terça-feira, 13 de outubro de 2020

O REFÚGIO, de Mick Kitson

 


Em seu romance de estreia, Mick Kitson fala sobre a relação entre duas irmãs e aborda temas sensíveis, como abuso sexual e violência doméstica
 

Duas jovens irmãs fogem dos sofrimentos de uma família desajustada e tentam se manter vivas em meio aos perigos de uma floresta inóspita. Esse é o ponto de partida de O refúgio, livro de estreia do galês Mick Kitson, que aborda temas difíceis, como abuso sexual e violência doméstica, sem deixar de lado a ternura da relação fraternal. Lançada originalmente em 2018, a obra foi eleita melhor estreia do ano pelo Saltire Society Literary Awards, importante premiação da Escócia, e também considerada uma das revelações literárias pelo jornal The Observer. A ideia para o livro surgiu quando Kitson era professor de literatura na Escócia e decidiu colocar em prática o antigo sonho de escrever. Ele queria contar uma história que falasse sobre as diferentes formas de sobrevivência: fosse na natureza selvagem ou na vida cotidiana. Assim nasceu O refúgio, que, com uma narrativa ágil e precisa, conta a saga de duas irmãs em busca da segurança e do afeto que nunca tiveram. 

Sal tem treze anos, mas sua vida é muito diferente da de uma pré-adolescente comum. Em vez de se divertir com os amigos, ela passa a maior parte do tempo assistindo a vídeos sobre armadilhas, comprando ferramentas e sapatos apropriados para trilhas na internet e decorando manuais de sobrevivência — tudo para garantir que seu plano elaborado e arriscado dê certo. Sal precisa fugir para proteger a irmã mais nova, Peppa, das mesmas atrocidades que a torturam desde os dez anos. Com uma mãe alcoólatra e negligente e um padrasto abusivo, a garota sabe que não pode contar com mais ninguém além de si própria. 
É para escapar disso tudo que Sal e sua irmã partem em direção à floresta de Galloway, no sul da Escócia. É nesse ambiente cheio de riscos que as duas encontram finalmente um refúgio da violência familiar. Juntas, elas vão ter que encontrar formas de sobreviver à fome, ao frio e aos inúmeros perigos do ambiente selvagem, além de se esconderem de qualquer desconhecido. Essa experiência vai ensinar Sal não só a encarar os desafios da natureza, mas também os traumas que roubaram sua infância. 
Contado do ponto de vista de uma menina que precisou crescer antes da hora para proteger a si mesma e a quem mais ama, O refúgio é uma leitura instigante e comovente. Em sua estreia na literatura, Mick Kitson traça uma história sobre nossos limites, os laços humanos e o poder da natureza na jornada para cicatrizar nossas maiores dores.

MICK KITSON nasceu no País de Gales e cresceu em Londres, na Inglaterra. Trabalhou por muitos anos como jornalista antes de se tornar professor de literatura inglesa. Nos anos 1980, formou com o irmão a banda The Senators. Ele mora com a esposa e com Lucy, sua cadela mal-humorada, em Fife, na Escócia, onde passa mais tempo do que o recomendado pescando trutas, tocando banjo, plantando morangos e construindo barcos. O refúgio é seu romance de estreia. (Foto: Alan McCredie)

O REFÚGIO, de Mick Kitson
Tradução: Fabiana Colasanti
Páginas: 320
Editora: Intrínseca 
Livro impresso: R$ 39,90
E-BOOK: R$ 24,90

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

COMUNIDADE INFLUXO

SONHOS FULGURANTES - ROBERTO MINADEO

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels