Mostrando postagens com marcador Aline Bei. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Aline Bei. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Escritoras contemporâneas dividem mesa sobre disciplina e outros saberes no Flipoços

Gisele Mirabai, Giovana Madalosso e Aline Bei - Foto divulgação
Aline Bei, Giovana Madalosso e Gisele Mirabai lançam seus premiados romances no festival

No dia 02 de maio às 18h o Festival Literário Internacional de Poços de Caldas, o Flipoços, realiza a mesa "As outras disciplinas e seus saberes", com três escritoras contemporâneas que despontam na cena literária brasileira. Aline Bei, Giovana Madalosso e Gisele Mirabai encontram-se para discutir os processos da escrita de seus romances. A mediação será da jornalista Jéssica Balbino.

Esta é a primeira vez que as três autoras, que têm alcançado diferentes destaques no país e fora dele, reúnem-se em uma mesa literária. Todas elas, com passagens pelas artes cênicas e dança, vão falar sobre as disciplinas também para além da literatura, bem como seus romances que trazem mulheres protagonistas.

Aline Bei é formada em letras pela PUC de São Paulo e em teatro pela Escola Célia-Helena. É editora e colunista do site OitavaArte. Com seu primeiro romance "O peso do pássaro morto", vencedor do prêmio TOCA, ela acompanha a vida de uma mulher, dos seus 8 aos 52 anos. Em primeira pessoa, a narradora vai, ao longo de 160 páginas, relembrando acontecimentos cotidianos, perdas e tragédias de sua vida, que se somam na constituição de sua identidade.

Já a jornalista Giovana Madalosso, de Curitiba (PR) mas que vive em São Paulo há mais de uma década, lança o romance "Tudo pode ser roubado". Aclamada pela crítica, a obra deve ser adaptada para o cinema em breve e conta a história de uma garçonete cleptomaníaca que envolve-se em uma aventura para furtar o exemplar de um livro raro. Giovana é também autora do livro de contos "A teta racional", finalista do Prêmio Literário Biblioteca Nacional.

A atriz e roteirista Gisele Mirabai é formada em artes cênicas pela Universidade Federal de Minas Gerais e cinema na London Film Academy. Venceu o 1º Prêmio Kindle de Literatura com o romance "Machamba". Machamba é o nome da protagonista e que "cresceu numa fazenda em Minas Gerais, em meio a cavalos e pés de laranja, lendo as Enciclopédias das Antigas Civilizações com o pai. Agora é uma mulher em Londres que leva a vida de forma inconsciente e promíscua. Nem ela mesma sabe o que aconteceu com a própria história. Até que começa uma viagem pelas antigas civilizações do planeta, Grécia, Turquia, Israel, Egito, e quanto mais caminha pelas ruínas do mundo, mais viaja em direção ao seu passado e ao Elo Perdido, o episódio fatídico que mudou para sempre o curso de sua vida.

Para a curadora do Flipoços, Gisele Correa Ferreira, a mesa reflete uma das preocupações do evento, que é saber o que há na vanguarda da literatura brasileira. "São três jovens autoras que estão produzindo com muita qualidade. Nossa missão enquanto festival é receber e promover esta literatura. Estamos muito felizes com o desenho da mesa e a vinda das autoras. Elas têm se destacado muito e com razão: são obras importantes e que marcam um tempo e nós também sentimos a necessidade de ser parte disso", destacou.

O Flipoços
O Flipoços 2018 e a 13ª Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas são realizados pela GSC Eventos Especiais e acontecem de 28 de abril a 06 de maio no Espaço Cultural da Urca. O Flipoços 2018 conta com o patrocínio do DME, BDMG Cultural, Codemge, Pólen um produto Suzano, Climepe, Fibrax, e Prefeitura de Poços de Caldas. Parceiro Cultural Sesc Minas, Instituto Camões, Editoras Sextante, Dublinense, Malê, Faro Editorial, Aletria, Leya, Trilha Educacional, Edições Sesc São Paulo. A programação oficial do Flipoços 2018 está no ar pelo site www.flipocos.com Agendamentos podem ser feitos com Maíra pelo coordenacao@gsceventos.com.br ou pelo telefone (35) 3697 1551. 
Compartilhe:

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Aline Bei e o livro "O Peso do Pássaro Morto"

Aline Bei - Foto divulgação
Aline Bei nasceu em São Paulo, em 1987. É formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e em Artes Cênicas pelo Teatro Escola Célia-Helena. É colunista do site cultural Livre Opinião- Ideias em Debate. O peso do pássaro morto é o seu primeiro livro.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?


Aline Bei: foi na faculdade de Letras, numa revista que criamos para o curso chamada
Transa.
recrutávamos poetas e escritores, eu mesma comecei a escrever por conta dela.
fazíamos festas
de lançamento. dávamos exemplares para os nossos professores de literatura.


Conexão Literatura: Você é autora do livro “O peso do pássaro morto”. Poderia comentar?

Aline Bei: é o meu primeiro livro, um romance híbrido que acompanha a trajetória de uma anônima sem grandes feitos. o foco do Pássaro é no como a protagonista lida com as perdas que vão lhe acontecendo
em 9 idades.


Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro?

Aline Bei: escrevi o Pássaro de forma intuitiva, descobrindo meu fôlego, mas um livro que me inspirou muito especialmente na parte estrutural foi o aos 7 e aos 40, do Carrascoza.
li anos antes

e guardei que um dia
eu também gostaria de estruturar uma história a partir das idades do protagonista.
o processo de escrita do Pássaro durou um ano
mas sabemos
que um livro não se escreve apenas enquanto ele está sendo escrito.


Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do qual você acha especial em seu livro?


Aline Bei: gosto das cartas que a menina de 8 anos escreve,
gosto do tom confessional. por isso me encantam obras como A instrução da noite do Maurício de Almeida, um livro todo endereçado
para uma moça
chamada Teresa
ou mesmo Cartas a um Jovem Poeta, do Rilke.


Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir um exemplar do seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?


Aline Bei: me chame pelas redes sociais.
estou como Aline Bei em todas.


Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Aline Bei: Sim,
estou trabalhando no meu novo livro. esse processo está envolvendo uma pesquisa,
por enquanto é só o que posso dizer. 


Perguntas rápidas:


Um livro: Charlotte, do David Foenkinos
Um (a) autor (a): Hilda Hilst
Um ator ou atriz: Natalie Portman
Um filme: Cisne Negro
Um dia especial: o dia que meu vô morreu

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Aline Bei: eu leio poesia em voz alta.
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Divulgue Conosco

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels