Participe da antologia (e-book) POEMAS CONTEMPORÂNEOS. Leia o edital

Participe da antologia (e-book) POEMAS CONTEMPORÂNEOS .  Leia o edital:  CLIQUE AQUI.

Mostrando postagens com marcador Américo Moraes. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Américo Moraes. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 16 de março de 2022

Esquilomeu e Esquiliete Apaixonados, por William Shakesquilo - Américo Moraes


A história de ESQUILOMEU e ESQUILIETE por WILLIAM SHAKESQUILO foi uma forma lúdica e divertida que o autor encontrou para inserir as crianças pequenas no conhecimento dos grandes autores de teatro. Se um esquilo pode realizar grandes sonhos, por que você não?

PARA SABER MAIS OU ADQUIRIR O LIVRO: CLIQUE AQUI

Compartilhe:

terça-feira, 15 de março de 2022

Entrevista com Américo Moraes, autor do livro "Esquilomeu e Esquiliete Apaixonados, por William Shakesquilo”


Natural de Goianésia-GO, mas radicado em Porto Velho-RO desde o ano de 1990. É mestre em Estudos Literários pelo PPGMEL/UNIR, Especialista em História do Brasil pela Faculdade FIJ e Licenciado em História pela Faculdade de Educação de Porto Velho, UNIPEC. Poeta, autor de dois livros infantis publicados em 2021 (O príncipe do bafo de sapo e Esquilomeu e Esquiliete apaixonados), pesquisador e professor de História da Educação Básica e Ensino Médio Regular, lotado na Secretaria de Educação do Estado de Rondônia e do Município de Porto Velho - RO. 

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Américo Moraes: Foi aos 16 anos que passei a me interessar pela literatura, quando cursava o primeiro ano do ensino médio (naquela época, 1994, era o primeiro ano do segundo grau). Aos poucos, fui me interessando por romances, contos e também pela poesia e até me arriscava em escrever alguns poemas. Contudo, posso afirmar que efetivamente, como escritor, despertei para a literatura (em especial, a literatura infantil) após a conclusão do curso de mestrado em Estudos Literários da Universidade Federal de Rondônia e, em seguida, o advento da pandemia, pois, obrigado a trabalhar em home office, passei a ler mais intensamente livros infantis para meus filhos de 8 e 5 anos, Marco Antônio e Clarissa Beatriz. Foi, sem dúvida, uma paixão avassaladora pela literatura infantil. A partir daí, foram surgindo ideias que acabou resultando na publicação de meu primeiro livro infantil, O príncipe do bafo de sapo, que foi lançado no mês de junho do ano passado, pela editora portuguesa Ases da Literatura. E agora recentemente, em dezembro passado, já lancei meu segundo livro infantil: Esquilomeu e Esquiliete apaixonados por William Shakesquilo, igualmente publicado pela Ases da Literatura.

Conexão Literatura: Você é autor do livro "Esquilomeu e Esquiliete Apaixonados, por William Shakesquilo”, (Ilustrações por Rafael Pereira). Poderia comentar? 

Américo Moraes: Bom, a estória, embora não siga pela linha cômica como em O príncipe do bafo de sapo, é uma brincadeira de minha parte, pois faço trocadilhos com o nome de Shakespeare e com os autores antigos de teatro que, certamente, ele leu. Desse modo, Shakespeare virou “Shakesquilo”, Sófocles virou “Esquilosófocles”, Eurípides virou “Esquileurípedes”, e com Ésquilo não precisei mudar, etc. O objetivo da brincadeira foi, ao mesmo tempo, homenagear um de meus autores prediletos, William Shakespeare, apresentar às crianças os grandes autores clássicos de teatro de forma lúdica e engraçada e tentar “imprimir” nelas (e nos pais) a importância da leitura desde a mais tenra idade, uma vez que a estória do pequeno “Shakesquilo” segue uma evolução: seus pais leem para ele, que se apaixona pelos livros, aprende a ler mais rápido que os colegas de escola e, quando cresce, torna-se um grande autor de peças de teatro, conhecido mundialmente.

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro? 

Américo Moraes: Na verdade, a ideia de escrever essa estória surgiu como num relâmpago e nem precisei pesquisar, pois já conhecia os autores de teatro que são citados no livro e que, não por acaso, são autores já lidos, relidos e estudados por mim sem objetivos profissionais, apenas por paixão e prazer. Assim, quando passava os olhos em minha biblioteca à procura de um outro livro, meus olhos pararam em “Ésquilo”, na peça Prometeu acorrentando. E daí me deu aquele insight! Imediatamente, corri ao notebook e comecei a escrever. Foi bem rápido, menos de uma hora já estava pronta. Em seguida, enviei para algumas editoras e fiquei no aguardo. Prontamente, a Editora Ases da Literatura de Portugal, que publicou o meu primeiro livro também infantil, O príncipe do bafo de sapo, aprovou o texto para publicação.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?  

Américo Moraes: “[...] Em uma noite, o pai de Will leu uma estorinha para ele antes de dormir, que o mudou para sempre. Seu pai leu a estória da Cigarra e da formiga, do livro Fábulas, escrita pelo famoso grego Equilesopo. Will ficou impressionado com a estorinha e pedia para que seus pais lessem novas estórias de Esquilesopo todas as noites e também durante o dia. Assim, em pouco tempo, Will aprendeu a ler mais rápido do que todos os seus coleguinhas da escola e passou a não mais largar os livros.”

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Américo Moraes: Meus livros estão disponíveis para venda nos sites da Amazon, Estante Virtual, Americanas, Submarino, Extra e Shoptime, no site da editora www.asesdaliteratura.pt, no link da bio da editora no instagram @editoraasesdaliteratura. Além disso, também estão à venda nos sites da Amazon Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, Espanha, França, Alemanha, Itália, Austrália e Japão. Além disso, os leitores e leitoras poderão interagir comigo através do meu instagram: @framerico_moraes, onde costumo compartilhar minhas leituras infantis e não infantis e, vez por outra, com exemplares para venda diretamente comigo.

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Américo Moraes: Sim, com certeza. Já tenho três textos infantis já escritos que desejo publicar assim que for possível. Um, inclusive, em coautoria com um amigo escritor de Salvador-Bahia, no qual nós abordamos a questão do preconceito racial.

Perguntas rápidas:

Um livro: Hamlet

Um (a) autor (a): William Shakespeare

Um ator ou atriz: Meryl Streep

Um filme: Hamlet (1996)

Um dia especial: o dia em que o carteiro chega em minha casa para entregar livros!

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Américo Moraes: Como professor de História, sei que é uma utopia, mas continuo desejando que os políticos valorizassem e investissem mais na Educação, nos professores e no fomento da cultura em todos os sentidos, que no lugar do imoral Fundo Eleitoral de cerca de 5 bilhões de reais, houvesse um Fundo Anual de Fomento da Cultura Brasileira de mesmo valor!

Compartilhe:

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2022

Conheça o livro "O príncipe do bafo de sapo”, do autor Américo Moraes


Conheça a história desse lindo príncipe que, envaidecido com a própria beleza, não percebe algo que todos sentem quando chegam perto dele: um bafo terrível de sapo 🐸. Em busca do amor, ele finalmente perceberá que  não é tão perfeito como pensa, mas, antes, vai causar muita confusão no seu reino!!

SOBRE O AUTOR

Nascido em Goianésia, interior de Goiás, cresceu entre duas cidades: Vila Propício e Pirenópolis. Aos 12 anos, se transferiu com seus pais e irmãos para Porto Velho-RO, em 1990. Hoje, considera-se portovelhense e amazônida de coração. Depois de formado em História-Unipec-2007, apaixonou-se pela poesia e pela literatura em geral. Profissionalmente, atua como professor de História nas redes públicas estadual e municipal em Porto Velho. Além disso, se especializou em História do Brasil (FIJ-2013) e, em 2019, concluiu o curso de mestrado em Estudos Literários da Universidade Federal de Rondônia-2019.

PARA ADQUIRIR O LIVRO, ACESSE: https://www.americanas.com.br/produto/3391222312/o-principe-e-o-bafo-de-sapo 

Compartilhe:

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

Entrevista com Américo Moraes, autor do livro "O príncipe do bafo de sapo”


Nascido em Goianésia, interior de Goiás, cresceu entre duas cidades: Vila Propício e Pirenópolis. Aos 12 anos, se transferiu com seus pais e irmãos para Porto Velho-RO, em 1990. Hoje, considera-se portovelhense e amazônida de coração. Depois de formado em História-Unipec-2007, apaixonou-se pela poesia e pela literatura em geral. Profissionalmente, atua como professor de História nas redes públicas estadual e municipal em Porto Velho. Além disso, se especializou em História do Brasil (FIJ-2013) e, em 2019, concluiu o curso de mestrado em Estudos Literários da Universidade Federal de Rondônia-2019.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário? 

Américo Moraes: Foi aos 16 anos que passei a me interessar pela literatura, quando cursava o primeiro ano do ensino médio (naquela época, 1994, era o primeiro ano do segundo grau). Aos poucos, fui me interessando pela poesia e já me arriscava em escrever alguns poemas. Contudo, posso afirmar que efetivamente, como escritor, despertei para a literatura (em especial, a literatura infantil) após a conclusão do curso de mestrado em Estudos Literários da Universidade Federal de Rondônia e, em seguida, o advento da pandemia, pois, obrigado a trabalhar em home office, passei a ler mais intensamente livros infantis para meus filhos de 8 e 5 anos, Marco Antônio e Clarissa Beatriz. Foi, sem dúvidas, uma paixão avassaladora pela literatura infantil. A partir daí, foram surgindo ideias que acabou resultando na publicação de meu primeiro livro infantil, O príncipe do bafo de sapo, que foi lançado no mês de junho do ano passado, pela editora portuguesa Ases da Literatura. E agora recentemente, em dezembro passado, já lancei meu segundo livro infantil: Esquilomeu e Esquiliete apaixonados por William Shakesquilo, igualmente publicado pela Ases da Literatura.

Conexão Literatura: Você é autor do livro "O príncipe do bafo de sapo”. Poderia comentar? 

Américo Moraes: Bom, o livro, como se pode perceber pelo título, segue pela linha cômica, pois acredito que o livro infantil, além de ensinar, deva divertir as crianças. Estas são as propostas do meu livro. Nele, por exemplo, me utilizando de personagens amplamente conhecidos como Branca de Neve e Aurora, procuro dar outras versões do que acontecem com elas nas histórias clássicas originais. Além disso, procuro descontruir a imagem de perfeição em torno das estórias convencionais de príncipes encantados; sem falar, também, da desconstrução da imagem que se tem das bruxas nas estórias infantis, entre outras coisas.

Conexão Literatura: Como é o seu processo de criação? Quais são as suas inspirações?

Américo Moraes: Falar de “processo criativo” creio ser um campo bastante movediço. Tenho para mim que em todos os ramos de atuação humana, há os gênios e os esforçados. No campo da literatura, eu sou um dos esforçados, ou seja, meu processo criativo é fruto de muito trabalho, no caso, muita, mas muita leitura. Quanto mais leio, mais ideias tenho. Além da leitura, fatos do cotidiano, filmes, desenhos animados, imagens da internet, redes sociais também, às vezes, me inspiram novas ideias.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do seu livro especialmente para os nossos leitores?  

Américo Moraes: O rei decidiu casar seu filho. Para isso, enviou mensagens para várias princesas de reinos vizinhos. Eis que a primeira princesa chegou para conhecer o príncipe. Era ninguém menos que Branca de Neve, acompanhada por sete adoráveis anões. Assim que ela avistou o príncipe Narciso no alto da escada, apaixonou-se perdidamente. – Meu Deus, como você é lindo!! Exclamou Branca de Neve. Narciso também apaixonou-se pela bela Branca de Neve. Desceu rapidamente as escadas e a pôs em seus braços, curvando-se sobre ela e dizendo bem perto de seu rosto: - Muito prazer em conhecê-la, bela Branc... De repente, Branca de Neve dá um grito ensurdecedor: - Que horror, que terrível... – Em seguida, Branca de Neve cai no chão adormecida pelo terrível bafo do príncipe Narciso. Bom, este um dos trechos marcantes do livro que transcrevi não exatamente igual ao texto original. Só para os leitores terem uma ideia mesmo.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário? 

Américo Moraes: Então, o livro está disponível para venda nos sites da Amazon, Estante Virtual, Americanas, Submarino, Extra e Shoptime, no site da editora www.asesdaliteratura.pt, na bio da editora no instagram @editoraasesdaliteratura. Além disso, também está à venda nos sites da Amazon Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, Espanha, França, Alemanha, Itália, Austrália e Japão.

Conexão Literatura: Quais dicas daria para os autores em início de carreira?

Américo Moraes: Sem dúvidas, sou um autor em início de carreira! Posso dizer que é gratificante ver uma estória escrita por você transformar-se num livro, mas ao mesmo tempo esbarramos em muitas dificuldades, principalmente, financeiras para publicar, pois são poucas as editoras que investem em novos autores. O mais importante é acreditar em seu trabalho e não desistir jamais, buscar parcerias, enfim, tentar todos os meios possíveis a fim de concretizar o sonho de publicar seu primeiro livro!

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta? 

Américo Moraes: Sim, com certeza. Como já disse acima, já publiquei meu segundo livro em dezembro passado e vou lutar para publicar mais três textos infantis meus, já escritos. Um, inclusive, em coautoria com um amigo escritor de Salvador-Bahia, Uarlen Becker.

Perguntas rápidas:

Um livro: Hamlet.

Um ator ou atriz: Al Pacino.

Um filme: Hamlet (1996).

Um hobby: ler.

Um dia especial: Todos os dias.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário? 

Américo Moraes: Desejo muito que o brasileiro valorize mais os livros e a leitura e que os políticos investissem mais na educação, nos professores e no fomento da cultura em todos os sentidos.

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA
clique sobre a capa

DO INCISIVO AO CANINO - BERT JR.

MAFRA EDITIONS

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

DIVULGUE O SEU LIVRO

FUTURO! - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels