Mostrando postagens com marcador Bruno Peres. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Bruno Peres. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 5 de junho de 2020

EDUCAÇÃO NA QUARENTENA | Como escolher entre cursos pagos e gratuitos

Bruno Peres - Foto divulgação
Opções de cursos à distância explodiram durante período de isolamento

A impossibilidade da realização de aulas e cursos serem realizados de forma presencial fez crescer de sobremaneira a oferta (e a procura) pelo ensino à distância (EaD). Seja para se atualizar dentro de uma área do conhecimento, aproveitar o tempo ocioso gerado pelo isolamento social ou para encontrar um diferencial no currículo, estudar é um investimento que todos devem fazer em suas vidas.

Agora, dentro desse oceano de oportunidades, como definir o curso a ser feito? Preço? Instituição de ensino? Relevância do tema? Duração? Gera ou não certificado? Cursos gratuitos tem algum real valor em dias atuais?

Para responder a uma pergunta tão complexa, o professor da ESPM Bruno Peres organizou algumas perguntas que devemos nos fazer na hora de filtrar as ofertas de cursos e escolher os que mais nos interessam neste momento.

Qual seu objetivo?

Tudo depende do que está procurando em sua carreira. Você está procurando se especializar em alguma área específica ou busca um conhecimento genérico sobre o tema? Precisa colocar a mão na massa, aprender sobre um sistema específico?

Pense em seu objetivo antes de se matricular em dezenas de cursos, mesmo os gratuitos. Se tempo é dinheiro, é errado investir boa parte de seus dias em cursos que não passam nem perto do que você quer para seu futuro.


Grátis ou Pago?

No que diz respeito à objetividade de cursos gratuitos, muitos deles curtos e rasos demais, apenas em busca de seu e-mail para uma futura venda. E isso não é um problema, longe disso. Existem ótimos conteúdos gratuitos em vídeos de YouTube, em lives, e-books e artigos por toda a internet.

Porém, eles jamais trarão a profundidade e consistência de muitos cursos pagos. O que também não exime cursos caríssimos de possuírem bibliografias medíocres e métodos duvidosos.

Aqui vai uma lista que talvez ajude:

Comece com um rascunho do que deseja para sua carreira;
Pesquise sobre esses temas, verifique fontes e resultados para evitar conteúdos inverídicos e falsos gurus milagreiros;
Cursos gratuitos e outros materiais livres podem ajudá-lo a conhecer mais sobre um assunto ainda tido como novo;
Cursos pagos, com professores renomados, que apresentam um conteúdo mais profundo e com mais horas para a transmissão de conhecimento entre alunos e professores serão o caminho para efetivar esse aprendizado.
Vale a ressalva:

Quaisquer cursos – sejam pagos ou gratuitos – não lhe farão um expert em algo, independente do tema abordado. Serão, sim, um bom start para que decida por escolhas maiores dentro da área que deseja trabalhar.

Sobre o professor:

Bruno Peres já foi premiado globalmente por seus cases na área de marketing e planejamento digital, nas quais atua desde 2004. Com formação em design digital, especialização em comunicação digital, certificações executivas pelo MIT, em Boston, e pela Universidade de Toronto, no Canadá, um MBA em marketing estratégico pela USP-RP e atualmente mestrando pela FEA-USP.

Foi líder global de inteligência de marketing na sede da ONU em Nova York, trabalhou e liderou equipes em empresas como GROUPON, Accorhotels, iFood, Discovery Channel, UNICEF e na Agência de Refugiados da ONU. Atua como docente desde 2010 e já ministrou aulas e palestras em 9 países.
Compartilhe:

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Entrevista com Bruno Peres, ex atuante da Onu e autor do livro "O Vendedor de sapatos"

Bruno Peres
Bruno Peres, desde 2004 tem uma sólida carreira no marketing digital, tendo passado pela ONU (Organização das Nações Unidas) e empresas como Discovery Channel, GROUPON, iFood, Accorhotels, entre outras. Atualmente é CEO da Arca.buzz e ministra aulas e palestras em diversos países.
É também conhecido no mundo do RPG (Role-playing game) começando em 1994, ainda nos primórdios deste gênero no Brasil. Ajudou a organizar o Encontro Internacional de RPG, participou de uma ONG ministrando jogos para crianças carentes, além de ter escrito cenários e jogos.

ENTREVISTA:

Conexão Literatura: Ex atuante da Onu e Discovery Channel, já passou também por empresas como GROUPON, iFood, Accor hotels, entre outras. Poderia contar para os nossos leitores como foi o seu início no meio literário?

Bruno Peres: Em 1997 eu cuidava do jornal de meu colégio e ali comecei a sentir o quanto eu gostava de escrever matérias dos mais variados temas, foi quando ganhei um livro de uma professora sobre como se fazer reportagens e criar histórias. Comecei a me aventurar escrevendo cada vez mais. Fui vencedor de alguns concursos quando muito jovem, e tive ótimos comentários a respeito do que eu estava fazendo. Ali eu descobri o quanto isso me fazia bem e feliz, comecei minha jornada na arte de contar e construir histórias, roteiros, cenários e personagens. Desde em eventos de RPG, projetos pessoas e até em minha área de estudo dentro do marketing, trabalhando com Storytelling.

Conexão Literatura: Você lançará no dia 20 de outubro, em São Paulo, o livro “O vendedor de sapatos”. Poderia comentar?

Bruno Peres: Esse projeto possui um carinho especial. Ele não é de fato o primeiro livro que escrevi, mas sim o primeiro que será público em larga escala e de uma forma tão profissional como a agência literária Aspas & Vírgulas e a Editora Alicanto estão trabalhando. Isso inicia um novo momento em minha carreira como um todo, o que deve abrir portas (assim esperamos) para outros contos, histórias e livros que já temos prontos e também em andamento.


Conexão Literatura: Como foram as suas pesquisas e quanto tempo levaram para concluir seu livro?

Bruno Peres: Para mim, escrever um livro é um processo. E esse envolve, além de pesquisas, toda uma junção de vivências e observação de tudo o que se vê, se ouve e se percebe ao seu redor e com todas as pessoas, livros, filmes, histórias e situações com o que se tem contato. Este livro foi nascendo ao longo do tempo com uma ideia bem estruturada, que já existia quando decidi iniciar uma maratona literária chamada de NaNoWriMo (termo que vem do evento em inglês National Novelist Writing Month), onde dentro de um mês fizemos nascer a primeira versão da história. Logo após fomos para os processos tradicionais de revisão e reescrita.

Conexão Literatura: Poderia destacar um trecho do qual você acha especial em seu livro?

Bruno Peres: Sem dar spoilers (rs) eu gosto muito de quando a personagem Ricardo entende o processo de transformação que está passando ali naquela viagem. Esse ponto é importante na história pela mudança de comportamento e do direcionamento que cada situação vai se desenrolar. Essa parte em si é muito semelhante com histórias que ouvi nas ruas, de pessoas reais em seu dia-a-dia. Neste trecho as personagens do livro foram ganhando vida própria e deixando mais evidente as consequências de nossas escolhas. Isso reflete muito do que vivenciamos.

Conexão Literatura: “O Vendedor de Sapatos” é um livro motivacional com a história de um jovem desacreditado que encontra pelas estradas novos aprendizados para a vida. Conte-nos de onde surgiu a inspiração da personagem?

Bruno Peres: Inspirações para cada descrição, personagem e história sempre surgem quando observamos em detalhe tudo o que acontece ao nosso redor. A viagem que ocorre em “O Vendedor de Sapatos” é inspirada na viagem que cada um de nós percorre dentro de si mesmo. Cada ponto individual que entendemos apenas dentro de nossos corações. São esses aprendizados únicos que me inspiraram a contar a história de Ricardo e Alberto.

Conexão Literatura: Como o leitor interessado deverá proceder para adquirir o seu livro e saber um pouco mais sobre você?

Bruno Peres: Criamos um site para tentar conectar todas as informações sobre o livro. A ideia é sempre divulgar o “www.ovendedordesapatos.com.br” para saber mais sobre o livro, sobre minha carreira e todos os projetos envolvidos com essa história que está nascendo. Inclusive, no site teremos links que ajudarão o visitante a encontrar e escolher onde comprar seu exemplar.

Conexão Literatura: Existem novos projetos em pauta?

Bruno Peres: Será que se eu contar minha agente vai me caçar? (rs) Sim, existem alguns projetos já prontos e em avaliação, alguns contos participando de concursos e dois grandes projetos literários em processo de pesquisas e construção. Um deles envolveu uma longa viagem internacional na fase de pesquisas, algo bem intenso e real. Mas esses detalhes ficam para o próximo livro....

Perguntas rápidas:
Um livro: Crime e Castigo - de Fiódor Dostoiésviski (muita sacanagem pedir apenas um - RS) .
Um (a) autor (a): Machado de Assis (Nacional) / Stephen King (Internacional).
Um ator ou atriz: Leonardo di Caprio - por sua versatilidade e poder de quebra de estereótipos.
Um filme: Coração Valente.
Um dia especial: O dia que embarquei para estudar em outro país pela primeira vez, ainda com 22 anos. Um passo importante para fora da minha zona de conforto, que me levou a tomar muitas outras decisões e que, em parte, me ajudou a seguir em frente com a decisão de ser escritor.

Conexão Literatura: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Bruno Peres: Entrar para o mercado secular no Brasil é uma tarefa árdua, que exige esforço, dedicação e uma busca constante por melhoras e inovação. Esse está sendo um momento importante em minha vida e em minha carreira. Espero poder contribuir com a literatura nacional, incentivando outros escritores e apoiando a cultura de ler cada vez mais em nosso país. 


Compartilhe:

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Ex atuante da Onu lança livro “O Vendedor de Sapatos” em São Paulo

Bruno Peres, palestrante que também já atuou na Discovery Channel, estreia na literatura no dia 20 de outubro.

Que o sapato é indispensável no nosso dia a dia já sabemos, mas fazer dele um meio de transformar as pessoas é algo difícil de imaginar. Mas não é que o senhor Alberto consegue?

Em o Vendedor de Sapatos, conhecemos o jovem Ricardo, que depois de diversas frustrações pessoais acaba indo parar em uma viagem de carro com o seu tio-avô Alberto, um carismático senhor que vende calçados a bordo de uma Caravan 1982.

Desacreditado que essa viagem poderia ser divertida, Ricardo caminha o tempo todo desconfiado, mas vai mudando de ideia ao compreender o que realmente vale a pena na vida e quais são os valores imprescindíveis que devemos levar em consideração, como ajudar uma criança a voltar a estudar ou ainda socorrer uma mulher em trabalho de parto no meio da estrada!

“Eu espero que esse livro seja uma viagem também para o leitor. Que ele comece de um jeito e termine de outro. Que assim como o Ricardo eles consigam refletir que todos nós somos passíveis de erros e de aprendizagem” – Bruno Peres. 

Bruno, desde 2004 tem uma sólida carreira no marketing digital tendo passado pela ONU (Organização das Nações Unidas), além de empresas como Discovery Channel, GROUPON, iFood, Accorhotels, entre outras. Atualmente é CEO da arca.buzz e ministra aulas e palestras em diversos países.

É também conhecido no mundo do RPG, começando em 1994, ainda nos primórdios deste gênero no Brasil. Ajudou a organizar o Encontro Internacional do RPG, participou de uma ONG ministrando jogos para crianças carentes, além de ter escrito cenários e jogos.

O Vendedor de Sapatos é seu livro de estreia no mercado secular, e será publicado pela Editora Alicanto.

Serviço:
Lançamento: 20/10/2017
Local: Livraria Blooks
Shopping Frei Caneca/SP
Horário: a partir das 19h


Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Anuncie e Divulgue Conosco

Posts mais acessados da semana

COMUNIDADE INFLUXO

SONHOS FULGURANTES - ROBERTO MINADEO

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels