Tirinhas do Snoopy foi uma das primeiras a ter representação racial

Conheça cinco curiosidades dos quadrinhos mais inteligentes e irônicas que impactaram gerações ganham livros colecionáveis em homenagem aos ...

Mostrando postagens com marcador Amo Eternamente Uma Única Vez. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Amo Eternamente Uma Única Vez. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Carmem Aparecida Gomes e o livro “Amo Eternamente Uma Única Vez” (Drago Editorial)

Filha de artesã e costureira, na infância estudou em escolas publicas. Cursou Ensino médio através do EJA. Formada em Pedagogia, Bacharel em Direito, Especialista em Ensino Superior e Mestre. Obras literárias publicadas no Brasil e Exterior: A menina e o tesouro, A preguiça do cumpade Zé Cochoxi, A menina de olhos alaranjados, O seu Coisa, O colecionador de tatuagens, Os sonhos mágicos de Eloan e Amo eternamente uma única vez. Participações em Antologias Poéticas e também em obras poéticas coletivas no Brasil e Exterior.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?


Carmem Aparecida Gomes: Na faculdade sempre optava por ficar com a parte teórica (escrita) nos trabalhos em grupo.
Sempre fui apaixonada pela a ‘escrita’. Minha primeira obra a ser publicada é meio ficção e meio realidade “A menina e o tesouro” é baseada nas historias de minha falecia avó materna.

Conexão Literatura: Você é autora do livro “Amo Eternamente Uma Única Vez” (Drago Editorial). Poderia comentar?

Carmem Aparecida Gomes: Sim. Entre todas as obras escritas e publicadas Amo eternamente uma única vez é o meu primeiro romance. É uma historia de amor e paixão entre duas pessoas com muitas diferenças como idade, religião, cultura, nacionalidade e costumes. A pretensão é mostrar ao leitor que o amor superou todas as diferenças. É um romance “quente” para jovens e adultos.

Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro?

Carmem Aparecida Gomes: Não fiz pesquisas. A obra literária Amo eternamente uma única vez surgiu com bate papo no messenger com amigos de países asiáticos como Paquistão e países da África do norte como Líbia. Eu fiquei intrigada com os costumes, cultura, religião e por eles, os homens poderem se casar com mais de uma ‘esposa’. Enfim, eu fiquei encantada com as diferenças de nossa cultura e da cultura deles. Então, resolvi criar os personagens que se apaixonam loucamente. Sendo uma brasileira de um pouco mais de 40 anos de idade e um belo rapaz do Paquistão com apenas 25 anos de idade. Levei 3 meses para concluir a obra.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do qual você acha especial em seu livro?


Carmem Aparecida Gomes: Todo o livro é muito quente e o casal quando se encontra o que acontece entre eles é “belíssimo”. Mas é muito bonito quando o Paquistanês corre atrás da brasileira no aeroporto do Paquistão e diz que se casaria SÓ COM ELA. Ele abre mão de ter mais de uma esposa.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir um exemplar do seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho literário?


Carmem Aparecida Gomes: O livro Amo eternamente uma única vez está disponível no site da Drago Editorial e logo em vários ouros sites como Amazon.

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?


Carmem Aparecida Gomes:  Sim. Está previsto para Novembro de 2018 o lançamento pela a Drago Editorial de minha Obra Poética solo “Entre o Sacro e o Profano”. Tenho um roteiro cinematográfico em avalição por uma produtora e vários textos arquivados que pretendo publicá-los sendo historias infantil, juvenil, adulto, romance e poemas.

Perguntas rápidas:

Um livro: Dos Delitos e Das Penas
Um (a) autor (a): Cesare Beccaria ou Marquês de Beccaria (1738/1794)
Um ator ou atriz: Anthony Hopkins
Um filme: Um crime de mestre
Um dia especial: 7 de Setembro (Dia da Independência do Brasil)

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?


Carmem Aparecida Gomes: Sim. Agradecer a Deus por me conceder o dom da ‘escrita’.
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels