Resenha da série Altered Carbon (NetFlix), baseada no livro de mesmo título, por Ademir Pascale

SOBRE O LIVRO: Carbono alterado é o eletrizante thriller de ficção científica que inspirou a série da Netflix. No século XXV, a humanidade ...

segunda-feira, 22 de novembro de 2021

Entrevista com Luciellen de Carvalho, autora do livro "Aventuras no jardim - Descobrindo números e bichinhos"

Luciellen de Carvalho - Foto divulgação

Luciellen de Carvalho
, professora de alfabetização há 15 anos, reside em Guarulhos/SP cidade onde nasceu, se formou e leciona, mãe de Melissa e Miguel, dedicada à ensinar de forma lúdica, integral e interdisciplinar, formada em pedagogia, neuropsicopedagogia e neurociências, adora ler e escrever, apaixonada por criar novas histórias para seus alunos aprenderem e se divertirem, protagonista de diversos projetos reconhecidos em sua unidade escolar, desenvolveu uma série de livros infantis com viés pedagógico que leva a criança por meio da narrativa aprender diversos conteúdos, saberes e curiosidades.

Lançou seu primeiro livro dia 07/11/2021 na Livraria Martins Fontes Paulista em SP, com sucesso, livro com críticas favoráveis, vendeu 300 unidades na pré campanha de lançamento. 

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Luciellen de Carvalho: Sou professora e em plena pandemia decidi enviar os textos de alguns livros para algumas editoras, incentivado pela família e por amigos, tive algumas respostas favoráveis e decidi iniciar o projeto do primeiro livro com uma editora independente ALL Print, pela maneira como ela me auxiliou nas escolhas para o livro, tive liberdade em todo o processo de escolha desde a ilustração ao material, o que me deixou segura e confiante no projeto, as ilustrações foram feitas com minha total participação e o resultado ficou como eu sonhava, o lançamento foi feito em duas grandes livrarias de São Paulo, a livraria da Vila no shopping Maia em Guarulhos e Martins Fontes da Paulista em São Paulo, até o momento está sendo um sucesso de vendas a aceitação pelo público infantil. 

Conexão Literatura: Você é autora do livro "Aventuras no jardim - Descobrindo números e bichinhos". Poderia comentar? 

Luciellen de Carvalho: O livro nasceu do projeto que desenvolvi em 2017 na EPG Manoel Rezende da Silva “Animais de Jardim”, que desdobrei em diversos momentos, conhecimentos e eixos temáticos, para finalizar o projeto escrevi com os alunos o primeiro rascunho do livro, confeccionamos um livrão feito de cartolina. Em 2020 ao olhar meus arquivos, decidi colocar em prática, revisei o texto, teci uma narrativa mais fluente, coloquei fundamentos de neurociência e cognição para as crianças aprenderem, então nasceu o livro Aventuras no jardim. Cada pagina foi pensada e escrita com muito carinho para as crianças interagir e aprender se divertindo e compreendendo a história. 

O livro conta a história de uma abelhinha coletora que vai conhecer o jardim pela primeira vez além da sua colmeia, ela é curiosa e sapeca, está ansiosa para conhecer novos amigos que habitam o jardim, descobrindo diferentes personagens e suas especificidades, dentro dessa narrativa o leitor aprende sequência numérica, o nome dos números em destaque e a grafia numérica, juntando literatura com alfabetização matemática.

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro? 

Luciellen de Carvalho: Os rascunhos do livro nasceu em 2017, mas a criação do livro e pesquisa dos animais que seriam abordados durou em média um ano, os estudos que permearam a escrita e compreensão de tudo que o integra durou muitos anos de pesquisa nas inúmeras formações acadêmicas que obtive durante a vida, o livro é uma junção da liberdade poética e as concepções pedagógicas.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?  

Luciellen de Carvalho: É difícil nomear a parte que eu acho especial, sou suspeita, para mim o livro inteiro é de uma aventura muito especial que abre diversas possibilidades a ser trabalhadas, interiorizadas e aprofundadas, mas vou destacar uma parte que gosto muito,  “SENTIU EM SEU CORAÇÃO COMO O TRABALHO DE CADA BICHINHO DO JARDIM ERA IMPORTANTE E CONTRIBUÍA PARA UM JARDIM LINDO. FICOU FELIZ POR FAZER PARTE DESTE FANTÁSTICO MUNDO, ONDE TODOS TÊM UM LUGAR IMPORTANTE”.

É uma das partes em que a criança pode compreender SEU lugar no mundo e o quanto é importante o seu papel como cidadão. 

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Luciellen de Carvalho: para adquirir o livro tenho o Site: www.luciellendecarvalho.com.br, e nas principais livrarias.

Meu Instagram @luciellendecarvalho 

Canal no youtube Luciellen de Carvalho

Realizo palestras, contação de histórias e ultimamente estou com um projeto embrionário do canal no youtube. 

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Luciellen de Carvalho: Tenho mais 5 livros já em fase de pré edição que serão lançados pelos menos um a cada ano, Apresentação nas escolas com contação de história teatral e o projeto animais de Jardim, realizo palestras e cursos também.

Perguntas rápidas:

Um livro: Harry Potter

Um (a) autor (a):  Rubem Alves

Um ator ou atriz: Fernanda Montenegro  

Um filme: Como estrelas na terra, toda criança é especial

Um dia especial: Nascimento dos meus filhos.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Luciellen de Carvalho: Para formar grandes cidadãos, é necessário começar com uma geração de pequenos 

leitores que amem ler, imaginar e criar.

Agradeço pela oportunidade de apresentar meu trabalho que foi feito com muito carinho e dedicação.  

Compartilhe:

Conheça a obra 100% Alencarina, da autora Ana Paula

 


"100% Alencarina": “e livro” poético edificante. Foi publicado com total autonomia editorial. A obra tece diálogos filosóficos e literários. Fruto da literatura erudita a serviço da liberdade, sua escrita iniciou em 2019, sendo o processo criativo concluído no início de 2021. Os versos livres vão do regional ao universal. A pessoa interessada poderá ter aces so à obra por apenas R$ 10,00. Considero excelente presente natalino. Para adquirir o conteúdo, super simples: no canal ENGENHO DE LETRAS DEVAGAR E SEMPRE, só clicar no ícone da Hotmart. Qualquer dúvida, contatar: apogdevagaresempre@gmail.com

Compartilhe:

Entrevista com Alex Bitten, autor do livro "A casa do capitão"


Alex Bitten
é autor romances envolventes e com personagens marcantes. Suas obras caracterizam-se pela riqueza de detalhes e tramas bem elaboradas, um trabalho realizado através de pesquisa e obsessão pela qualidade do texto. 

Possui 6 romances publicados ao longo de 20 anos como autor independente e está lançando “A Casa do Capitão”, seu primeiro romance junto a uma editora tradicional, a Coerência.  

Seu objetivo é transportar o leitor para dentro da história, proporcionando conhecimento e entretenimento de alto nível. 

ENTREVISTA: 

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário? 

Alex Bitten: A vontade de escrever surgiu ainda na adolescência, quando comecei a criar personagens vivendo histórias que não estavam em livros que havia lido. Ela cresceu com o passar dos anos, até que em 1998, depois de não conseguir tirá-las da minha mente, iniciei meu primeiro romance, que foi publicado em 2001. O Romance “O Espírito da Noite”, ambientado na época da Independência do Brasil, teve ótima aceitação e serviu de combustível para prosseguir. E não parei nem pretendo parar. 

Conexão Literatura: Você é autor do livro "A casa do capitão". Poderia comentar? 

Alex Bitten: As premissas do livro eram desafiadoras. Queria criar minha primeira protagonista, algo que ainda não havia feito. Além disso, após uma visita num asilo, pensei em escrever um livro onde a personagem descobre a existência de uma vida passada. Mas não queria escrever mais um romance sobre reencarnação, queria fugir do lugar comum. 

A vida de Caroline era perfeita: no auge de sua brilhante carreira, estava noiva de um ótimo pretendente. Tudo acaba quando se vê traída por seu grande amor e sua melhor amiga. Agora, só consegue pensar em fugir dessa triste realidade, e uma proposta de emprego em outra cidade parece ser sua salvação.

Decidida a abandonar o passado e começar uma nova vida, a médica se muda e começa a trabalhar no renomado Centro Médico Souto Lima, local para tratamento de idosos e pacientes singulares. Lá, ela rapidamente se vê envolvida com interessantes figuras, como Helena Cortês, uma professora de filosofia capaz de fazê-la contestar suas convicções. Aos poucos, vai percebendo que o centro médico mantém encobertos fatos envolvendo a guerra que terminou décadas atrás.

Enquanto busca informações sobre o enigmático paciente do quarto 206, ela percebe que a doutora Laura, fundadora e proprietária do local, pode estar envolvida em terríveis segredos.

Apenas em sua nova casa, a residência de um casal que teve seu amor interrompido pela guerra, a médica encontra paz, mesmo que ninguém consiga explicar os estranhos eventos que acontecem lá, nem mesmo Benjamin, o homem com passado trágico que ganha cada vez mais espaço em seu coração. Ao perceber que sua presença está ligada a um mistério e que forças poderosas desejam mantê-lo enterrado, Caroline decide participar de um jogo mortal, arriscando-se para descobrir a verdade. Porém, sua descoberta mudará sua vida para sempre. 

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro? 

Alex Bitten: ”A Casa do Capitão” levou 2 anos para ser concluído. Durante esse período pesquisei sobre vários assuntos, desde procedimentos médicos, rotinas em asilos, passando por filósofos e é claro, sobre a criação de uma personagem feminina com uma alma autêntica. Acredito ter conseguido fazer Caroline evoluir com ser humano, enfrentando seus medos e vencendo seus desafios. Foi um livro muito gratificante. 

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?   

Alex Bitten: Gosto de utilizar cartas em meus livros, acredito no poder de comunicação que elas possuem. E uma das cartas escritas por um paciente terminal para Caroline me emociona sempre que leio. 

Minha amiga Caroline. Prefiro chamá-la de amiga à doutora.  

Quando estiver lendo estas palavras, não estarei mais neste mundo. Mas não se preocupe comigo, porque, há muito tempoparei de me preocupar com meu destino.  

Como diria Júlio César, na batalha de Zela: Veni, Vidi, Vici. Não escolhi minhas batalhas, mas lutei todas com fúria e inteligência. A maioria delas venci, e, para mim, isso é o que importa. 

Agora é tempo de continuar minha jornada. Minha mente está mais afiada do que a katana, de samurai, mas meu corpo se deteriora a cada minuto.  

O destino é inevitável. 

Eu lhe darei um presente e uma batalha. 

Deixo a você o meu acervo. Esse é o seu presente. A doutora Laura tem outros planos para ele, por isso, quando lhe der a notícia, é claro que vai discordar, mas quero que a convença a ficar com eles. Esta é a sua batalha, o seu desafio, e se tornará mais forte se vencê-la.  

Não os doe, não os venda e, sobretudo, trate-os com carinho. Leia-os, e alguns autores se tornarão caros para você. Somente quando encontrar alguém que os trate melhor do que você, faça o que estou fazendo agora. 

E nunca se esqueça: o conhecimento liberta. 

Não vou dar nenhum conselho politicamente correto, há vários deles ao alcance dos seus olhos, e sempre acreditei que clichês foram feitos para idiotas. 

Mas gostaria de deixar uma reflexão. 

Nós somos navios, e navios não foram feitos para ficar na segurança de um porto, mas para cruzar mares bravios, conhecer lugares inacreditáveis e participar de grandes batalhas. Não há nenhum problema em sofrer avarias durante a jornada. Prefiro um navio cheio de cicatrizes a um que nunca levantou âncora. 

Afaste-se de pessoas que não navegam pelos mares da vida, ou que navegam apenas em rios estreitos e águas tranquilas. Não aceite seus medos ou suas desculpas, porque, se os aceitar, condenará seu navio ao mar dos sargaços, e lá ele ficará preso para sempre.  

Quando o fim estiver próximo, e o seu navio estiver naufragando, aceite com resignação, tenha orgulho de sua história e repouse no fundo do mar como os lendários e audaciosos navegadores. Compreenda que a jornada da vida é o caminho que percorremos e nunca o seu destino, porque esse é apenas uma miragem no deserto que é nossa existência. 

Eu lhe desejo uma vida longa e uma morte rápida.  

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Alex Bitten: No meu site www.alexbitten.com.br o leitor encontrará muitas informações sobre os meus romances, curiosidades, opiniões dos leitores e links para os locais de compras. Alguns preferem adquirir comigo, porque gostam de recebê-los autografados. 

Meus livros são comercializados em formato impresso nas grandes lojas da web (Americanas, Submarino, Shoptime, Submarino. Na Amazon é possível adquiri-los também em formato digital.   

Todas as novidades sobre meus novos projetos estão no meu Instagram @escritoralexbitten 

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Alex Bitten: Estou revisando meu novo romance, que deverá ser lançado no primeiro semestre de 2022.

Uma história sobre caçadores de baleias, ambientada numa armação, no litoral de Santa Catarina, no final o Império do Brasil.

Uma feiticeira revela o futuro de três meninas, e quando elas se tornam mulheres, percebem que suas previsões se iniciam a partir da chegada de uma fera do mar. 

Perguntas rápidas: 

Um livro: O Conde de Monte Cristo   

Um (a) autor (a):  Júlio Verne

Um ator ou atriz: Sean Connery

Um filme: Nada é para Sempre – Dirigido por Robert Redford

Um dia especial: O lançamento do meu primeiro romance “O Espírito da Noite.” 

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Alex Bitten: Escrevo o que sinto.

Uma angústia inexplicável, de personagens que vivem dentro de mim, implorando para contar suas vidas.

Eu continuo vendo e escrevendo. Este é o meu destino e será assim até o dia do meu último suspiro.

Escrevo para libertá-los, para que possam seguir seu destino.

Escrevo para libertar minha alma, para que eu possa seguir meu destino.

Eu sou Alex Bitten.

Eu sou um contador de histórias. 

Compartilhe:

sexta-feira, 19 de novembro de 2021

Inauguração do Espaço Saíra Livraria e Café, por Cida Simka e Sérgio Simka


Para os amantes de livraria, essa notícia é como música orquestrada aos ouvidos.

A Saíra Editorial vai inaugurar no próximo dia 20 de novembro, em São Paulo, o Espaço Saíra Livraria e Café, um novo e belo espaço de literatura infantil.

A Saíra Editorial nasceu de uma vontade especial: levar para as mãos – e para os olhos – das crianças e dos jovens livros que lhes permitam abrir novas janelas, para enxergar cada vez mais longe. A ideia é que as obras os ensinem a pensar livremente, a se permitir entrar em mundos fantásticos e a saber que podem ser como – e o quê – quiserem.

Então, deixem agendada essa data especial. Os colunistas da revista Conexão Literatura estarão presentes para comprar livros e degustar um café (por que só um?), não necessariamente nessa ordem.

Vamos? 

Link para o site da editora:

https://sairaeditorial.com.br/ 

Entrevista com os editores da Saíra Editorial:

https://www.revistaconexaoliteratura.com.br/2021/06/entrevista-conheca-os-editores-da-saira.html 

 

CIDA SIMKA

É licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Autora, dentre outros, dos livros O enigma da velha casa (Editora Uirapuru, 2016), Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019), O enigma da biblioteca (Editora Verlidelas, 2020), Horror na biblioteca (Editora Verlidelas, 2021) e O quarto número 2 (Editora Uirapuru, 2021). Organizadora dos livros Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019), Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019), Aquela casa (Editora Verlidelas, 2020), Um fantasma ronda o campus (Editora Verlidelas, 2020), O medo que nos envolve (Editora Verlidelas, 2021) e Queimem as bruxas: contos sobre intolerância (Editora Verlidelas, 2021). Colunista da revista Conexão Literatura.

SÉRGIO SIMKA

É professor universitário desde 1999. Autor de mais de seis dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela editora Uirapuru. Colunista da revista Conexão Literatura. Seu mais recente trabalho acadêmico se intitula Pedagogia do encantamento: por um ensino eficaz de escrita (Editora Mercado de Letras, 2020) e seu mais novo livro juvenil se denomina O quarto número 2 (Editora Uirapuru, 2021).

Compartilhe:

quinta-feira, 18 de novembro de 2021

Conheça o livro "CoPoPe - Contos, Poemas & Pensamentos", do autor Edson Corrêa


Cada um de nós, em nossa vida, no nosso dia a dia, vivemos diversas situações que, quando contadas após um bom tempo, nos faz rir, nos emociona e até nos faz chorar. 

Nesta obra coloco diversas histórias, reinterpretadas, para que possam dar sentido, mas, nasceram através de um fato real. Claro, há contos que são cem por cento fictício, mesmo assim, são fatos que acredito que ocorram, porque o maior mistério de nossas vidas é a maravilha da incerteza do próximo segundo e a inconsciência daquilo que ocorre ao nosso redor. 

Tenho fé de que irá se deliciar com os contos, poemas e alguns pensamentos, onde exponho o meu eu, a minha pessoa, o que sou e como interpreto nossa vivência. 

Convido-os a vivenciar estes momentos. 

SOBRE O AUTOR: 

Edson Corrêa, nasceu no dia 04 de outubro de 1962, na cidade de Votorantim, interior do Estado de São Paulo. Profissionalmente se especializou como Técnico Mecânico, inicialmente na manufatura e após, na área administrativa. Estudou Teologia pela Arquidiocese de Sorocaba e já com seus 50 anos se formou como Gestor Público pela Faculdade Anhanguera. Na década de 1980, escreveu diversas peças de teatro, atuando e dirigindo. Participou de festivais promovidos pela Arquidiocese de Sorocaba, sendo premiado nas três áreas: obra, direção e atuação. Em 2016, se formou radialista pelo SENAC participando como entrevistador do Programa da Rádio Nova Tropical FM – Comunidade em Destaque – por mais de quatro anos.

Links de venda do livro nos sites: 

AMAZON: CLIQUE AQUI. 

AMERICANAS.COM: CLIQUE AQUI. 

SUBMARINO: CLIQUE AQUI. 

SHOPTIME: CLIQUE AQUI. 

ESTANTE VIRTUAL: CLIQUE AQUI. 

MERCADO LIVRE: CLIQUE AQUI.

Compartilhe:

Entrevista com Ana Paula, autora do livro "100% Alencarina"

Ana Paula - Foto divulgação

Jurista, pesquisadora, escritora, leitora, compositora e professora. Doutoramento em Estudos da Paz pela Bircham International University. Possui experiência com o magistério superior em nível de graduação e pós-graduação. Expertise em preparatórios para concursos públicos (ambientes presenciais e virtuais). Autora de livros e de ensaios científicos publicados nacional e internacionalmente. Presta serviços voluntários em comunidades carentes. Canal cultural no YouTube: Engenho de Letras Devagar e Sempre. Idealizadora do blog e fraternidade Academia Literária Engenho de Letras – ALEG. 

ENTREVISTA: 

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário? 

Ana Paula: Desde criança, sempre gostei de ler, o que facilitou a escrita. Quando estudante do ensino fundamental, participei do primeiro concurso literário. Posteriormente, ao estudar o idioma francês, disputei concurso de contos (1995) em língua francesa, obtendo a primeira colocação. Penso que para aprender novos idiomas é muito importante o domínio vernacular da língua materna. Assim foi meu início do meio literário. 

Conexão Literatura: Você é autora do livro "100% Alencarina". Poderia comentar? 

Ana Paula: Trata-se de “e livro” poético edificante. Foi publicado com total autonomia editorial. O discurso literário expressa mote para pensar o pensar. O que o leitor ganhará? - Reflexão filosófica. Pensar criticamente ainda é possível?

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro? 

Ana Paula: “100% Alencarina” é fruto da literatura erudita a serviço da liberdade. Comecei a escrever a obra em 2019. Concluí o processo criativo no início de 2021, quando publiquei. Eu mesma obtive o registro ISBN. A escrita homenageia diversos escritores brasileiros, a exemplo de Rachel de Queiroz. 

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro? 

Ana Paula: Considero que o poema (em versos livres) FLOR DO MARMELEIRO se destaca na obra. Ei-lo: 

Patativa já cantara

O Ceará-Saara…

Os verdes mares do jangadeiro

O cabra da peste, herói do sertão, o vaqueiro

Ceará das folhas maduras do marmeleiro

(E também do mar)

Ceará de Rachel de Queiroz a retratar

O inumano, o atroz

O Quinze denuncia a fome algoz

Ceará de Quintino Cunha

Grande jurista, comediante brilhante, pleno em alcunha

Terra de Belchior,

De noites, galos e quintais – canção maior
Filho de Sobral, letrista singular,
Agora no céu a emular
A misericórdia de Deus.

À Via Láctea, aplausos e adeus!
(A dialogar com Bilac sobre estrela)
Pois só o olho do amor permite vê-la…
De Sobral a Maranguape,
Chico Anysio, humorista sem backup

Mais um filho no céu está
A anjos alegrar!

De Viçosa do Ceará, ao Brasil:

Clóvis Beviláqua – patrono do ab-rogado Código Civil

Magistrado, jornalista, professor, historiador e crítico

Por 80 anos, valeu o nobre trabalho jurídico

Outro jurista de destaque, eis José de Alencar

(Do romance Iracema)

Iracema – romance e poema

Esperança com Moacir – fruto de Iracema e Martim

Do sofrimento, ao poder do sim.

José de Alencar, aclamado por Machado de Assis

Ceará, de tantos filhos e filhas, és a gênesis…

Terra de Bezerra de Menezes,

De Jaguaretama ao Rio de Janeiro, não pensou duas vezes

Ao doar anel de médico em favor de causas nobres

Ser de luz, médico dos pobres!

O cearense resiste, dificilmente desiste

Pense em brasilidade que insiste…

Solo sagrado da divina cajuína

Sua cor é genuína

Oscila entre o bronze e o dourado

Bebida de sabor “incorpado”

Ceará, terra do Cego Aderaldo, mito cantador

Sonho em verso arrebatador

Talento lendário para o canto de improviso

Aderaldo Ferreira de Araújo, filho do Crato divino

(Trovador reconhecido por Gonzagão)

Cantou seus versos com o coração

Inculto poeta do imaginário

Da poesia, de fato, operário.

“Macho véeeeei”… Quanta riqueza tem meu Ceará! 

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Ana Paula: No canal ENGENHO DE LETRAS DEVAGAR E SEMPRE há playlists sobre filosofia e literatura, poemas recitados, língua portuguesa e poemas musicados. Para adquirir o “e livro” é super simples: é só ir ao canal e clicar no ícone da Hotmart. Qualquer dúvida, só contatar: apogdevagaresempre@gmail.com 

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Ana Paula: Sim. Para 2022, já se encontra em fase de revisão novo “e livro” poético!!! Aguardem!!! Em breve, novidades!!! 

Perguntas rápidas: 

Um livro: MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE ´BRÁS CUBAS.          

Um (a) autor (a): MACHADO DE ASSIS.

Um ator ou atriz: Audrey Tautou

Um filme: 2001 – UMA ODISSEIA NO ESPAÇO 

Um dia especial: O NASCIMENTO DA MINHA FILHA 

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Ana Paula:

Com sinceridade no coração

Limpeza d’alma e nas mãos

Tal qual porta, viverei!

Compartilhe:

Confira a lista dos selecionados da antologia "POESIAS AO LUAR - VOLUME IV"


CONFIRA A LISTA DOS SELECIONADOS DA ANTOLOGIA (E-BOOK): "POESIAS AO LUAR - VOLUME IV"

01 - Rosangela Mariano - Travessia
02 - João Luiz Cougo - Exploração
03 - HANNAH CARPESO - Aliados
04 - F Matheus Marinho - Solidão
05 - Lurdinha Alencar - A Lua
06 - Wanda Rop - Mistério - Beleza do Norte - Encanto da Paulistinha
07 - Núbia Litaiff Moriz Schwamborn - Quadras em quadros de amor
08 - André Luiz Martins de Almeida - Fantasioso e Descompromissado
09 - Ana Campos - Noite de lua prata
10 - Cláudia Aparecida de Souza Ferreira - Você
11 - Milca Tirza Peracelli - Da Escuridão dos Embaraços
12 - Mercedes Stephani - Suor
13 - Prof. Marta Santana Venson - Noite inebriante
14 - A.N.L. - Look do Protagonismo - Pesadelo
15 - Gema Huanca Prado - Desespero - Vida - Ser feliz
16 - Denis Bortolaço - Noite Enluamada - Pós-crastinação - Prosódica Disritmia
17 - Veroni Martins - Sou lua
18 - Liah Pego - Encontro com a lua

PARABÉNS aos autores selecionados.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.

Compartilhe:

quarta-feira, 17 de novembro de 2021

Já está disponível o e-book QUINTAL POÉTICO II. Baixe o seu



FICHA TÉCNICA:

TÍTULO: Quintal Poético II
ORGANIZADOR: Ademir Pascale
COAUTORES:
José Manuel da Silva - "Detalhes", "Êxtase" e "Estática"
Lurdinha Alencar - Folhas Secas
Riga - Solidão
Denise Peres Martins Rezende - Os quintais que cresci
Nilton Marchesini - "Eufemismos", "Meu lamento" e "Não quero que todos os meus sonhos se realizem!"
Sônia da Silva Falcão - "Como vejo Deus?" e "Se meu pai estivesse vivo?"
André Luiz Martins de Almeida - João 3:16
Lara Chaves - Vento Solar
Selma Reis - Em tempos de ventania
Tama - "Indivíduos Seres Eu"; "Na brecha entre um questionamento e outro" e "Adere-se em minha bolha de sabão"
A.N.L - "Parei de Mendigar " e "Você e Ela"
Liah Pego - "Quintal da vida I" e "Quintal da vida I"
TIPO: E-book
ANO: 2021
Nº DE PÁGINAS: 65

PARA BAIXAR O E-BOOK GRATUITAMENTE: CLIQUE AQUI.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.
Compartilhe:

Entrevista com Edson Corrêa, autor do livro "CoPoPe – Contos, Poemas e Pensamentos"

Edson Corrêa - Foto divulgação

Edson Corrêa, nasceu no dia 04 de outubro de 1962, na cidade de Votorantim, interior do Estado de São Paulo. Profissionalmente se especializou como Técnico Mecânico, inicialmente na manufatura e após, na área administrativa. Estudou Teologia pela Arquidiocese de Sorocaba e já com seus 50 anos se formou como Gestor Público pela Faculdade Anhanguera. Na década de 1980, escreveu diversas peças de teatro, atuando e dirigindo. Participou de festivais em Sorocaba, sendo premiado nas três áreas: obra, direção e atuação. Em 2016, se formou radialista participando como entrevistador do Programa da Rádio Nova Tropical FM – Comunidade em Destaque.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Edson Corrêa: Desde a adolescência me diferenciava de muitos amigos, porque gostava de ler. Gosto de conhecer a vida de pessoas famosas, como exemplo, li aos 15 anos a biografia do pugilista norte americano Cassius Clay (Muhammad Ali), o livro tinha em torno de 500 páginas. Gostava muito das histórias de Agatha Christie, etc...

Conexão Literatura: Você é autor do livro "CoPoPe – Contos, Poemas e Pensamentos". Poderia comentar? 

Edson Corrêa: Sim. Em fevereiro de 2019 resolvi, sem data pré-determinada para concluí-lo, escrever um livro de contos e poesias. Por quê? Com 59 anos já vivi algumas aventuras, ouvi muitas histórias e poderia colocar no papel. Iniciei em fevereiro com um poema, o primeiro do livro, intitulado: “Meu desejo”. Em 2020 com a pandemia, me dediquei totalmente, porque era o que tinha para fazer, já que estávamos proibidos de sair e não havia para onde ir.

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro? 

Edson Corrêa: Minhas pesquisas se resumem na interpretação da minha vida. Cada dia que levantamos de nossa cama iniciamos uma nova história, podendo trazer alegria, tristeza, motivação, etc. Para conclusão do trabalho levei em torno de 26 meses, e quando apresentei à editora, fui aconselhado a dividi-lo, pelo motivo de ser a primeira obra e comercialmente seria inapropriado o lançamento de um livro com um custo elevado. Com isso, tenho material para lançar meu segundo livro, pois, alguns feedbacks são positivos. Mas isso não interrompeu meu trabalho, continuo escrevendo para poder dar continuidade e conquistar mais leitores.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro? 

Edson Corrêa: Entre muitos, gosto de um conto em que Beatriz, uma mulher casada recentemente tem que tomar uma posição para não ficar submissa ao seu esposo. Sem discussão, mas, tomando uma decisão certa ela consegue reverter a seu favor o que a prejudicava. Criei esse conto interpretando um fato real. 

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Edson Corrêa: Abaixo coloco os links onde poderão adquirir o livro. Acredito que na cidade de Votorantim, sou bem conhecido, por ter sido âncora num programa de entrevista de uma rádio da cidade, meu envolvimento com a comunidade religiosa e na juventude participar na elaboração e atuação de peças teatrais.

Links de venda do livro nos sites: 

AMAZON: https://www.amazon.com.br/dp/6587132723?ref=myi_title_dp  

AMERICANAS.COM: https://www.americanas.com.br/produto/4032522225?sellerId=25403659000110  

SUBMARINO: https://www.submarino.com.br/produto/4032522225?sellerId=25403659000110  

SHOPTIME: https://www.shoptime.com.br/produto/4032522225?sellerId=25403659000110  

ESTANTE VIRTUAL: https://www.estantevirtual.com.br/bok2livros/edson-correa-copope-contos-poemas-e-pensamentos-2968113060?show_suggestion=0  

MERCADO LIVRE: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-2039525713-livros-copope-contos-poemas-e-pensamentos-_JM 

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Edson Corrêa: Estou corrigindo um novo material para composição do segundo livro CoPoPe – Contos. Poemas e Pensamentos a ser lançado em julho de 2022. Iniciei, concomitantemente, um romance, sem data para lançá-lo. 

Perguntas rápidas:

Um livro: Cem dias entre céu e mar – Amyr Klink

Um (a) autor (a):  Augusto Cury

Um ator ou atriz: Lima Duarte

Um filme: Nasce uma estrela (1976) com  Barbra Streisand; ‎Kris Kristofferson‎

Um dia especial: O nascimento de meus dois filhos

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Edson Corrêa: Quero agradecer ao trabalho desta Revista, Conexão Literatura, a importância que tem, dando-nos oportunidade de podermos nos apresentar e instigar leitores(as) para conhecer nossa obra.

Compartilhe:

Participe da antologia (e-book) POESIAS AO LUAR - VOLUME IV


PARTICIPE DA ANTOLOGIA (E-BOOK): POESIAS AO LUAR - VOLUME IV

REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO NA ANTOLOGIA DIGITAL 
POESIAS AO LUAR - VOLUME IV:

1 - Escreva um poema (livre). Aceitaremos até 3 poemas por autor. Caso sejam aprovados, os 3 textos serão publicados.

2 - SOBRE O POEMA: até 4 páginas cada poemas, fonte Times ou Arial, tamanho 12, incluindo título. Espaçamento 1,5.
     
3 - Tipo de arquivo aceito: documento do Word (arquivos em PDF serão deletados).

4 - O poema não precisa ser inédito, desde que os direitos autorais sejam do autor e não da editora ou qualquer outra plataforma de publicação.

5 - Idade mínima do autor para participação na antologia: 18 anos completos.

6 - Envie o poema pré-revisado. Leia e releia antes de enviá-lo.

7 - Data para envio do poema: do dia 16/10/21 até 17/11/21.

8 - Veja ficha de inscrição no final desse texto. Leia, copie as informações e preencha. Envie as informações da ficha + o poema para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: POESIAS AO LUAR - VOLUME IV

CUSTO PARA O AUTOR:

R$ 50,00 por texto aprovado. Caso o autor envie 3 poemas e tenha os três (03) selecionados, o valor será R$ 150,00. As informações para depósito serão informadas ao autor no e-mail que enviaremos caso o poema seja aprovado.
O valor servirá para cobrir os custos de leitura crítica, diagramação e divulgação da obra.

A antologia será digital (e-book) e gratuita para os leitores baixarem através de download, ela não será vendida. A antologia será amplamente divulgada nas redes sociais da Revista Conexão Literatura: Fanpage, Instagram e Grupos do Facebook, que somam cerca de 200 mil seguidores.

O resultado será divulgado no site www.revistaconexaoliteratura.com.br e na fanpage www.facebook.com/conexaoliteratura, até o dia 18/11/21.

OBS: Enviaremos certificado digital de participação para os autores selecionados.


NOSSOS CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO:

A) - Criatividade;

B) - Textos preconceituosos, homofóbicos, pornográficos, racistas ou que usem palavras de baixo calão, serão desconsiderados;

C) - Seguir todas as regras para participação.

OBS.: Ademir Pascale, idealizador do concurso, disponibilizou para download uma apostila intitulada "Oficina Jovem Escritor", com dicas para quem está iniciando no mundo da escrita. Baixe gratuitamente, leia e pratique: CLIQUE AQUI.


FICHA DE INSCRIÇÃO DO AUTOR(A)

Nome completo do autor(a):

Seu Pseudônimo (caso use), para publicação na antologia:

Idade:

Título do poema:

E-mail 1:
E-mail 2 (caso tenha):

Biografia em terceira pessoa (escreva sobre você num máximo de 7 linhas. Não escreva em letra maiúscula):


IMPORTANTE: Envie todas essas informações da ficha de inscrição para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: POESIAS AO LUAR - VOLUME IV

O envio da ficha de inscrição + poema(s) para o e-mail indicado significa que o autor(a) leu todas as informações e regras dessa página para participação na antologia.

Não fique fora dessa. O concurso cultural será amplamente divulgado nas redes sociais.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

Editora Leader lança "Mulheres nas Finanças", obra que reúne 43 histórias de sucesso com muita inspiração

 


Livro faz parte do selo "Mulheres", que representa a força feminina em segmentos importantes como o econômico, de saúde, direito, entre outros

Imagine ouvir a história inspiradora de uma mãe que se tornou diretora de uma empresa de renome internacional, suas lutas, desafios e estratégias para alcançar o topo? “Mulheres nas Finanças” é o primeiro livro de outros sobre esse tema com o olhar feminino. Sua linguagem leve e objetiva inspira e faz lembrar mais uma conversa entre amigas, já que as 43 autoras contam suas trajetórias de maneira sincera, pontual e única. Além disso, cada uma traz suas origens, crenças, limitações e bagagem. A obra, que tem coordenação de Stania Moraes, Elisangela Almeida, Andréia Roma e Tania Moura, é um lançamento da Editora Leader e compõe o selo “Mulheres”, cujo diferencial é lançar vários livros que reúnem histórias de sucesso do universo feminino, abrangendo os mais diversos temas e cenários.

Em 480 páginas você encontra os relatos verdadeiros de mulheres de diferentes origens, classes sociais e visões de mundo. É uma diversidade muito bem-vinda, ademais num momento em que muitas empresas sabem que sem ela podem afetar seu desenvolvimento, ou mesmo sua sobrevivência. “Mulheres nas Finanças”, porém, vai além desse aspecto, pois mostra como as mulheres romperam barreiras, sendo disruptivas em uma área predominantemente masculina. Mas também vemos aquelas profissionais que foram tão bem preparadas em sua traje­tória que sequer perceberam uma atitude adversa ou se sentiram intimidadas por serem minoria entre os homens.

O primeiro capítulo tem um título bem sugestivo – A coragem de arriscar e força de vontade para vencer – e nele a autora fala de suas origens, seus primeiros trabalhos, também em grandes corpora­ções, e tudo que essas experiências trouxeram de aprendizado e de evolução para sua carreira, até assumir o cargo de diretora. Leitura enriquecedora, repleta de ideias, para os dias atuais. Como a própria CEO da Editora Leader diz, um livro muda tudo!

http://www.editoraleader.com.br

Coautoras convidadas: Stania Lopes Moraes, Elisangela Almeida, Alessandra Montenegro, Ana Paula França, Ana Verena Lima, Angela Pugliese, Annali Duarte, Celina da Costa Silva, Claudia Dantas, Cristiane Crucelli, Cristina Reis, Cynthia Hobbs, Denise Fleury, Ednalva Costa Vasconcelos, Elisabete Griebeler, Evelyn Fleming, Giane Francisca de Abreu, Helena Pécora, Jamile Aun, Jandaraci Araujo, Jaqueline Nogueira de Almeida, Juliana Noble, Kathrin Pfeffer, Marcia Brandão Laste, Mônica Valente, Patrícia Villas Boas Amaro, Poliana Casal, Raquel Varela, Regina Biglia, Renata Ribeiro, Rosangela Sutil, Sandra Borba, Sandra Ortega, Sany Lopes de Oliveira, Sara Velloso, Shirley Luiza de Oliveira Leal, Silmara Santos, Solange Waileman, Tatiana Secco Fazio, Tatiane Mendonça, Telma Silveira, Vânia Maria da Costa Borgerth e Wilsa Figueiredo. 

Ficha Técnica:

“Mulheres nas Finanças”

480 páginas

ISBN: 978-65-88368-47-3

Editora :Leader (2021)

Prefácio: Raquel Maia

Coordenação: Coordenação de Stania Moraes, Elisangela Almeida, Andréia Roma e Tania Moura

R$ 79,90

https://editoraleader.com.br/mulheres-nas-financas-volume-i 

“Série Mulheres”

O projeto “Série Mulheres” nasceu há dez anos por iniciativa da fundadora e CEO da Editora Leader, Andréia Roma, e já se destaca com vários lançamentos. Em 2018, a editora lançou “Mulheres do Marketing", e em seguida, o "Mulheres Antes e Depois dos 50". Na sequência, as publicações de "Mulheres do RH", "Mulheres no Seguro" e "Mulheres no Varejo", obras que têm como foco transformar histórias reais em autobiografias inspiracionais, cases e metodologias de mulheres que se diferenciam em sua área de atuação. As obras se tornaram verdadeiros cases no mercado editorial. “Além da abrangência nacional, trata-se de um trabalho pioneiro, já que os títulos lançados através desta Série são de propriedade intelectual da Editora Leader, ou seja, não há no Brasil nenhum livro com título igual aos que são lançados nesta coleção”, explica a fundadora. A Leader é a única editora comportamental do meio editorial que nasceu com o propósito de inovar o mercado em vários segmentos. “Esta Série tem como compromisso dar suporte a novas escritoras brasileiras, sem distinção, para que publiquem seu conhecimento e experiência, apoiando-as com nossa estrutura e mentoria para se destacarem em seu setor de atuação”, finaliza Andréa.

Compartilhe:

Entrevista com Louyse Josefa, autora do livro "O amor de Olímpia"

Louyse Josefa - Foto divulgação

Louyse Josefa
nasceu no Rio de Janeiro. Desde criança sempre gostou de escrever histórias e poemas. Conhecida por seus amigos como uma eterna sonhadora e uma romântica incurável, realizou o seu sonho em maio de 2021. Hoje é professora de Inglês com uma paixão por Literatura, uma escritora com uma imaginação fértil e uma poeta de coração partido. Deseja espalhar o amor com seus poemas e livros.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Louyse Josefa: Desde pequena sempre gostei de ler. Comecei a escrever minhas histórias aos 8 anos e arrisquei na criação de uns poemas. Influenciada pela minha mãe, mergulhei na literatura com as obras de Sidney Sheldon. Quando terminei "A Ira dos Anjos" percebi que o meu sonho de criança ainda estava vivo dentro de mim. Escrevi um livro na adolescência, mas não deu certo. Anos depois, aos 29 anos, minha inspiração entrou na minha vida e o sonho de menina foi realizado. Aos 30 anos 'O amor de Olímpia' foi o meu primeiro livro publicado. Apesar do tempo, acredito que tudo acontece no momento certo. Além dele, tenho uma participação em uma antologia poética e outros projetos para 2022.

Conexão Literatura: Você é autora do livro "O amor de Olímpia". Poderia comentar? 

Louyse Josefa: O livro é inspirado (parcialmente) na minha história de amor. Sempre sonhei em viver um amor especial e marcante como é apresentado nos filmes. O que é raro hoje em dia. Mas quando o meu momento chegou, o meu amor não foi correspondido. Então nasceu a ideia de escrever um livro baseado em um sentimento verdadeiro. 

O amor de Olímpia conta a história de duas pessoas totalmente distintas e especiais, que estão machucadas porque o passado amoroso de cada um não foi dos melhores. Olímpia é forte, carinhosa e declara seu amor através de poemas. Paulo Henrique é tímido, inseguro e cavalheiro. Um romance forte, que tenta sobreviver ao tempo e as diferenças.

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro? 

Louyse Josefa: A minha inspiração retornou quando conheci o Paulo Henrique. Sim, o personagem tem o mesmo nome para manter a beleza e rima dos poemas. O primeiro poema, 'Você', foi escrito no final de 2019, quando o vi pela primeira vez. Criei muitos poemas apaixonados, e quando ele partiu o meu coração por não corresponder o meu amor, nasceu mais de 100 poemas. O livro foi escrito totalmente em cima dessa experiência. Demorei 5 meses para escrever esses poemas e o enredo.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?  

Louyse Josefa: Versos do poema "A DOR DO AMOR", capítulo 8, página 92.

"Dói saber que você brincou comigo com o desejo de ser só um amigo 

[...]

Você não imagina a minha dor porque eu nunca fui amor dentro de você

[...]

Dói saber que nesse tempo você me prendeu, mas nunca se envolveu."

Adoro todos os meus poemas. Mas esse poema na íntegra é muito forte e marcante, escrevi depois de ter o coração partido, então as lágrimas me acompanharam nesta criação.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Louyse Josefa: Basta acessar meu Instagram: https://www.instagram.com/louysejosefa/

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Louyse Josefa: Sim. Para 2022, o lançamento do livro “Os poemas de Olímpia”, que traz os poemas feitos depois da publicação do primeiro livro. É uma coletânea intensa e repleta de poemas apaixonados de um coração partido, e outros projetos também.

Perguntas rápidas:

Um livro: A Ira dos Anjos.

Um (a) autor (a):  Sidney Sheldon.

Um ator ou atriz: Tom Bateman.

Um filme: Ghost – Do Outro Lado da Vida. 

Um dia especial: O show dos Scorpions.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Louyse Josefa: O amor verdadeiro existe, embora seja difícil de encontrar, um dia eu encontrei. Tudo acontece na hora certa, no tempo certo. Não deixe de acreditar no amor só porque alguém não corresponde o seu. Foca na dor, viva o “luto romântico” e dê um tempo para o seu coração. Escreva, produza, viva outras coisas, mas nunca faça morada no coração de alguém se outro alguém ainda vive no seu. 

Compartilhe:

terça-feira, 16 de novembro de 2021

Fernanda Polvani Festi, os livros Sobre Viver e Manual antiterror para crianças e dicas para a redação no Enem, por Cida Simka e Sérgio Simka

Fernanda Polvani Festi - Foto divulgação

Fale-nos sobre você.

Sou paranaense, natural de Assis Chateaubriand, mas resido em Rolândia desde 2004. Sou formada em Letras e Pedagogia e trabalho com educação há quase 20 anos. Atualmente leciono língua portuguesa para o Fundamental 2 e redação para o Ensino Médio e Cursinho Pré-vestibular. Sempre tive facilidade com a escrita e devo isso aos livros que sempre foram minha maior distração. Adoro viajar, assistir a filmes, séries e desenhos animados. Sou casada e tenho uma filha de 16 anos que é minha parceira em tudo. 

ENTREVISTA:

Fale-nos sobre o livro “Sobre Viver”.

Em outubro de 2018, incentivada por um amigo, criei uma página literária no Instagram - a @oidenada. Decidi que seria algo totalmente autoral para que eu pudesse praticar a escrita com mais frequência e também serviria como uma válvula de escape para amenizar um período de depressão que eu estava enfrentando. No entanto, passei a receber muitas mensagens positivas e de identificação com o conteúdo - uma vez que as frases e poemas falam de sentimentos reais e comuns a qualquer pessoa.   A partir daí surgiu a ideia de transformar meu material num livro. Então, em 2019, comecei a procurar por editoras independentes que gostassem do projeto. Porém, a primeira tentativa foi um fracasso: fui enganada e perdi todo meu investimento e também meu tempo. Pensei em desistir e engavetei meu sonho por quase um ano. No final de 2019, “ressuscitei” o projeto, mas mudei quase todo o formato: troquei a capa, o título, acrescentei mais textos e resolvi colocar ilustrações também - que foram criadas especialmente para o livro por uma amiga, a Anna Beatriz Hirsh e também por minha filha, a Ana Laura. Fechei contrato com a Editora Hope de Araras/SP, que me deu todo suporte para realizar essa publicação. Acredito que nada aconteceu à toa, pois o resultado final compensou todo desgaste, além de servir para meu amadurecimento. 

“Sobre Viver” é um livro de poemas e frases sobre os ciclos da vida nos quais estamos constantemente inseridos. Não tem pretensão de ditar regras ou padrões, apenas mostrar que as experiências boas e ruins fazem parte do cotidiano de todos, mesmo que a maioria insista em publicar uma vida perfeita. O livro tem o intuito de despertar reflexões sobre cada fase e mostrar que - boas ou ruins - elas passam e cabe a você absorver o aprendizado de cada uma e esperar a próxima, cada vez com mais segurança e maturidade.

Fale-nos sobre seus outros livros.

Além de “Sobre Viver”, já publiquei “As listas de Laurinha” (2016).

O livro conta a história de Laurinha, uma garota de 9 anos que adora animais, no entanto nunca teve nenhum. Entre uma travessura e outra, ela tem a chance de cuidar de um animalzinho. Mas será que conseguirá convencer sua família? Ao escrever uma lista de promessas aos pais, na tentativa de convencê-los, ela descobre um segredo que sua mãe guardou durante muito tempo... Nessa inocente história, a família de Laurinha redescobre o sentido da verdadeira felicidade e nos leva a questionar o que realmente é importante em nossas vidas. O livro aborda temas profundos como: perdas e relações familiares, porém, de uma maneira simples, significativa e bem humorada.

E, já na sequência de “Sobre Viver”, será lançado o “Manual antiterror para crianças” – também pela Editora Hope. 

Este manual é um convite à fantasia! De um modo lúdico e muito especial, crianças e adultos encontrarão muitas dicas de como superar juntos alguns medos e passar por cada fase de maneira saudável. Uma leitura cheia de rimas, com temática atemporal, ilustrações lindíssimas e, ao mesmo tempo, um espaço para conversar com os “pequenos” sobre sentimentos e emoções.

O que a motivou a escrevê-los?

Sempre admirei a literatura e seu poder de transformação. Na infância, minha família não tinha recursos para nos comprar livros e só fui ter mais contato na 1ª série do fundamental I. A leitura ajudou a tornar meu processo educativo mais fácil e prazeroso, então, quando me tornei professora de língua portuguesa, decidi que um dia publicaria um livro também. Isso só foi possível em 2016 e, nessa época, a motivação maior foi escrever algo que pudesse despertar o interesse pela leitura no máximo possível de crianças. Algo que pudesse divertir, ensinar e também inspirar.

Que dicas poderia fornecer a quem deseja ser um escritor? 

A primeira dica para quem deseja se tornar um escritor é ler muito! Mas, tentar variar os gêneros e conhecer autores diferentes – acredito ser um modo de estimular a criatividade. Também sugiro bastante “teimosia”, afinal essa deve ser a marca registrada de um autor no Brasil. Percebo que muitas coisas melhoraram com o advento da internet, principalmente o alcance das divulgações e a facilidade em atingir mais leitores. Mesmo assim, ainda estamos muito longe do ideal. Então, nada de desistir ou achar que não terá público para suas histórias. Por fim, participe de grupos literários e conheça pessoas que possam te orientar e indicar boas editoras e profissionais capacitados.

E quais as dicas para quem deseja escrever uma redação nota 1.000 no Enem?

Adoro ensinar REDAÇÃO. Então, vamos lá:

Para escrever um bom texto dissertativo argumentativo, leia as redações nota 1000 dos anos anteriores. Assim, você verá o tipo de escrita que atende aos requisitos da banca corretora.

Outra coisa imprescindível é ter um bom método de escrita. Você precisa saber organizar as suas ideias e escolher as melhores informações para construir sua argumentação.

Por fim, não desista antes de tentar. Muitos alunos não estudam para fazer a Redação do Enem por afirmarem que não gostam ou não escrevem bem. Encare como uma matéria qualquer e aprenda as estratégias para aumentar sua nota. Você também não sabia matemática, física, química, etc., e só aprendeu porque estudou! Pratique a escrita e reescreva seus textos eliminando as falhas – já ajuda muito.

Uma pergunta que não fizemos e que gostaria de responder.

Gostaria de falar sobre meu livro favorito e que me ajudou muito no processo de buscar meus sonhos, inclusive o de publicar livros: O Pequeno Príncipe.

Quando eu li pela primeira vez não entendi direito e ainda fiquei muito brava com o final – eu era muito nova. Um pouco mais adulta, resolvi dar uma segunda chance e me surpreendi com tudo que esse livro provocou em mim. Eu entendi o Pequeno Príncipe como uma metáfora de vida inspiradora. Acabei me identificando com aquele personagem imaturo (no início) que deixa tudo para trás em busca de aventuras e conhecimento, afinal todos temos esses impulsos juvenis. Ao longo da narrativa, as muitas experiências vão moldando e transformando aquele garotinho em alguém capaz de se autoavaliar, de refletir e perceber o valor de tudo que ele já possuía. Essa história me deixa muito sensível, pois me mostrou a importância de buscar o conhecimento, de se arriscar, de interagir com pessoas mais experiente, no entanto, sem perder a essência.

Links para os livros:

https://www.livrariahope.com.br/product-page/sobre-viver

https://www.livrariahope.com.br/product-page/manual-antiterror-para-crian%C3%A7as


CIDA SIMKA

É licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Autora, dentre outros, dos livros O enigma da velha casa (Editora Uirapuru, 2016), Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019), O enigma da biblioteca (Editora Verlidelas, 2020), Horror na biblioteca (Editora Verlidelas, 2021) e O quarto número 2 (Editora Uirapuru, 2021). Organizadora dos livros Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019), Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019), Aquela casa (Editora Verlidelas, 2020), Um fantasma ronda o campus (Editora Verlidelas, 2020), O medo que nos envolve (Editora Verlidelas, 2021) e Queimem as bruxas: contos sobre intolerância (Editora Verlidelas, 2021). Colunista da revista Conexão Literatura.

SÉRGIO SIMKA

É professor universitário desde 1999. Autor de mais de seis dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela editora Uirapuru. Colunista da revista Conexão Literatura. Seu mais recente trabalho acadêmico se intitula Pedagogia do encantamento: por um ensino eficaz de escrita (Editora Mercado de Letras, 2020) e seu mais novo livro juvenil se denomina O quarto número 2 (Editora Uirapuru, 2021).

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels