Mostrando postagens com marcador Antônio Nogueira da Silva. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Antônio Nogueira da Silva. Mostrar todas as postagens

sábado, 13 de junho de 2020

Conheça o livro Baú de Sonhos, do autor Antônio Nogueira da Silva


SINOPSE: ABRINDO UM BAÚ DE SONHOS!

O livro que tens em mãos é, antes de tudo, a concretização de um grande Sonho! O que irá abrir não será, simplesmente, mais um livro de Poesias, mas o Baú de meus próprios Sonhos! [...].

Nesse livro (tecido de sonhos), a poesia se materializa, transformando-se nas impressões mais íntimas daquele menino-poeta, deleitando-se ao ouvir o cantar dos galos numa madrugada distante do passado; ou refletindo-se nas incertezas da adolescência, na melancolia introspectiva de um “jovem-quase-adulto” nas tardes de um domingo solitário em uma pequena comunidade rural, cenário de imagens bucólicas, propício ao arrebatamento emocional e ao devaneio poético!
Em cada poema deste Livro-Sonho, o Sentimento mais latente de um Poeta em construção é despertado. Os temas de sua obra? Os mesmos assuntos desde que os primeiros homens inventaram a arte poética: angústias, dúvidas, sonhos, tristeza, amizade, solidão, amor, morte, saudade. Tudo isso, é claro, bem emaranhado no tecido da Memória, nos pensamentos e sentimentos pintados com o pincel-vivo da Vivência e da Experiência de cada dia.

LINKS DE VENDA:



SOBRE O AUTOR:
Antônio Nogueira da Silva nasceu em 22 de outubro de 1972 em Pacatuba Ceará. Estudou em escolas públicas e formou-se em Letras pela UECEFAFIDAM (2005). Cursou Pós-Graduação em Metodologia de Ensino para Educação Básica (2010). Exerce o magistério desde a década de 90, ministrando aulas em escolas municipais e estaduais. Iniciou sua vocação literária escrevendo poemas a partir de 1994, tendo como leitores seus próprios amigos. Em novembro de 2019, publica através da Editora Saramago (selo da Editora Albatroz), o livro de poemas “Baú de Sonhos”, realizando seu grande desejo: ver suas poesias publicadas e transformar-se, através de sua literatura, num incentivador da leitura e, por conseguinte, da escrita.



COMENTÁRIO DOS LEITORES:

‘Baú de Sonhos’ é uma obra perfeitamente harmônica e tocante, como a música. Um encontro de nós com nós mesmos, relatado em belos poemas. Do sertão singelo ao desejo mais tirano do coração, retrato fiel de nossa essência!
(Francisco Izidório da Costa Bernardo)

Baú de Sonhos! Os sonhos permeiam os poemas- sonhos da realidade e sonhos utópicos. Na leitura, vemos uma pulverização de mundos, local e global. Passamos de uma vivência singular, materializada e eternalizada na linguagem que constrói uma vida e um estar no mundo. Os poemas nos trazem a chave para ver um mundo íntimo, fechado, trancado no baú interior do poeta. Mário Quintana certa vez afirmou que “Quem faz um poema abre uma janela” - em seu livro poético, A. Nogueira Silva vai além, ele abriu “mundos”.
(Meire Celedônio da Silva)

O livro ‘Baú de Sonhos’ é uma obra bastante interessante, que causa uma grande emoção no leitor, contagiando-o com a magia de toda à arte poética contida em cada verso dos seus poemas.
(Francisca Meires de Oliveira)

‘Baú de Sonhos’ é um livro maravilhoso que mistura vários elementos como nostalgia, romance, sentimentalismo, natureza e muito mais, levando o leitor a mergulhar em sua leitura com muito interesse. É uma obra magnífica da Literatura brasileira que merece transpor as fronteiras e chegar às mãos dos leitores do mundo inteiro.
(Nertan de Sousa Silva)

Recomendo essa leitura: maravilhosa, melodramática, sarcástica, irreverente, pitoresca, emocionante e acima de tudo envolvente. Agradeço ao poeta A. Nogueira Silva por nos deleitar, compartilhando suas emoções e sentimentos através da leitura de seu livro ‘Baú de Sonhos’. Surgiu um poeta entre nós palhanenses, que desperta e aguça nossa vontade de seguir o mesmo caminho: realizar todos os nossos sonhos através dos poemas contidos em seu livro.
(Vanderleia Celestino de Menezes)

Ao realizar a leitura do livro ‘Baú de Sonhos’ me senti reportada a um tempo da infância que eu não lembrava mais e que foi gostoso de recordar. É mágico o que a poesia desse livro consegue fazer com a nossa mente: nos levar a um mundo que mistura o real e o imaginário, nos impulsionando a sonhar.
(Francisca Barros)

Ao ler o livro ‘Baú de Sonhos’ viajei no universo da imaginação. Amei os poemas repletos de histórias e sentimentos. Gostei muito do poema ‘Álbum’ que mostra muito sentimentalismo.
(Lilianne Sousa)

‘Baú de Sonhos’ é o resultado da combinação do vasto conhecimento literário de seu autor com sua grande habilidade de, como todo grande poeta, escrever com encantamento sobre diversas temáticas, ajudando-nos a refletir profundamente sobre a VIDA e seus acontecimentos.
(Francisco Iran de Santiago Lima)
Compartilhe:

quinta-feira, 11 de junho de 2020

Antônio Nogueira da Silva e o livro Baú de Sonhos

Antônio Nogueira da Silva - Foto divulgação
Antônio Nogueira da Silva nasceu em 22 de outubro de 1972 em Pacatuba-CE. Em 1980, veio com a família para o município de Palhano, onde reside até hoje. Estudou em escolas públicas e formou-se em Letras pela UECE-FAFIDAM (2005). Cursou Pós-Graduação em Metodologia de Ensino para Educação Básica (2010). Exerce o magistério desde a década de 90, lecionando em escolas municipais; foi aprovado em concurso público estadual, em 2003, ministrando aulas desde então na E.E.M. José Francisco de Moura. Iniciou sua vocação literária escrevendo poemas a partir de 1994, tendo como leitores e “críticos literários” seus próprios amigos. Em novembro de 2019, publica através da Editora Saramago (selo da Editora Albatroz), o livro de poemas “Baú de Sonhos”, realizando seu grande desejo: ver suas poesias publicadas e transformar-se, a partir da própria escrita, num incentivador da leitura e, por conseguinte, da escrita.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

A. Nogueira Silva: Tudo iniciou com a leitura. Embora sendo de família humilde, meus pais sempre me incentivaram ao estudo. E após aprender a ler, a curiosidade leitora me instigou a ler um antigo livro de minha mãe, intitulado “Antologia Nacional” (livro incompleto que continha um misto de trechos em prosa e poesia de autores portugueses e brasileiros). Esse foi meu primeiro contato com os grandes mestres da literatura. Após essa descoberta, passei a ler diversos gêneros literários da Biblioteca Municipal e dos colégios onde estudei (embora o acervo dessas bibliotecas fosse muito aquém do desejado!). Outra fonte literária foi a coleção “Tesouro da Juventude”, que uma amiga me emprestou e eu devorei cada volume com ansiedade e prazer, lendo alguns contos e  resenhas de obras-primas da literatura brasileira e estrangeira. Paralelamente às leituras, iniciei rabiscando alguns poemas, que ia mostrando aos amigos mais próximos e guardando em velhos cadernos. Destaco também, como fator importantíssimo nessa minha formação leitora, os concursos literários e artísticos que participei em minha cidade, promovidos pelas secretarias de Educação e Cultura, que muito contribuíram para meu conhecimento literário e  como uma forma de incentivo para continuar escrevendo e sonhando com a publicação de meus trabalhos.

Conexão Literatura: Você é autor do livro “Baú de Sonhos”. Poderia comentar?

A. Nogueira Silva: Meu livro “Báu de Sonhos”, como o próprio título já indica, simboliza exatamente a realização do grande Sonho de publicar meus velhos poemas, guardados por décadas na gaveta. Hoje, o sonho se concretizou nesse livro de poemas “tecido de sonhos”, que apresenta, através de seus versos, as lembranças, os sonhos, os desejos, as memórias, as cenas relevantes da infância e adolescência daquele menino-poeta, que desde cedo apresentou grande aptidão e curiosidade literárias. Esse é o meu “Baú de Sonhos”, um livro de poesias que, em minha concepção, agrada “gregos e troianos”, pois o mesmo contém estilos clássicos e modernos (indo do soneto ao haicai), apresenta tipos diferentes de poemas, quanto a rima (contendo poemas rimados e de versos brancos), além da diversidade de temáticas poéticas. Em meu texto de contracapa declaro que toda essa temática e diversidade deste Livro-Sonho está bem emaranhada “[...] no tecido da Memória, nos pensamentos e sentimentos pintados com o pincel-vivo da Vivência e da experiência de cada dia.”


Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levou para concluir seu livro?

A. Nogueira Silva: A principal fonte de pesquisa foi a leitura (e diga-se de passagem, muita leitura!). Li e reli os grandes nomes da poesia clássica e moderna (do parnasianista Bilac ao moderníssimo Drummond!). Li bastante poesia para poder iniciar a produção de meus primeiros poemas. Iniciei escrevendo na década de 90 (meus primeiros poemas datam de 1994); depois fui guardando meus esboços poéticos, relendo, revisando, reestruturando versos e estrofes, trocando um título ou coisa assim. Durante essa fase, pesquisei, incansavelmente, por concursos literários (até cheguei a participar de alguns!). Em minhas pesquisas, ia deixando meu contato de e-mail, até que em 2019, encontrei uma seleção da Editora Saramago para novos autores e então apostei na ideia e corri atrás. A conclusão do livro não demorou muito, pois o mesmo já estava praticamente escrito, os poemas só necessitavam de uma revisão; escrevi apenas doze poemas novos para complementar o livro. No geral, na fase final, posso assegurar que mais ou menos, em seis meses, consegui realizar o grande desejo da publicação de meu livro “Baú de Sonhos.”

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho que você acha especial em seu livro?

A. Nogueira Silva:  Ao invés de destacar um trecho irei mencionar e comentar títulos de alguns poemas que são marcantes nessa obra poética e em minhas reminiscências: 
LEMBRANÇAS, o primeiro poema do livro, que trata da saída de minha família de nossa terra natal; 
IMPRESSÃO POÉTICA, remetendo-me à infância e a inspiração poética e mágica do sertão cearense; 
OS FANTASMAS DA CASA GRANDE, ilustrando os medos de um menino diante da imensidão de um casarão de fazenda e refletindo nossos “fantasmas” e medos pessoais;
VEREDAS, o saudosismo de uma época em que a juventude foi protagonista de sua própria história; 
NOITE DE SÃO JOÃO, as lembranças e as saudades do passado, que continua vivo e atual.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você e o seu trabalho 
literário?

A. Nogueira Silva: Para adquirir o livro, o leitor poderá entrar diretamente em contato com a loja virtual e comprar seu exemplar através dos sites a seguir: https://loja.editoraalbatroz.com.br/bau-de-sonhos https://www.americanas.com.br/produto/1661865239/bau-de-sonhos .
Com relação a informações sobre o autor e seu trabalho literário, quem tiver interesse poderá visitar os espaços virtuais de meu Facebook (antonionogueiradasilva) e Instagram (@prof.antonionogueira). Aliás no instagram, tem algumas postagens com trechos de poemas que mostrará ao leitor um pouco sobre minha poesia, através das temáticas e estilos apresentados nesse espaço virtual.

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

A. Nogueira Silva: Existem. Porém, ainda apenas no campo das ideias; está tudo ainda no papel, apenas dei alguns passos na direção do Sonho. No geral, tenho três ideias de projetos literários: um livro de MEMÓRIAS (já tenho alguns poucos textos escritos e alguns títulos no papel), um livro de CONTOS (ideia de recolher contos populares de minha região e reescrevê-los, dando uma repaginada) e um ROMANCE (já tenho três temas, alguns dados de pesquisa temática e estou realizando um curso de “Escrita Criativa”, voltado para a escrita do gênero romance). 

Perguntas rápidas:

Um livro: O Guarani, de José de Alencar
Um (a) autor (a): Machado de Assis 
Um ator ou atriz: Elizabeth Savalla
Um filme: O Auto da Compadecida (2000)
Um dia especial: Chegada do livro “Baú de Sonhos” em minhas mãos, meu Sonho publicado e realizado.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

A. Nogueira Silva: Quero agradecer a todos que, direta ou indiretamente, me ajudaram na realização de meu sonho: a publicação de meu livro de poesias. Aproveitando o ensejo, quero também me dirigir a todos aqueles que sonham e desejam realizar seus sonhos: acreditem em si mesmos e não meçam esforços para realizá-los, pois todos nós podemos e devemos Sonhar. O Sonho é o início da caminhada para a realização pessoal. Terminarei deixando meu recado em forma de versos:

“Sonhar com os pés no chão
Evitando o devaneio, a ilusão
Caminhar buscando Realização...”
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Divulgue Conosco

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels