Mostrando postagens com marcador psicóloga. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador psicóloga. Mostrar todas as postagens

sábado, 20 de junho de 2020

Livro ressalta a importância de direcionar emoções para ter mais produtividade no trabalho


Gestão das emoções no ambiente corporativo analisa e expõe como elas são diretamente ligadas a quem somos

Quando entramos no universo do trabalho, uma das orientações é desligar-se das emoções para não atrapalhar o desempenho. A cobrança por números, criação, rendimento e a autocobrança fazem com que crises sejam cada vez mais frequentes nesse meio. O livro Gestão das emoções no ambiente corporativo analisa e expõe como elas são diretamente ligadas a quem somos, e o porquê elas podem nos guiar para um caminho mais produtivo.

Fica cada vez mais claro que é por meio dessas emoções que conseguimos identificar alguns pontos de melhoria. Assim, o leitor poderá compreender que, quanto melhor se lida com a inteligência emocional, maior a capacidade de compreender e solucionar problemas de relacionamentos, melhor a negociação de desacordos e mais conhecimento para criar uma harmonia em grupo.

Um dos autores do livro, por exemplo, retrata em seu capítulo sobre o desligamento de um funcionário em uma empresa, mostrando ambos os lados perante a demissão. Em outro caso, o leitor poderá aprender sobre excessos: excesso de passado (depressão), excesso de presente (estresse), excesso de futuro (ansiedade). Desmotivação e Síndrome de Burnout, gestão de mindset, raiva, além de técnicas de gerenciamento de emoções e meditação são ponderados pelos escritores.

A obra é um guia para que as pessoas consigam identificar alguns conflitos com os próprios sentimentos diante de adversidades e também aprendam a canalizá-los. Com currículos de escritores como: psicanalista, terapeuta financeiro, mestre em administração, especialista em gestão, professor universitário e de meditação, advogada, entre outros, Gestão das emoções no ambiente corporativo cria um alicerce para o leitor tirar dúvidas com experiências contidas nos capítulos. 

Sobre a coordenadora 

Silvia Queiroz
Psicóloga formada há 18 anos, pós-graduada em avaliação e diagnóstico psicológico pela Faculdade Rui Barbosa, em Salvador; e em psicologia e aconselhamento pastoral pela Faculdade EST/ RS. MBA em gestão estratégica de pessoas. Mestre em teologia pela FGV/ RS. Coach e analista DISC com certificação internacional pela Sociedade Latino Americana de Coaching – SLAC/SP. Coautora do livro Cenários urbanos: realidade e esperança. É palestrante na área de desenvolvimento e comportamento humano. Haggai Alumni, participou do Haggai leader experience em Mauí/Havaí, em outubro de 2017. Atua como psicóloga, coach, escritora e palestrante, além de ministrar cursos.

Compartilhe:

terça-feira, 9 de junho de 2020

Lançamento de livro

Psicóloga lança livro e leitores têm acesso ao livro gratuitamente durante o isolamento social

Lucia Moyses, psicóloga e neuropsicóloga paulistana lança “A Outra”, o sétimo livro da coleção DeZequlíbrios - composta por 10 livros independentes entre si que explora a mente humana e os relacionamentos pessoais. Durante o isolamento social, os amantes da literatura podem conferir a obra gratuitamente no www.luciamoyses.com.br na aba notícias.

A mulher abriu a porta e o homem entrou, com um ramalhete de flores na mão. O que parecia ser apenas um gesto romântico se transformou em violência e morte. O que realmente aconteceu naquele dia? O que deu errado naquele encontro? O sétimo livro da coleção DeZequilíbrios conta a história de Amanda, uma linda mulher com o rosto de anjo. Seria ela uma vítima acusada injustamente ou uma assassina fria e cruel? Enquanto enfrenta este novo desafio, a doutora Renata precisa lidar com um favor que deu errado.

A cada volume a autora aborda um drama diferente que envolve um distúrbio psiquiátrico, tendo como elo o entrelaçamento da vida da personagem principal. A partir de uma história, Lucia usa o recurso temporal de flashback ou entrecruzamento de tempos para narrar as histórias que têm por objetivo desenhar um rosto, uma fisionomia para situações de limites psicológicos presentes na condição, questionando pressupostos e esclarecendo-os, para desvincular as doenças de estigmas e preconceitos.

Transtornos como síndrome do pânico, depressão, TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) e anorexia passam a ser levados a partir da empatia e do prazer pela leitura, com os dramas, as vivências, as alegrias e os infortúnios da vida das personagens no cotidiano, até a irrupção de experiências psíquicas em seus limites.

“Os livros da coleção DeZequilíbrios misturam ficção e suspense tendo como pano de fundo, transtornos psiquiátricos que podem ser desconhecidos ou estigmatizados pela sociedade, derrubando mitos e entretendo o leitor com uma leitura leve, porém, nem por isso superficial. A intenção é que se aprenda um pouco sobre psicologia ao mesmo tempo, em que se envolve com as tramas dos personagens”, explica a escritora.

Lucia Moyses é psicóloga, neuropsicóloga e escritora

Natural de São Paulo, Lucia teve sua primeira formação em análise de sistemas pela FATEC (Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo), complementando os seus estudos com curso de pós-graduação na UNICAMP (Universidade de Campinas). Atuou nessa área por mais de 20 anos e foi convidada para ser coautora em uma obra da IBM, em sua sede nos Estados Unidos. Administrou cursos e palestras, inclusive para pessoas com necessidades especiais.

A partir desta experiência, a escritora se interessou pela área de humanas. Foi então que decidiu seguir a carreira de Psicóloga, concluindo o bacharelado na FMU (Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas) e, logo depois, se especializando em Neuropsicologia e Reabilitação Cognitiva pelo (INESP) - Instituto Nacional de Ensino Superior e Pesquisa.

Em 2013, a autora lançou seu primeiro livro “Você Me Conhece?” e dois anos depois o livro “E Viveram Felizes Para Sempre”, ambos com um enfoque em relacionamentos humanos e psicologia.

Três anos após a especialização em Neuropsicologia, Lucia lançou os três primeiros livros: “Por Todo Infinito”, “Só por Cima do Meu Cadáver” e “Uma Dose Fatal”, da coleção DeZequilíbrios. Composta por dez livros independentes entre si, a coleção explora a mente humana e os relacionamentos pessoais. Cada volume conta um drama diferente, envolvendo um distúrbio psiquiátrico, tendo como elo o entrelaçamento da vida da personagem principal.

Agora em 2018, a psicóloga lança mais três livros: “A Mulher do Vestido Azul”, “Não Me Toque” e “Um Copo de Veneno”, totalizando seis livros da coleção.
Compartilhe:

sexta-feira, 13 de março de 2020

A psicóloga Lourdes Possatto e sua obra, por Cida Simka e Sérgio Simka

Lourdes Possatto - Foto divulgação
Fale-nos sobre você.

Lourdes Possatto
é psicóloga, formada em 1977, pela Universidade Metodista de São Paulo. Especializada em Gestalt-Terapia, pelo Instituto Sedes Sapientiae;  especializada em Hipnoterapia Ericksoniana, Hipnose, Alfagenia e técnicas de Relaxamento e Meditação Ativa e Passiva; também é metafísica, reikiana, e facilitadora em Biodança. Criadora do Projeto Biodança – Equilíbrio Global. Possuidora de estudos aprofundados sobre Esoterismo, Cromoterapia, Gemoterapia, Terapia Floral, Shamanismo e Terapias Regressivas. Na Rádio Mundial de São Paulo, conduziu o programa “Em Busca da cura emocional”, por dez anos. Autora do CD Ansiedade Sob Controle com exercícios para trabalhar a autoconfiança e ansiedade.

Autora dos livros abaixo relacionados, editados pela Lúmen Editorial:

EM BUSCA DA CURA EMOCIONAL – Resgatando a harmonia e o equilíbrio das emoções
É TEMPO DE MUDANÇA – Como promover a alquimia emocional e conquistar a felicidade
RELACIONAMENTOS POSITIVOS – Vença a dependência emocional e crie relações saudáveis
ANSIEDADE SOB CONTROLE – Dicas e técnicas de relaxamento, meditação, alfagenia e biodança
MEDOS, FOBIAS, PÂNICO – Aprenda a lidar com essas emoções
EQUILÍBRIO EMOCIONAL – Como promover harmonia entre pensar, sentir e agir
POR QUE SOFREMOS TANTO? – Como lidar com dramas afetivos, angústias e depressões
O DESAFIO DE SER VOCÊ MESMO – Vencendo barreiras rumo à realização pessoal
INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E AUTOESTIMA – Aprenda a lidar com suas emoções e ser bem-sucedido
REENCARNAÇÃO E CARMA – Desafios evolutivos e autoconhecimento

Ampla experiência em consultório com adultos, adolescentes, casais e famílias. Ampla experiência no trato de doenças psicossomáticas, quadros de ansiedade, estresse, síndrome do pânico, depressão. Ampla experiência na condução de grupos de biodança, com o objetivo básico de trabalhar a melhoria no relacionamento e desempenho dentro do grupo; condução de grupos visando ao ensino de técnicas de relaxamento e meditação para o controle da ansiedade, estresse, medos e desconfortos psicossomáticos.

ENTREVISTA:

Fale-nos sobre seus livros.
A temática dos livros é sempre o autoconhecimeno, para que o indivíduo aprenda a se perceber melhor, entenda sua forma de proceder e a origem de suas crenças e comportamentos negativos e/ou neuróticos e defensivos, para, assim, ter subsídios para poder modificar suas atitudes e partir de uma maior consciência de si mesmo e da vida.

De maneira genérica, como anda a inteligência emocional das pessoas? Elas estão felizes?

Não, as pessoas não estão felizes, pois se afastaram muito de suas essências e da natureza. Na maioria das vezes os comportamentos são obviamente resultado de influências sociais, culturais, familiares, inconsciente coletivo, que acabam formatando uma personalidade que não é a verdadeira, a real. Com um quadro desse o que acontece é que a pessoa acaba desenvolvendo sintomas de ansiedade generalizada, pânico e medos neuróticos, depressões, angústias e inúmeros quadros psicossomáticos, que nada mais são do que toques da natureza avisando que as atitudes estão erradas para aquele organismo. Por isso o processo de autoconhecimento é tão essencial, para que o indivíduo possa ser encorajado a ser ele mesmo e retome o caminho da espontaneidade e alegria de viver. O indivíduo precisa aprender a valorizar-se pelo que é e não pelo que tem.

Como analisa a questão da leitura no país?

Creio que já esteve melhor. Hoje as pessoas tendencialmente estão muito envolvidas em conversas no celular, em assuntos nem tão importantes, porém corriqueiros que acabam relegando as leituras interessantes e sadias. Porém ainda há um bom número de indivíduos interessados em aprender mais e a querer ajuda a fim de melhorar em todos os aspectos da vida. As próprias insatisfações, vícios e doenças emocionais impõem essa busca.

O que tem lido ultimamente?

Como sou espiritualista, meu foco tem sido a física quântica, bem como neurociência e aspectos da espiritualidade no geral.

Quais os seus próximos projetos?

Há um novo livro quase finalizado, que deve ser lançado na próxima Bienal com o tema “Mudança de hábitos que podem  melhorar você e a sua vida” e um outro para futuro lançamento com o tema “Relacionamentos Tóxicos”.

Contatos:
e-mail: lourdespossatto@uol.com.br
facebook (Lourdes Possatto) e o blog: lourdespossattoblog.blogspot.com


CIDA SIMKA
É licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Autora, dentre outros, dos livros O enigma da velha casa (Editora Uirapuru, 2016), Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019) e O enigma da biblioteca (Editora Verlidelas, 2020). Organizadora dos livros: Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019), Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019), Aquela casa (Editora Verlidelas, 2020) e Um fantasma ronda o campus (Editora Verlidelas, 2020). Integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC e colunista da Revista Conexão Literatura.

SÉRGIO SIMKA
É professor universitário desde 1999. Autor de mais de seis dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin, integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC e colunista da Revista Conexão Literatura.
Compartilhe:

sexta-feira, 19 de julho de 2019

“Dandara e Vovó Cenira” aborda a importância da ancestralidade na construção da Negritude desde a infância


A obra “Dandara e Vovó Cenira: A descoberta de si e da ancestralidade", da psicóloga Livia da Silva Marques, publicada pela Sinopsys Editora, nos propõe reflexões quanto ancestralidade, respeito ao próximo e diversidade por meio de técnicas da Terapia Cognitiva Comportamental.

Aliás, a relevância de se trabalhar temas assim é sustentada por dados contundentes. Pois atualmente, 54% da população do Brasil se autodeclara como preta e parda, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Por isso, a ancestralidade se expressa por meio de canções, patrimônios históricos, dialetos e idiomas, religiosidade, história de um povo e claro, nas características físicas que juntas evocam memórias afetivas e orgulho de ser quem somos. Pensando nisso, a autora apresenta a personagem Dandara, uma menina de 11 anos, que através de sua avó Cenira irá de encontro às suas raízes e história familiar em busca do seu empoderamento e construção de sua negritude como criança negra.

Ou seja, nesse livro Livia pretende abordar questões raciais. “Dandara com o racismo em locais que frequenta. É vista como não pertencente, pois seu cabelo e cor de pele não são ditos "corretos e belos" e a menina começa a se questionar quanto a sua aparência e seu pertencimento”, explica a psicóloga. São essas perguntas e situações de racismo que impulsionam Dandara a procurar sua avó para abraçar sua negritude. A autora ainda complementa, “o livro é emocionante, é conversado sobre empoderamento mas também da reconexão e da construção de uma negritude que foi invalidada. E é através da reconexão com a Vovó Cenira que essa menina se reconectará com os seus ancestrais. 

Autora
Livia da Silva Marques. Psicóloga, graduada na Universidade Celso Lisboa. Mais de 10 anos de prática incluindo estágios. Com maior destaque para as áreas Clínica (com foco em Terapia Cognitiva Comportamental) e organizacional. MBA em Gestão de Pessoas pela Universidade Veiga de Almeida. Cursando a especialização em TCC. Professora Universitária nas Faculdades São José. Palestrante 

Dados Técnicos
Dandara e Vovó Cenira: A descoberta de si e da ancestralidade.
Sinopsys Editora – 2019
Livia da Silva Marques 
ISBN: 978-85-9501-138-0
Formato: 23 X 16 cm | 32 Páginas | Peso: 112g
Acabamento: Brochura   
Preço de capa: R$ 33,00
Compartilhe:

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Livro infantil mostra os perigos do pensamento negativo

Ellen Moraes Senra - Foto divulgação
Muitas vezes, nossos medos podem distorcer a realidade que acontece ao nosso redor. Essa é a mensagem de alerta do livro "Feiurinha Sabe Tudo".  Escrito pela psicóloga especialista em terapia cognitivo comportamental Ellen Moraes Senra, a obra mostra os perigos de se confiar cegamente nos pensamentos negativos.

Segundo a autora, a ideia surgiu através de conversas com seu filho sobre alguns de seus medos e sobre os coleguinhas. "Ele chama todos que conhece de amigos. Mas quando as crianças não querem brincar com ele, não quero que pense que é porque não gostam dele".

- Por meio do livro, quero ajudar as crianças, assim como meu filho, a entender que nem tudo o que parece é e que não é possível adivinhar o pensamento das pessoas - ressalta.

Na obra, o personagem Vitor tem uma distorção, ou um erro cognitivo, que o faz pensar que não é amado. Seu amigo imaginário, o Feurinha, faz Vitor acreditar que as pessoas não gostam dele. "Até o faz pensar que o fato dos pais não terem tempo e trabalharem tanto é porque não ligam para Vitor".

- Na realidade os pais dele o amam muito e precisam trabalhar como todos os outros pais. Mas as coisas mudam com a chegada de Lívia, a nova vizinha que tem a mesma idade de Vitor. Ela o ajuda a pensar de outra maneira, descontruindo as coisas que o Feiurinha fazia com que ele pensasse. Com o tempo, ele percebe que muita coisa que imaginava não era verdade – explica Ellen.

A psicóloga diz que "Feiurinha Sabe Tudo" nos alerta de que os nossos pensamentos podem nos enganar em seus propósitos, pois ao acreditarmos neles sem questioná-los, estamos assumindo que eles estão corretos.

- Quando temos a oportunidade de questionar aquilo que achávamos que sabíamos, nosso mundo pode mudar de cor, proporcionando mais saúde mental, bem-estar e autoestima – conclui. 


Sobre a autora:
Ellen Moraes Senra
Psicóloga clínica
Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental
Mestranda em Psicologia Social
Coautora do livro Desafios de educar: educar hoje, com o capítulo "Geração do futuro: o jovem na faculdade". Coordenadora editorial do livro Interfaces do ser adolescente
Autora do livro Adolescer sem vacilo: compreendendo o universo Adolescente

DADOS TÉCNICOS
ISBN: 978-85-9501-102-1
Formato: 16 X 23cm | 32 Páginas | Peso: 112g
Acabamento: Brochura
Ano de publicação 2018
Editora Sinopsys
R$33,00
https://www.sinopsyseditora.com.br/livros/feiurinha-sabe-tudo-1255
Disponível também na Amazon.
Compartilhe:

sábado, 4 de maio de 2019

Livro destaca importância da educação para um mundo melhor

Psicóloga Livia Marques  - Foto divulgação
Mostrar que cada família é única e que a educação é a melhor forma de obter bons resultados. Essa é a mensagem transmitida pelo livro "Desafio de Educar – Volume 2 – A educação é a base para um mundo melhor!". Com coordenação editorial da psicóloga e palestrante Livia Marques, a obra conta ao todo com 24 coautores das áreas de saúde e educação.

Para a autora, a principal ideia é trabalhar a educação das crianças e adolescentes da melhor forma possível com amor, diálogo, empatia e compaixão para se estabelecer uma relação saudável e afinada.

- Socialmente, parece que temos um padrão ou uma receita de bolo afirmando que errar é inadmissível. Por isso, buscamos também acalentar o coração do adulto, que às vezes fica cansado e sem saber o que fazer em relação a educação dos seus – destaca.

Livia explica que a obra pretende conversar com o leitor de forma direta e assertiva mostrando que não se deve pensar na violência como forma de educar. "Falamos muito sobre emoção e educação positiva".

- Abordamos também assuntos como racismo, crenças limitantes, o adolescente e o luto, como a pedagogia pode e deve contribuir no crescimento desses indivíduos, Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), bullying, entre outros. – Discorre Livia.


A ideia do novo volume surgiu em 2018, ano do lançamento do livro Desafios de Educar volume 1. "Percebi que tínhamos muito mais a desenvolver. Mostrar mais. Como, por exemplo, exercícios simples que podemos fazer em casa e nas escolas."

- Nesta edição, falamos e mostramos exercícios para lidarmos com nossas crenças disfuncionais. Discutidos sobre as emoções, que em muitos casos são vistas como negativas e que ficam escondidas. Falamos ainda das possibilidades de estarmos juntos em busca de algo maior – conclui.

Ficha técnica:
Livro: Desafio de Educar – Volume 2 – A educação é a base para um mundo melhor!
Editora: Conquista Editora
ISBN: 978 85 5765 032 9
Páginas: 232
Preço: R$ 50,00
Para comprar:
Direct para https://www.instagram.com/psicol.liviamarques/ ou pelo telefone (21) 997136690
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Divulgue Conosco

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels