a trama. A história conta alguma coisa da vida de Frederich Augspartem, um vampiro inglês que veio morar na Mansão do Rio Vermelho antes mesmo da cidade fictícia de São Luiz existir. Devido às suas caças e à fama que se desenvolveu em cima do seu nome, ele foi expulso da cidade há trezentos anos pelas bruxas locais. Indo e vindo, morando na Mansão e em outros lugares, no momento do enredo do livro, ele volta nos dias atuais e resolve se vingar das bruxas do passado. Conhece pessoas da cidade e, principalmente se envolve com Jaime, psicólogo, que sabe tudo sobre ele e é seu amigo. Nada seria mudado se não encontrassem uma loira decapitada em um terreno baldio, no primeiro capítulo, e através de buscas da polícia se chega até o vampiro.

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro?

Artur Laizo: Esse livro foi escrito em 1986. Em 2015 eu fiz uma releitura e escrevi mais 150 páginas, correções e atualizações necessárias. Posso dizer que escrevi o livro em um ano.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do qual você acha especial em seu livro?

Artur Laizo: Acho que a descoberta de Jaime sobre o “amigo", o que ele faz e o contato que ele têm muito importante. Acho que é muito especial o momento em que Augspartem faz com que Jaime coloque o ouvido no seu peito para ouvir seu coração. Vampiro excitado pela fome de sangue quase morde o psicólogo, Jaime excitado pelo contato com o ser sobrenatural, não sabendo explicar o que sente pelo vampiro e o desenrolar dessa cena.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir um exemplar do seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?

Artur Laizo: A Mansão do Rio Vermelho foi publicada pela Editora Novo Século e pode ser encontrado no site da Editora ou em qualquer livraria.
Com relação ao meu trabalho existem:

Fanpage: https://www.facebook.com/arturlaizoescritor/

E o Blog: http://paodecanelaeprosa.com.br/

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Artur Laizo: Sim, inclusive uma possível continuação da Mansão do Rio Vermelho e a história do Vampiro Douglas.
Estou também participando de um livro: VAMPIRO, colaborativo, a ser publicado em São Paulo em setembro deste ano com 50 contos de 50 autores para comemorar os 120 anos de publicação do Drácula de Bram Stocker:
http://editoraempireo.com.br/produto/pre-venda-de-vampiro-um-livro-colaborativo/

Perguntas rápidas:

Um livro: A insustentável leveza do ser – Millan Kundera.
Um (a) autor (a): MR Ward
Um ator ou atriz: Joseph Fiennes
Um filme: Nasce uma estrela, versão com Barbra Streisend.
Um dia especial: dia 14 de dezembro de 2016 – lançamento da Mansão do Rio Vermelho

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Artur Laizo: Gosto de ler e gosto muito de escrever. Tenho participado de algumas festas literárias e observado que há crianças e adolescentes que estão escrevendo mais e lendo mais que outras gerações passadas. Acho que cabe a nós tentar incutir nessas crianças a alegria e o prazer de ler e criar. Precisamos de mais mentes criativas no mundo.
Desejo que todos leiam meus livros, principalmente A MANSÃO DO RIO VERMELHO e se divirtam com o texto. Entrem no meu blog, na minha Fanpage e mandem suas opiniões.
Agradeço a oportunidade de ter dado a entrevista e coloco-me à disposição para qualquer esclarecimento.


Compartilhe:

domingo, 18 de dezembro de 2016

Doutor Estranho: Sina dos sonhos, por Devin Grayson


O mundo está desmoronando. A criminalidade só aumenta, a economia global é um abismo sem fim. Doutor Stephen Strange, o Mago Supremo, derrotou hordas de demônios, lutou contra forças malignas e defendeu incansavelmente nosso reino de exércitos Interdimensionais.

Mas quando um perigoso sonho passa a inspirar pessoas comuns a agir conforme suas ambições mais soturnas, Doutor Estranho é obrigado a confrontar não apenas seu arqui-inimigo, Pesadelo, mas suas próprias fraquezas. O Mago Supremo deverá afundar-se nos pesadelos, delírios e anseios de todo o mundo. Para salvar o Reino dos Sonhos, ele terá de abrir mão de algumas das suas próprias ilusões – incluindo seu heroísmo. Quais sonhos assombrarão o Mago Supremo ao longo desse percurso?

Ficha técnica:
Formato: 16 x 23 cm
ISBN: 978-85-428-0997-8
Páginas: 272
Ano: 2016
Autor: Devin Grayson

Para adquirir: Clique aqui.

 
Compartilhe:

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Livro "Homem de Ferro - Vírus", por Alex Irvine


A editora Novo Século está investindo nas publicações de livros envolvendo heróis da Marvel, algo que está em alta, pois a indústria cinematográfica expandiu e levou a história de diversos heróis para os quatro cantos do mundo. Hoje, praticamente qualquer criança sabe quem é Tony Stark, Bruce Banner ou Peter Parker.

Livro "Homem de Ferro - Vírus", por Alex Irvine

Sinopse: No céu claro e azul que envolve Long Island, dois aviões colidem. Tony Stark observa a cena horrorizado, lamentando ainda não ter em mãos uma tecnologia que está quase ao seu alcance – um novo sistema de controle imediato hiperinteligente que poderia ter emitido um alerta antecipado aos aviões. Mas Stark, um recluso obsessivo cada vez mais perturbado, não sabe que sua invenção já está comprometida. Na verdade, a colisão faz parte de um plano de Arnim Zola para tomar o controle da Hidra e se livrar do Homem de Ferro de uma vez por todas. O astuto adversário se infiltrou na segurança das Indústrias Stark a fim de assumir a armadura blindada e usá-la contra Tony e a S.H.I.E.L.D. Na medida em que o Homem de Ferro se apressa para rastrear a fonte da invasão, o inimigo lança um engenhoso vírus de computador e sua arma secreta definitiva: um exército de clones assassinos inspirado no amigo mais confiável de Stark. Zola está prestes a mergulhar a cidade numa guerra que ameaça devastar tudo o que estiver em seu caminho.

Ficha técnica:
Título: Homem de Ferro - Vírus
Formato: 16 x 23 cm
ISBN: 9788542805086
Páginas: 368
Autor: Alex Irvine
Para adquirir o livro: http://www.gruponovoseculo.com.br/homem-de-ferro.html


Compartilhe:

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Livro "Super-heróis Marvel - Guerras Secretas"

DESTRUAM SEUS INIMIGOS E TODOS OS SEUS DESEJOS SERÃO REALIZADOS!

Vingadores, X-Men, Quarteto Fantástico, Homem-Aranha: os maiores heróis do universo. Magneto, Doutor Destino, Ultron, Galactus: os maiores vilões. Convocados pelo onipotente Beyonder para um desafio interestelar, heróis e vilões deverão se confrontar no Mundo de Batalha, visando conquistar o maior prêmio que alguém jamais poderia cobiçar.

Sinopse: Publicada em quadrinhos pela primeira vez em 1984, Guerras Secretas foi um divisor de águas para a Casa das Ideias, reunindo pela primeira vez seus principais personagens numa grande saga. Alex Irvine, autor de Homem de Ferro: vírus, apresenta esta adaptação integral em romance, editada com exclusividade no Brasil pela Novo Século. Deixe-se perder além das estrelas nesta aventura irreverente, intensa e, sobretudo, nostálgica. Guerras Secretas é um marco na história dos super-heróis, e também símbolo de sua época e da consolidação da cultura geek.

Ficha técnica:
Título: Super-heróis Marvel - Guerras Secretas
Formato: 16 x 23 cm
ISBN: 9788542807134
Páginas: 352
Autor: Alex Irvine
Para adquirir o livro: Clique aqui.
Imagem meramente ilustrativa


Compartilhe:

Guerra Civil - Edição Especial (Capa Dura)


A edição especial de Guerra Civil, é uma republicação da Novo Século, com nova diagramação e ilustração, além de capa dura. E convenhamos, a capa ficou magnífica.

Sinopse: Baseado nas HQs que rede uniram o universo Marvel, este romance arrebatador apresenta uma trama densa e imprevisível, confrontando tabus éticos, morais e políticos. Agora apresentado em edição especial exclusiva, Guerra Civil é sucesso de público e crítica em todo o mundo.Reflita, entenda as consequências, compare os argumentos. A decisão tem de ser tomada.De que lado você está?
Título: Guerra Civil - Edição Especial
Formato: 16 x 23 cm
ISBN: 9788542807516
Acabamento: Capa dura
Páginas: 400
Autor: Stuart Moore
Para adquirir o livro: Clique aqui.

Aproveite e relembre do filme Guerra Civil assistindo o trailer:




Compartilhe:

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Livro "A Morte do Capitão América", de Larry Hama

Sinopse: Ele foi um herói para milhões de pessoas. Uma inspiração para as forças armadas norte-americanas e personificação dos maiores ideais de sua nação. Ele viveu por seu país – e agora, alvejado a sangue frio, deu sua contribuição final à terra que tanto amou. A morte do herói tem sérias consequências. Falcão, seu parceiro de toda a vida, faz da vingança sua prioridade. Sharon Carter, prisioneira dos capangas de Caveira Vermelha, encontra-se fora de controle. E Bucky Barnes, mais conhecido como Soldado Invernal, precisa se reconciliar com seu passado sórdido, a fim de encarar uma missão que mudará sua vida. Testemunhe a monumental releitura do mito do Capitão América nesta incrível adaptação trazida ao Brasil com exclusividade pela Novo Século.

CURIOSIDADES:

Trecho do livro
Não tivemos outra escolha a não ser trazer o corpo dele para cá – Tony Stark disse. – Steve foi o único produto bem-sucedido do Programa do Supersoldado. As informações na cela dele são protegidas por diversos atos de segurança nacionais.
Aquilo simplesmente aumentou a minha raiva.
– Steve não era um 'produto'. Ele era seu amigo, Tony. Por um momento, pareceu que Tony Stark tinha uma consciência. Eu não estava com vontade de ser boazinha e compreensiva, e esperava que a culpa o apunhalasse no coração. Assim como acontecia comigo.
Eu considerava Tony Stark o responsável por aquilo. Não tinha sido o Homem de Ferro a ponta de lança para a aplicação do Ato de Registro? Não era o seu traje vermelho e dourado que estava em todos os cartazes? Não foi por culpa de Stark que Steve Rogers tinha sido preso?
E agora Stark é diretor da S.H.I.E.L.D., e Steve está esticado em uma gélida maca. Eu disse isso a ele, e ele respondeu que estava tentando fazer a coisa certa, que ver Steve daquele jeito também o matava.
Ficha técnica:
Título: A morte do Capitão América
Formato: 16x23
ISBN: 9788542808001
Ano: 2016
Páginas: 352
Autor:  Larry Hama
Editora: Novo Século
Para adquirir o livro: Clique aqui.

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Divulgue Conosco

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels