Mostrando postagens com marcador Ademir Pascale. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Ademir Pascale. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 6 de maio de 2021

Já está disponível o e-book O LIVRO DOS MORTOS-VIVOS. Baixe já o seu


FICHA TÉCNICA:

Título: O livro dos mortos-vivos
Organizador: Ademir Pascale
Coautores:
Jérémie Edouhou Nyoka - Na mikwot / O dobrador do ar
Evelyn Caroline de Mello e Hugo Cesar Cintra de Araujo - A maldição do espantalho-Messias
Gilson Salomão Pessôa - O medalhão de Ukyara
Cleber Gimenes Freitas e Erica Ribeiro de Almeida - Eu, zumbi!
Allan Azevedo - Tudo aconteceu de repente
Diego Angeli Silveira - O Iniciante
Roberto Schima - Sakkaku
Vicky F. Moravia - A indigente do necrotério
Kátia Surreal - O prisioneiro dos sonhos
Felipe L. Cavalcante - Sussurros do Devorador
Lucas Brasil S. - Caos na missa
César Allori - A Casa da Porta Vermelha
Ney Alencar - "O Baital" e "O Figurino de Anúbis"
Fernando Antonio Prado Gimenez - Terror na Praça Osório
Cíntia de Quadros Lopes (Pimentiza) - Ninguém te ouve 
Leony Pereira - Um jantar em família
Roberto Minadeo - Bom Demais Para Ser Verdade
Elias Roma Neto - Ölümsüzlük
Sir_lemonpie - Contra os monstros
Tipo: E-book
Ano: 2021

PARA BAIXAR O E-BOOK GRATUITAMENTE: CLIQUE AQUI.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.



Compartilhe:

terça-feira, 27 de abril de 2021

Participe da antologia (e-book) HISTÓRIAS PARA LER E MORRER DE MEDO - VOLUME V. Leia o edital


PARTICIPE DA ANTOLOGIA (E-BOOK): HISTÓRIAS PARA LER E MORRER DE MEDO - VOLUME V

Ouça o áudio da apresentação da antologia:


REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO NA ANTOLOGIA DIGITAL "HISTÓRIAS PARA LER E MORRER DE MEDO - VOLUME V":

1 - Escrever um poema ou conto de suspense ou terror. Aceitaremos até 2 contos ou 2 poemas por autor. Caso sejam aprovados, os 2 textos serão publicados.

2 - SOBRE O CONTO OU POEMA: até 4 páginas, fonte Times ou Arial, tamanho 12, incluindo título.
     
3 - Tipo de arquivo aceito: documento do Word (arquivos em PDF serão deletados).

4 - O conto ou poema não precisa ser inédito, desde que os direitos autorais sejam do autor e não da editora ou qualquer outra plataforma de publicação.

5 - Idade mínima do autor para participação na antologia: 18 anos completos. Menores de idade irão precisar de autorização dos pais ou responsável, caso o conto ou poema seja aprovado.

6 - Envie o conto ou poema pré-revisado. Leia e releia antes de enviá-lo.

7 - Data para envio do conto ou poema: do dia 03/04/21 até 01/05/21.

8 - Veja ficha de inscrição no final desse texto. Leia, copie as informações e preencha. Envie as informações da ficha + o conto ou poema para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: HISTÓRIAS PARA LER E MORRER DE MEDO - VOLUME V

CUSTO PARA O AUTOR:

R$ 50,00 por conto ou poema. Caso o autor envie 2 poemas ou 2 contos e tenha os dois selecionados, o valor será R$ 100,00. As informações para depósito serão informadas ao autor no e-mail que enviaremos caso o conto ou poema seja aprovado.
O valor servirá para cobrir os custos de leitura crítica e revisão, diagramação e divulgação da obra.

A antologia será digital (e-book) e gratuita para os leitores baixarem através de download, ela não será vendida. A antologia será amplamente divulgada nas redes sociais da Revista Conexão Literatura: Fanpage e Grupos do Facebook, Instagram e Twitter, que somam cerca de 160 mil seguidores.

O resultado será divulgado no site www.revistaconexaoliteratura.com.br e na fanpage www.facebook.com/conexaoliteratura, até o dia 02/05/21 (a data poderá ser prorrogada).

OBS: Enviaremos certificado digital de participação para os autores selecionados.


NOSSOS CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO:

A) - Criatividade;

B) - Textos preconceituosos, homofóbicos, racistas ou que usem palavras de baixo calão, serão desconsiderados;

C) - Seguir todas as regras para participação.

OBS.: Ademir Pascale, idealizador do concurso, disponibilizou para download uma apostila intitulada "Oficina Jovem Escritor", com dicas para quem está iniciando no mundo da escrita. Baixe gratuitamente, leia e pratique: CLIQUE AQUI.


FICHA DE INSCRIÇÃO DO AUTOR(A)

Nome completo do autor(a):

Seu Pseudônimo (caso use), para publicação na antologia:

Idade:

Título do conto ou poesia:

E-mail 1:
E-mail 2 (caso tenha):

Biografia em terceira pessoa (escreva sobre você num máximo de 7 linhas):
 
Sinopse do seu conto (se for poema não precisará de sinopse). Escreva no máximo 10 linhas:


IMPORTANTE: Envie todas essas informações da ficha de inscrição para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: HISTÓRIAS PARA LER E MORRER DE MEDO - VOLUME V

O envio da ficha de inscrição + poesia ou conto para o e-mail indicado significa que o autor(a) leu todas as informações e regras dessa página para participação na antologia.

Não fique fora dessa. O concurso cultural será amplamente divulgado nas redes sociais.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

quinta-feira, 22 de abril de 2021

Curte ler histórias de terror? Conheça "NOITES SOMBRIAS", de Ademir Pascale e baixe o e-book gratuitamente


APRESENTAÇÃO 

Num mundo difícil e cruel, Ademir Pascale apresenta personagens incompreendidos pela sociedade e protagonistas que lutam pela liberdade, mas que muitas vezes acabam indo parar no pior lugar possível: o inferno.
"Noites Sombrias" mescla várias histórias do autor que vão do terror até a fantasia e ficção científica. Um grito no meio da escuridão que irá fazer até os mais fortes estremecerem.
Leia, aventure-se e reze pela sua alma.

— Vou morrer, disse-me ele, tenho de morrer desta deplorável loucura. Aqui, e só aqui, está o meu fim. Tenho medo dos acontecimentos futuros, não por eles mesmos, mas por seus efeitos. Estremeço com a ideia de qualquer incidente, mesmo do mais trivial, que possa influir nesta intolerável agitação de espírito. Na verdade, não tenho aversão ao perigo, exceto no seu efeito absoluto — no terror.
Edgar Allan Poe, A Queda da Casa de Usher

FICHA TÉCNICA

Título: Noites Sombrias - Contos de Terror
Autor: Ademir Pascale
Quantidade de contos: 17 contos
Nº de páginas: 65
Tipo: E-book (Livro digital)
Lançado em maio de 2020

compartilhe com os amigos ;)

SOBRE O AUTOR

Ademir Pascale é paulista, escritor e ativista cultural. Criador e editor da Revista Conexão Literatura (www.revistaconexaoliteratura.com.br). Participou em vários livros, tendo contos publicados no Brasil, França, Portugal e México. Autor do livro “O Clube de Leitura de Edgar Allan Poe” (Editora Selo Jovem), organizador do livro “Possessão Alienígena” (Editora Devir) e dos e-books "O Legado de Edgar Allan Poe", "O Legado de H. P. Lovecraft", "O Legado de Bram Stoker", "Histórias Para Ler e Morrer de Medo, Vol. I, II, III, IV e V".
Entre em contato: ademirpascale@gmail.com

Compartilhe:

quarta-feira, 21 de abril de 2021

Saiu a lista dos selecionados da antologia O LIVRO DOS MORTOS-VIVOS


CONFIRA A LISTA DOS SELECIONADOS DA ANTOLOGIA "O LIVRO DOS MORTOS-VIVOS":

 1 - Jérémie Edouhou Nyoka - Na mikwot / O dobrador do ar
 2 - Evelyn Caroline de Mello e Hugo Cesar Cintra de Araujo - A maldição do espantalho-Messias
 3 - Gilson Salomão Pessôa - O medalhão de Ukyara
 4 - Cleber Gimenes Freitas e Erica Ribeiro de Almeida - Eu, zumbi!
 5 - Allan Azevedo - Tudo aconteceu de repente
 6 - Diego Angeli Silveira - O Iniciante
 7 - Roberto Schima - Sakkaku
08 - Vicky F. Moravia - A indigente do necrotério
09 - Kátia Surreal - O prisioneiro dos sonhos
10 - Felipe L. Cavalcante - Sussurros do Devorador
11 -  Lucas Brasil S. - Caos na missa
12 - César Allori - A Casa da Porta Vermelha
13 - Ney Alencar - "O Baital" e "O Figurino de Anúbis"
14 - Fernando Antonio Prado Gimenez - Terror na Praça Osório
15 - Cíntia de Quadros Lopes (Pimentiza) - Ninguém te ouve 
16 - Leony Pereira - Um jantar em família
17 - Roberto Minadeo - Bom Demais Para Ser Verdade
18 - Elias Roma Neto - Ölümsüzlük
19 - Sir_lemonpie - Contra os monstros

PARABÉNS aos selecionados. Entraremos em contato via e-mail com cada um dos autores.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.



Compartilhe:

terça-feira, 20 de abril de 2021

Já está disponível o e-book ANTOLOGIA DOS MELHORES POEMAS. Baixe já o seu


FICHA TÉCNICA:

 Titulo: Antologia dos Melhores Poemas
 Organizador: Ademir Pascale
 Coautores:
 Alberto dos Anjos Costa - Sonho em conquista
 Milene Colin - Relacionamento Abusivo
 Alaide Emilia Dourado Oliveira - Meu velho pai e Desejos de amar
 Rose Bueno - Quem sou?
 Raquel Domingos Alves - Coisas incomparáveis e Espera
 Bárbara Cruz - Miopia de Talento
 Lurdinha Alencar - Sonhar
 Gladston Salles - Lembranças Mortas e Eu queria tanto que você estivesse aqui...
 Branca de Neve (Bianca Rosseti Vieira) - Escravidão no Brasil e Amor 
 Bel Wells  (Gisabel Ferreira Gomes) - O amor e as estações do ano
 Francisco Moreira Filho - Ode à beleza
 Hanayel Prasilde Medeiros Moreira - O amor em palavras 
 Dri Santtos - Vai-se um mundo
 Waléria Soares - (Im)possibilidades
 Priscila de Albuquerque Lima - Projetos
 Noi Soul - Oração à vida
 Obam e edhuu - Vovozinha
 Luana Lima - Palácio mental
 Luiz F. Haiml - O devoto
 Paulo Roberto Torres Borges - A-de-dónde (De onde, para onde)
 Lukaz Moreira - Abram Fogo! e A Dor é Verdadeira do Outro Lado do Rio
 Augusto Filipe Gonçalves - Causas Precisam
 Tipo: E-book
 Ano: 2021
 Nº de páginas: 77

PARA BAIXAR O E-BOOK GRATUITAMENTE: CLIQUE AQUI.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

quinta-feira, 15 de abril de 2021

Saiu a lista dos selecionados da antologia TECENDO POEMAS


CONFIRA A LISTA DOS SELECIONADOS DA ANTOLOGIA "TECENDO POEMAS":

  1 - Alberto dos Anjos Costa - Percepções
  2 - Bel Wells - Essencial
  3 - Elda Cloe Moussadingou Mubamu (CloX) - Vontade
  4 - Lianne Margalho Negrão Carvalho - "Vazio" e "Lentes"
  5 - Cristiane de Mesquita Alves - É de fato, um devaneio
  6 - Maria de Fátima Moreira Sampaio - "Sinal" e "Arco-íris"
  7 - Alaide Dourado - O que teria eu para te dar
  8 - Waléria Soares - Escritas de Amor
  9 - Francisco Moreira Filho - "Devaneio" e "Encanto"
10 - Angélica Longarito - Amar: verbo intransitivo

PARABÉNS aos selecionados. Entremos em contato via e-mail com cada um dos autores.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

quinta-feira, 8 de abril de 2021

Saiu a lista dos selecionados da ANTOLOGIA DOS MELHORES POEMAS. Confira.



CONFIRA A LISTA DOS SELECIONADOS DA "ANTOLOGIA DOS MELHORES POEMAS":

  1 - Alberto dos Anjos Costa - Sonho em conquista
  2 - Milene Colin - Relacionamento Abusivo
  3 - Alaide Emilia Dourado Oliveira - Meu velho pai e Desejos de amar
  4 - Rose Bueno - Quem sou?
  5 - Raquel Domingos Alves - Coisas incomparáveis e Espera
  6 - Bárbara Cruz - Miopia de Talento
  7 - Lurdinha Alencar - Sonhar
  8 - Gladston Salles - Lembranças Mortas e Eu queria tanto que você estivesse aqui...
  9 - Branca de Neve (Bianca Rosseti Vieira) - Escravidão no Brasil e Amor 
10 - Bel Wells  (Gisabel Ferreira Gomes) - O amor e as estações do ano
11 - Francisco Moreira Filho - Ode à beleza
12 - Hanayel Prasilde Medeiros Moreira - O amor em palavras 
13 - Dri Santtos - Vai-se um mundo
14 - waléria Soares - (Im)possibilidades
15 - Priscila de Albuquerque Lima - Projetos
16 - Noi Soul - Oração à vida
17 - Obam e edhuu - Vovozinha
18 - Luana Lima - Palácio mental
19 - Luiz F. Haiml - O devoto
20 - Paulo Roberto Torres Borges - A-de-dónde (De onde, para onde)
21 - Lukaz Moreira - Abram Fogo! e A Dor é Verdadeira do Outro Lado do Rio
22 - Augusto Filipe Gonçalves - Causas Precisam

PARABÉNS AOS SELECIONADOS. Entraremos em contato via e-mail com cada um dos autores.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

quarta-feira, 31 de março de 2021

Já está disponível a nova edição da Revista Conexão Literatura, nº 70 (Abril/2021). Baixe a sua.



EDITORIAL

Nossa edição de abril é especial e dedicada aos livros digitais que, com o avanço da tecnologia e as dificuldades que a pandemia gerou, os e-books espandem seus horizontes cada vez mais no Brasil e no mundo, atingindo milhares de leitores.

O leitor também poderá conferir dicas de livros, crônicas, contos, poemas, entrevistas e dicas para participação em antologias de contos e poemas.

Participe da nossa edição de maio, seja com conto, crônica ou poema. Você também poderá divulgar o seu livro ou editora. Saiba como: clique aqui.

Tenha uma ótima leitura!


Para baixar a edição da Revista Conexão Literatura nº 70: CLIQUE AQUI.

Assine a nossa newsletter e receba em seu e-mail notícias atualizadas sobre o mundo da literatura. Chegará um e-mail para você confirmar a inclusão:

Insira o endereço do seu e-mail logo abaixo e receba notícias sobre livros e autores:


Ademir Pascale - Editor-Chefe
Compartilhe:

segunda-feira, 29 de março de 2021

Confira a lista dos selecionados da antologia "POESIAS AO LUAR II"


CONFIRA A LISTA DOS SELECIONADOS DA ANTOLOGIA "POESIAS AO LUAR II":

  1 - Zéfiros Melinoe (Wellington Farias Dos Santos) - Eflúvios
  2 - Luz, a Joana (Letizia Joana Pitol Lopes Zanuso) - Um Brinde aos Quebrados
  3 - Bel Wells (Gisabel Ferreira Gomes) - O mar e as coisas infinitas e Mensageiro
  4 - Ivan Gusmão Cavalcante - Sombra
  5 - Lirianna (Alice Silva) - À Terça-feira e Tu, novamente
  6 - Bia Caetano (Fabianna Caetano da Silva) - Eu quis
  7 - Fernanda Brito da Silva - Tem gente que inspira poesia e Meu passarinho
  8 - Obam e edhuu (Peresch Aubham Edouhou) - Kapinga, mwana wa Jicho e Metok
  9 - Léo Silva - Esta cama não me cabe mais
10 - Cristiane de Mesquita Alves - Ela, a Lua
11 - Alberto dos Anjos Costa - Paradigma de fé
12 - Lurdinha Alencar - Fases da Lua
13 - Beatriz Cochrane Mattos - Minha Companheira
14 - Lourdinha Araujo - Anjo e Tributo a Pablo Neruda
15- Adriane Letícia de Santana Pinto - O despencar das gotas de cerveja
16 - Bárbara Cruz - Noites do Egito
17 - Flávia Redman de Assis - Mania de amar
18 - Noi Soul (Noiane de Jesus Souza) - À revelia e Carta XI 
19 - Hanayel Prasilde Medeiros Moreira - A irresponsabilidade 
20 - Cecília Torres - Sentindo o mundo
21 - Vívian Rossato Horii - Agridoce e Começo, Meio e Fim. Fim?
22 - Waléria Soares - Julgamento em última instância
23 - Gláucia Montin - Encanto da Lua
24 - Gercimar Martins - Com você em noites de Luar
25 - Francisco Moreira Filho - Amor Incontido e Anjo
26 - Priskila (Priscila Jacobsen Bisker) - A alquimista
27 - Inácio José de Freitas - Eu profano e Êxtase

PARABÉNS AOS SELECIONADOS. Entraremos em contato via e-mail.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

domingo, 28 de março de 2021

O Universo de Mary Shelley: Frankenstein e seus possíveis derivados, por Ademir Pascale

Prometeu sendo acorrentado

Por Ademir Pascale

NO INÍCIO ERA PROMETEU

Poderemos comparar o Dr. Victor Frankenstein ao titã grego Prometeu, que apoderou-se do fogo divino de Zeus, outorgando aos homens comuns a evolução perante aos outros animais e assim como o ser supremo, também gozava da criação humana. Furioso, devido ao roubo do fogo divino, Zeus castigou Prometeu e o acorrentou ao cume do monte Cáucaso, dando livre arbítrio para um terrível abutre dilacerar o seu fígado que sempre se regenerava, devido a sua imortalidade. Zeus pronunciou o castigo a Prometeu por 30.000 anos, mas, o condenado foi libertado por Hércules que deixou em seu lugar o deus da medicina, o centauro Quíron, pois este já estava condenado devido a uma ferida eterna causada por uma flecha terrivelmente envenenada. 

Em uma atitude nobre, Quíron transfere sua imortalidade pela libertação de Prometeu, com a intenção de acabar com o seu sofrimento devido a dor da ferida eterna que possuía.

Mary Wollstonecraft Shelley (1797-1851) a autora da obra "Frankenstein", inspirou-se na lenda de Prometeu. O título da obra era “Frankenstein” ou “O Moderno Prometeu”. Levantei uma conjectura demais interessante: e se Mary Shelley não for a real autora, criadora da obra "Frankenstein"? Estive analisando o conteúdo da obra "Frankenstein" e ligando alguns fatos interessantes.

Mary Shelley
VAMOS AOS FATOS   

Antes de apresentar os fatos, gostaria de fazer um breve comentário a respeito do poeta inglês, Percy Bysshe Shelley (1792-1822). Percy era casado com Harriet Westbrook e ao mesmo tempo, namorado de Mary Wollstonecraft. Um triste dia, Harriet descobriu a traição e, claro, não aceitou. Impulsivamente, ou quem sabe num gesto de desespero, Percy abandona a esposa gestante e foge com Mary para o continente. Dois anos depois do ocorrido, mais precisamente em 1816, Harriet ainda não conformada com a traição, suicida-se e, sabendo da tragédia, Percy não perde tempo e se casa com Mary. 

PRIMEIRO FATO: na trama "Frankenstein", o pai da horrenda criatura, Victor Frankenstein, era ridicularizado pelos mestres de sua universidade, devido ao grande interesse pela Alquimia, considerada ultrapassada em sua época. Na vida real, o poeta Percy, esposo de Mary, foi expulso da faculdade de Oxford depois de publicar um panfleto sobre a necessidade do ateísmo (doutrina dos ateus. Falta de crença em Deus). Percy arruinou sua carreira acadêmica, mas defendeu suas ideias.  Note a semelhança neste fato entre o personagem Victor Frankenstein e Percy Bysshe Shelley. 

SEGUNDO FATO: o suicídio da primeira esposa do poeta Percy, Harriet. Quando amamos alguém que se vai, não pensamos como seria bom a eternidade da vida humana e às vezes não ficamos descrentes no ser supremo? Na obra "Frankenstein", Victor Frankenstein não teve a terrível ideia de dar vida a um ser inanimado depois da morte de sua mãe? 

TERCEIRO FATO: Percy tinha ideias não convencionais. Uma grande prova deste fato é a admiração pelo autor William Godwin (1756-1836), também possuidor de ideias não convencionais e pai de sua segunda esposa, Mary, além de ter sido expulso da universidade por defender o ateísmo, ideia que ia contra os conceitos da universidade de Oxford. Para a época, a obra "Frankenstein", não seria uma obra não convencional? 

QUARTO FATO: a autora Mary Shelley escreveu cerca de trinta obras, mas somente  “Frankenstein”, fez o estrondoso sucesso.

QUINTO E ÚLTIMO FATO: Percy morre aos 29 anos por afogamento em julho de 1822. Sua esposa Mary Shelley passou a se responsabilizar pela publicação de suas obras.

MINHAS CONCLUSÕES: não seria Percy Bysshe Shelley o real autor da obra "Frankenstein"? A primeira publicação de apenas 500 exemplares foi publicada em 01 de janeiro de 1818 em uma pequena editora de Londres e grande detalhe, a obra não continha o nome do autor. O prefácio da obra foi redigido pelo próprio Percy B. Shelley.

Um ano depois da morte de Percy, em 1823, a segunda edição de Frankenstein é publicada, mas desta vez com o nome da autora, Mary Shelley. 

Percy B. Shelley
Não seria o verdadeiro pai da criatura, do desfigurado ser infernal, Percy B. Shelley? Liguei estes fatos ao pesquisar a vida do poeta Percy, da escritora Mary Shelley e do anarquista filosófico, William Godwin (pai de Mary Shelley). As ligações da obra "Frankenstein" com a vida real de Percy B. Shelley, são imensuráveis. Não existiu o desprendimento do autor com a obra, o qual relatou suas ideias pessoais e íntimas em relação ao ateísmo e em trazer a vida aos falecidos, além do marcante fato de sua expulsão na universidade de Oxford, bater com o terrível tratamento dado pelos professores em relação as suas ideias sobre alquimia do personagem “Victor Frankenstein”. Dificilmente eu acreditaria que fosse Mary Shelley a autora da obra "Frankenstein" depois de correlacionar tais fatos, mas saliento que não deixam de ser conjecturas. Não seria as personagens Victor Frankenstein e a própria criatura o alterego de Percy B. Shelley? Será que não se sentira culpado pelo suicídio de sua primeira esposa, Harriet, comprovando a criação do criador e criatura como uma metáfora? Note que na obra, o monstro sempre está próximo ao seu criador, mas por mais que se esforçasse o pai da besta nunca conseguia alcançá-lo. Seria um sentimento profundo de culpa que Percy sentia pela morte de sua ex-esposa, algo irrevogável e inalcançável, pois ela jamais retornaria a vida. 


FRANKENSTEIN OU APENAS “CRIATURA”?

Sim, apenas criatura. Este era um dos nomes do monstro, ou se preferir “demônio”, “ser infernal” ou simplesmente “desgraçado”. Frankenstein era o sobrenome de seu criador, Victor Frankenstein. O autor da obra não deu nome ao monstro. Talvez o fato de soar estranhamente o nome “criatura”, deu-se o sobrenome do criador e nada mais justo dar o sobrenome do pai ao filho. 
O nome Frankenstein, originou-se de uma importante família da Silésia. Importante porque se deu o nome "Frankenstein" a uma antiga cidade hoje chamada de Zabkowice Slaskie (a Silésia é uma região histórica dividida entre a Polônia, República Checa e Alemanha). Dizem que Mary Shelley conheceu a família “Frankenstein” em uma de suas viagens, mas provavelmente Percy B. Shelley a acompanhava.

AS ADAPTAÇÕES DA OBRA FRANKENSTEIN

Frankenstein está entre as primeiras obras góticas da história. A primeira foi publicada em 1764, intitulada "O Castelo de Otranto", de Horace Walpole (1717-1797). A obra “Frankenstein” é estruturada em romance epistolar, o realismo da história é indescritível e deveras emocionante. Além da inspiração da lenda de Prometeu, o autor (ou autora) da obra “Frankenstein”, também foi inspirado pela obra do autor e representante do classicismo inglês, John Milton (1608-1674). A obra é intitulada “Paradise Lost”. A segunda obra de Milton foi intitulada de "Paraíso Reconquistado", dando sequência ao primeiro livro. 

Trecho de Paradise Lost, traduzido por Antônio José de Lima Leitão (1787-1856).
(...)
“Inferno! Inferno! Que painel terrível
Meus olhos miserandos presenciam!
Em nossa estância habitam criaturas
De outro molde, talvez de terra feitas,
Que, não sendo anjos, só diferem pouco
Dos celestes espíritos brilhantes.
Os meus maravilhados pensamentos
Nelas se engolfam todos: té me sinto
Propenso a amá-las, — tanto lhes fulgura
A semelhança divinal no porte,
E tantas graças nos gentis semblantes
A mão que as construiu pródiga esparze!
Ah! par formoso! Mal agora pensas
Na mudança que perto já te assalta:
Esses prazeres todos vão sumir-se,
E desgraça tremenda lhes sucede
Tanto mais crua quanto sentes hoje
Alegria maior nos seios d’alma.
És feliz, mas durar assim não podes
Porque bem defender-te o Céu não soube; (...)

A obra “Frankenstein” é deveras trabalhada e inspiradora, mas, para alguns, com falhas: Victor Frankenstein junta pedaços humanos e os molda, tentando reconstituir a sua maneira a figura de um ser humano, mas, ao final do processo, após tortuosos estudos, noites em claro e alterações em sua saúde — decorrentes do excesso de trabalho —, o ser inanimado torna-se animado e assim como Percy B. Shelley abandona a esposa gestante, Victor abandona sua obra, ou se preferir, criatura.  

Frankenstein foi inicialmente alterado nas telas do cinema como um ser não tão “pensante”, ao contrário da filosófica criatura da obra de Mary Shelley ou Percy B. Shelley, que é culto e rápido como o relâmpago, “bem” diferente do conhecido Frankenstein do mundo da sétima arte, se bem que alguns diretores tentaram posteriormente modificá-lo, e hoje poderemos notar várias adaptações dele, algumas até cômicas, como no longa-metragem de 1974 “O Jovem Frankenstein” (Young Frankenstein/ 104 min/ 20th Century Fox Film Corporation).

Os leitores também se deleitavam com as adaptações de Frankenstein em quadrinhos, muitas das vezes herói, outras vilão.

O teatro também adaptou a obra e foi o primeiro a gozar de tal feito. Por fim, notamos adaptações de Frankenstein até em jogos futuristas para modernas plataformas de videogames. 

Frankenstein jamais morrerá, assim como os imortais deuses da mitologia, infelizmente, para desespero de Victor Frankenstein, que perdeu a vida tentando destruir o monstro.


ALGUNS POSSÍVEIS DERIVADOS DA CRIATURA DE FRANKENSTEIN:

O Incrível Hulk - Edwards mãos de tesoura - A Noiva Cadáver - Monstro do Pântano e O Médico e o Monstro.

Série "O Incrível  Hulk"




Nota: devemos temer o anormal e o estranho? Afinal, o que é ser normal? É seguir um padrão? Será que nos importamos mais com o visual do que com o conteúdo? Se Frankenstein fosse compreendido pelos humanos, a obra teria um trágico final? Se na vida real compreendermos o que está fora dos nossos padrões visuais, a vida humana não será mais harmoniosa?                   




Compartilhe:

O Grande Gênio Tim Burton, por Ademir Pascale

Tim Burton - Foto Divulgação

Por Ademir Pascale

Timothy William Burton (Tim Burton), nasceu em Burbank, na Califórnia, no dia 25 de agosto de 1958. Burton foi um garoto sonhador e apaixonado, para não dizer obcecado, por filmes de terror de baixo-orçamento. Já na adolescência, ganhou uma bolsa da Disney para estudar no Instituto das Artes da Califórnia por três proveitosos anos e, logo após, foi contratado pela Walt Disney Studios, com o cargo de Aprendiz de Animador.

Quem diria que anos depois seria o grande cineasta Tim Burton?

A Disney, infelizmente, não mostrou muito interesse pelos trabalhos "estranhos" de Burton, deixando o grande garoto infeliz. Os personagens dos desenhos animados de Burton geralmente são dotados de grandes olhos esbugalhados – isso quando possuem olhos –, são maltrapilhos e na maioria das vezes, como a própria Disney pronunciou, parece que foram "atropelados".

O cenário gótico também é um dos pontos marcantes do cineasta. Notem que a maioria dos grandes gênios mundiais, cineastas, cientistas, físicos, matemáticos, artistas, autores, etc, sempre encontraram terríveis obstáculos no percurso do sucesso, simplesmente pelo fato de serem diferentes e incompreendidos.

Sei que foge um pouco do contexto deste artigo, mas gosto de citar “historinhas” e dar exemplos, e o caso de Thomas Edison é um deles. Assim como Albert Einsten, Edison foi rejeitado no colégio, até que largou o estudo em sala de aula, sendo educado pela mãe em sua própria casa. Posteriormente, ele criou a lâmpada elétrica.

O medo de expor nossas ideias, quando estas fogem do cotidiano do ser humano, é grande, mas aqueles que o fazem geralmente são reconhecidos no futuro. Existem desculpas, como o medo do fracasso e a falta de tempo. Digamos que nós poderemos ser tachados de “workaholics” (viciados em trabalho) e sem tempo para nada, mas aqueles que persistem conseguem alcançar seus sonhos.

Avengers, nas mãos de Tim Burton - Foto Divulgação
A britânica J. Rowling é um destes exemplos. Divorciada, morando de aluguel, com pouco dinheiro e tendo uma filha pequena para criar, escreveu mais de trezentas páginas da obra "Harry Potter e a Pedra Filosofal", persistiu por vários anos para a sua publicação, e conseguiu. Hoje, é a segunda mulher mais rica do mundo, perdendo apenas para a Rainha Elizabeth. Peço desculpas pelos exemplos, mas achei conveniente citá-los para que vocês sintam a verdadeira essência do gênio e batalhador chamado Tim Burton.

Mas, você sabe qual é a relação entre o aristocrata e romancista inglês Horace Walpole (1717 -1797) e o cineasta estadunidense Tim Burton?

Horace Walpole foi o idealizador do romance gótico com a primeira obra do gênero mundial, "O Castelo de Otranto" (1764). Já o estiloso Tim Burton é conhecido por seus incríveis longas-metragens góticos, como Edward Mãos de Tesoura, A Noiva-Cadáver, O Estranho Mundo de Jack, e outros, como Batman, pois quem seria melhor do que Tim Burton para fazer uma interpretação do gótico super-herói?

Horace Walpole foi o pai do estilo gótico literário, tendo influenciado outros grandes autores, dando destaque para Mary Shelley (1797-1851), autora da obra “O Moderno Prometeu” e da tétrica criatura Frankenstein. Posteriormente - dando um salto no tempo -, viriam os grandes cineastas góticos, sendo um deles o Tim Burton.

O estilo de Tim Burton é incrível; sombrio, dramático e cômico. A parceria em vários trabalhos com o ator Johnny Depp é promissora, e esta dupla já rendeu muitas cifras para as produtoras e seus envolvidos.

Um dos trabalhos interessantes da dupla é um musical da Paramont Pictures, dirigido por Burton, "Sweeney Todd", tendo Johnny Depp como protagonista.

Burton não agrada somente aos adultos com o seu estilo diferente, mas também as crianças. A Noiva-Cadáver e O Estranho Mundo de Jack, como produtor, juntamente de Denise Di Novi, são grandes exemplos. Os adolescentes também se deleitam com as peripécias deste gênio, que a convite dos músicos "The Killers" dirigiu o videoclipe intitulado "Bones". A música é parte integrante do álbum "Sam's Town".

Com o gênero terror mais apimentado, temos a versão do clássico “A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça”, dirigido por Tim Burton em 1999. Com um estilo diferenciado, temos “Ed Wood, o pior diretor de todos os tempos”, uma homenagem e um retrato da vida do cineasta Ed Wood, sendo protagonizado por Johnny Depp. O filme foi lançado em 1994. (O longa Ed Wood, ganhou 2 Oscars, um de melhor ator coadjuvante para Martin Landau e o outro de melhor maquiagem). Ainda posso citar o incrível remake baseado no livro de Roald Dahl “A Fantástica Fábrica de Chocolates”.

DICA DE LIVRO
O Triste Fim do Pequeno Menino Ostra & Outras Histórias
Autor: Tim Burton
Editora: Girafinha
Nº de páginas: 128

MINISINOPSE
Escrito e ilustrado por Tim Burton. As ilustrações evocam a doçura e a tragédia da vida, o autor apresenta uma galeria de personagens infantis muito peculiares. Incompreendidos e desajustados, eles lutam para encontrar amor e aceitação em um mundo cruel. O TRISTE FIM DO MENINO OSTRA E OUTRAS HISTÓRIAS, é um livro estranho(?), chocante e melancólico de heróis desesperançados e infelizes que remetem ao lado negro que existe em todos nós.

TRECHO DA OBRA
“Era uma vez um melão melancólico
Passava o dia inteiro macambúzio
Querendo a hora do próprio velório
Ora, cuidado com os teus pedidos!
Pois o dele foi de pronto atendido
O último som que entrou em seus ouvidos
Foi o ‘ploft’ em que acabou dissolvido.”

Compartilhe:

quinta-feira, 25 de março de 2021

Já está disponível o e-book O LEGADO DE BRAM STOKER - CONTOS E POEMAS VAMPÍRICOS. Baixe o seu


 
FICHA TÉCNICA:
Título: O Legado de Bram Stoker - Contos e Poemas Vampíricos
Organizador: Ademir Pascale
Introdução: Roberto Schima
Autora convidada: Rozz Messias
Coautores:
1 - Ademir Pascale - Draculea
2 - Fernando Antonio Prado Gimenez - O novo vampiro de Curitiba
3 - Roberto Schima - Por Amor ao Seu Sangue
4 - Gilson Salomão Pessôa - Um amor mais ou menos eterno
5 - Vicky F. Moravia - Klaus o Vampiro
6 - César Allori Quinino - Sonho Carmesim
7 - Cílio Lindemberg - Quando a Luz passa pelas Trevas
8 - David Saches - Vampiros existem?
9 - Andresa Callegari - Beijo de sangue
Ano: 2021
Nº de pág.: 58 
Tipo: E-book

PARA BAIXAR O E-BOOK GRATUITAMENTE: CLIQUE AQUI.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

terça-feira, 23 de março de 2021

O mito do blues Robert Johnson, o filme e o livro Encruzilhada


Dizem que um jovem norte-americano, de nome Robert Johnson (1911-1938), tocava violão como ninguém: um som mágico, irreverente e que contagiava quem quer que fosse. Dizem também, que numa noite qualquer, antes do seu sucesso no Blues, levou o seu violão numa encruzilhada, e que um homem negro, muito alto e forte, surgiu do nada, pediu o seu instrumento emprestado e afinou as suas cordas. Johnson deixou o fato registrado na faixa de 1937, intitulada Me and the Devil Blues.

As garotas ficavam encantadas com o jovem, os homens, com ciúmes. Mas o sucesso durou pouco tempo, pois numa noite enluarada, após uma apresentação num bar, em sua casa, o mesmo homem que afinou as cordas do seu violão, bateu à sua porta. Robert Johnson foi encontrado morto no dia seguinte.

Outros dizem que o dono do bar onde fez a sua última apresentação, com ciúmes da esposa que ficara encantada com o rapaz, envenenara a sua bebida.

Robert Johnson não teve autópsia, constando em seu óbito apenas Sem Médico Legista.

E até hoje, encontra-se cravada em sua lápide, a figura do seu violão mágico.

Me and the Devil

was walkin' side by side

Me and the Devil, ooh

Robert Johnson, Me And The Devil Blues

Esta é a faixa bônus do meu romance Encruzilhada, publicado em 2011 pela Editora Literata. A obra foi inspirada em Robert Johnson. O meu livro também é citado na página da biografia de Robert Johnson na Wikipédia: https://pt.wikipedia.org/wiki/Robert_Johnson

TRECHO NA WIKIPÉDIA:

Este mito foi difundido principalmente por Son House, e ganhou força devido às letras de algumas de suas músicas, como "Crossroads Blues", "Me And The Devil Blues" e "Hellhound On My Trail". O mito também é descrito no filme de 1986 Crossroads, no episódio 8, da segunda temporada da série Supernatural e no episódio 14 da terceira temporada de Legends of Tomorrow, além da faixa bônus da página 101 do livro Encruzilhada (Literata, 2011), do autor brasileiro Ademir Pascale. O mito ainda explica detalhes sobre ele ter saído desesperadamente do bar Tree Forks, sendo perseguido por cães pretos e foi encontrado com marcas de mordidas profundas, cortes em forma de cruz no rosto e seu violão intacto ao lado do corpo ensanguentado. Robert morreu de olhos abertos e uma expressão tranquila no rosto.

Sinopse do livro Encruzilhada, por Ademir Pascale (Literata, 2011): Um padre ganancioso, frio e calculista, através de um ritual macabro, liberta um dos cinco príncipes do inferno. Um jovem de dezenove anos passa por problemas amorosos, financeiros e familiares. Um pugilista, cansado de ser humilhado desde a infância, tenta alcançar a fama a qualquer preço... (link da página publicada em 2011 com todos os detalhes sobre o livro, como produção da capa, etc.: http://odesejodelilith.blogspot.com/2011/05/encruzilhada-meu-novo-romance-de-horror.html)

O livro não está mais à venda, mas pode ser encontrado em sebos: clique aqui.

Os leitores que curtiram a história também poderão assistir o filme O Diabo na Encruzilhada - A História de Robert Johnson (Netflix, 2019).

ASSISTA O TRAILER DO FILME O DIABO NA ENCRUZILHADA (NETFLIX)


Compartilhe:

terça-feira, 9 de março de 2021

Participe da antologia (e-book) O LEGADO DE BRAM STOKER. Leia o edital


 
PARTICIPE DA ANTOLOGIA (E-BOOK): O LEGADO DE BRAM STOKER - CONTOS E POEMAS VAMPÍRICOS

REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO NA ANTOLOGIA DIGITAL "O LEGADO DE BRAM STOKER - CONTOS E POEMAS VAMPÍRICOS":

1 - Escrever um poema ou conto sobre vampiros (livre). Aceitaremos até 2 contos ou 2 poemas por autor. Caso sejam aprovados, os 2 textos serão publicados.

2 - SOBRE O CONTO OU POEMA: até 4 páginas, fonte Times ou Arial, tamanho 12, incluindo título. Não mande todas as palavras do texto em letra maiúscula, pois isso dificulta o nosso trabalho.
      
3 - Tipo de arquivo aceito: documento do Word (arquivos em PDF serão deletados).

4 - O conto ou poema não precisa ser inédito, desde que os direitos autorais sejam do autor e não da editora ou qualquer outra plataforma de publicação.

5 - Idade mínima do autor para participação na antologia: 18 anos completos. Menores de idade irão precisar de autorização dos pais ou responsável, caso o conto ou poema seja aprovado (enviaremos a ficha para autorização).

6 - Envie o conto ou poema pré-revisado. Leia e releia antes de enviá-lo.

7 - Data para envio do conto ou poema: do dia 10/02/21 até 11/03/21.

8 - Veja ficha de inscrição no final desse texto. Leia, copie as informações e preencha. Envie as informações da ficha + o conto ou poema para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: O LEGADO DE BRAM STOKER

CUSTO PARA O AUTOR:

R$ 50,00 por conto ou poema. Caso o autor envie 2 poemas ou 2 contos e tenha os dois selecionados, o valor será R$ 100,00. As informações para depósito serão informadas ao autor no e-mail que enviaremos caso o conto ou poema seja aprovado.
O valor servirá para cobrir os custos de leitura crítica e revisão, diagramação e divulgação da obra.

A antologia será digital (e-book) e gratuita para os leitores baixarem através de download, ela não será vendida. A antologia será amplamente divulgada nas redes sociais da Revista Conexão Literatura: Fanpage e Grupos do Facebook, Instagram e Twitter, que somam cerca de 150 mil seguidores.

O resultado será divulgado no site www.revistaconexaoliteratura.com.br e na fanpage www.facebook.com/conexaoliteratura, até o dia 13/03/21 (a data poderá ser prorrogada).

OBS: Enviaremos certificado digital de participação para os autores selecionados.


NOSSOS CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO:

A) - Criatividade;

B) - Textos preconceituosos, homofóbicos, racistas ou que usem palavras de baixo calão, serão desconsiderados;

C) - Seguir todas as regras para participação.

OBS.: Ademir Pascale, idealizador do concurso, disponibilizou para download uma apostila intitulada "Oficina Jovem Escritor", com dicas para quem está iniciando no mundo da escrita. Baixe gratuitamente, leia e pratique: CLIQUE AQUI.


FICHA DE INSCRIÇÃO DO AUTOR(A)

Nome completo do autor(a):

Seu Pseudônimo (caso use), para publicação na antologia:

Idade:

Título do conto ou poesia:

E-mail 1:
E-mail 2 (caso tenha):

Biografia em terceira pessoa (escreva sobre você num máximo de 7 linhas):
 
Sinopse do seu conto (se for poema não precisará de sinopse). Escreva no máximo 10 linhas:


IMPORTANTE: Envie todas essas informações da ficha de inscrição para o e-mail: contato@edgarallanpoe.com.br. Escreva no título do e-mail: O LEGADO DE BRAM STOKER

O envio da ficha de inscrição + poesia ou conto para o e-mail indicado significa que o autor(a) leu todas as informações e regras dessa página para participação na antologia.

Não fique fora dessa. O concurso cultural será amplamente divulgado nas redes sociais.

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

sexta-feira, 5 de março de 2021

Já está disponível para download o e-book POESIAS AO VENTO - II. Pegue já o seu



POESIAS AO VENTO - MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS - VOLUME II:

FICHA TÉCNICA:
Título: Poesias ao Vento - Manifestações Artísticas - Volume II
Organizador: Ademir Pascale
Introdução: Rozz Messias
Coautores:
Natália Gabriela Boratti - Mundo autônomo e Diamante
Waschgniton Ferreira Santana - Trabalhador Brasileiro
Fátima Morais (Naza) - Palavras... e Me basta
Lupita Amorim - Transterrestre
Neusa Canabarro - A Chave
Frahm Torres - Nascer poeta (2) e Reversão
Alberto dos Anjos Costa - Sinceridades
Lucas Pessô Feniman - Poetizar
Elessandra Marisa Ferrari Gazola - Momentos
Maria Eduarda Ferrari Gazola - Devasto olhar
Erica Martins Silva - O Tempo de Um Novo Recomeço 
Jonatas Rubens Tavares - À janela e Fogo
José Divino - Sono de Pedra e Viagem no Tempo
Sônia Barreto Freire - Capitalização do Pecado
Wanda Cunha - Hora da Tempestade
Tipo: E-book
Ano: 2021
Nº de páginas: 61

PARA FAZER DOWNLOAD DO E-BOOK: CLIQUE AQUI

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

segunda-feira, 1 de março de 2021

Já está disponível o e-book APOCALIPSE - CONTOS E POEMAS SOBRE O FIM DO MUNDO. Baixe o seu


APOCALIPSE - CONTOS E POEMAS SOBRE O FIM DO MUNDO":

Título: Apocalipse - Contos e poemas sobre o fim do mundo
Organizador: Ademir Pascale
Introdução: Gilmar Duarte Rocha
Coautores:  
Ana Beatriz Franco - Assistindo ao fim do mundo da varanda
André Luiz Martins de Almeida (ALZ2001) - Missão de Fé
Roberto Schima - Pela Raiz
Sid Fontoura - A Centelha da Vida
Marcos Souza - Reunião Derradeira
Lucas Pessô Feniman - O Grande Colapso
Evelyn Mello e Hugo Brasarock - Um dia no limiar do fim do mundo
Roberto Minadeo - O fim do fim
Tatiana Araújo - Não era mais o mesmo, mas estava em seu lugar 
Veronica Stivanim - Apocalipse de mim
Elis Schwanka - Ponto de vista e Por quê?
Cleber Gimenes Freitas e Erica Ribeiro de Almeida - No dia em que o mundo acabou
Henrique Leto - Quatro
Gisele Wommer - Fuga Glacial
Nº de páginas: 72
Tipo: E-book
Ano: 2021

PARA BAIXAR O E-BOOK GRATUITAMENTE: CLIQUE AQUI

COMPARTILHE ;)

OBS.: para conhecer e participar de outras de nossas antologias: clique aqui.


Compartilhe:

sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

Já está disponível o e-book O LEGADO DE H. P. LOVECRAFT. Baixe o seu.

CONHEÇA OS SELECIONADOS DA ANTOLOGIA "O LEGADO DE H. P. LOVECRAFT"

Sinopse: Apaixonado por poemas e por histórias clássicas do terror gótico, autor que revolucionou o gênero dos contos de terror, com elementos fantásticos e de ficção científica, criador de O Chamado de Cthulhu e de um dos artefatos mais incríveis já criados numa história, o Necronomicon, um livro fictício de invocação de demônios. Agora faz parte da nossa coleção de e-books, sendo o primeiro "O Legado de Edgar Allan Poe". Autores talentosos e com seus incríveis contos e poemas estão nas páginas deste e-book, seguindo o legado do mestre Lovecraft.

"A emoção mais antiga e mais forte da humanidade é o medo, e o mais antigo e mais forte de todos os medos é o medo do desconhecido."
— H.P. Lovecraft

Tenha uma ótima leitura!

Ademir Pascale - Escritor e Editor

FICHA TÉCNICA:

 Título: O Legado de H. P. Lovecraft
 Organizador: Ademir Pascale
 Coautores:
 Camila de Nazaré Colares da Rocha - "Ranger de Dentes" e "Sonho"
 Cleber Gimenes Freitas e Erica Ribeiro de Almeida - "Man"
 Kátia de Souza Nascimento (Kátia Surreal) - "Rosa Negra" e "O vampiro do espelho"
 Sergio Ricardo Spitaleti (Ricardo Spitaleti) - "Quando abrir meus olhos"
 Fernando Antonio Prado Gimenez - "Rolando"
 Sidnei Fontoura Rodrigues (Sid Fontoura) - "O palco do terror"
 Roberto Schima - "HPL-46 Necronomicon"
 J.R. Araujo - "Transformação adiabática"
 Danilo Moura Seraphim (Danilo Seraphim) - "Espírito das Águas"
 Marcus Vinícius Silva Hemerly (Marcus Hemerly) - "À sete palmos da realidade"
 Dalvilson Donizete Policarpo (Policarpo) - "A Prenda"
 Cristiane de Mesquita Alves - "Retorno dos Gatos"
 Cida Simka e Sérgio Simka - "O segredo da velha igreja"
 Raquel de Castro dos Santos - "Lar" e "Partida"

 Nº de páginas: 73

PARA BAIXAR O E-BOOK GRATUITAMENTE: CLIQUE AQUI.

Compartilhe ;)

Compartilhe:

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Assista a interpretação e narração do conto "Draculea", de Ademir Pascale, por Giovanna Rubbo do Contos de Pandora

 


Giovanna Rubook, do "Contos de Pandora", fez uma excelente interpretação e narração do meu conto "Draculea", publicado num livro que leva o mesmo título. Confira no vídeo abaixo. Compartilhe ;)



Compartilhe:

Saiu a lista dos selecionados da antologia O LEGADO DE H. P. LOVECRAFT. Confira

 


CONHEÇA OS SELECIONADOS DA ANTOLOGIA "O LEGADO DE H. P. LOVECRAFT"

Sinopse: Apaixonado por poemas e por histórias clássicas do terror gótico, autor que revolucionou o gênero dos contos de terror, com elementos fantásticos e de ficção científica, criador de O Chamado de Cthulhu e de um dos artefatos mais incríveis já criados numa história, o Necronomicon, um livro fictício de invocação de demônios. Agora faz parte da nossa coleção de e-books, sendo o primeiro "O Legado de Edgar Allan Poe". Autores talentosos irão compor o e-book com contos de terror, seguindo o legado do mestre Lovecraft. 

LISTA DOS AUTORES SELECIONADOS DA ANTOLOGIA "O LEGADO DE H. P. LOVECRAFT":

 1 -  Camila de Nazaré Colares da Rocha - "Ranger de Dentes" e "Sonho"
 2 -  Cleber Gimenes Freitas e Erica Ribeiro de Almeida - "Man"
 3 -  Kátia de Souza Nascimento (Kátia Surreal) - "Rosa Negra" e "O vampiro do espelho"
 4 -  Sergio Ricardo Spitaleti (Ricardo Spitaleti) - "Quando abrir meus olhos"
 5 -  Fernando Antonio Prado Gimenez - "Rolando"
 6 -  Sidnei Fontoura Rodrigues (Sid Fontoura) - "O palco do terror"
 7 -  Roberto Schima - "HPL-46 Necronomicon"
 8 -  J.R. Araujo - "Transformação adiabática"
 9 -  Danilo Moura Seraphim (Danilo Seraphim) - "Espírito das Águas"
10 - Marcus Vinícius Silva Hemerly (Marcus Hemerly) - "À sete palmos da realidade"
11 - Dalvilson Donizete Policarpo (Policarpo) - "A Prenda"
12 - Cristiane de Mesquita Alves - "Retorno dos Gatos"
13 - Cida Simka e Sérgio Simka - "O segredo da velha igreja"
14 - Raquel de Castro dos Santos - "Lar" e "Partida"

PARABÉNS. Entraremos em contato via e-mail com os selecionados.

Compartilhe ;)

 
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Divulgue Conosco

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels