Mostrando postagens com marcador receitas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador receitas. Mostrar todas as postagens

domingo, 9 de junho de 2019

"Da gafe ao garfo" é leitura obrigatória para quem deseja ter casa cheia, encantar seus clientes e despertar o tradicional "boca a boca"


Edson Pudence mostra do óbvio ao detalhe tudo o que precisa ser melhorado nos estabelecimentos comerciais e que ninguém teve coragem de falar
 
O objetivo da obra da Da gafe ao garfo é ajudar empresários e gestores de estabelecimentos comerciais a melhorarem a eficiência e qualidade de seus serviços sem que, com isso, precisem dispender de grandes investimentos. Ou melhor, em muitos casos, não gastando sequer um único centavo, apenas utilizando as ferramentas que já estão disponíveis.

Com olhar crítico, paladar apurado e o coração cheio de memórias afetivas, Edson Pudence lançará a obra este mês em parceria com a editora Literare Books International. O autor inovou no mercado literário ao apresentar aos donos e gestores de estabelecimentos comerciais o que pensa o seu cliente, o que pode ser melhorado, o que fazer para viver com a casa cheia e como resolver problemas simples com soluções, muitas vezes, a custo zero. Um resumo daquilo que os empresários sempre quiseram ouvir de seus clientes, mas dificilmente chega aos seus ouvidos.

A obra vem para lembrar aos donos de estabelecimentos comerciais, de forma prática e direta, que não importa o tamanho do investimento feito no negócio se esquecer do principal: seu maior objetivo é surpreender e conquistar um ser humano – o seu cliente. Edson Pudence ilustra com bom humor o que não fazer e afirma como o treinamento é um ponto estratégico do negócio. “Se o empreendedor não conseguir alcançar a importância que cada um tem enquanto ser humano, dificilmente conseguirá alcançar bons resultados, seja na condição de empreendedor, colaborador; e na condição de cliente”, revela o autor.

A obra é uma verdadeira coletânea das mais variadas experiências vividas pelo autor em hotéis, pousadas, quiosques de praia, ou em torno de uma mesa de um sofisticado restaurante, ou também no banco alto de um balcão de bar, experimentando bebidas ou alimentos elaborados por chefes renomados, bem como donos de botecos do interior do Brasil ou do exterior.

Listando gratas surpresas – e outras, nem tanto, o autor não tem a pretensão de trazer um manual para o empreendedor ou gestor, mas sim, um conjunto de observações capazes de promover a mágica de encantar cada cliente e ter a casa sempre cheia e o tão almejado sucesso.
O escritor traz, também, a importância de se atentar aos detalhes, afinal, são pontos fundamentais para o sucesso do empreendimento, capazes de surpreender os fregueses e despertar o tradicional “boca a boca”, definido por ele como a melhor publicidade. “Para chegar a esse patamar não é difícil, mas exige trabalho e dedicação”, observa.

O livro já está em pré-venda nas principais livrarias do país.

Trechos:
“Em primeiro lugar, não importa se estamos falando de hotéis cinco estrelas, pousadas, bares, restaurantes ou de um quiosque de praia. O importante é garantir que os clientes sejam atendidos como se deve. Assim, o estabelecimento comercial terá garantida a satisfação por parte de seus usuários e terá uma avaliação positiva no boca a boca – para mim, a melhor avaliação que existe. Portanto, não dê tanta importância ao visual plástico do espaço. Invista cada centavo pensando no conforto e comodidade de cada frequentador. Todos os clientes merecem ser bem atendidos e saírem satisfeitos com o local que escolheram para aproveitar seus momentos. Essa é sua garantia de sucesso!”.

“Após anos e anos viajando e experimentado comidas, bebidas e hospedagens, passei a observar que os detalhes começaram a se sobrepor aos pratos, bebidas e instalações desses estabelecimentos comerciais. Aprender com os erros dos outros é um ato de sabedoria. Não errar deve ser uma busca constante e corrigir deve ser a primeira coisa a se fazer quando se descobre ou são revelados os erros. Cuidado, zelo, limpeza e carinho devem ser as primeiras ferramentas de marketing de um estabelecimento comercial. Não há fórmula de sucesso que se sustente sem a qualidade dos serviços oferecidos aos seus clientes.”.

Sobre o autor
Edson Pudence é advogado tributarista, também cursou psicologia e é pós-graduado psicopedagogia. Trabalhou como executivo em uma usina de produção de álcool e, nos dias de hoje, atua junto a empresas no ramo de bebidas. De família humilde, não mediu esforços e, ainda na juventude, largou tudo o que tinha para ir morar em Portugal. Ao explorar, praticamente, todo o território europeu, pôde conhecer os costumes locais, frequentar hotéis, bares e restaurantes voltados ao público local e também aos turistas.

Teve a oportunidade de saborear receitas de chefes estrelados e estabelecimentos voltados a comunidade local. Edson explorou às três Américas e se considera um apreciador da boa mesa brasileira e, também, dos vinhedos do país. Em sua obra, inicia um novo sonho, o de trazer a excelência aos bares e restaurantes nacionais, alertando os erros que possam encobrir a qualidade das bebidas e comidas servidas, seja nos pequenos detalhes ou nas grandes apresentações.

Da gafe ao garfo
Autor: Edson Pudence
Literare Books International – 1ª edição – 152 páginas – 2019 R$ 34,90
Formato: 16x23 cm
ISBN: 978-85-9455-159-7
Compartilhe:

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Livro reúne a deliciosa cultura culinária nordestina

Após 20 anos e com edição esgotada, publicação Comida & Tradição: Receitas de família, de Nininha Carneiro da Cunha, ganha edição especial pela Cepe Editora. Lançamento ocorre dia 5 de julho, às 19h, no Museu do Estado

Mesmo quem não possui intimidade com temperos, víveres e caçarolas mas gosta de cultura há de se interessar pelo delicioso conhecimento que a gastronomia emana. Tanto quanto da diversidade de ingredientes, cheiros e sabores da culinária pernambucana e nordestina. No dia 5 de julho, a Cepe Editora relança edição especial do livro Comida & Tradição: Receitas de família, de Nininha Carneiro da Cunha, no Museu do Estado, às 19h. O evento terá degustação de algumas das receitas presentes na obra. 

Trata-se de uma segunda edição, 20 anos após a morte de Maria da Luz Carneiro da Cunha, a Nininha (1923-1998). A primeira e póstuma publicação de receitas - já esgotada - saiu em 2002, diante da necessária relevância em mostrar aos leitores o árduo trabalho de duas décadas de pesquisa. Nesse período, a autora se debruçou em livros e experimentos culinários para tornar viável aos dias atuais receitas seculares. Nesta edição especial, 641 receitas de tradicionais acepipes de dar água na boca. Como diz a apresentação da obra, assinada pelo presidente da Cepe, Ricardo Leitão, uma segunda edição se fez necessária "para que se mantenham vivos o 'como fazer' e 'como comer'".

O livro conquista também pelas fotografias das iguarias, novidade da edição atual. "À excelente Carneiro da Cunha não falta pendor para historiadora. Para historiadora e para regionalista, além de tradicionalista. Mas sempre atenta ao motivo culinário", diz trecho do prefácio do sociólogo e amigo Gilberto Freyre, cuja obra Açúcar foi fonte de consulta de Nininha. A versão atual de Comida & Tradição... também conta com um segundo prefácio assinado pelo antropólogo Raul Lody, conhecido por suas pesquisas sobre a culinária nacional, impregnada de raízes europeias, árabes e africanas. "(...) Cada receita de comida é um texto cultural, é um depoimento de uma família, uma região; é ainda um depoimento pessoal, como vemos no precioso acervo reunido por Nininha Carneiro da Cunha neste livro", derrete-se o pesquisador. 

Muitas das receitas dos doces foram executadas pela neta de Nininha, Manuela, que estudou Gastronomia para desenvolver seus dotes culinários herdados da avó. Formada em Direito, Nininha tinha paixão pela culinária desde criança, e terminou por se dedicar a ela quando se casou. Mas não deixou de lado o hábito de estudar e leu muito sobre o assunto, como conta a filha, Maria Carolina Netto de Mendonça Paes, no posfácio. Fonoaudióloga, Maria Carolina conta que nunca foi encorajada pela mãe a se meter na cozinha. "Acredito que porque minha mãe teve que parar de estudar e trabalhar quando se casou. Então ela não queria o mesmo destino para mim", diz Maria Carolina, que mesmo assim não foge à tradição de família. "Faço alguns pratos maravilhosos, como presunto e bacalhau", vangloria-se.   

Dividido em duas partes, na primeira, Comidas das Festas e do Cotidiano, há desde receitas detalhadas para preparar refeições servidas no Natal, São João, Carnaval e Semana Santa, até pratos para casamentos, resguardo de mães e comemorações no início da moagem da cana-de-açúcar nos engenhos pernambucanos. Já a segunda parte, Comidas Contemporâneas  é dedicada às guloseimas salgadas e principalmente doces, com destaque para a grande variedade de bolos, deixando notória a influência da fartura do açúcar por aqui, desde os tempos coloniais. Sem falar do curioso Glossário de termos culinários e dos preciosos Conselhos práticos presentes na obra.

SERVIÇO
Lançamento: Comida & Tradição: Receitas de família (Nininha Carneiro da Cunha)
Quando: 5 de julho, às 19h
Onde: Museu do Estado (Avenida Rui Barbosa, 960, Graças)
Preço: R$ 100 (capa dura), R$ 80 (brochura), R$ 30 (E-book)
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Divulgue Conosco

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels