Mostrando postagens com marcador Companhia das Letras. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Companhia das Letras. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

[Resenha] Origens: Uma grande história de tudo


Título Original: Origin Story – A Big History of Everything
Autor: David Christian
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 406
Ano Lançamento: 2019


Como passamos do big bang à complexidade impressionante de hoje, em que 7 bilhões de seres humanos estão conectados por redes poderosas o suficiente para transformar o planeta?

David Christian oferece essas respostas com uma saborosa narrativa cosmológica que amplia nossos horizontes, contada na maior escala possível. Criador do projeto Big History, que tem Bill Gates como um de seus grandes apoiadores, ele traça como, em oito momentos fundamentais, as condições certas permitiram que novas formas de complexidade surgissem ― das estrelas às galáxias, da Terra ao Homo sapiens, da agricultura aos combustíveis fósseis. Esta última grande inovação nos deu uma bonança energética que trouxe enormes benefícios para a humanidade, mas que também ameaça abalar tudo o que criamos.

Com um escopo panorâmico e uma narrativa cativante, Origens revela o que podemos aprender sobre a existência humana quando a consideramos a partir de uma escala universal.

“Sou um antigo fã de David Christian. Neste livro ele costura elegantemente evidências e insights a partir de diversas disciplinas científicas e históricas, para construir uma só narrativa histórica acessível.” ― Bill Gates

“Em Origens, David Christian encontrou uma maneira espetacular de usar a história para ordenar todo um conjunto de conhecimentos sobre o mundo. Um feito maravilhoso.” ― Carlo Rovelli, autor de Sete breves lições de física.

Impressões

David Christian traz uma obra didática sobre nossas origens, desbravando desde o início, através do Big Bang, até os dias atuais, reforçando com seu ponto de vista o que os seres humanos poderão aguardar do futuro. 

Uma obra repleta de conhecimento, acessível para os curiosos e amantes do Universo como um todo.
“Origens – Uma grande história de tudo” é recomendado para os leitores que buscam conhecer um pouco mais da evolução do universo, período jurássico, chegando até o momento do Homo Sapiens.

O autor possui uma linguagem bem acessível, de fácil compreensão, sem utilizar aqueles termos científicos complexo, leitura fluída logo nos primeiros capítulos. Vale ressaltar que são capítulos curtos, tornando-se mais dinâmico e intuitivo.

Esse é um dos livros que vai proporcionar uma verdadeira viagem no tempo, literalmente! Conhecendo toda evolução do nosso Planeta Terra, chegando no momento dos primeiros seres vivos que habitaram por aqui, passando pelo período jurássico, até chegar o momento em que estamos vivendo.

Se você, leitor que busca um livro “nerd” esse é escolha certa. David Christian aborda diversos temas que vão da física quântica, geologia até chegar na biologia e evolução das espécies.

Outro ponto em destaque é pela edição. Companhia Das Letras fez um excelente trabalho gráfico, uma obra que possui fontes medianas, espaçamentos médios trazendo uma leitura agradável. 

Compartilhe:

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Vitória, A Rainha - Biografia íntima da mulher que comandou um Império

A biografia da rainha que subiu ao trono ainda adolescente e governou por mais de sessenta anos, emprestando seu nome a um dos períodos mais famosos da história da Inglaterra — a Era Vitoriana.

Apresentação
Quinta na linha sucessória do Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda, ninguém poderia imaginar que um dia Vitória subiria ao trono. Coroada em 1837, aos dezoito anos, esta improvável rainha teve uma ascensão extraordinária. Reinou por 64 anos e, não à toa, esse período entrou para a história como a Era Vitoriana. De temperamento forte, desafiou a autoridade da mãe e de seus ministros. Apaixonou-se perdidamente pelo príncipe Albert, com quem se casou aos dezenove anos e teve nove filhos. Sobreviveu a oito tentativas de assassinato e lamentou por décadas a prematura morte do marido, aos 42 anos.
Durante o longo período em que Vitória reinou, o desenvolvimento industrial, a ciência e a tecnologia remodelaram o mundo. Mas sua mão firme e influência fizeram dela um símbolo da segurança e da tradição do povo inglês. Seu legado para a manutenção da Monarquia é imenso. E nos costumes, a era Vitoriana é até hoje um sinônimo de rigidez de princípios morais.
Nesta incrível biografia, Julia Baird revela a verdadeira mulher por trás do mito: uma rainha ousada — uma Vitória para os nossos tempos.

“A extensa pesquisa de Baird permitiu que ela produzisse um livro acessível e cativante que faz jus à pretensão de ser uma ‘biografia íntima’.” — Herald

“Quando assumiu o trono, Vitória era jovem o bastante para consultar seu primeiro-ministro sobre suas sobrancelhas (elas eram muito finas?), e confiante o bastante para extirpar a palavra ‘obedecer’ de seus votos de casamento. Julia Baird a captura em todo seu esplendor, de forma ao mesmo tempo ousada, afetuosa e respeitosa. O livro é um relato vívido dessa mulher extraordinária, cujo reinado é tão vasto quanto seu legado.” — Stacy Schiff

Ficha Técnica
Título original: VICTORIA: THE QUEEN
Tradução: Denise Bottmann
Capa: Carlos di Celio
Páginas: 552
Formato: 16.00 X 23.00 cm
Peso: 0.909 kg
Acabamento: Brochura com Orelha Especial
Lançamento: 26/10/2018
ISBN: 9788547000721
Selo: Objetiva
Compartilhe:

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Livro "Listas Extraordinárias", por Shaun Usher


Depois do estrondoso sucesso de Cartas extraordinárias, Shaun Usher continua seu minucioso trabalho de pesquisa com esta seleção de 125 listas inesquecíveis feitas por autores, cientistas, empresários, artistas e outras figuras de diversos períodos da história — como Albert Einstein, Charles Darwin, Francis Ford Coppola, Galileu Galilei, Kurt Cobain, Marylin Monroe e Pablo Picasso. Ricamente ilustrada por fotos e fac-símiles, esta espirituosa e diversificada coletânea contextualiza cada uma das listas e transporta o leitor para o mundo desses personagens. São listas de compras, afazeres, sonhos, itens favoritos e outros. Um material detalhado que mostra as particularidades de cada um para organizar o mundo à sua volta.

Editora: Companhia das Letras

Para adquirir: Clique aqui.

 
Compartilhe:

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Presidente da Editora Record defende aumento no preço dos livros


Para uma pequena parcela de brasileiros que fazem da leitura seu hábito sagrado quando se ouve qualquer notícia relacionada a aumento de preços de livros há uma enxurrada de reclamações, e não é pra menos, os leitores ávidos compram muitos livros.

E se pensarmos no outro lado da moeda e entendermos os custos envolvidos na produção de um livro? Talvez a sua opinião mudaria e você enviaria um e-mail imediatamente para as editoras para promover um aumento geral.

O fato é que para agradar os participantes desse negócio não é tarefa fácil, principalmente quando o país vive uma recessão gravíssima. Temos que entender os argumentos de ambos os lados e chegar num denominador comum.

Tudo isso para contextualizar uma notícia que saiu essa semana em que Sônia Machado Jardim, presidente do grupo Record, disse que havia necessidade de aumentar os preços dos livros do grupo.

Considerada uma administradora que controla na ponta do lápis os custos da produção de um livro, ela relata que o grupo passou por grandes transformações nos últimos tempos e o planejamento racional era necessário num ambiente tão conturbado.

Formada em Engenharia Civil adotou a editora há 22 anos como profissão, Jardim é ligada a números, por isso tem solicitado aos editores um planejamento detalhado da produção dos livros em função de várias transformações que a empresa vem passando, tais como:

O grupo perdeu o Sérgio Machado, presidente do grupo, para um tumor na meninge, a ascensão de grandes grupos editoriais, o aumento do papel em 45%, o fim das compras governamentais, enfim, ingredientes que fazem qualquer administrador pensar racionalmente.

É claro que para nós, pobres mortais, que amamos a leitura não é uma notícia animadora. A falta de incentivos na produção literária é nítida no Brasil e os custos para produção são altíssimos, por isso, o planejamento da produção deve ser feita com muita cautela.

Isso não significa defender o aumento dos livros e sim refletir sobre a sua produção e exigir melhores incentivos dos nossos governantes para a produção de livros, afinal, sem livros não há educação e sem educação não há um país melhor.

Fonte: Folha

Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Receba nossas novidades por e-mail (você receberá um email. Basta confirmar ):

Posts mais acessados da semana

Anuncie e Divulgue Conosco

CLUBE DO LIVRO UNIÃO

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

FUTURO! - ROBERTO FIORI

SROMERO PUBLISHER

Leitores que passaram por aqui

Labels