quarta-feira, 8 de julho de 2020

João Gomes Moreira e o livro Jornadas no Espaço-Tempo. Antologia Poética

João Gomes Moreira - Foto divulgação
O Autor - João Gomes Moreira lançou seu primeiro livro de poemas: Marcador do Tempo em 2007. As publicações no Blog cavernadeplatao o encorajaram a lançar a coletânea de contos: Na Baiuca de Longwood em 2010 (traduzido para língua inglesa em 2018). A projeção deste livro o levou à eleição para a Academia de Letras do Estado de Rondônia, onde está radicado. Posteriormente, foi a vez do romance O Vingador do Sangue, em 2016. Tem também artigos e trabalhos publicados e disponíveis na web, em destaque no CLFC, Revista Conexão Literatura, Revista Partes, etc. Nascido em 1967, é natural de Alto Piquiri, Paraná. Graduado em Tecnologia em Processamento de Dados pelas Faculdades Hebraico-Brasileiras Renascença, São Paulo, em 1992. 

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário? 

João Gomes Moreira:  O gosto pela escrita começou na minha fase juvenil, entre amores, sonhos e descobertas. Cresci em São Paulo, na periferia e por meu temperamento introvertido, mergulhava em longas leituras por muito tempo. Daí, veio o desafio de passar de expectador para autor. Os primeiros versos tentavam imitar os poetas românticos e os clássicos. Com o tempo fui me desprendendo desta ambição e construindo o meu próprio caminho e minha própria voz. 

Conexão Literatura: Você é autor do livro “Jornadas no Espaço-Tempo. Antologia Poética”. Poderia comentar? 

João Gomes Moreira: Este trabalho é uma seleção dos meus escritos poéticos desde meu primeiro ano de escrita – 1981 e segue até 2019. A seleção, na verdade, sempre ocorre no fazer escritural  e entre os trabalhos prontos, vez ou outra ainda busco corrigir algum verso ou substituir uma palavra...    Mexer no baú do João foi uma experiência nostálgica com momentos de encantamento e descobertas. Parte dos trabalhos (inéditos) são da era pré-Internet. (A.I. -  1995).  A seleção que se iniciou em 2016 –- e de maneira intermitente –- seguiu até 2019;   por volta de agosto de 2019 metade dos trabalhos foram eleitos para compor a Antologia Poética. O número total definido (101) e corresponde à terça parte dos trabalhos do escriba. Dividido em dez partes: Marcador do Tempo (1992); Verso & Reverso (1991); Linguaviagem (1989); A Fusão da Ilusão - I (1987); A Fusão da Ilusão -II(1987); De Uma Parte da Imaginação (1988); -Estudos em Rosa (2014/2015); Jornadas no Espaço-Tempo (2016/2019); Cancioneiro Sagrado (1981/2019) e    Estudos Difusos (2000/2019).

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro? 

João Gomes Moreira: Bem, o trabalho  do poeta é um trabalho em que é difícil precisar o momento exato do nascimento do poema. Do acontecimento. Mas, estes (101 poemas) foram elaborado durante 38 anos... 

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?  

João Gomes Moreira: A busca e  seleção teve como objetivo norteador trazer a lume um conjunto de poemas que retratam as viagens, os caminhos e vivências do autor ao desvelar estados de espírito, pensamentos e sentimentos. Um conjunto de textos que são verdadeiro corolário de sua mente inquiridora e dos pés inquietos... pés que não repousam enquanto não chegam ao porto seguro e alegremente valsam com a palavra escrita. Na física, espaço-tempo é o sistema de coordenadas utilizado como base para o estudo da relatividade restrita e relatividade geral. O tempo e o espaço tridimensional são concebidos, em conjunto, como uma única variedade de quatro dimensões a que se dá o nome de espaço-tempo. Um ponto, no espaço-tempo, pode ser designado como um "acontecimento". Cada acontecimento tem quatro coordenadas (t, x, y, z); ou, em coordenadas angulares, t, r, θ, e φ que dizem o local e a hora em que ele ocorreu, ocorre ou ocorrerá .  A arte lírica permite-nos sentir integrados, acolhidos, ela retrata todos os amores, e creio que não guarda temores; estes poemas, ofertam palavras que foram apontadas para ser libertas. Estes poemas fizeram o seu trabalho quando foram escritos, e repetem-no sempre que são lidos. Pensados de forma diferente, apesar de não mudarem o léxico; mas (o que é mais importante), onde o leitor se pode facilmente rever e identificar.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

João Gomes Moreira:  o livro lançado em março/2020 tem capa, ilustrações e posfácio preparado pelo habilidoso ilustrador Sid Castro e se encontra disponível em duas versões (Ilustrada, impressa.) e (E-book) pré-lançamento no site:  www.amazon.com.  

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

João Gomes Moreira: Sim! Agora estou trabalhando numa coleção de contos de ficção científica cujo nome ainda não foi definido. 

Perguntas rápidas:

Um livro: Mensagem
Um (a) autor (a): Fernando Pessoa. 
Um ator ou atriz: Morgan Freeman 
Um filme: Era uma vez no Oeste 
Um dia especial: Dia do Lançamento Virtual de Jornadas no Espaço-Tempo. 20 de março. Em tempo de Pandemia... 

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

João Gomes Moreira: Deixo aqui minha manifestação de apreço e carinho para com a Equipe da Revista Conexão Literatura e a todos os leitores do presente e do porvir! Neste tempo, mais do que nunca precisamos de boas leituras, boas narrativas, e resgatar o sublime na linguagem e na vida! 

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

COMUNIDADE INFLUXO

SONHOS FULGURANTES - ROBERTO MINADEO

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels