sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Projeto realizado na Penitenciária Feminina da Capital lança livro com textos e imagens produzidas durante laboratórios de criação

Foto divulgação
Mulheres Possíveis: corpo, gênero e encarceramento, selecionado pelo Rumos Itaú Cultural e desenvolvido pelas artistas Beatriz Cruz, Leticia Olivares, Sandra Ximenez e Vânia Medeiros, levou para a PFC atividades que abordaram corpo, gênero e encarceramento, partindo do processo de criação de narrativas pessoais, gráficas e corporais. O livro é a finalização do projeto e apresenta um compilado das experiências durante os encontros. No dia do lançamento, acontece um bate-papo sobre encarceramento feminino no Brasil

No dia 15 de dezembro, às 16h, é lançado no Itaú Cultural o livro Mulheres Possíveis: corpo, gênero e encarceramento, finalização do projeto de mesmo nome, contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018, dando continuidade ao trabalho de formação e criação artística desenvolvido na Penitenciária Feminina da Capital (PFC) junto às mulheres em situação de cárcere. Esta é uma parceria entre Beatriz Cruz e Sandra Ximenez, do Coletivo Dodecafônico, Leticia Olivares, do Coletivo Rubro Obsceno, e Vânia Medeiros, da Conspire Edições. O volume é um compilado de todo o processo, com textos e imagens produzidas ao longo dos diversos laboratórios e Escambo Poético, realizados dentro e fora da Penitenciária. No dia, o público é convidado para um bate-papo sobre a condição das mulheres em situação de cárcere e este trabalho.

Desenvolvido pelo grupo de artistas desde 2016, nesta edição, o projeto realizou quatro laboratórios de criação em diferentes linguagens artísticas para as mulheres na PFC: Lab_Performance, Lab_Caderno de Campo, Escambo Poético e Lab_Culinária, conduzido pela chef convidada Govinda Lalamrita. Todas as linguagens foram abordadas sob o mesmo guarda-chuva temático: corpo, gênero e encarceramento, partindo do processo de criação de narrativas pessoais gráficas e corporais.

Foto divulgação
O Escambo Poético colocou em contato mulheres que estão dentro e fora do sistema penitenciário. A atividade proporcionou, a partir de um jogo de perguntas, uma troca de correspondência entre as participantes de dentro e de fora da PFC, produzindo materiais como cartas, ilustrações e pequenos cadernos para intercambiar experiências, desejos e ideias. O intuito da atividade é criar uma rede de troca de informações intra e extra muro, gerando uma espécie de rede de sororidade, exercitando a empatia entre mulheres.

O conteúdo do livro engloba toda a experiência e a edição final foi feita pelas artistas em colaboração com as participantes do projeto, em reuniões coletivas. No momento do lançamento, o público participa de conversa com Dina Alves, advogada, atriz, ativista pelos Direitos Humanos, pesquisadora e doutoranda em Antropologia Social na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/ SP); e com Cleude de Jesus, advogada, sócia no escritório Jesus, Leme & Zambel, militante nas áreas de Direitos Humanos, Direitos de Família e nas questões que envolvem gênero e raça.

Ambas falarão sobre a participação em Mulheres Possíveis e sobre o encarceramento feminino no Brasil, abordando os assuntos tratados na entrevista que com Dina Alves, também presente no livro e sobre a experiência de Cleude de Jesus na troca de cartas com uma das mulheres encarceradas, durante o Escambo Poético.

Sobre o Rumos Itaú Cultural
Um dos maiores editais de financiamento de projetos culturais do país, o Programa Rumos, é realizado pelo Itaú Cultural desde 1997, fomentando a produção artística e cultural brasileira. A iniciativa recebeu mais de 64,6 mil inscrições desde a sua primeira edição, vindos de todos os estados do país e do exterior. Destes, foram contempladas mais de 1,4 mil propostas nas cinco regiões brasileiras, que receberam o apoio do instituto para o desenvolvimento dos projetos selecionados nas mais diversas áreas de expressão ou de pesquisa.

Os trabalhos resultantes da seleção de todas as edições foram vistos por mais de 7 milhões de pessoas em todo o país. Além disso, mais de mil emissoras de rádio e televisão parceiras divulgaram os trabalhos selecionados.

Nesta edição de 2017-2018, os 12.616 projetos inscritos foram examinados, em uma primeira fase, por uma comissão composta por 40 avaliadores contratados pelo instituto entre as mais diversas áreas de atuação e regiões do país. 

Em seguida, passaram por um profundo processo de avaliação e análise por uma Comissão de Seleção multidisciplinar, formada por 21 profissionais que se inter-relacionam com a cultura brasileira, incluindo gestores da própria instituição. Foram selecionados 109 projetos, contemplando todos os estados brasileiros.

SERVIÇO:
Rumos Itaú Cultural 2017-2018

Lançamento do livro Mulheres Possíveis: corpo, gênero e encarceramento
Dia 15 de dezembro
De 16 às 20h
Sala Vermelha
70 lugares
Entrada gratuita
Distribuição de ingressos:
Público preferencial: 1 hora antes do espetáculo (com direito a um acompanhante)
Público não preferencial: 1 hora antes do espetáculo (um ingresso por pessoa)
Estacionamento: Entrada pela Rua Leôncio de Carvalho, 108
Se o visitante carimbar o tíquete na recepção do Itaú Cultural:
3 horas: R$ 7; 4 horas: R$ 9; 5 a 12 horas: R$ 10.
Com manobrista e seguro, gratuito para bicicletas.

Itaú Cultural
Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô
Fones: 11. 2168-1776/1777
Acesso para pessoas com deficiência
Ar condicionado
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

COMUNIDADE INFLUXO

SONHOS FULGURANTES - ROBERTO MINADEO

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels