quinta-feira, 5 de março de 2020

Lucia Moysés e o livro Educação para um mundo melhor, por Cida Simka e Sérgio Simka

Lucia Moysés - Foto divulgação
Fale-nos sobre você.

Venho de uma família grande. Sou a terceira de sete filhos. Tive uma infância feliz, em Cachoeiro de Itapemirim (ES), onde vivi até o início da adolescência. Transferida a família para Niterói, aqui moro desde então. A religiosidade sempre fez parte da minha vida. Meus avós paternos trouxeram do Líbano a tradição católica e, do lado materno, tenho o privilégio de ser bisneta de espírita, religião que vem sendo passada de geração a geração, na minha família. Profissionalmente, tenho formação em Educação, tendo atuado em todos os níveis do magistério.

ENTREVISTA:

Fale-nos sobre o livro "Educação para um mundo melhor". O que a motivou a escrevê-lo?

O livro Educação para um mundo melhor é uma compilação de artigos que publico no Correio Espírita, órgão que é veiculado em bancas de jornal. A cada mês, procuro escrever sobre questões e acontecimentos do dia a dia, analisando-os à luz do Espiritismo. Meu objetivo é alcançar o leitor que passa pela rua e se interessa pelo jornal, sendo ou não espírita. Daí os artigos serem escritos em uma linguagem de fácil compreensão, na tentativa de fazer o leitor se interessar em aprofundar seus conhecimentos espíritas.

Você é autora de vários livros. Neles, sobressai o seu olhar de professora. Como vê a educação hoje, de maneira geral? E à luz do Espiritismo?

Como professora, é com o coração apertado que vejo o estado da educação no Brasil hoje, situação que é fruto de anos de falta de políticas sérias que a priorizem. Faço coro com aqueles que afirmam que somente pela educação chegaremos um dia a transformar, para melhor, este país. 
Quanto à educação espírita, minhas andanças pelo Rio de Janeiro e demais estados brasileiros me convencem de que estamos avançando, a cada ano, sobretudo com a contribuição efetiva do Departamento de Infância e Juventude da FEB, conduzido pela equipe de Miriam Dusi. Penso que um bom termômetro é o número de jovens que anseiam por participar dos encontros anuais de juventude, como o COMBRAJE.

Como analisa a questão da leitura no país? Como vê o mercado editorial espírita no Brasil?

Sobre o hábito da leitura, no país, há dados do IBOPE, de 2016, que o número de leitores brasileiros vem crescendo ano após ano e ultrapassava, à época, os 108 milhões, dado bastante expressivo para um mercado que no ano passado amargou uma sensível crise. Vale salientar que há pesquisas que confirmam ser o espírita um leitor mais assíduo que a média do brasileiro, em geral. A julgar pelo número de edições alcançado por inúmeros livros espíritas, de diferentes editoras, como a EME, por exemplo, penso que ainda é um mercado promissor. Sabemos que o livro espírita esclarece, consola e liberta o leitor.

O que tem lido atualmente? Quais os seus próximos projetos?

Minhas últimas leituras foram de obras publicadas por uma editora nova, de Juiz de Fora, chamada SEP (Cartas do Evangelho e Diálogos Espíritas, ambos excelentes). E, no momento, estou terminando de ler uma obra de fôlego, escrita por Eduardo Guimarães: Fé e razão: a teologia de Paulo e o Espiritismo. Além disso, estou buscando, por diferentes meios, entender o Transtorno do Espectro Autista, tema do meu próximo livro. Pretendo oferecer subsídios aos educadores espíritas que os ajudem a incluir pessoas com autismo e deficiências intelectuais na evangelização.


CIDA SIMKA
É licenciada em Letras pelas Faculdades Integradas de Ribeirão Pires (FIRP). Autora, dentre outros, dos livros O enigma da velha casa (Editora Uirapuru, 2016), Prática de escrita: atividades para pensar e escrever (Wak Editora, 2019) e O enigma da biblioteca (Editora Verlidelas, 2020). Organizadora dos livros: Uma noite no castelo (Editora Selo Jovem, 2019), Contos para um mundo melhor (Editora Xeque-Matte, 2019), Aquela casa (Editora Verlidelas, 2020) e Um fantasma ronda o campus (Editora Verlidelas, 2020). Integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC e colunista da Revista Conexão Literatura.

SÉRGIO SIMKA
É professor universitário desde 1999. Autor de mais de seis dezenas de livros publicados nas áreas de gramática, literatura, produção textual, literatura infantil e infantojuvenil. Idealizou, com Cida Simka, a série Mistério, publicada pela Editora Uirapuru. Membro do Conselho Editorial da Editora Pumpkin, integrante do Núcleo de Escritores do Grande ABC e colunista da Revista Conexão Literatura.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

COMUNIDADE INFLUXO

SONHOS FULGURANTES - ROBERTO MINADEO

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels