Conexão Nerd: Teoria da Conspiração, por Ademir Pascale

Cena do filme Teoria da Conspiração POR ADEMIR PASCALE Hoje não irei comentar sobre colecionáveis ou heróis, mas sobre um filme, um li...

Mostrando postagens com marcador Aline Bei. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Aline Bei. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Escritoras contemporâneas dividem mesa sobre disciplina e outros saberes no Flipoços

Gisele Mirabai, Giovana Madalosso e Aline Bei - Foto divulgação
Aline Bei, Giovana Madalosso e Gisele Mirabai lançam seus premiados romances no festival

No dia 02 de maio às 18h o Festival Literário Internacional de Poços de Caldas, o Flipoços, realiza a mesa "As outras disciplinas e seus saberes", com três escritoras contemporâneas que despontam na cena literária brasileira. Aline Bei, Giovana Madalosso e Gisele Mirabai encontram-se para discutir os processos da escrita de seus romances. A mediação será da jornalista Jéssica Balbino.

Esta é a primeira vez que as três autoras, que têm alcançado diferentes destaques no país e fora dele, reúnem-se em uma mesa literária. Todas elas, com passagens pelas artes cênicas e dança, vão falar sobre as disciplinas também para além da literatura, bem como seus romances que trazem mulheres protagonistas.

Aline Bei é formada em letras pela PUC de São Paulo e em teatro pela Escola Célia-Helena. É editora e colunista do site OitavaArte. Com seu primeiro romance "O peso do pássaro morto", vencedor do prêmio TOCA, ela acompanha a vida de uma mulher, dos seus 8 aos 52 anos. Em primeira pessoa, a narradora vai, ao longo de 160 páginas, relembrando acontecimentos cotidianos, perdas e tragédias de sua vida, que se somam na constituição de sua identidade.

Já a jornalista Giovana Madalosso, de Curitiba (PR) mas que vive em São Paulo há mais de uma década, lança o romance "Tudo pode ser roubado". Aclamada pela crítica, a obra deve ser adaptada para o cinema em breve e conta a história de uma garçonete cleptomaníaca que envolve-se em uma aventura para furtar o exemplar de um livro raro. Giovana é também autora do livro de contos "A teta racional", finalista do Prêmio Literário Biblioteca Nacional.

A atriz e roteirista Gisele Mirabai é formada em artes cênicas pela Universidade Federal de Minas Gerais e cinema na London Film Academy. Venceu o 1º Prêmio Kindle de Literatura com o romance "Machamba". Machamba é o nome da protagonista e que "cresceu numa fazenda em Minas Gerais, em meio a cavalos e pés de laranja, lendo as Enciclopédias das Antigas Civilizações com o pai. Agora é uma mulher em Londres que leva a vida de forma inconsciente e promíscua. Nem ela mesma sabe o que aconteceu com a própria história. Até que começa uma viagem pelas antigas civilizações do planeta, Grécia, Turquia, Israel, Egito, e quanto mais caminha pelas ruínas do mundo, mais viaja em direção ao seu passado e ao Elo Perdido, o episódio fatídico que mudou para sempre o curso de sua vida.

Para a curadora do Flipoços, Gisele Correa Ferreira, a mesa reflete uma das preocupações do evento, que é saber o que há na vanguarda da literatura brasileira. "São três jovens autoras que estão produzindo com muita qualidade. Nossa missão enquanto festival é receber e promover esta literatura. Estamos muito felizes com o desenho da mesa e a vinda das autoras. Elas têm se destacado muito e com razão: são obras importantes e que marcam um tempo e nós também sentimos a necessidade de ser parte disso", destacou.

O Flipoços
O Flipoços 2018 e a 13ª Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas são realizados pela GSC Eventos Especiais e acontecem de 28 de abril a 06 de maio no Espaço Cultural da Urca. O Flipoços 2018 conta com o patrocínio do DME, BDMG Cultural, Codemge, Pólen um produto Suzano, Climepe, Fibrax, e Prefeitura de Poços de Caldas. Parceiro Cultural Sesc Minas, Instituto Camões, Editoras Sextante, Dublinense, Malê, Faro Editorial, Aletria, Leya, Trilha Educacional, Edições Sesc São Paulo. A programação oficial do Flipoços 2018 está no ar pelo site www.flipocos.com Agendamentos podem ser feitos com Maíra pelo coordenacao@gsceventos.com.br ou pelo telefone (35) 3697 1551. 
Compartilhe:

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Aline Bei e o livro "O Peso do Pássaro Morto"

Aline Bei - Foto divulgação
Aline Bei nasceu em São Paulo, em 1987. É formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e em Artes Cênicas pelo Teatro Escola Célia-Helena. É colunista do site cultural Livre Opinião- Ideias em Debate. O peso do pássaro morto é o seu primeiro livro.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?


Aline Bei: foi na faculdade de Letras, numa revista que criamos para o curso chamada
Transa.
recrutávamos poetas e escritores, eu mesma comecei a escrever por conta dela.
fazíamos festas
de lançamento. dávamos exemplares para os nossos professores de literatura.


Conexão Literatura: Você é autora do livro “O peso do pássaro morto”. Poderia comentar?

Aline Bei: é o meu primeiro livro, um romance híbrido que acompanha a trajetória de uma anônima sem grandes feitos. o foco do Pássaro é no como a protagonista lida com as perdas que vão lhe acontecendo
em 9 idades.


Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro?

Aline Bei: escrevi o Pássaro de forma intuitiva, descobrindo meu fôlego, mas um livro que me inspirou muito especialmente na parte estrutural foi o aos 7 e aos 40, do Carrascoza.
li anos antes

e guardei que um dia
eu também gostaria de estruturar uma história a partir das idades do protagonista.
o processo de escrita do Pássaro durou um ano
mas sabemos
que um livro não se escreve apenas enquanto ele está sendo escrito.


Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do qual você acha especial em seu livro?


Aline Bei: gosto das cartas que a menina de 8 anos escreve,
gosto do tom confessional. por isso me encantam obras como A instrução da noite do Maurício de Almeida, um livro todo endereçado
para uma moça
chamada Teresa
ou mesmo Cartas a um Jovem Poeta, do Rilke.


Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir um exemplar do seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?


Aline Bei: me chame pelas redes sociais.
estou como Aline Bei em todas.


Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Aline Bei: Sim,
estou trabalhando no meu novo livro. esse processo está envolvendo uma pesquisa,
por enquanto é só o que posso dizer. 


Perguntas rápidas:


Um livro: Charlotte, do David Foenkinos
Um (a) autor (a): Hilda Hilst
Um ator ou atriz: Natalie Portman
Um filme: Cisne Negro
Um dia especial: o dia que meu vô morreu

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Aline Bei: eu leio poesia em voz alta.
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels