Mostrando postagens com marcador Youtube. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Youtube. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Canal no YouTube promove a literatura produzida no Espírito Santo

 

Lívia - Foto divulgação

O projeto "Livros por Lívia" lança nova temporada com foco em livros de escritores e escritoras capixabas 

Há 8 anos, o projeto literário "Livros por Lívia" trabalha com a divulgação da literatura produzida no Espírito Santo por meio de resenhas, eventos e conteúdos para internet. No último ano, o projeto deu novo passo e criou um canal no YouTube para a divulgação de vídeos com resenhas opinativas e informativas sobre livros que apontam a literatura dos dias de hoje. Conheça: www.youtube.com/livrosporlivia

 

Para a nova temporada deste ano, o canal preparou um conteúdo especial, que foi premiado com recursos da Lei Aldir Blanc para a produção de uma websérie de 4 episódios comentando e apresentando 4 obras de escritores e escritoras capixabas.

 

O 1º episódio aborda a literatura fantástica no livro de contos "Lama" (2019 - Editora Pedregulho), de Marília Carreiro. Já o 2º episódio fala sobre a poética indigena e afrobrasileira no livro "Terra Sem Mal" (2015 - Editora Patuá), de Waldo Motta. O 3º episódio discute as relações humanas e a natureza no livro "Labirinto mínimo" (2019 - Editora Pedregulho), de Fernanda Tatagiba. E o 4º episódio é sobre dramaturgia e literatura na coletânea "Outras Tramas" (2019 - Editora Maré), organizado por Nieve Matos.

 

"Um dos pontos mais importantes do projeto é fazer o conhecimento acerca da literatura circular e criar um intercâmbio entre autores e editoras do Espírito Santo e fazer com que esse circuito se fortaleça. Os quatro episódios propostos abordam diferentes temáticas e gêneros da literatura capixaba, como a ficção, a poesia, o teatro, o experimental, mostrando a diversidade e a qualidade das obras produzidas no estado", explica Lívia Corbellari, jornalista e escritora idealizadora do projeto.

 

Você confere a temporada completa aqui: www.youtube.com/livrosporlivia

Compartilhe:

quinta-feira, 4 de março de 2021

5 ferramentas para encontrar livros bons


Na vida de quem gosta de ler e tem isso como um hobbie diário a busca por livros bons é interminável. Não basta apenas estar com uma boa obra sendo lida, é necessário procurar por diversas outras para sempre ter uma “carta na manga”. A regra seguida pelos leitores é clara: acabou um já começa outro.

Porém, nem todos têm a facilidade de chegar a tantos títulos novos. E entre as alternativas para aumentar o “repertório”, que vão desde conversar com outros leitores, fazer parte de clubes de livros, estão opções como acessar comunidades mundiais, usar ferramentas do Google e outras que estão nas dicas abaixo.

1 - Goodreads

Goodreads é atualmente uma empresa da Amazon.com, que desde 2006 faz uma catalogação social de livros. Em tradução literal, Goodreads significa “Boas leituras”. O site oferece resenhas e recomendações de livros totalmente gratuitas, além de também permitir que os leitores experimentem determinados livros ou, em alguns casos, os leiam na íntegra gratuitamente.

Certamente o Goodreads é uma comunidade onde muitos leitores encontraram seus livros favoritos. Caso você ainda não a utilize, vale a pena se cadastrar em www.goodreads.com.

2 - Kindle

Outra ferramenta também da Amazon é o Kindle, que permite que você compre livros diretamente do dispositivo. Ele é simples, cabe na palma da mão e é uma maneira fácil de levar milhares de livros para qualquer local que você for.

E além da simplicidade de uso, ele é uma ótima fonte de pesquisa de novos livros bons. Isso porque, ao selecionar uma obra no dispositivo estando conectado à internet, é possível ver o resumo da avaliação dos usuários e também resenhas mais completas que alguns deixam para as obras que já leram.

Caso você não tenha o aparelho, sugerimos que leia o artigo melhor Kindle do site Uma dica por dia para conhecer mais detalhes sobre ele.

3 - Skoob

Seguindo a mesma linha do Goodreads temos a Skoob. Ela é classificada como a maior rede social para leitores do Brasil, e também funciona como uma estante virtual, onde você pode colocar os livros que já leu e sinalizar os que deseja ler.

Existem ainda ferramentas no site para você interagir com outros skoobers (como são conhecidos os usuários da plataforma). Basta se cadastrar e começar a procurar novos títulos.

4 - Google Books

O Google Books, em português Google Livros, é outro serviço especializado em achar conteúdo de livros. Nele é possível ler livros e revistas, fazer o download deles, citá-los e traduzi-los. Alguns livros são fornecidos pelos editores, enquanto outros são digitalizados como parte do Projeto Biblioteca.

O site é fácil de mexer, possibilita que você organize sua biblioteca a partir das obras disponíveis, tem opção de dividi-las por Favoritos, Lendo agora, Vou ler, Lidos e Resenhados. As estantes criadas podem ser públicas ou não, com a opção de compartilhar com amigos.

5 – Youtube


Por fim, outra ferramenta do Google é muito útil para leitores. Dificilmente alguém não conhece o Youtube, mas o que talvez alguns não saibam é que a plataforma tem uma verdadeira comunidade de leitores. Existe até mesmo um termo para eles: BookTubers; que são youtubers que falam sobre livros.

Eles costumam criar vídeos revisando e discutindo a literatura de diversos gêneros, gerando discussões muito interessantes nos comentários sobre as obras resenhadas.

Entre os principais BookTubers brasileiros estão nomes como: Beatriz Paludetto, Eduardo Cilto, Ju Cirqueira, Pam Gonçalves, Paola Aleksandra, Geek Freak, Literature-se, entre outros.

Compartilhe:

domingo, 17 de janeiro de 2021

Segunda edição da Festa Literária de Uauá será virtual

 

Arthurita Tabajara - Crédito - Divulgação

FLIU começa no dia 21 de janeiro com mesa especial sobre Jorge Portugal e shows on-line 

Começa na quinta-feira, 21 de janeiro, às 19h, no Youtube.com/FLIU, a segunda edição da Festa Literária de Uauá que, em quatro dias contará com uma programação de mesas literárias, programação infantil e musical e exibição com nomes locais e nacionais.  "A FLIU surgiu de diversas necessidades. A maior delas, sem dúvida, era a ausência de um evento literário no sertão da Bahia. Era questão de honra para uma região tão literária", conta a coordenadora, Lorena Ribeiro. O projeto será realizado entre os dias 21 e 24 e tem o propósito de provocar uma reflexão coletiva e propositiva sobre o atual momento vivenciado mundialmente e como a arte interfere diretamente com o seu papel acolhedor.

 

Nos dias do evento, a FLIU Virtual irá abordar temas ligados ao processo literário durante à pandemia e como esse processo pode ser transformador na formação da sociedade. A programação terá debates sobre temas fundamentais para o desenvolvimento humano e contará com nomes da literatura, música, teatro e política, como Xico Sá, Marcelino Freire, Bráulio Bessa, Elisa Lucinda, Capinam e Roberto Mendes. A edição fará uma homenagem ao professor Jorge Portugal, que faleceu em 2020. A curadoria da FLIU Virtual é de Maviael Melo, poeta, cantador, cordelista e cidadão Uauaense desde 2017.

 

Na quinta feira, dia 21, a programação começa às 19h, com exibições de vídeos da FLIU 2019 e a primeira Mesa tem como tema "Jorge Portugal do Brasil", com a presença de Capinam e Roberto Mendes. A noite também terá shows musicais de Roberto Mendes e Raimundo Sodré, ambos parceiros musicais do homenageado que, farão apresentações autorais com músicas imortalizadas na parceira, a exemplo Da Massa, de Raimundo Sodré e Jorge Portugal.

 

Na sexta-feira, 22, a programação começa às 9h30, com a apresentação da Cultura Local com Nilton Freitas. Às 10h, a FLIU tem uma programação Infantil com a "Galeota do São Francisco". O dia também conta, às 14h30, com a palestra de Bráulio Bessa, que tem como tema "Poesia com Rapadura" e às 16h, Ésio Rafael media a mesa "Tempo, Espaço e a Literatura OnLine", que terá a presença de Xico Sá e Marcelino Freire. A última mesa da noite, às 19h40, é sobre "Lugar de Fala – Mulheres, Palavras e Pandemia", com Elisa Lucinda e Luna Vitrolira. A noite termina com um show de Aiace.

 

O sábado, 23, começa às 10h, com a mesa EDU Cordel – Encontro de Educação e Cordel, com Antonio Barreto, Auritha Tabajara e Elton Magalhães, com mediação de Maviael Melo. O dia também contará com vídeos da cidade de Uauá e imagens da edição presencial da FLIU, realizada em 2019 e apresentação Cultural Local, com Bianca Cordeiro. Às 14h30, terá início a mesa Política e Literaturas com Elika Takimoto e Cida Pedrosa. O dia contará com vídeos com depoimentos de moradores de Uauá e apresentação de Celo Costa. Às 19h30, a mesa batizada de "Versos e Vozes Femininas", terá a presenta de Isabelly Moreira, Erika Pók e Clarissa Macedo, com mediação de Mariana Guimarães. Para finalizar a noite, shows do grupo pernambucano Em Canto e Poesia e do Poeta Cantador Flávio Leandro.

 

A despedida da FLIU Virtual, no domingo 24, será destinada ao lançamento de Livros com um bate papo com Emmanuel Mirdad e Maviael Melo, falando dos livros Oroboró Baobá e O Espelho dos Girassóis, além da apresentação da Editora CLAE sobre a produção literária do Vale do São Francisco, com o poeta, editor e produtor juazeirense João Gilberto e, para fechar a edição, um show de Xangai e João Omar. Durante todos os dias, a FLIU também conta com apresentações de vídeos, interação com moradores da cidade e contação de histórias para crianças. "Uma programação variada, para atingirmos todos os públicos durante todo o dia, com acesso gratuito e interação, através de chat, de autores e participantes. O nordestino é um forte e a gente tem que continuar disseminando a nossa cultura", diz Lorena.

 

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e da Fundação Pedro Calmon (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

 

Serviço:

O que: FLIU Virtual– Festa Literária de Uauá

Onde: Youtube.com/fliu

Quando: 21, 22, 23 e 24 de janeiro

 

PROGRAMAÇÃO

 

PROGRAMAÇÃO SUGERIDA

QUINTA-FEIRA 21/01

19:30h – Abertura 

20:00h – Mesa 1 –"Jorge Portugal do Brasil" com Capinam e Roberto Mendes

21:00h - Show com Roberto Mendes

21: 30h – Show com Raimundo Sodré

 

SEXTA-FEIRA–22/01

09:30h - Apresentação Cultural Local -  Nilton Freitas

10:00h - Mesa 2: Programação Infantil - Galeota do São Francisco  - Vídeo gravado

11:00h – Intervenção da casa do Livro de Uauá

11:05h – Vídeos de Mariane Bigio

12:00h – Vídeo Depoimento

14:30h - Mesa 3: Poesia com Rapadura - Palestra com Bráulio Bessa

15:35h – Intervenção esquete grupo de teatro de Uauá

               15:40h – Vídeo das poetas pirilampas – Pók Ribeiro

16:00h - Mesa 4: Tempo, Espaço e a Literatura Online - com Xico Sá e Marcelino Freire  

Mediação: Esio Rafael  

17:30h – Vídeo depoimento

19:00h – Show com Ana Barroso

19:35h – Vídeo das poetas pirilampas – Mariana Guimarães

19:40h -  Mesa 5: Lugar de Fala – Mulheres, Palavras e Pandemia com Elisa Lucinda e Luna Vitrolira 

21:00h – Vídeo depoimento

21:00h – Show com Aiace

 

SÁBADO – 23/01

10:00h – Mesa 6: Edu Cordel – Encontro de Educação e Cordel – Antonio Barreto / Auritha Tabajara / Elton Magalhães   

Mediação: Maviael Melo

11:30h – Intervenção com vídeos de imagens de Uauá

14:00h - Apresentação Cultural Local – Bianca Cordeiro

14:30h - Mesa 7 –  Elika Takimoto e Cida Pedrosa

16:00h – Intervenção com falas de moradores de Uauá

19:00h – Apresentação de Celo Costa 

19:30h -  Mesa 9: Versos e Vozes Femininas – Isabelly Moreira – Erika Pók -Clarissa Macedo

Mediadora: Mariana Guimarães 

21:00h – Show do Em Canto e Poesia

21: 40h – Show de Flávio Leandro 

 

DOMINGO – 24/01 -  Lançamento de Livros

10:00h – Oroboro baobá com Emmanuel Mirdad  e O Espelho dos Girassóis – Maviael Melo

11:00h – Escritores do Vale do São Francisco / CLAE – João  Gilberto

12;00h – Show de Xangai e João Omar  

Compartilhe:

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Assista a interpretação e narração do conto "Draculea", de Ademir Pascale, por Giovanna Rubbo do Contos de Pandora

 


Giovanna Rubook, do "Contos de Pandora", fez uma excelente interpretação e narração do meu conto "Draculea", publicado num livro que leva o mesmo título. Confira no vídeo abaixo. Compartilhe ;)



Compartilhe:

segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

Gato Galáctico lança livro que incentiva o desenvolvimento artístico

Primeira obra do desenhista e animador Ronaldo de Azevedo, "Gato Galáctico em Arte Galáctica" integra projeto idealizado pela Ziggle para divulgação de sua marca

Gato Galáctico lança livro que incentiva o desenvolvimento artístico  

Primeira obra do desenhista e animador Ronaldo de Azevedo, “Gato Galáctico em Arte Galáctica” integra projeto idealizado pela Ziggle para divulgação de sua marca 

Com mais de 13 milhões de inscritos em seu canal do YouTube, Ronaldo de Azevedo, mais conhecido como Gato Galáctico, é sucesso absoluto entre crianças e adolescentes. Desenhista e animador, ele vem há anos se dedicando a produzir conteúdos que, além de entreter, também incentivam os fãs a exercitarem suas habilidades artísticas.  

Agora, essa é a proposta de seu primeiro livrão, que chega às lojas pelo selo Pixel já com vendas expressivas. Gato Galáctico em Arte Galáctica reúne curiosidades sobre a inspiradora trajetória de Ronaldo, fala de sua paixão pelas artes animadas, os filmes e os games e ainda conduz o leitor por um passeio pela Mansão Miau – onde o youtuber mora e trabalha. 

A iniciativa faz parte do projeto idealizado pela Ziggle, agência boutique de licenciamento responsável por posicionar a marca do youtuber. A empresa lançou – e vai lançar – diversos produtos inspirados no trabalho e na imagem de Ronaldo de Azevedo.  

O primeiro deles foi o boneco articulado de 25 centímetros, fabricado e distribuído pela Rosita Brinquedos, que já é sucesso entre o público infantojuvenil. Ainda em 2020 serão lançados jogos educativos pela Grow e, em 2021, novos brinquedos, além calçados, itens de material escolar, como mochilas, cadernos e canetas hidrocor e vestuário.  

“O livro já é enorme sucesso com o público do canal, da mesma forma que o boneco está sendo. O Gato Galáctico é um personagem que inspira os jovens, desenvolvendo valores como criatividade, e queremos brindar o público que já o acompanha nas redes sociais com possibilidades de interações e atividades também offline”, comenta Cintia Medvedovsky, diretora executiva da Ziggle.  

Livro é convite para conhecer o universo do artista 

O livro Gato Galáctico em Arte Galáctica desafia o público a se engajar em diversas atividades e passatempos. Por meio de suas páginas, é possível aprender a reciclar objetos para montar um brinquedo, fazer arte com giz de cera derretido e até mesmo produzir um flip book. Pôsteres destacáveis e um paper toy do Gato Galáctico completam a publicação. 

Lúdica e cheio de cores, a obra promove uma verdadeira imersão no universo desse querido artista. Com o livro em mãos, fãs de todo o país serão desafiados a descobrir seus talentos, dar asas à imaginação e, acima de tudo, explorar sua criatividade sem medo de errar.  

Gato Galáctico em Arte Galáctica tem 68 páginas e já está à venda nas principais livrarias do país e pela internet. O preço sugerido é de R$ 29,00.  

Sobre o Gato Galáctico   

Criado por Ronaldo de Azevedo em 2013, o Gato Galáctico é um canal brasileiro no YouTube com mais de 12 milhões de seguidores. Especialista em animação, o youtuber apresenta histórias, brincadeiras e atividades para crianças e adultos, estimulando o aprendizado e incentivando a arte e a criatividade entre as pessoas. Atualmente, o canal produz conteúdo para diversas mídias sociais, como Facebook e YouTube, e possui a Mansão Miau, uma casa em Florianópolis que abriga um estúdio de filmagem para a produção de novos conteúdos.    

Compartilhe:

sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

A pressão das mídias sociais, por Simone Fontarigo


Hoje trago uma reflexão que muitos escritores já devem ter feito a si mesmos: eu realmente preciso ter milhares de seguidores no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube, enfim, nas diversas mídias sociais para ter alguma chance de ser reconhecido como escritor?

Há uma grande pressão para que os escritores, principalmente os que, como eu, estão iniciando essa aventura, aumente o número de curtidas em suas postagens, conquiste seguidores “engajados” e participativos, seja conhecido por ser um produtor de conteúdo profícuo e constante.

Então nós, escritores iniciantes e sem muita experiência em marketing digital, acabamos, muitas vezes, nos sentindo desanimados e nos questionando: “será que não basta eu me expor em meus textos, eu colocar para fora o que vai dentro da minha alma, para que as pessoas tenham vontade de me conhecer e de conhecer meu trabalho?”. E a resposta, infelizmente, é não, não basta.

A não ser que queiramos ter como únicos leitores nossa família e amigos (quando muito), é cada vez mais necessário seguir as regras do jogo. E elas são claras: quem não é proativo nas redes sociais - de preferência em todas elas – não é visto nem por potenciais leitores nem, muito menos, por editoras. 

Eu sei, não é justo e o mercado literário tem muito a perder com isso. Quantos ótimos novos autores simplesmente passam despercebidos e ignorados pelas editoras pelo fato de ter poucos seguidores no Instagram, ou por não ter um canal no Youtube. Quanto talento pode estar sendo desperdiçado, enquanto nós, leitores, perdemos a oportunidade de ter acesso a textos de ótima qualidade.

Eu sei, a vida não é justa. Esse é um fato. E ponto. 

Colocar a culpa pela invisibilidade como escritor na nossa falta de talento para ser youtuber ou no pequeno número de nossos seguidores é ficar estacionado ou, pior ainda, é o primeiro passo para desistirmos dos nossos sonhos. E isso não devemos fazer nunca.

Se ser escritor é realmente seu sonho, é preciso jogar conforme as regras, mas sem esquecer um detalhe fundamental: nunca deixe de ser quem você é. Não tente criar um personagem com valores e pensamentos que não vão ao encontro de sua verdadeira essência, pois os leitores notarão a farsa e você continuará invisível. 

Seja você mesmo, mas em uma versão mais audaciosa. Entre no jogo, sem perder seus valores e sem se forçar a ser o que não é. Não precisamos nos tornar youtubers nem influenciadores digitais, precisamos apenas ser nós mesmos, acreditar no nosso sonho e nos adaptar aos novos tempos (nem tão novos assim...). Valorize o espaço que as mídias te dão para colocar seus textos, aproveite os ótimos cursos gratuitos oferecidos na Internet para obter ideias de como e o que publicar. 

Comece aos poucos, mas seja constante. Sua motivação será maior à medida que suas ações forem dando resultado. E nunca se esqueça de que o ofício de escritor exige de nós 10% de inspiração e 90% de transpiração. Pois é, ninguém disse que seria fácil chegar lá. Mas, sem dúvida, o caminho é inebriante.


Simone Fontarigo é jornalista e escritora, com poesias e contos publicados em diversas antologias. Nascida e criada no Rio de Janeiro, é casada e tem um filho.

simone.fontarigo@gmail.com 

Compartilhe:

segunda-feira, 13 de julho de 2020

“Diálogos Antroposóficos” estreia com Peter Selg


O psiquiatra alemão, Peter Selg, é o convidado da estreia de “Diálogos Antroposóficos”, série de eventos virtuais, que marca o início das comemorações de 40 anos da Editora Antroposófica, em 2021. O evento, em formato de live, com Peter Selg falando direto da Alemanha, será no dia 18 de julho, das 15h às 17h30 (horário de Brasília), com tradução consecutiva do alemão para o português e vice-versa.

A live, a ser transmitida pelo canal da editora no YouTube, terá mediação de Paulo Roberto Vicente, gestor da Editora Antroposófica, com participação dos representantes da Associação Brasileira de Medicina Antroposófica (ABMA), Federação das Escolas Waldorf no Brasil (FEWB), Sociedade Antroposófica no Brasil (SAB) e Weleda do Brasil. Apoio técnico e direção de imagens serão de Jairo Pedroza.

A série “Diálogos Antroposóficos” com Peter Selg marca ainda a chegada ao Brasil de seus dois novos livros: “A Pedagogia Waldorf e a Antroposofia” e “Inatalidade”, ambos lançados pela Editora Antroposófica e à venda no e-commerce da Livraria Antroposófica: https://www.antroposofica.com.br/.

As inscrições para o evento virtual devem ser feitas pelo link: forms.gle/2ZFCTAhLk3XF6cdF6

Ficha técnica:
Livro: “A Pedagogia Waldorf e a Antroposofia”
Editora: Antroposófica
Autor: Peter Selg
Páginas: 152 páginas

Ficha técnica:
Livro: “Inatalidade”
Editora: Antroposófica
Autor: Peter Selg
Páginas: 132 páginas

Sobre Editora Antroposófica
Foi fundada em 1981, com a finalidade de oferecer ao leitor brasileiro um amplo acesso a textos de Antroposofia e temas afins. É uma empresa que destina a totalidade do seu resultado financeiro para as traduções das obras de Rudolf Steiner (o fundador da Antroposofia -­ 1861–1925) e demais textos de apoio. Oriunda de uma atividade editorial iniciada, na década de 1970, no âmbito escolar da Associação Pedagógica Rudolf Steiner, tornou-se uma empresa apta a editar e comercializar livros para o público em geral. Com o crescimento do interesse do público e a demanda das instituições antroposóficas, passou a diversificar a temática e os autores publicados, abrangendo hoje várias áreas e dezenas de autores. Suas publicações, dirigidas aos públicos de várias idades, visam a fomentar o autodesenvolvimento e uma sólida ampliação cultural.

Desde 1995 funciona, junto à sua sede, uma livraria própria que oferece também brinquedos pedagógicos de materiais naturais, peças de artesanato e outros itens.

Editora Antroposófica
Atendimento e pedidos por WhatsApp: (11) 5521-4697
Livraria: Rua da Fraternidade, 180, Alto da Boa Vista, São Paulo, SP
Tel.: (11) 5687-9714 (fechada temporariamente devido à pandemia de COVID-19)
Instagram @antroposoficaeditora
Facebook/EditoraAntroposofica
Compartilhe:

quinta-feira, 4 de junho de 2020

Youtuber Brancoala oferece dicas espertas para aprender novos idiomas

Brancoala - Foto divulgação
O produtor de conteúdo já conheceu diversos países e procura incentivar os filhos pequenos para que aprendam novas línguas

Dominar um novo idioma pode parecer uma tarefa muito complicada, mas na verdade há formas de facilitar o estudo de uma nova língua. Além dos cursos tradicionais que podem ser feitos online ou presencialmente, existem algumas dicas que podem colaborar com esse processo, melhorando o entendimento de conteúdo falado e escrito, além da conversação.

Brancoala, youtuber e produtor de conteúdo há mais de dez anos, já morou em diferentes países do mundo junto com a sua família e por esse motivo precisou aprender e se adaptar a diversos idiomas. “O inglês sempre foi primordial para toda a família, por isso sempre incentivamos a melhor forma de aprender em casa, além das aulas, é claro. Com isso, eles se acostumam mais facilmente e desenvolvem o aprendizado de forma mais eficiente”, ele explica.

Por essas razões o youtuber separou algumas dicas simples de como tornar esse estudo mais tranquilo. Confira a lista abaixo: 
Brancoala e família
Leia livros no idioma que quer aprender - Vale a leitura em qualquer idioma e de qualquer livro que seja, dos mais simples aos mais complexos. Inicialmente, livros infantis podem ajudar a colocar o objetivo em prática, até mesmo quadrinhos valem. Com o passar do tempo, podem ser adicionados romances e livros técnicos à rotina de leitura.

Acompanhe as letras das músicas - Ouvir músicas em inglês ou qualquer outra língua é ótimo, pois ajuda a entender as palavras de forma plena: além do significado, se aprende também a pronúncia.

Assista séries e filmes legendados - Qualquer um desses é uma boa opção, especialmente se já existe alguma familiaridade com o que está sendo assistido. Ainda assim, uma boa dica é utilizar animações, uma vez que os diálogos são mais simples.

Ouça podcasts em inglês - Essa modalidade de conteúdo tem crescido muito em todos os países. Para começar a aprender o inglês, por exemplo, há bons canais que podem ajudar. Além de canais mais conhecidos, como o New York Times (para quem já tem algum entendimento), há também canais brasileiros como o Inglês Nu e Cru Rádio, com episódios curtos e interessantes.

Assista vídeos no YouTube - Além de diversos canais internacionais com os mais diferentes temas, há também opções focadas apenas no aprendizado de novos idiomas, sendo o inglês o mais comum.

Faça cursos online -  Há muitos cursos disponíveis na internet, sejam pagos ou não, com professores especializados que podem dar mais atenção a pontos de dificuldade. Além disso, uma outra vantagem dessa modalidade é que, por poder ser feito à qualquer hora, pode ser adaptado à rotina do estudante.

Utilize aplicativos - Com o celular sempre disponível, é possível dedicar alguns minutos diariamente para entender melhor uma nova língua. Aplicativos de dicionários são uma boa ideia para aumentar o vocabulário. Já aplicativos como o Duolingo, que tem diversas aulas de muitos idiomas ajudam a desenvolver melhores diálogos e novas palavras também.

Sobre Brancoala

Com mais de 7 milhões de seguidores, Branco, ou “Brancoala”, possui um canal com conteúdo voltado para a família. Atualmente, ele mora nos Estados Unidos com a esposa e os dois filhos. É um papai style, cantor, produtor musical, designer gráfico, youtuber e escritor. Passa a maior parte do tempo gravando, editando vídeos, bebendo chimarrão, tocando violão e brincando de “Hot Wheels”. Branco também lançou o livro “Brancoala e Familia”, explicando como é possível reconecta-se com seu propósito de vida aprendendo a alinhar com seus objetivos e sonhos. Além do conteúdo sobre autoconhecimento, há uma parte dedicada a história da família, como eles começaram a vida em outro país do zero, qual a melhor hora para ter um filho e como os pais de primeira viagem podem lidar com as próprias ansiedades e dúvidas. São situações engraçadas e inusitadas pelas quais todos os pais passam. Para saber mais, acesse - https://brancoala.com/. No Youtube, pelo https://www.youtube.com/user/brancoala, canal com mais de 7 milhões de seguidores  e instagram @brancoala, onde mais de 280 mil pessoas recebem diariamente novos conteúdos
Compartilhe:

sábado, 16 de maio de 2020

Literatura produzida no Espírito Santo agora tem lugar no YouTube


A idealizadora do projeto “Livros por Lívia”, está fazendo vídeos sobre a literatura produzida nos dias de hoje, incluindo diverso escritores e escritoras capixabas

A escritora e jornalista Lívia Corbellari criou em 2013 o projeto literário “Livros por Lívia”, que incentiva e divulga a literatura produzida no Brasil, com foco para o Espírito Santo, por meio de resenhas, entrevistas com escritores e eventos como saraus, lançamentos de livros e conferências.

O projeto agora avança mais um passo e chega ao YouTube com vídeos de resenhas com análises detalhadas de livros da literatura contemporânea, incluindo diversos escritores e escritoras capixabas. Conheça mais sobre o canal neste link: www.youtube.com/livrosporlivia

O livro que estreou a sessão dos capixabas foi o romance “Quiche”, do escritor João Chagas, lançado em 2018 pela Editora Pedregulho. A história aborda o processo criativo em volta da escrita, mas também é sobre amizade, cumplicidade e as diversas formas de resistir e existir nos dias de hoje. O livro se passa em uma sociedade em que não são dadas muitas pistas, mas percebe-se que é em um momento posterior a atualidade em que estamos e em um sistema bem diferente. 

O primeiro vídeo do canal também foi sobre um livro que se passa em um futuro próximo. “Corpus Delicti”, da alemã Juli Zeh, é uma distopia que fala sobre um regime totalitário baseado no controle da saúde dos indivíduos, que se deu após uma pandemia. “Misturar escritores estrangeiros com brasileiros é uma forma de não hierarquizar a literatura contemporânea e mostrar que há escritores e escritoras talentosos em todos os lugares do mundo”, explica Lívia Corbellari. 

Conheça o Livros por Lívia 

Compartilhe:

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Lilia Schwarcz lança o “Canal da Lili” no YouTube

No  último vídeo,  Ana Paula Xongani  é convidada especial  da Lilia Schwarcz para falar sobre moda como uma janela para questões sociais
Os admiradores da antropóloga e historiadora Lilia Schwarcz, que já tem forte presença no Instagram e Facebook, agora têm um motivo a mais para não desgrudarem das redes sociais. Foi lançado recentemente o “Canal da Lili”, um espaço no YouTube para falar sobre história, cultura, política e atualidade.

Com produção e gerenciamento da Uzumaki Comunicação, agência digital e produtora de filmes, o “Canal da Lili” tem conteúdo semanal abordando assuntos diversos com perspectiva histórica a partir do universo de estudo e pesquisa de Lilia. Os vídeos contemplam desde questões contemporâneas até a análise de pinturas e entrevistas que oferecem contexto para análise da nossa sociedade. 

“Compartilhar o conhecimento é fundamental e eu valorizo muito esse tipo de comunicação.  A história é uma forma especial de entender nosso tempo e de refletir sobre ele. Mergulharemos em nossa história cultural, no legado que temos e o que deixaremos”, destaca a antropóloga e historiadora.

Segundo Newman Costa, Diretor de Audiovisual da Uzumaki Comunicação e do “Canal da Lili”, realizar essa produção é muito gratificante, pois democratizar o conhecimento é fundamental para a sociedade e é um dos pilares da produtora. “Criar com a professora Lili é uma experiência única. Traduzir o linguajar acadêmico para o YouTube não é simples, então, as gravações chegam a durar até 2 horas para cada vídeo com cerca de 4 minutos. Depois vem o trabalho de pesquisa de imagens e na edição a gente ainda acrescenta informações em texto. Fazer parte desse projeto que ajuda a difundir o conhecimento com credibilidade é primordial e faz falta no YouTube brasileiro”, finaliza.

Sobre Lilia  Schwarcz

É antropóloga social, historiadora, professora da Universidade de São Paulo (USP) e Global Scholar em Princeton. É autora de importantes obras, como “O espetáculo das raças”, “As barbas do imperador”, “Brasil: uma biografia” e “Lima Barreto, triste visionário”.

Foi curadora de uma série de exposições, entre as quais estão: “Um olhar sobre o Brasil”, “Histórias mestiças”, “Histórias da Sexualidade” e “Histórias afro-atlânticas”. É curadora adjunta do Museu de Arte de São Paulo (MASP) e colunista no Portal Nexo.
Compartilhe:

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Com mais de 13 milhões de seguidores em seu canal AuthenticGames no Youtube, Marco Túlio lança o livro "AuthenticGames - Vivendo uma vida Autêntica 2"

Marco Túlio - Foto divulgação
O canal AuthenticGames surgiu em 2011, sem nenhuma pretensão. Era apenas um desejo que Marco Túlio, um jovem garoto de BH, tinha em mostrar seus gameplays de Minecraft.
Inspirado pelo Youtuber Monark, ele postou seu primeiro vídeo. E a partir daí, não parou mais.
E não é que ele tomou gosto mesmo por isso? Ao longo de toda a história do canal, ele vem numa crescente busca por novos conteúdos, novas séries e novos desafios.
O sonho tomou forma, ganhou proporções e hoje, com mais de treze milhões e meio de inscritos, o seu canal figura entre os melhores do Brasil e do Mundo, provando que com empenho e amor ao que faz, o resultado é sempre o mesmo: o sucesso.
Com um alcance impressionante, está caminhando para atingir a marca de cinco bilhões de visualizações no canal.
E o que antes era sua diversão, acabou se tornando também seu trabalho. Marco Túlio se tornou um destaque no Youtube, e como bom mineiro, mostra que com paciência consegue alcançar sonhos e objetivos.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como surgiu a sua paixão por Minecraft e como foi o início do canal AuthenticGames?


Marco Túlio: Comecei minha carreira brincando. Em 2011, acompanhava e me divertia assistindo vídeos sobre o jogo Minecraft, do youtuber Monark (canal RandonsPlays). Na mesma época, pedi ao meu pai para criar o canal AuthenticGames no Youtube.

Conexão Literatura: Como você lida hoje com mais de 13 milhões de seguidores?

Marco Túlio: Publiquei o primeiro vídeo na internet sem grandes pretensões. Aos poucos a audiência foi aumentando bem como a interação com os inscritos no canal. A galerinha que comentava deixava muitas críticas construtivas, que acabaram me motivando a continuar gravando. Após um ano de canal, eu comecei a crescer de fato. Nunca imaginei que tomaria essa proporção.

Conexão Literatura: Poderia comentar sobre o Boneco AuthenticGames?

Marco Túlio: O boneco mede aproximadamente 35 centímetros e é a cara do personagem do canal. Super colorido, desenvolvido em 8 pixels, feito de espuma e perfeito para divertir os maninhos e maninhas com segurança.

Conexão Literatura: Você é autor de vários livros, como "AuthenticGames - A batalha contra Herobrine", "AuthenticGames - A batatlha da Torre", "AuthenticGames - A batalha contra Ender Dragon" e "AuthenticGames - Vivendo uma vida Autêntica". Você está lançando o livro "AuthenticGames - Vivendo uma vida Autêntica 2", poderia comentar sobre o livro e também sobre o lançamento?

Marco Túlio: O livro é uma sequência do primeiro livro onde contei a história de criação do canal. No Vida Autêntica 2, eu falo das diversas mudanças que aconteceram de lá para cá. Foram muitas aventuras e conquistas, como a turnê pelo Brasil e a chegada aos 10 milhões de inscritos. Nesse novo livro, os bastidores dessa trajetória são contados em um papo aberto e direto com os fãs.

Conexão Literatura: Quais dicas você daria para os leitores que pretendem ser Youtubers ou até mesmo escrever livros sobre seus games preferidos?

Marco Túlio: Deixo a dica que o segredo, na verdade, é ser você mesmo e gostar do que faz, independente do estilo e do tema que você for dar ao seu canal, faça porque gosta! Fazendo com gosto, os resultados em visualizações e inscritos serão uma consequência, assim como ao se escrever livros.

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Marco Túlio: Desejo fazer um livro sobre empreendedorismo contando um pouco sobre os negócios criados a partir da marca Authentic Games. 

Conexão Literatura: Qual o procedimento Como a garotada deverá proceder para enviar sua fotos ou imagens de seus desenhos para aparecer na página "Central de Fãs" do seu site?

Marco Túlio: É bem simples, basta acessar o site: http://canalauthenticgames.com.br, cadastrar nome e email, carregar uma foto ou vídeo, deixar uma mensagem e fazer o envio.

Foto divulgação
Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Marco Túlio: Tenho orgulho de poder levar as boas mensagens e as verdades que eu acredito, e, em ser uma influência positiva para as crianças podendo levar o amor de Cristo para todas elas.

Para inscrever-se no canal AuthenticGames, acesse: https://www.youtube.com/user/AuthenticGames
Site oficial: http://canalauthenticgames.com.br
Compartilhe:

terça-feira, 24 de abril de 2018

Glau Kemp e o livro Quando o mal tem um nome, por Sérgio Simka e Cida Simka

Glau Kemp - Foto divulgação
Fale-nos sobre você.

Oi oi. Sou a Glau, pessoa que ama os animais, os livros e qualquer coisa de chocolate. Moro em Itaipuaçu - Maricá/RJ e levo uma vida simples entre os livros e o mar.

ENTREVISTA:

Fale-nos sobre seus livros.

Sou mais conhecida por trabalhos no gênero do terror, sendo o livro “Quando o mal tem um nome”, o de maior repercussão atualmente, tendo alcançado mais de 50 mil páginas lidas no Kindle Unlimited.  Expandi meu público leitor participando e organizando antologias como Creepypastas pela Editora Lendari; Arquivos do mal e Quando o universo conspira pela Editora Coerência.

O que a motivou a escrevê-los?

O primeiro livro que escrevi na vida adulta está disponível para leitura gratuita na internet. Se chama Sangria: O último dia de outono. Ele foi o começo de tudo e a história, uma darkfantasy com final trágico, surgiu em um momento de grande dificuldade na minha vida. Eu precisava mergulhar em outro mundo, porque esse estava muito insuportável. A escrita virou uma parte essencial da minha vida.

Como o leitor interessado deverá proceder para saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho?

Eu tenho um canal no youtube (TREVOCAST), convido todos os leitores para se inscrever no canal, lá eu faço resenhas de livros e muitos sorteios. Sempre mantenho todos informados através da minha página no facebook também, além de adorar interagir nas redes sociais: @glaukemp

Como analisa a questão da leitura no país?

Sou uma pessoa otimista e realmente acredito que estamos evoluindo em algumas questões. Ainda somos um país que lê pouco, mas existe uma pequena corrente a favor da propagação da leitura e como escritora gosto de pensar que faço parte dela. Iniciativas como esta revista são bons exemplos disso.

O que tem lido ultimamente?

Muitos thrillers e livros nacionais para resenhar no canal do youtube.

Quais os seus próximos projetos?


Recentemente assinei contrato com a Editora Verus e agora vou trabalhar no livro que vamos lançar. Ainda não posso informar o título, mais é um livro no gênero young adult, com narradores peculiares. Tenho certeza que meus leitores vão se surpreender, esse livro é diferente de tudo que escrevi até hoje.

*Sérgio Simka é professor universitário desde 1999. Autor de cinco dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a coleção Mistério, publicada pela Editora Uirapuru.

Cida Simka é licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Coautora do livro Ética como substantivo concreto (Wak, 2014) e autora dos livros O acordo ortográfico da língua portuguesa na prática (Wak, 2016), O enigma da velha casa (Uirapuru, 2016) e “Nóis sabe português” (Wak, 2017).
Compartilhe:

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Giovanna Vaccaro e o livro Procura-se, por Sérgio Simka e Cida Simka

Giovanna Vaccaro - Foto divulgação
Giovanna Vaccaro tem 17 anos, mora em São Paulo com seus pais e seu irmão mais novo. É totalmente viciada por séries americanas. Publicou seu primeiro livro quando tinha 14 anos, intitulado Procura-se. Tem um canal no YouTube chamado Passa Cola, no qual posta vídeos contando sobre sua vida e dicas sobre o que mais gosta. Por causa de seus fãs, Giovanna foi convidada para ser colunista na revista Amazing!, na qual fala sobre o que mais gosta: livros, séries, maquiagem, moda, música e cultura pop – o que contribui para seu futuro, já que cursa jornalismo na USJT.

ENTREVISTA:

Fale-nos um pouco sobre seus livros.

"Procura-se" é um romance, narrado por Ariane, uma garota de dezessete anos que sofre com uma doença cardíaca, chamada coronariana. Apesar da doença, ela vive uma vida normal com remédios controlados. No entanto, tudo muda quando ela descobre que terá que passar por um transplante de coração, caso contrário, seus dias estarão por um fio. Por sorte, ela conta com a ajuda de seu novo amigo, Miles, que fará de tudo para estender os dias de Ariane, formando aí uma paixão arrebatadora, capaz de tudo.
"E se..." é completamente diferente. Conta a história de Logan, filho de um renomado professor de física. Sua vida vira de ponta cabeça quando ele descobre que pode consertar seus erros com a nova invenção de seu pai, que é uma maneira de viajar no tempo. Apesar das viagens ajudarem Logan, ele se vê preso em seus próprios problemas, causados pela garota que ele ama, seu melhor amigo e até sua família. É, com certeza, um romance diferente. 

Qual o motivo que a levou a escrevê-los?

Ser escritora nunca foi meu objetivo, aconteceu. Eu sempre amei escrever, mas nunca levei a sério. Sempre reescrevia os epílogos dos livros que não gostava, até que um dia quis escrever um livro que tivesse o final que eu sempre quis. Então pensei em escrever um conto, mas ele ficou grande demais para um conto, então virou um livro, "Procura-se". Agora, escrevo porque amo e parece que se eu passar pelo menos um dia sem escrever, uma parte de mim se vai.

Para você, o que é ser escritor?


Ser escritor é uma coisa complicada. As pessoas pensam que é uma profissão, e, de certa forma, é, mas eu acho que é mais do que isso. Para ser escritor, uma pessoa deve ter criatividade e ter o poder de criar outras pessoas, outros lugares, outros mundos. Tudo fica dentro de nós. Ser escritor é criar mundos e coisas que jamais foram vistas no mundo real.
 
Como analisa a questão da leitura no Brasil?

Temos que admitir que a literatura cresceu muito nos últimos anos, mas ainda assim é uma questão difícil de tratar. Muitas pessoas detestam ler e nada pode contrariá-las. Apesar disso, temos que incentivar os jovens (como eu) a lerem sempre, é uma tarefa difícil, mas hoje em dia está muito mais fácil fazer isso do que antigamente. Quase todos os filmes são adaptações de livros, o que ajuda um leitor a começar a ler e gostar daquilo. É como eu. Eu odiava ler, pensava que os livros eram a mesma coisa chata de sempre, mas um dia eu assisti a um filme adaptado e quis ler o livro para ver se era parecido, foi aí que entendi que os livros são bem melhores (rsrsrs) e compreendi que os livros podem nos levar a lugares que nunca vimos.

O que tem lido ultimamente?


No momento, estou lendo muitos livros nacionais, eu sou apaixonada. O último livro que li foi “Quando o amor acontece”, de Eliana Portella.

Quais os seus próximos projetos?


Na Bienal, provavelmente, lançarei meu próximo romance, ainda sem nome. E, no momento, estou organizando uma antologia sobre signos, que sairá nos próximos meses. Estou ansiosa!

*Sérgio Simka é professor universitário desde 1999. Autor de cinco dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a coleção Mistério, publicada pela Editora Uirapuru.

Cida Simka é licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Coautora do livro Ética como substantivo concreto (Wak, 2014) e autora dos livros O acordo ortográfico da língua portuguesa na prática (Wak, 2106), O enigma da velha casa (Uirapuru, 2016) e “Nóis sabe português” (Wak, 2017).
Compartilhe:

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Editora Planeta e Você Sabia?, maior canal de curiosidades do Youtube, lançam livro

Com uma diagramação fluída e descontraída para atrair o público jovem, a Editora Planeta e o Você sabia?, maior canal de curiosidades do Youtube, com mais de 8 milhões de inscritos, lançam "Você sabia? + de 400 coisas que você deveria saber", uma obra informativa, prática e divertida.

Nada escapa ao olhar curioso de Lukas Marques e Daniel Molo, criadores do Você sabia?, canal de curiosidades no YouTube, com mais de 8 milhões de seguidores. Com bom humor, irreverência e muita informação, eles conquistaram a internet e agora vão invadir as livrarias com este livro repleto de fatos curiosos, bizarros e interessantes. Você entraria na Deep Web? Tem medo de histórias sobrenaturais? Já viu ou acredita em extraterrestres? Comeria um queijo vivo? E o que aconteceria se, do nada, a Terra parasse de girar? E que tal conhecer o objeto mais perigoso do mundo? Sabe da existência dos monstros marinhos?

Sobre os autores:
Lukas Marques e Daniel Molo são os criadores do Você sabia?, canal de curiosidades do Youtube, com mais de 8 milhões de inscritos e mais de 600 milhões de visualizações.

Ficha técnica
Data de publicação: 01/06/2017
Idioma: Português
ISBN: 978-85-422-1057-6
Para adquirir o livro: Clique aqui.


Compartilhe:

sábado, 25 de março de 2017

4 Incríveis Casos de Viajantes do Tempo - The Time Traveler's


CONFIRA NO VÍDEO DO CANAL "CONEXÃO NERD", 4 INCRÍVEIS CASOS DE VIAJANTES DO TEMPO: Um viajante do tempo surge numa foto do ano de 1941. um possível viajante do tempo chamado John Titor faz previsões num fórum da internet entre os anos 2000 e 2001. Outro viajante do tempo surge numa das lutas históricas do pugilista Mike Tyson e no ano de 1928 uma viajante do tempo parece usar um moderno aparelho na filmagem do filme "O Circo", de Charlie Chaplin.

ASSISTA O VÍDEO: CLIQUE AQUI.

 
Compartilhe:

sexta-feira, 17 de março de 2017

Conexão Nerd: Os Maiores Mistérios do Mundo (Vídeo)


CONHEÇA OS MAIORES MISTÉRIOS DO MUNDO: uma pegada de 300 milhões de anos vem intrigando os pesquisadores. Uma estranha figura encontrada no México parece estar fora do eixo. Já na ilha de páscoa, os Moais, que são gigantescas estátuas de pedra, continuam deixando historiadores cada vez mais curiosos.
Em Nazca, gigantescos geóglifos só podem ser vistos do alto, mas para qual finalidade? Já no antigo Egito, os egípcios pareciam dominar uma inteligência bem superior, tendo criado algo
que só seria usado e criado por nós milênios depois.

ASSISTA O VÍDEO: CLIQUE AQUI.

 
Compartilhe:

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Conexão Nerd: Jogo Ouija ou Brincadeira do Copo

Jogo Ouija ou Brincadeira do Copo: o ritual que tornou-se brincadeira, filme e popularizou-se pelos quatro cantos do mundo. Mas até que ponto um ritual poderá tornar-se numa brincadeira? Saiba tudo assistindo ao vídeo: CLIQUE AQUI.

INSCREVA-SE NO CANAL "CONEXÃO NERD"---->



Compartilhe:

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Os 9 Canais Mais Legais do Youtube Para Quem Curte Livros e Assuntos Nerds

Se você adora livros e todo o universo que envolve literatura, além de assuntos nerds, dos quais 90% dos leitores curtem, como séries, filmes, HQs, colecionáveis, games, vlogs, etc, certamente vai querer conhecer os canais desta lista do qual passei a manhã toda e parte da tarde editando...(rs).
Na descrição de cada canal que selecionei, destaquei o título, nome do criador, fiz uma pequena resenha sobre cada um deles e deixei o link do canal para que vocês conheçam e caso gostem também se inscrevam. Ah, no final de cada uma das indicações coloquei o link de um vídeo para vocês ficarem ainda mais por dentro do canal.
Existe um universo imenso no Youtube e é uma excelente ideia seguir canais dos quais nos identificamos, isso abre a nossa mente, pois aprendemos muito com essas pessoas, além de trazer entretenimento para que o nosso dia seja mais alegre e menos estressante.
Essa é minha lista e meu gosto pessoal, ok? É claro que existem mais canais legais no Youtube e espero que vocês possam colaborar indicando nos comentários. Visitarei cada um deles e certamente criarei um outro “Canais mais legais do Youtube para quem curte livros e assuntos nerds 2.0”. E como eu também adoro culinária (pois além de ser nerd e passar horas lendo, escrevendo, jogando ou assistindo séries, filmes, etc, eu também tenho que comer, né?...rs), pode ter certeza que em minha próxima lista incluirei também alguns canais sobre culinária.

Coloquei os canais numa ordem numérica apenas para organizar, mas isso não significa que um é melhor que o outro por ser o 1º ou 2º, todos possuem suas qualidades e diferenças.

Vamos lá?   

1 - Canal: Vamos falar sobre livros?
Criadora: Gisele Eberspächer
Sobre o canal: com foco nos livros, Gisele Eberspächer faz resenhas e comentários sobre suas leituras, que aliás são muitas. Super bacana. Acompanhe e inscreva-se no canal.
Acesse o canal: https://www.youtube.com/user/GiseleEberspacher
OBS: veja vídeo recente de suas leituras de 2017 https://www.youtube.com/watch?v=gChwOxFXwEg

2 - Canal: Ler antes de morrer
Criadora: Isabella Lubrano
Sobre o canal: criado e apresentado pela jornalista Isabella Lubrano, o canal aborda dicas de livros incríveis dos quais a apresentadora acredita que todo leitor deve ler antes de morrer. Na realidade ela também aborda outros assuntos, mas todos focados na literatura. A sua meta é ler e resenhar 1001 livros. Vamos acompanhar o seu canal para ver se ela conseguirá? (acredito que sim).
Acesse o canal: https://www.youtube.com/channel/UCTubbc8ei3JfOBbicSJYPfQ
OBS: veja o vídeo “5 segredos para ler mais” https://www.youtube.com/watch?v=Y67JAGsWBIg

3 - Canal da Ceci
Criadora: Ceci
Sobre o canal: a apresentadora comenta sobre temas interessantes ligados aos livros e um deles que despertou minha atenção é intitulado “Literatura brasileira é chata?”. Super legal. O canal não está muito atualizado, mas os vídeos que estão lá valem muito a pena (quem sabe depois desta matéria a Ceci não atualiza com mais frequência o seu canal :).  Acompanhe o canal.
Acesse o canal: https://www.youtube.com/channel/UCv8MC3a2TLmzQ22_Ny9PYnA
OBS: veja o vídeo “Literatura brasileira é chata?” https://www.youtube.com/watch?v=mI0tC7qT3b4

4 - Canal: Livro&Café
Criadora: Francine Ramos
Sobre o canal: a apresentadora comenta sobre suas leituras, é fã de Virginia Woolf e acredita que os livros podem mudar o mundo! (eu também acredito :) Acompanhe e inscreva-se no canal.
Acesse o canal: https://www.youtube.com/channel/UCsKVCBV_LOvWmMKEMPM-siA
OBS: veja o vídeo (que aliás curti muito) “Rock na literatura” https://www.youtube.com/watch?v=cKjj6CvOGAg

5 - Canal Geek Freak
Criador: Victor Almeida
Sobre o canal: Victor é formado em marketing e seu canal é dedicado principalmente à literatura, mas também aborda cultura pop: música, séries, games, tecnologia, etc. Coisas que todo bom leitor também curte :) Acompanhe e inscreva-se no canal.
Acesse o canal: https://www.youtube.com/user/thegeekfreakTV
OBS: veja a vinheta do canal (curti bastante) https://www.youtube.com/watch?v=gjbVprm3xIs

6 - Canal Conexão Nerd
Criador: Ademir Pascale
Sobre o canal: Criado e apresentado por Ademir Pascale, editor e criador da revista Conexão Literatura, o canal aborda assuntos interessantes no estilo minidocumentário, sobre curiosidades Geeks: livros, super-heróis, tecnologia e até assuntos sobrenaturais. O canal é novo, mas já está com vários vídeos na pauta, dos quais serão publicados semanalmente. Acompanhe e inscreva-se no canal.
Acesse o canal: https://www.youtube.com/c/ConexãoNerd
OBS: veja o vídeo mais recente sobre Doppelgänger – Existe uma cópia sua? https://www.youtube.com/watch?v=RVQvjcvPUkw

7 - Canal Brancoala
Criador: Branco (Brancoala)
Sobre o canal: Esse foi o primeiro canal no Youtube do qual comecei a seguir. Confesso que antes de conhecer esse canal, eu não me ligava muito ao universo do Youtube, a não ser para assistir clipes musicais. Mas vendo o primeiro vídeo do Brancoala, tive que ver o segundo, terceiro, quarto e assim por diante. Hoje assisto todos os dias e também tenho o meu próprio canal (Conexão Nerd). Vale muito a pena, pois o Branco é um cara super humilde, família e que curte muitas coisas das quais me identifiquei. Ele é músico, produtor musical, designer gráfico, amante do café e das Nerfs. Até o momento da publicação dessa matéria, o canal possui 621 mil inscritos... Sim, 621 mil inscritos são muitas pessoas. Imagina juntar toda essa gente? Mas na realidade acho que deveria ter milhões, pois o canal é super legal. O Branco é brasileiro, nascido em Santos, litoral de São Paulo, mas hoje vive com a família na Espanha e todos os seus vídeos são gravados lá. Inscreva-se no canal.
Acesse o canal: https://www.youtube.com/user/brancoala
OBS: Veja um dos vídeos (vídeo de apresentação do canal) https://www.youtube.com/watch?v=YH1TFLCHJCE 

8 - Canal Mundo de Nemo
Criador: Bruno Nemo
Sobre o canal: divertido, Mundo de Nemo traz assuntos sobre séries, como Games of  Thrones, games e outros assuntos nerds. Humor cristão nerd. Os vídeos são apresentados por Bruno Nemo e Davi Pereira. Vale a pena conferir. Inscreva-se no canal.
Acesse o canal: https://www.youtube.com/channel/UC2rtP6zwUg_SuYWQbkEQCXw 
OBS: Um dos vídeos que chamou minha atenção mostra que os caras possuem uma mente bem aberta: https://www.youtube.com/watch?v=geYPzgrEpWk

9 - Canal ERB
Criadores: Nice Peter, epicLLOYD, Dave McCary, and Maker Studios
Sobre o canal: Esse é o único canal desta lista que não foi criado por brasileiros. Mas eu tinha que indicá-lo. Perdi as contas de quantas vezes assisti alguns dos vídeos desse canal. Eles mandam muito bem e os vídeos são duelos em forma de rap que eles criam entre pessoas da história ou da mídia que possuem algo em comum (ou não), como Master Chief vs Leonidas, Michael Jackson vs Elvis Presley, Einstein vs Stephen Hawking ou Hitler vs Vader...(rs). No final eles deixam uma brecha, dizendo: “Quem foi o ganhador?”. Curti vários duelos, mas o que mais gostei foi o duelo entre os escritores Edgar Allan Poe (do qual sou fã) vs Steven King, super engraçado.
Acesse o canal: https://www.youtube.com/user/ERB
OBS: assista “Edgar Allan Poe vs Steven King” https://www.youtube.com/watch?v=56R3hU-fWZY 

Curtiu a lista? Deixe os seus comentários, indique também os canais que vocês gostam para que eu possa conhecê-los, seguir e quem sabe um deles entrará também em minha próxima lista.

Compartilhe essa matéria nas redes sociais e com seus amigos ;) Forte abraço.


Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Divulgue Conosco

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels