O Grande Gênio Tim Burton, por Ademir Pascale

Por Ademir Pascale Timothy William Burton (Tim Burton), nasceu em Burbank, na Califórnia, no dia 25 de agosto de 1958. Burton foi um garoto...

Mostrando postagens com marcador Corações ruidosos em queda livre. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Corações ruidosos em queda livre. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Corações ruidosos. Em queda. Livre. Três contos caindo ruidosos onde as coisas fazem silêncio

Alex Sens lança livro de contos que se encontram e se completam

Depois da projeção que obteve com seu romance de estreia, “O frágil toque dos mutilados” (Autêntica, 2015), o escritor Alex Sens retorna aos contos com a obra “Corações ruidosos em queda livre”, livro recém-publicado pela Editora Penalux. A nova obra do autor radicado em Minas Gerais reúne três histórias cujo tema principal é a morte. Em um dos contos, a morte se revela num plano acidental, inesperado; em outro, ela se apresenta como espetáculo; no texto final, a morte é vingança e libertação. Os três contos dialogam entre si quando lidos por esse prisma trágico da angústia humana e da necessidade de uma fuga.
“A morte não é apenas uma única coisa com um único significado”, diz o escritor. “Ela tem várias esferas, e cabe a cada leitor interpretar e fazer girar essas esferas”.
O título do livro é composto pelos nomes dados aos três contos: “Corações ruidosos”, “Em queda”, “Livre”.  A primeira história traz uma viagem de ônibus em que as vozes de doze personagens se confundem e se chocam. Na segunda o cenário e enredo oferecem uma galeria de arte cuja principal exibição não é propriamente a arte. E o terceiro conto do livro se apresenta como uma série de cartas ácidas e sombrias, todas escritas por uma escritora amargurada, enigmática.
“Uma das propostas da obra”, avalia Sens, “é discutir com menos medo, menos tabu, todas essas nuances da morte e do grotesco”. E finaliza: “Tratar desse tema sem armaduras, sem expressões debruadas, sem delicadeza. Revelar as coisas cruamente, não deixá-las nas entrelinhas. Foi esse meu intento.”
 “Alex Sens, escritor que já havia mostrado talento no romance O frágil toque dos mutilados, surge aqui com este extraordinário livro de contos”, comenta Ricardo Ramos, escritor convidado para escrever a orelha do livro. Ele não poupa elogios ao autor: “São três narrativas longas de tirar o fôlego, por várias razões: qualidade do texto, elaboração das tramas, maneira como o autor conduz o leitor, surpreendendo-o o tempo todo. [...] Um livro para ser lido e que não será esquecido por quem o fizer. [...] Um trabalho até certo ponto distópico, mas repleto de poesia”.
Com estes três contos que se encontram e se completam, Alex Sens vem consolidar sua marca como escritor de notório talento. O autor fará um lançamento na capital paulista no próximo dia 23 (fev), no Bar Canto Madalena (Rua Medeiros Albuquerque, 471 – Vila Madalena).

SOBRE O AUTOR

ALEX SENS é escritor, nascido no ano de 1988 em Florianópolis, SC, e radicado em Minas Gerais. Aos 20 anos publicou Esdrúxulas, pequeno livro de contos de humor negro e realismo mágico, seguido do livro artesanal Trincada. Autor do livro de contos Corações ruidosos em queda livre (Penalux, 2018) e dos romances O frágil toque dos mutilados (Autêntica, 2015) e A silenciosa inclinação das águas (Autêntica, 2019), Alex foi vencedor do Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura 2012, finalista do Prêmio São Paulo de Literatura 2016 e semifinalista do Prêmio Oceanos 2016.

SERVIÇO

Corações ruidosos em queda livre, contos – Alex Sens (Penalux) 132 p., R$ 36.
Link para compra:
https://www.editorapenalux.com.br/loja/coracoes-ruidosos-em-queda-livre
Compartilhe:

Baixe a Revista (Clique Sobre a Capa)

baixar

E-mail: ademirpascale@gmail.com

>> Para Divulgação Literária: Clique aqui

Curta Nossa Fanpage

Siga Conexão Literatura Nas Redes Sociais:

Posts mais acessados da semana

ANTOLOGIAS LITERÁRIAS

POEME-SE

CONHEÇA A REVISTA PROJETO AUTOESTIMA

LIVRO: O CLUBE DE LEITURA DE EDGAR ALLAN POE

LIVRO DESTAQUE

CEDRIK - ROBERTO FIORI

Leitores que passaram por aqui

Labels